Timber by EMSIEN-3 LTD
  • cmd br
Sexta, 16 Agosto 2019 16:55

Braz Melo, Pedro Pepa e Cirilo reassumem mandatos segunda-feira na Câmara Destaque

Escrito por
Presidente da Câmara com a prefeita, em agenda na Capital, mantém relações de cordialidade Presidente da Câmara com a prefeita, em agenda na Capital, mantém relações de cordialidade Douranews/Divulgação

Os vereadores Braz Melo (PSC), Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB) vão reassumir os mandatos segunda-feira (19), às 18h30, na abertura da sessão ordinária do dia, informou a assessoria de comunicação da Câmara de Dourados.

Braz Melo retoma a vaga que vinha sendo ocupada pela suplente Lia Nogueira, depois que a primeira suplente da coligação, Denize Portolann, foi presa em operação que apura irregularidades cometidas na Secretaria de Educação, pasta que comandou durante um tempo a convite da prefeita Délia Razuk.

A defesa de Braz queria antecipar a posse dele, retomando o cargo para o qual foi eleito em 2016, mas o presidente da Câmara, vereador Alan Guedes (DEM), aguardava a publicação de Acórdão por parte do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª. Região), em São Paulo, de reconhecimento da prescrição da punição aplicada ao vereador, condenado por improbidade administrativa no exercício de prefeito na década de 90.

Já os outros dois, que eram membros da Mesa diretora da Câmara quando a vereadora Daniela Hall (PSD) ocupou a presidência do Legislativo, estavam afastados das funções após terem sido presos por conta das investigações da operação ‘Cifra Negra’, do Ministério Público Estadual, que também prendeu o ex-presidente da Casa, Idenor Machado (PSDB) e o suplente de vereador, Dirceu Longhi (PT).

Pepa e Cirilo foram absolvidos em julgamento do plenário da Câmara, depois de passarem por uma Comissão Processante que apurou o delito coletivo. Eles vão assumir as funções que foram ocupadas temporariamente pelos suplentes Marcelo Mourão (PRP) e Marinisa Mizoguchi (PSB).

Maioria

Com o retorno dos vereadores titulares às funções, a prefeita Délia Razuk (sem partido) volta a respirar aliviada na Câmara, principalmente diante de um pedido de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que foi protocolado na sessão de segunda-feira (12) passada pela vereadora Daniela, e que já tinha, entre as cinco assinaturas de apoio, o nome de Lia Nogueira, que agora devolve a vaga ao aliado da prefeita. Também deixam a Câmara os suplentes Marcelo e Marinisa, o primeiro só recentemente aliado de Délia Razuk. 

Vão permanecer compondo o bloco independente, ou, de oposição a prefeita, além do presidente Alan Guedes (DEM), do vice, Elias Ishy (PT) e do primeiro e da segunda secretária na Mesa, Sergio Nogueira (PSDB) e Daniela Hall, os vereadores Madson Valente (DEM) e Olavo Sul (Patriotas. Délia se garante nas primeiras deliberações com uma folgada maioria de 13 vereadores, ou seja, os dois terços regimentais. 

  • unimed nova

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus