Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O vereador Olavo Sul (Patriota) apresentou requerimentos solicitando que a prefeita Délia Razuk (PTB) e secretários comparecessem à Câmara para prestar esclarecimentos sobre os repasses do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul) recebidos pela Prefeitura de Dourados, mas os requerimentos foram rejeitados por 12 votos contrários e cinco favoráveis.

O vereador solicitava explicações sobre a aplicação dos repasses recebidos do Fundersul, da iluminação pública e da atual situação em que se encontra as demandas solicitadas pela população. “Queria ouvir os esclarecimentos da prefeita e da secretária municipal de Obras Públicas, Marise Aparecida Bianchi Maciel, e o secretário de Serviços Urbanos, Fabiano Costa, sobre a gestão municipal dos valores empenhados para manutenções nas vias, estradas da zona rural, bem como dos valores repassados pelo Governo do Estado através dos recursos via Fundersul, além de explicações a população sobre os recursos e a manutenção da iluminação pública municipal, que tem sido alvo de inúmeras reclamações da população da cidade e dos distritos”, apontou Olavo Sul.

Segundo o vereador, constantemente ele é cobrado pela população pela situação crítica que se encontra o município. “Somos cobrados pela população da zona rural, em relação a manutenção das estradas. Agora no período de chuvas, colheita e o retorno das aulas escolares, a situação está ainda pior, então o pedido de convocação é apenas para que tenhamos uma resposta dos responsáveis pela execução dos serviços. Sobre a iluminação pública, desde o início do mandato tenho cobrado, mas sempre afirmam que estão fazendo licitação ou aguardando a chegada de material. Está na hora de dar uma resposta a população”, ressaltou.

O vereador ainda questiona sobre valores recebidos, aonde o dinheiro está sendo aplicado e o porquê da morosidade do Poder Executivo em resolver essas demandas. “Essa convocação não é um pedido do vereador Olavo Sul, mas da população. Acredito que não teria nenhum problema em virem a esta Casa de Leis e darem explicações. Tenho solicitado, encaminhado as demandas, fiscalizado, mas infelizmente a maioria das demandas não são atendidas e quem é cobrado sou eu. Por isso acredito que está na hora do executivo dar as respostas”, finalizou Olavo Sul. (Da assessoria)

Comentário

O dia 24 de fevereiro é comemorado como Dia da Conquista do Voto Feminino no Brasil. Há 88 anos foi publicada a primeira legislação eleitoral brasileira que reconhecia o voto feminino e incluía o voto secreto (Decreto 21.076). Para estimular o engajamento das mulheres na vida política, a Coordenadoria de Políticas para Mulheres de Dourados vai desenvolver, no mês de março, a campanha ‘A Importância da Participação da Mulher na Política’.

Essa é, segundo a coordenadora local Sônia Maria Rodrigues Pimentel, a forma de tratar junto à comunidade sobre a importância desta conquista feminina e fundamental trabalhar com as mulheres a conscientização que também podem e devem ocupar lugares de destaque nos diversos eixos da sociedade. “Em 2020, por ser um ano eleitoral, temos que conscientizar e despertar nessas mulheres uma busca mais efetiva na política do município. É muito importante a participação da mulher no sentido de decidir, opinar e participar mais politicamente. De ter expressão dentro do nosso cenário político”, destaca.

O objetivo da campanha é discutir o que a mulher candidata pode conseguir em termos de representatividade nas prefeituras e câmaras municipais, analisar a conjuntura brasileira sobre o tema e debater a apresentação de propostas para tentar alterar esse quadro. As ‘rodas de conversa’ serão realizadas nos Cras da Vila Cachoeirinha (dia 3) Jóquei Clube (5) e nos distritos de Macaúba (9) e Vila Vargas (dias 10 e 12).

A data

O dia 24 de fevereiro foi um marco na história da mulher brasileira. No código eleitoral provisório (Decreto 21.076), de 24 de fevereiro de 1932, durante o governo de Getúlio Vargas, o voto feminino no Brasil foi assegurado, após intensa campanha nacional pelo direito das mulheres ao voto. No Brasil, o movimento feminista em defesa do voto se fortaleceu com a liderança da bióloga e também ativista Maria Julia Lutz (1894-1976), que criou e participou de movimentos, a exemplo da Liga para a Emancipação Intelectual da Mulher. Maria Júlia também foi representante do Brasil na Liga das Mulheres Eleitoras.

O primeiro direito de voto feminino foi garantido, entretanto, cinco anos antes, quando a professora Celina Guimarães Viana adquiriu o registro para votar, que a coloca, historicamente, como a primeira eleitora do Brasil. Nordestina nascida no Rio Grande do Norte, Celina solicitou a inclusão de seu nome na lista de eleitores da cidade de Mossoró (RN), em 1927, ano em que o município permitiu que a lei eleitoral determinasse, por meio do artigo 17, que no Estado poderiam “votar e serem votados, sem distinção de sexos”, todos os cidadãos que reunissem as condições exigidas pela lei.

Comentário

A Prefeitura de Dourados começou a receber, na manhã desta sexta-feira (21), parte dos kits escolares que serão entregues nas escolas da Rede Municipal de Ensino. Uma nova carga deve chegar na segunda-feira (24) e a entrega do material nas unidades escolares será feita na semana após o carnaval. Serão contempladas todas as 45 unidades e os Ceims (Centros de Educação Infantil) do município. Os kits são para alunos da pré-escola, das séries do 1° ao 5° anos e do 6° ao 9° anos.

No total serão entregues 25.900 kits escolares, sendo 4.400 para educação infantil, 15.400 para o fundamental inicial e 6.100 para o ensino fundamental final. O investimento feito pela Prefeitura de Dourados para a aquisição dos kits escolares foi de R$ 1.648 milhão, segundo o secretário de Educação, Upiran Jorge Gonçalves. “Essa já é uma marca da administração da prefeita Délia Razuk, que tem o compromisso em desenvolver uma educação de qualidade, garantindo aos alunos melhores condições para desenvolver o aprendizado, e uma grande conquista para os alunos do município e para suas famílias, que recebem gratuitamente todo material necessário para os estudos”, disse Upiran.

O kit escolar 1, para os alunos da pré-escola, contém caderno de cartografia, lápis de cor, caneta hidrográfica, lápis grafite, giz 12 cores, borracha branca, apontador, cola branca, tinta guache, massa de modelar, pincel n° 8, tesoura, cola colorida e pasta plástica com elástico. O kit escolar 2, para os alunos de 1° ao 5° ano, contém cadernos ‘brochurão’ e de cartografia, caneta hidrográfica, lápis de cor, borracha branca, apontador, cola branca, lápis grafite, tesoura, cola colorida, material dourado e calculadora. O kit escolar 3, para os alunos de 6° ao 9° ano, é composto de caderno universitário, borracha branca, apontador, cola, lápis grafite e de cor, canetas esferográficas azul, vermelha e preta, régua de 30cm, transferidor de 180 graus, esquadros de 45º e 60° e ainda calculadora.

Comentário

Além de ter a melhor qualidade estrutura de ensino superior no Paraguai, a UCP (Universidad Central Del Paraguay) vem investindo cada vez mais na preparação de servidores e professores, mestres e doutores da instituição para que eles sejam cada vez melhor preparados e capacitados para atender a demanda crescente na universidade.

Uma das apostas da diretoria e da reitoria da UCP tem sido o Programa de Neolinguística (PNL), usada pelas maiores empresas mundiais, onde as técnicas aplicadas permitem aos servidores, o corpo docente e colaboradores entender melhor as pessoas e se comunicar de uma maneira onde tudo funcione de forma que seja bom para todos e que haja progresso e desenvolvimento na relação interpessoal.

Nos últimos dias o palestrante internacional, especialista em PNL, Everton Saulo Silveira, esteve passando seus conhecimentos nas unidades de Ciudad Del Este e Pedro Juan Caballero. “A Neolinguística é a mais poderosa ferramenta de transformação e desenvolvimento pessoal existente no mundo e sei que uma empresa como esta que recebe milhares de pessoas todos os dias precisa ter profissionais capacitados para fazer o atendimento deste público e este atendimento pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso não só das pessoas que nela trabalham como da própria universidade”, disse Saulo.

Ainda de acordo com Saulo, os servidores, professores, mestres e doutores das quatro unidades da UCP receberam como informação todas as estratégias e as técnicas que fazem parte do padrão internacional de ensino em Programação Neolinguística e que se aplicado no dia-a-dia vai oferecer ferramentas práticas para a solução imediatas dos questionamentos e dificuldades que surgem diariamente nas instituições dentro e fora das salas de aula, clínicas e laboratórios.

Segundo o diretor administrativo da UCP, Karlos Bernardo, este é o segundo ano que a orientação baseada na PNL é disponibilizada e é notável a mudança de comportamento e a melhoria de qualidade nas relações interpessoais e no atendimento em público e aos alunos. “Este tipo de investimento traz um retorno positivo não só para nossa universidade, mas principalmente para nossos colaboradores que passam a prestar um serviço de melhor qualidade para o nosso público em geral. Assim todos saem ganhando”, disse Karlos.

Comentário

Comunicado da Agesul (Agência estadual de Gestão de Empreendimentos), publicado na edição desta sexta-feira (21) do Diário Oficial do Estado, informa a abertura de processo de licitação, do tipo menor preço, para a obra de implantação e pavimentação asfáltica da rodovia de acesso ao trecho ligando a MS 162 com e BR 463 em Dourados.

De acordo com o comunicado, a obra consiste de implantação e pavimentação de uma extensão de pouco mais de 7 km a partir do Aeroporto Municipal de Dourados ao entroncamento da BR 463, que dá acesso ao município de Ponta Porã, uma reivindicação que visa abreviar o percurso e facilitar o desvio de veículos daquela área.

O edital de licitação será aberto no dia 30 de março às 8 horas, em Campo Grande.

Comentário

A Câmara de Dourados aprovou, durante sessão ordinária realizada quarta-feira (19), o Projeto de Lei 001/2020, do Poder Executivo, que prevê a ampliação do rol de membros do CMPDA, o Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais. A advogada e secretária-geral da Associação Amigos do Animais, Denise de Abreu e Silva, usou a tribuna da Casa de Leis para discorrer sobre o Projeto de Lei. Ela apontou que há seis anos espera pela tramitação do projeto e agradeceu o apoio que a Câmara tem dado.

“Por conta do apelo e a descoberta das pessoas pela causa animal, conseguimos este apoio”, apontou. “O Conselho é singular, porque é uma ferramenta democrática de idealização e realização de políticas públicas, que envolve o diálogo constante entre a sociedade civil e o poder público”, completou a secretária. “A proteção animal não é só uma questão para os adeptos, mas deve ser uma luta para todos nós, pois é diretamente relacionada à biossegurança e controle sanitário”, ressaltou Denise durante a fala.

O presidente da Casa de Leis, vereador Alan Guedes (DEM), também usou a tribuna para enaltecer o trabalho do CMPDA, apontando que mantém, em casa, um canil utilizado coo lar temporário para cães resgatados por ONGs de Dourados, por isso compreende a luta e trabalho do Conselho. “Esta tribuna vem em momento oportuno, porque vamos votar o Projeto de Lei que institui o Conselho. Esta é uma causa apaixonante e tenho certeza que vamos conseguir discutir e produzir políticas públicas mais adequadas para o atendimento das necessidades dos animais”, comentou Alan.

Educação

O secretário municipal de Educação, Upiran Jorge Gonçalves, também usou a tribuna da Casa de Leis para discorrer sobre a falta de auxiliares nos Ceims (Centro de Educação Infantil Municipal). Ele apontou que a função estava sendo exercida por estagiários e que a contratação não era feita através da pasta de Educação, mas pela Administração.

“Estamos atravessando problemas com relação ao preenchimento das vagas de auxiliares, que estava sendo ocupada por estagiários. Estas contratações são de responsabilidade da Secretaria municipal de Administração, através do Núcleo de Estágio, que abre processo licitatório para contratação de empresa responsável pelos trâmites. A empresa tem realizado os processos seletivos, mas as vagas não são preenchidas, não por desdém, mas por falta de candidatos habilitados”, explicou o secretário. Ele disse ainda que tem se reunido com o Ministério Público Estadual para buscar alternativas para a contratação de estagiários.

Ordem do Dia

A Câmara aprovou, em regime de urgência, durante a sessão ordinária, o Projeto de Lei Complementar 002/2020, do Poder Executivo, que prevê a terceirização dos cargos de Auxiliar de Serviços de Manutenção, com o objetivo de sanar a falta de profissionais no município. O Projeto de Lei 003/2020, do vereador Alan Guedes (DEM), que declara de utilidade pública o Instituto Ginasloucos, com sede em Dourados, também foi aprovado durante sessão ordinária.

Ainda foram votados e aprovados 54 projetos de Lei, de autoria do vereador Maurício Lemes (PSB) que denominam ruas dos bairros Vila Nova Esperança, Jardim Ibirapuera, Jardim das Primaveras, Jardim Carisma, Estrela Hory, Harrison de Figueiredo II, Dioclécio Artuzi II, Residencial Estrela do Leste, Chácara Cidélis, Jardim das Palmeiras, Sitioca Campina Verde, Chácara Trevo, Chácara Ipê, Sitioca Campo Belo, Parque das Nações II, Residencial Hectares, Jardim São Cristóvão, Parque das Nações I, Jardim Alambra, Jardim Shekinah, Jardim Tarumã, Vila São Braz, Vila Valderez, Vila Mariana e Bairro Royal Barcelona I e II.

Comentário

Considerando o período de carnaval, a prefeita Délia Razuk decretou ponto facultativo nas repartições públicas municipais nos dias 24, 25 e 26 de fevereiro. Os serviços considerados essenciais, como saúde, coleta de lixo e segurança funcionarão normalmente, de acordo com o que informa a assessoria de comunicação do Município.

Veja como será o funcionamento dos serviços públicos no período

Conforme a escala do Departamento de Atenção Básica da Secretaria municipal de Saúde, as unidades de Atenção Primária da Seleta e no Izidro Pedroso funcionarão das 7 às 23 horas em regime de plantão, nos dias 24, 25 e 26 de fevereiro, e a unidade Parque das Nações II das 19 às 23 horas, também nos dias 24, 25 e 26, em regime de plantão. As demais unidades seguirão o que estabelece o Decreto 2.378, de 4 de fevereiro, que declara ponto facultativo nas repartições públicas municipais na segunda e na terça de carnaval e na quarta-feira de Cinzas.

Com o ponto facultativo, no setor de saúde o atendimento será feito pelo PAM (Pronto Atendimento Médico), e nos hospitais conveniados ao SUS (Hospital da Vida e HU).

Na área de serviços urbanos, a coleta de lixo vai funcionar normalmente, inclusive na terça-feira de carnaval.

Por conta do carnaval e do ponto facultativo, a Rede Municipal de Ensino, que abrange as escolas mantidas pela Prefeitura e os Ceims (Centros de Educação Infantil), não funcionam na segunda (24), terça (25) e quarta-feira (26).

Comentário

Acadêmicos do 3º e 5º semestres de Engenharia Civil da Unigran participaram, na manhã de quarta-feira (19), de uma aula prática das disciplinas de Hidráulica Geral Experimental e Mecânica dos Fluídos, no Cantão do Bosque, espaço onde estão localizados os blocos dos cursos das Engenharias e Agronomia da Instituição.

Sob a orientação dos professores Nelison Ferreira Correa e Wilson Espindola Passos, foram realizadas as medições e equações necessárias para calcular a vazão de escoamento do Córrego Laranja Doce, que corta os fundos da Unigran e liga a cidade em dois pontos. Para isso, eles utilizaram o método de flutuação.

Correa explicou sobre o objetivo da atividade. “Buscamos realizar o teste hidrométrico, utilizando a metodologia de flutuação, que por meio de equações utilizando o espaço e o tempo calcula a velocidade da vazão de um rio. Esta foi uma forma de aplicar os conhecimentos de mecânica dos fluídos, fenômenos dos transportes e hidráulica. A partir desse experimento, o aluno consegue aplicar em campo a teoria que é passada em sala de aula, pois eles tiveram a oportunidade de diagnosticar o local, ou seja, ver como o rio se comportaria caso recebesse alguma obra de reservatório, barragem, etc”, falou.

Passos também apontou onde o conhecimento obtido com a aula será utilizado. “Por meio destas medidas experimentais, eles puderam observar na prática como se aplicam as equações e os conceitos que explicamos em sala de aula. Esse conteúdo, especificamente, será muito importante quando eles atuarem na área de hidráulica, principalmente em projetos de escoamento de esgotos, galerias de águas pluviais, entre outros”, disse.

Para o estudante do 5º semestre, João Vitor Quintana Zamberlan, a experiência contribuiu significativamente para aprender o conteúdo. “A atividade foi muito interessante, porque enquanto estávamos vendo o conteúdo em sala de aula, tínhamos muitas dúvidas e de repente o professor disse: ‘vamos descer no córrego e ver isso na prática!?’, pegando todos de surpresa. Na sala, aprendemos de uma forma genérica, mas no córrego, durante a aula prática, tivemos a oportunidade de aplicar a teoria nesta realidade, o que facilitou a aplicação dos cálculos em diferentes cenários”, explicou.

Assim como o Cantão do Bosque, outros locais e prédios que compõem a estrutura da Unigran garantem aos alunos a melhor formação profissional, em todas as áreas em que vier a atuar. Esse diferencial, somado ao excelente quadro docente da Instituição, formado em sua maioria por mestres e doutores, consolidaram a Unigran como referência nacional do ensino superior, confirmado pelo MEC que a avaliou como a melhor de Mato Grosso do Sul e uma das melhores do país.

Processo Seletivo 2020

Com duração de dez semestres, o curso de Engenharia Civil da Unigran é oferecido nos períodos integral e noturno. Para ingresso em 2020, a Instituição oferece vagas por meio do Vestibular que pode ser agendando no site www.vestibularunigran.com.br, ou ainda com nota do Enem ou como portador de diploma. Mais informações pelos telefones (67) 3411-4313 ou (67) 9 9222-5948 (WhatsApp).

Comentário

A Receita Federal vai antecipar o pagamento dos lotes de restituição do IRPF, o Imposto de Renda Pessoa Física a partir deste ano. Tradicionalmente paga em sete lotes, de junho a dezembro, a restituição será paga em cinco lotes, do fim de maio ao fim de setembro, conforme o cronograma anunciado quarta-feira (19) pela Receita Federal. O primeiro lote será pago em 29 de maio. Os lotes seguintes serão pagos em 30 de junho, 31 de julho, 31 de agosto e 30 de setembro.

Também a partir deste ano, o próprio programa gerador da declaração do Imposto de Renda fornecerá a declaração pré-preenchida para os contribuintes com certificação digital. As informações da base de dados da Receita vão diretamente para o programa gerador, cabendo ao contribuinte apenas validar os dados e transmitir a declaração.

Em vigor desde 2014, a declaração pré-preenchida estava disponível no Centro de Atendimento Virtual (e-CAC) da Receita, e o contribuinte com certificação digital precisava gerar um arquivo, salvá-lo no computador e somente então o importar para o programa gerador.

Doações

Outra novidade é a realização de doações de até 3% do imposto devido a fundos controlados pelos conselhos municipais, estaduais e nacionais do idoso diretamente na declaração anual. Instituída pela Lei 13.797/2019, a novidade vale para declarações a partir de 2020. Até agora, as doações poderiam ser feitas no ano corrente, mas não diretamente na declaração, como ocorre com os fundos para os direitos da criança e do adolescente.

Por causa da perda de validade da lei que regulamentava o benefício, as contribuições dos patrões para a Previdência Social de empregados domésticos não poderão ser mais deduzidas. De 2006 até o ano passado, o contribuinte poderia abater R$ 1.251,07, correspondente à contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social dos trabalhadores domésticos correspondente ao salário mínimo.

A Receita também ampliou o prazo para o contribuinte agendar o débito automático da primeira cota ou cota única do imposto. Até agora, quem entregava a declaração até o fim de março tinha direito ao agendamento. A partir deste ano, a funcionalidade estará disponível para quem transmitir o documento até 10 de abril, conforme reproduz a Agência Brasil de notícias.

Comentário

Um homem, de 52 anos, baleado na cabeça por uma major da PM (Polícia Militar), de 46 anos, com que mantinha convivência, morreu na tarde desta quinta-feira (20) na Santa Casa de Campo Grande. Ele foi internado por volta de 18 horas, em estado gravíssimo, depois de tentar atacar a ex-namorada com uma faca na Vila Carvalho. A major reagiu e deu um tiro na cabeça do ex-companheiro.

De acordo com o que repercute o Campo Grande News, o homem era ex-namorado da major da Polícia Militar. Segundo informações da delegada Bárbara Camargo Alves, da Deam (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher), a major foi abordada pelo ex no momento em que chegava em casa. Ele estava armado com uma faca.

Durante a briga, para se defender, a mulher deu um tiro na cabeça do homem. Em setembro do ano passado a major já havia registrado um boletim de ocorrência contra o homem por violência doméstica. Ela tinha medida protetiva contra o ex-namorado.

Comentário

Página 6 de 1575

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus