Imprimir esta página
Quinta, 28 Setembro 2017 10:18

Reinaldo promove ato de lançamento de obras novas e entrega de veículos na Sanesul Destaque

Escrito por
Desde que assumiu o Governo, Reinaldo já aplicou mais de R$ 800 milhões em saneamento no Estado Desde que assumiu o Governo, Reinaldo já aplicou mais de R$ 800 milhões em saneamento no Estado Assessoria/Sanesul

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) promove, nesta sexta-feira (29), na sede do Complexo Operacional da Sanesul, em Campo Grande, solenidade de entrega de veículos, inauguração e lançamento de obras, investimentos em saneamento que somam mais de R$ 66 milhões. Para o evento, prefeitos e autoridades do Estado estão sendo convidados. Desde que assumiu o Governo, Reinaldo já investiu em torno de R$ 800 milhões nessa área.

Serão entregues três caminhões com braço valetador, um caminhão com guindaste veicular, 13 retroescavadeiras, um caminhão pipa, um caminhão caçamba basculante e uma van para atendimento volante aos clientes. Foram investidos R$ 3.750.038,00 na compra dos veículos, com recursos próprios da Sanesul.

Além disso, também serão inaugurados um poço tubular com profundidade de 300 metros e capacidade de produção de 4,8 mil litros de água por hora, para atender a envasadora da Sanesul em Campo Grande, que produz diariamente cinco mil copos de água, e o Arquivo Central da Sanesul. O prédio foi construído na sede da empresa, em Campo Grande, para armazenar os documentos da empresa de acordo com a determinação do Governo do Estado, obedecendo a critérios de armazenamento e temporalidade. O poço teve custo de R$ 230 mil, e o Arquivo Central de R$ 190 mil, ambos também com recursos próprios da Sanesul.

Ordens de serviço e autorizações para licitações

Durante o evento serão assinadas 17 ordens de serviço e 15 autorizações para licitação de obras de ampliação dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, contemplando os municípios de Aquidauana, Bonito, Camapuã, Chapadão do Sul, Corumbá, Coxim, Dourados, Guia Lopes da Laguna, Itaporã, Ivinhema, Jardim, Laguna Caarapã, Maracaju, Mundo Novo, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Porto Murtinho, Rio Brilhante, Santa Rita do Pardo, Sidrolândia e Três Lagoas. O investimento, em sua maioria recursos próprios da Sanesul, soma R$ 59,4 milhões.

Serão assinadas ordem de serviço para pavimentação de 3.000 m² do pátio do Complexo Operacional, em Campo Grande, obra cujo valor é de R$ 180 mil, recursos próprios, e tem prazo de 6 meses para finalização, e ordem de compra de 15 caminhões basculantes com carrocerias, para utilização das gerências regionais da Sanesul, no transporte de materiais para reparo das vias após manutenção nas redes de água e esgoto, investimento de R$ 2,3 milhões, também em recursos próprios da empresa.

As ordens de serviço englobam ainda a perfuração de dois poços tubulares profundos em Mundo Novo, com previsão de vazão de 30 mil litros de água por hora cada um, no valor de R$ 391 mil, recursos próprios da Sanesul, e a ampliação do sistema de abastecimento de água com a perfuração de poço, construção de dois reservatórios e implantação de mais de 28 mil metros de novas redes em Ponta Porã, obra no valor de R$ 10 milhões, que também será executada com recursos próprios.

Entre as autorizações de licitação, estão a construção de uma Estação de Tratamento de Esgotos em Ivinhema, com capacidade para tratar 40 litros de esgotos por segundo, ao custo de R$ 3,5 milhões, recursos próprios da Sanesul e a construção em Três Lagoas de reservatório com capacidade para armazenar quatro milhões de litros de água e implantação de mais de seis mil metros de novas redes de distribuição, no valor de R$ 9 milhões, recursos próprios financiados.

Mais de R$ 800 milhões em saneamento

Os investimentos do governo do Estado, através da Sanesul, na implantação e ampliação dos sistemas de abastecimento de água e esgoto em Mato Grosso do Sul, na gestão atual (desde 2015), somam cerca de R$ 800 milhões, entre obras executadas, em execução e a executar, com recursos próprios e do Governo Federal. São mais de 160 obras, sendo que destas, 86 já foram concluídas (sendo que 54 estavam inacabadas), em 41 municípios, e 80 estão em execução, em 39 cidades do Estado.

Ao todo, foram e estão sendo perfurados 40 poços e construídos mais 58 novos reservatórios e 744 quilômetros de redes de distribuição. Os novos reservatórios armazenam mais de 36 milhões de litros de água. Duas ETAs (Estações de Tratamento de Água) estão sendo construídas, em Coronel Sapucaia e Sete Quedas, com capacidade para tratar 150 mil e 120 mil litros de água por hora.

As ETAs de Corumbá, Dourados, Jardim e Ladário estão sendo ampliadas para tratar mais 600 mil, 500 mil, 150 mil e 216 mil litros de água por hora, respectivamente, além da capacidade atual, garantindo aumento da produção de água tratada para acompanhar o crescimento das cidades.

A Sanesul trata, hoje, mais de nove bilhões e meio de litros de água por mês, em 17 estações de tratamento e 386 poços.

Esgotamento sanitário

As redes de esgoto também estão sendo ampliadas, com a construção de dois mil quilômetros de novas redes coletoras e 108.730 novas ligações domiciliares de esgoto, garantindo mais saúde a mais de um milhão e meio de sul-mato-grossenses.

Estão em construção 28 novas ETEs (Estações de Tratamento de Esgoto) e outras nove estão sendo reformadas e ampliadas. Ao todo, a Sanesul tem 59 ETEs em operação em 50 municípios e um distrito, e trata 100% do volume de esgoto coletado. Ao todo, são coletados e tratados, mensalmente, 1,5 bilhão de litros de esgoto.

Última modificação em Quinta, 28 Setembro 2017 10:53
Redação Douranews

Mais recentes de Redação Douranews