Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O Serviço Geológico do Brasil lançou uma plataforma interativa que reúne informações sobre áreas com alto risco e muito alto risco de deslizamentos de terra, inundações, enxurradas e quedas de rocha, em mais de 1.600 municípios brasileiros, entre eles 22 cidades de Mato Grosso do Sul, incluindo Dourados. O serviço é um mapa online e contém uma base de dados que pode ser usada por gestores nacionais, estaduais e municipais, como as defesas civis de cada região, além da comunidade acadêmica, empresas privadas e a sociedade.

Em Dourados, de acordo com o mapa, e segundo dados coletados em março de 2013 e publicados em julho de 2015, a região de confluência dos córregos Água Boa e Rego d'Água e as margens ao longo desses dois mananciais ficaram alagadas após dois dias de chuvas intensas na cidade. “Em algumas regiões há ainda o refluxo das águas do sistema de esgoto, como no caso do bairro Cachoeirinha”, onde, segundo levantamento da época, cerca de 500 pessoas ocupando 100 imóveis viviam em alto grau de risco.

"O mapa contém todas as informações que foram levantadas pelo Serviço Geológico do Brasil de 2012 até agora, referentes às condições de risco geológico, suscetibilidade a movimentos gravitacionais de massa e inundação e mapeamento de perigo de movimentos gravitacionais de massa", disse Sandra Fernandes, que coordena o trabalho de mapeamento de áreas de risco no país.

Já naquela época, com os números apurados no levantamento que agora compõem o quadro geral do País, foram sugeridas para a região da Vila Cachoeirinha obras de melhorias na infraestrutura urbanística, como pavimentação de ruas e implantação de sistema eficiente de drenagens de águas pluviais; junto a estudos hidrológicos e o correto dimensionamento de pontes, afim de se evitar o represamento das águas. Esse serviço foi contemplado entre 2014 e 2016 durante a gestão do ex-prefeito e atual vice-governador e secretário estadual de Infraestrutura, Murilo Zauith.

Comentário

A polícia paraguaia entregou, sexta-feira (24) à noite, à PF (Polícia Federal) brasileira, no trecho da ponte que liga o Paraguai ao Brasil, na cidade de Foz do Iguaçu, no Paraná, um criminoso que estava preso no país vizinho. Segundo a PF, o indivíduo é líder de organização criminosa e um dos maiores contrabandistas de cigarro do Brasil.

O homem estava no Paraguai desde março de 2019. Ele foi detido no Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi, na capital, Assunção, quando tentava entrar no país. O criminoso era investigado em diversas operações da Polícia Federal, entre as quais a Contorno Norte. Na ocasião, foram cumpridos 20 mandados de prisão de pessoas que atuavam com o líder criminoso em diversas cidades do Paraná. Foi feito também o bloqueio de contas bancárias de integrantes do grupo.

De acordo com a Agência Brasil de notícias, a ação foi deflagrada em junho do ano passado com o objetivo de desbaratar quadrilhas que atuavam no comércio ilegal de cigarros de origem paraguaia. As cargas entravam por meio da cidade paraguaia de Salto del Guarirá, utilizando uma rede de barqueiros e motoristas.

Comentário

O Internacional é o grande campeão da 51ª edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Após empate por 1 a 1 com o rival Grêmio na manhã deste sábado (25), no Pacaembu, na capital paulista, o Colorado venceu o Tricolor por 3 a 1 na disputa por pênaltis e conquistou a Copinha pela quinta vez em sua história, tornando-se, ao lado do Fluminense, o segundo time com mais conquistas. O Corinthians, com dez títulos, ainda é o maior campeão.

O Grêmio saiu na frente, com gol contra de Tiago Barbosa, mas o Inter empatou na sequência com Guilherme Pato. Nos pênaltis, o Tricolor errou três cobranças e levou a pior diante do rival. O Grêmio segue sem títulos da Copinha.

Comentário

Sábado, 25 Janeiro 2020 11:15

Morre o ex-deputado federal Ibsen Pinheiro

Morreu nesta sexta-feira (24), aos 84 anos, o ex-deputado Ibsen Pinheiro. Ele foi presidente da Câmara durante o processo de impeachment de Fernando Collor de Mello, em 1992. Ibsen estava internado no Hospital Dom Vicente Scherer, na Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre. Segundo familiares, Ibsen tinha descoberto em dezembro um tipo de câncer na medula.

"Ele não ficou bem na quinta, na sexta-feira nós retornamos [ao hospital]. O doutor que cuidava dele resolveu que ele tinha que ficar internado. Às 20 horas locais ele olhou para o relógio, reclamando que tava numa emergência, que queria ir para casa. Aí ele disse 'se eu tenho que ficar aqui, quero um comprimido pra dormir'. Eu vi que ele estava mal, chamei a enfermagem, dois minutos tinha 10 médicos no quarto, me fizeram sair e ele teve três paradas consecutivas, essa foi a causa", afirma a companheira de Ibsen, a jornalista Jussara Oliveira da Silva, de 69 anos.

Filiado ao MDB do Rio Grande do Sul, foi deputado federal por quatro legislaturas, entre 1983 e 2011. Ibsen também foi integrante da Assembleia Nacional Constituinte, responsável pela Constituição de 1989. Além da carreira política, Ibsen era jornalista, advogado e atuou como promotor e procurador da Justiça. Ele trabalhou na Rádio Gaúcha e Zero Hora, durante a década de 1960 e depois, retornou em 1971. No futebol, foi presidente do Inter.

Comentário

O Showtec 2020 terminou nesta sexta-feira (24), em Maracaju, totalizando um volume que ultrapassou R$ 150 milhões em negócios, impulsionado principalmente pela forte presença das concessionárias de maquinários agrícolas. Com 124 expositores e ampla programação técnica, a feira contou com a participação de 15 mil pessoas nos três dias de evento.

Durante a feira, os visitantes puderam encontrar modelos de maquinários que facilitam o dia a dia nas lavouras e diminuem custos com a produção. Empresas expuseram plantadeiras, colheitadeiras, pulverizadores, tratores e tecnologias para a agricultura de precisão, possibilitando expansão de vendas de produtos dos expositores para o público.

Para o próximo ano, o evento já tem data marcada: dias 20, 21 e 22 de janeiro de 2021. O presidente da Fundação MS, Luciano Mendes, avalia que o Showtec tem se firmado a cada entre os produtores como importante meio para difusão das últimas novidades para o segmento e uma ótima oportunidade para firmar realização de negócios e contatos para novas parcerias. "É uma excelente ocasião para que os produtores façam contato com grandes empresas, troquem informações e conhecimento de mercados potenciais.", pontua.

A programação técnica da feira foi um dos destaques desta edição. A Trincheira Show foi realizada pelo segundo ano consecutivo, com estrutura maior e espaço ampliado nas arquibancadas. Os aspectos físicos, químicos e biológicos do solo e os impactos do sistema radicular na melhoria da qualidade do sistema foram explicados por palestrantes de renome nacional.

O auditório de palestras permaneceu lotado na maior parte do tempo, com produtores rurais, técnicos e outros profissionais ligados ao agro ávidos por conhecimento. Os painéis abordaram temas diversos, com dicas de como o produtor pode atingir um alto desempenho no milho safrinha e a relevância da rotação de culturas para altas produtividades.

Já outro painel levou informação sobre sugadores de soja e milho e qual o manejo adequado para controlar as pragas e doenças nas lavouras, entre elas, o enfezamento do milho, doença tem ganhado cada vez mais importância no Estado. E buscando preparar o produtor rural para o mundo digital, o Showtec neste ano preparou um painel específico que mostrou tecnologias de mecanização, como aplicação, plantabilidade e controle do tráfego de máquinas. (Da assessoria)

Comentário

Enquanto um estudo publicado na quinta-feira (23) mostrou que mais de 52% das vítimas fatais de coronavírus eram idosos e com alguma doença crônica associada, uma novo artigo divulgado nesta sexta (24) na revista "The Lancet" mostra que a maioria dos sobreviventes tem até 49 anos e é saudável. A pesquisa desta sexta analisou os 41 primeiros pacientes do novo coronavírus confirmados entre 16 de dezembro e 2 de janeiro - seis deles morreram, e todos têm entre 49 e 66 anos. Nenhuma criança ou adolescente foi infectado e todos os sobreviventes tinham entre 25 e 53 anos.

O que você precisa saber sobre essa nova doença

"O número de mortes está aumentando rapidamente", afirma o estudo, alertando que os números dos casos fatais estão crescendo dia a dia e que é urgente se descobrir "a epidemiologia, duração da transmissão humana e espectro clínico da doença". Os cientistas também confirmam a relação entre a infeção e o mercado de frutos do mar de Wuhan: 66% estiveram no local antes de serem internados. A Sociedade Brasileira de Infectologia preparou um questionário, com perguntas e respostas, sobre o assunto.VEJA LINK ACIMA.

A mulher do primeiro paciente a morrer por coronavírus – um homem de 61 anos que apresentou os sintomas depois de ter ido ao mercado de frutos do mar – também foi infectada e internada por pneumonia cinco dias após a internação do marido, segundo os pesquisadores. Ela, que tem 53 anos e não frequentou o mercado, está viva.

 

Comentário

Dados do SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), órgão auxiliar da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) para suporte às atividades do associado, revela uma boa notícia para o comércio douradense. Os registros reduziram 29,95% em 2019, comparado aos doze meses de 2018. Durante os 365 dias do ano passado, o SCPC deixou de inserir 6.611 negativações, ou seja, em 2018, 22.075 nomes foram parar na lista do SCPC, enquanto no ano passado, 15.464 consumidores tiveram o nome negativado.

A má notícia, é que as consultas também reduziram, o que pode significar queda nas vendas a prazo, feitas através do carnê ou cheque. Essas consultas foram 7,21% menores no ano passado, em relação à 2018, indicador de que muitos dos compradores estão preferindo as transações à vista, no dinheiro, até que consigam solucionar eventuais pendências em relação ao crédito.

De acordo com Ivanilde Marques da Silva Godoy, que trabalha no departamento do SCPC da Aced há 27 anos, a facilidade do cartão de crédito pode ser o grande fator para a restrição de consultas para aprovação de crédito. “A pesquisa se refere somente às lojas locais, associadas à Aced, não incluindo as empresas de rede, como bancos ou financeiras”, afirmou ela.

Para o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados, Nilson Santos, a redução de inclusão de nomes no SCPC pode significar queda nas vendas ou redução de inadimplência do consumidor, já que no ano passado a entidade foi parceira do Procon na Campanha ‘Saindo do Sufoco’. “Durante todo o período da campanha, foram realizados 630 atendimentos nessa campanha que busca apoiar o consumidor na renegociação de dívidas em atraso, promovendo a volta do consumo no comércio, principalmente no final do ano”, disse Nilson.

O presidente destacou, ainda, a importância de empresas serem associadas à Aced, onde, além de obter uma avaliação completa que inclui o comportamento de pagamento do consumidor do SCPC, maior banco de dados da América Latina administrado pela Boa Vista Serviços, conta ainda, com departamento médico, locações do auditório com estacionamento, convênios diversos para os empresários e seus colaboradores. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3416-8653.

Comentário

A Petrobras confirmou que vai reduzir em 1,5% o preço da gasolina e em 4,1% o preço do litro do diesel para as distribuidoras. A medida, prevista para começar a valer a partir desta sexta-feira (24), vem dez dias depois do último reajuste promovido pela estatal, no dia 14 deste mês, quando houve redução de 3% nos valores dos dois combustíveis.

Os preços para a gasolina e o diesel vendidos às distribuidoras tem como base o preço de paridade de importação, formado pelas cotações internacionais desses produtos mais os custos dos importadores.

A paridade é necessária porque o mercado brasileiro de combustíveis é aberto à livre concorrência, dando às distribuidoras a alternativa de importar os produtos. O preço de venda às distribuidoras não é o único determinante do preço final ao consumidor, explica reportagem da Agência Brasil de notícias.

Como a lei brasileira garante liberdade no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras podem ou não refletir no preço final, que também incorpora tributos e repasses dos demais agentes do setor de comercialização, diz a publicação.

Comentário

O escritor Raphael Bruno, que também é ator, poeta, jornalista, compositor com mais de 200 canções, humorista, entre outras atribuições, lançou a centésima segunda obra literária, o e-book Receitas, um livro que ensina diversos pratos.

Natural de Penedo, no Sul do Rio de Janeiro, ele já vendeu suas obras na França, Alemanha, EUA, Inglaterra, Índia, Japão e em praticamente todas as regiões do Brasil.

Com um estilo eclético, Raphael atua, improvisa e roteiriza os próprios vídeos para a internet. Recentemente finalista do Prêmio Olho Vivo na categoria internet, no ano passado o versátil artista foi finalista na categoria poeta e livros com e-book Marketing.

Ele iniciou na atividade com a obra literária “Músicas e Poesias”, em 2016. No ano seguinte, criou o canal de humor que leva o seu nome aderindo a seguidores de todo o país. Com grande habilidade em escrever, já criou diversas anedotas.

Em 2014 e 2015 teve o programa na rádio local, com o nome de Coração pra Coração (sucesso na cidade). Em 2018 foi comentarista da rádio Frenética Web. Sua primeira aparição em rádio foi em 2013 no extinto Chacrinha da Real contando piada.

Com tanta criatividade, Raphael resolveu colocar em prática suas idéias e não parou mais. As obras dele podem ser encontradas na Amazon, Perse, Saraiva, Livrorama e Clube dos Autores.

Comentário

A mãe dos filhos de Gugu Liberato, Rose Miriam di Matteo, teria conseguido na Justiça de São Paulo o direito de receber pensão de R$ 100 mil por mês. As informações são do jornal Folha de S.Paulo, conforme repercute o portal da revista IstoÉ na internet.

Na decisão do juiz da 9ª Vara da Família e das Sucessões do Foro Central da Capital do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, o magistrado ressalta que o valor é equivalente ao que Gugu destinou para o sustento da mãe dele, Maria do Céu.

Segundo os advogados de Rose Miriam, após a morte de Gugu, a viúva ficou sem recursos até para manter as despesas de casa, já que a família do apresentador não repassou nada para ela. Rose Miriam acionou a Justiça, em dezembro do ano passado, pedindo o reconhecimento de união estável com Gugu, com quem teve três filhos.

O casal não era casado oficialmente. Eles eram amigos que decidiram ter filhos juntos, em um relacionamento que durou 20 anos. Ela também não estava incluída no testamento assinado pelo apresentador em 2011, conforme a publicação.

Comentário

Página 1 de 1548

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus