Timber by EMSIEN-3 LTD
Segunda, 25 Novembro 2019 15:20

Câmara de Dourados realiza sessão de entrega de homenagens

Escrito por
Grupo de rap Brô MCs, da aldeia indígena de Dourados, recebeu o Prêmio do ano passado Grupo de rap Brô MCs, da aldeia indígena de Dourados, recebeu o Prêmio do ano passado Assessoria

A Câmara de Dourados realiza nesta segunda-feira (25), às 18 horas, sessão solene de entrega do prêmio Marçal de Souza Tupã'Y, destinado à pessoa que tenha se destacado na produção jornalística, artística, literária ou científica com temas voltados à problemática indígena. Também será realizada a 1ª edição do Diploma Zumbi dos Palmares, concedido a personalidades ou entidades que tenham oferecido contribuição relevante, reconhecida e pública atuação em prol da comunidade negra.

A educadora Fabiana Assis Fernandes será a homenageada com o prêmio Marçal de Souza Tupã'Y. Natural de Dourados, ela atua nas áreas de produção e gestão cultural, arte-educação e produção audiovisual intercultural no município desde 2008. É fundadora da Rede Cultural e Ecológica Casa dos Ventos e promove ações sócio-educativas de artes integradas e colaborativas no Estado, além de ser colaboradora da Cátedra da Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura)/UFGD/ONU (Organização das Nações Unidas) Mulheres, membro do Fórum de Cultura de Dourados e do GT (Grupo de Trabalho) de Patrimônio Cultural Indígena de MS, instituído pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).

O Diploma Zumbi dos Palmares terá cinco categorias, sendo um homenageado para cada uma delas. O Instituto Cultural Malungo de Capoeira, que tem o objetivo de coordenar ações de inclusão social, por intermédio da arte e cultura, tendo a capoeira como instrumento de educação para a cidadania, com foco no resgate histórico das matrizes africanas, será um dos contemplados.

Na área da Política, a homenagem será concedida a Luhara de Souza Arguelho, presidente do Comafro (Conselho Municipal de Defesa e Desenvolvimento de Direitos dos Afro-brasileiros).

O projeto SER (Subjetividade, Educação e Representatividade), que tem o intuito de promover formações continuadas para professores e educadores e diálogo com alunos e sociedade sobre Relações Raciais e Diversidade, será homenageado na categoria Social.

A educadora Maria José de Jesus Alves Cordeiro, homenageada na área Educacional, é graduada em Pedagogia e mestre/doutora na área de Educação. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação, Gênero, Raça e Etnia que coordenadora na Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), é membro do Grupo de Estudos e Pesquisas Políticas de Educação Superior ‘Mariluce Bittar’ e do Coletivo de Mulheres Negras ‘Raimunda Luzia de Brito’ no Estado.

Na área religiosa, o diploma será conferido à professora e cantora Izabel Cristina de Oliveira. A homenageada é colaboradora e participante do Grupo Afro-Axé, sendo organizadora das celebrações Afro-Axé da Igreja Católica, desde 2002, e integrante do grupo ‘Divina Providência’ da Comunidade Santo Antônio na Paróquia Santa Terezinha. Ela ainda é apresentadora do concurso Beleza Negra de Dourados e do Encontro Cacheia Dourados 2019.

  • Vitoria
  • pmd proteja

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis