Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Quarta, 19 Fevereiro 2020 19:15

Zé do Caixão morre aos 83 anos em São Paulo

O ator, diretor e roteirista José Mojica Marins, conhecido pelo personagem Zé do Caixão, morreu aos 83 anos, vítima de uma broncopneumonia. A morte foi confirmada nesta quarta-feira (19) pela filha dele, a atriz Liz Marins. O cineasta era considerado um dos principais produtores de filmes de terror no Brasil.

Conforme repercutiu o G1, Zé do Caixão morreu às 15h46, horário local, no hospital Sancta Maggiore, em São Paulo. O cineasta estava internado desde o dia 28 de janeiro para tratar de uma broncopneumonia. O velório deve acontecer no IS (Museu da Imagem e do Som). Mojica deixa sete filhos.

Comentário

O senador licenciado Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado na tarde desta quarta-feira (19) em um protesto de policiais que reivindicam aumento salarial. O senador licenciado pilotava uma retroescavadeira e tentava furar um bloqueio feito por policiais militares no Batalhão da Polícia Militar em Sobral (CE). Ele foi levado inicialmente para o Hospital do Coração de Sobral. Depois, foi transferido para a Santa Casa de Sobral para ser submetido a uma tomografia, que, ainda de acordo com a assessoria do senador, não constatou danos graves em nenhum órgão vital.

Conforme a assessoria de Cid, ele voltou para o Hospital do Coração, onde fica em observação na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sem previsão de alta. Tanto o Hospital do Coração quanto a Santa Casa de Sobral não divulgaram boletins com estado de saúde do senador licenciado.

O ex-governador Ciro Gomes, irmão de Cid, disse em uma rede social que o senador licenciado "não corre risco de morte" e que foi atingido por "dois tiros de arma de fogo". Ainda segundo ele, os disparos "não atingiram órgãos vitais apesar de terem mirado seu peito esquerdo". Segundo a assessoria do senador licenciado, as duas balas atingiram a clavícula: uma bala saiu e a outra bateu na clavícula e está alojada no pulmão.

Comentário

O deputado Barbosinha (DEM-MS) usou a tribuna na Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (19) para propor à Secretaria de Educação uma solução para convocação dos professores temporários que atuam há vários anos na educação especial de Mato Grosso do Sul.

A proposta menciona docentes que não foram aprovados na prova objetiva do processo seletivo simplificado para a constituição do Banco de Reserva de Profissionais para a Função Docente Temporária, especificamente da educação especial, esporte e cultura.

Barbosinha lembrou que existem professores que atuam nessa área há mais de 20 anos. “Os professores que estão hoje nessa área estão lá por vocação, por amor, são pessoas sensíveis que conhecem a realidade da educação especial e não é uma prova de conhecimento objetivo que vai escolher os melhores profissionais. Para atuar na educação especial o profissional precisa ter a sensibilidade necessária para conseguir buscar a eficiência na deficiência”, defendeu.

Na avaliação do parlamentar, o desenvolvimento de um aluno com deficiência passa pela habilidade pessoal do professor para oferecer os conteúdos pedagógicos de forma muito mais lúdica do que teórica, e, sobretudo com criatividade, materialidade, sensibilidade e muita dedicação.

A Lei Complementar 087/2000, artigo 17-A, parágrafo segundo, autoriza que “em casos especiais, quando se fizer necessária a contratação de um profissional de especialização técnica em área especifica, possa ser feita a contratação mediante prova curricular, dispensando a prova objetiva”, defendeu o deputado com base na legislação atual.

Um levantamento recente aponta que mais de 60% de professores não aprovados na prova objetiva possuem tempo superior a sete anos vinculados a mesma unidade educacional. Nesse sentido, o parlamentar encaminhou ofício à Secretaria de Educação solicitando que estes casos, bem como para os projetos de esporte e cultura, sejam analisados com critérios diferentes, levando em consideração a área de atuação do profissional e não a prova com base em conhecimentos gerais.

Comentário

De malas prontas para deixar o Democratas, onde a permanência se tornou inviável, especialmente depois do confronto interno do começo do ano passado na disputa pelo comando da Mesa diretora, o presidente da Câmara de Dourados, vereador Alan Guedes, vem recebendo convites de várias legendas para eventual disputa das eleições de prefeito em outubro deste ano.

“Fico feliz”, declarou ele, em visita ao Douranews, ao citar, além do Progressista, que é comandado no Município pelo pai dele, o também advogado Eudélio Mendonça, as sondagens que já recebeu por parte de lideranças do PSB e do MDB no Estado.

Alan Guedes disse que a prioridade, no momento, é concluir o mandato para o qual foi reeleito nas eleições de 2016 e entregar a direção da Câmara de forma satisfatória – “estamos trabalhando para ampliar alguns gabinetes e dotar os espaços de melhor distribuição para atender os colegas” -, mas que se sente lisonjeado com o cortejo de outros partidos para esse projeto futuro.

“O Ayache [Ricardo, presidente estadual do PSB] é um baita sujeito, tem visão de futuro para o Estado e tem oferecido a legenda para a gente construir um novo caminho em Dourados, ao mesmo tempo em que o comando estadual do MDB já sinalizou com essa ‘janela’, mesmo tendo aqui um nome de forte expressão, como o deputado Renato Câmara, que considero um excelente quadro”, comentou Guedes.

Alan Guedes presidiu o Democratas até o começo do ano passado, quando também conseguiu viabilizar a eleição para presidir a Câmara de Vereadores, articulação que resultou em inevitável confronto com a ala liderada pelo deputado Zé Teixeira, vice-presidente do partido no Estado e que desejava ver o vereador Pedro Pepa presidindo o Legislativo local.

Comentário

A Semsur (Secretaria municipal de Serviços Urbanos) recebeu a matéria-prima para a realização da operação tapa-buracos na região central da cidade e nos setores críticos em diversas regiões de Dourados. A informação foi prestada pelo secretário Fabiano Costa, que esteve acompanhando pessoalmente a chegada da massa asfáltica na Usina de Asfalto da Prefeitura, localizada na região do Trevo da Bandeira.

Conforme informou o secretário, o material será suficiente para a operação tapa-buracos no quadrilátero da região central, compreendendo o trecho entre as ruas Floriano Peixoto e Coronel Ponciano e das ruas Cuiabá até a Ponta Porã. Fabiano afirmou ainda que a Semsur vai atender também as regiões mais críticas em diversas regiões da cidade.

“Esperamos que haja estiagem nas próximas semanas para que os serviços não sofram interrupção”, disse o secretário. O arquiteto Fabiano Costa lembrou que a prefeita Délia Razuk pediu esforço concentrado da Secretaria de Serviços Urbanos para deixar as ruas de Dourados em perfeitas condições de trafegabilidade.

Comentário

A prefeita Délia Razuk e a secretária de Saúde Berenice Machado Souza entregaram no final da tarde desta terça-feira (18) os novos equipamentos para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) e para o Hospital da Vida. Os aparelhos, de última geração, foram doados no dia anterior, em solenidade realizada em Campo Grande, com a presença do ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e autoridades do governo do estado. O diretor administrativo da Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados), Mateus Tavares Fernandes, recebeu os aparelhos, juntamente com equipes técnicas das unidades de saúde.

Para a UPA foram entregues dois desfilibradores e dois monitores multiparâmetros, equipamentos utilizados para monitoramento eletrônico dos pacientes de alta complexidade. Esses equipamentos foram adquiridos com recursos da União. Já para o Hospital da Vida foram doadas 19 caixas cirúrgicas e quatro caixas com serra de osso e furador pneumático para auxílio nas cirurgias ortopédica, neurológicas e cirurgias gerais. Os equipamentos custaram cerca de R$ 500 mil, de recursos da União (UPA) e do Estado (HV).

A prefeita Délia Razuk voltou a destacar a importância dos equipamentos no controle de casos graves de saúde nas unidades de Dourados. “São equipamentos que chegam agora à nossa cidade e vão ajudar muito no acompanhamento por meio eletrônico dos pacientes que passam por algum procedimento nessas duas importantes unidades de saúde pública de nossa cidade, que atendem não só os douradenses, mas moradores de pelo menos 30 municípios da região”, disse Délia.

Comentário

A Câmara de Dourados antecipou para às 18h30 desta quarta-feira (19) a sessão ordinária que deveria ocorrer na segunda-feira (24), em virtude do feriado de Carnaval celebrado entre os dias 24 e 26 de fevereiro.

A medida cumpre determinação do presidente da Casa de Leis, vereador Alan Guedes (DEM), conforme Ato da Presidência, de quinta-feira (6) passada, que decreta facultativo o ponto no período de carnaval.

Comentário

A Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) ainda recebe, até às 23h59 desta quarta-feira (19), as inscrições do Processo Seletivo com 551 vagas em 32 cursos presenciais de graduação, que serão ofertados em 13 cidades de Mato Grosso do Sul. O candidato poderá se inscrever utilizando a nota do Enem (Exame Nacional de Ensino Médio) dos anos de 2011 até 2019.

As inscrições devem ser feitas, exclusivamente, via internet

Para efetuar a inscrição, além dos dados pessoais do candidato, são imprescindíveis o número do CPF e o de inscrição no Enem, acompanhado do comprovante de renda familiar. O candidato deverá preencher a ficha de inscrição, especificando, apenas um único curso ao qual tem interesse. Aquele que tiver interesse em participar do regime de cotas deverá fazer a opção no ato da inscrição. Não há cobrança de taxa nas vagas ofertadas pela UEMS.

Comentário

A sessão de segunda-feira (17) à noite da Câmara de Dourados foi marcada pela performance que pode ser considerada, no mínimo, inusitada, por parte de, pelo menos, um dos 19 membros da Casa. São de autoria do vereador Mauricio Lemes (PSB) os 54 projetos de lei que propõe nomes de ruas e mudanças em alguns nomes já existentes, contemplando diferentes regiões da cidade.

Durante a Ordem do dia da sessão desta semana, o Plenário da Câmara se debruçou, em primeira discussão e votação, à análise dos projetos de lei de Mauricio que dá denominação em ruas de bairros localizados em praticamente todas as regiões. São destacadas pessoas de famílias tradicionais e outros ramos nem tão conhecidos.

Na atual legislatura, o vereador do PSB já propôs, no total, mais de 100 alterações em nomes de ruas, algumas conflitantes com nomenclaturas já existentes, outras em que a própria família desconhece a homenagem e em alguns casos, nem ao autor da proposição.

Justificativa

Mauricio justifica que o surgimento de novos loteamentos, com a expansão demográfica do Município, criou ruas com iniciais de letras e números, e que essa é a oportunidade de regularizar a carta geográfica, além de reverenciar quem prestou serviços à história da cidade e facilitar a atividade dos servidores dos Correios, por exemplo, “que enfrentam uma dura batalha na hora de localizar endereços na periferia do nosso município”.

Comentário

Depois de ter sido um dos fundadores e de ter presidido a Associação dos Mototaxistas de Dourados, o líder sindical Marcos Roberto da Silveira, o ‘Marcão mototaxista’, está mobilizando agora o segmento dos proprietários e motoristas de caminhões para a criação de uma entidade regional do segmento.

Assembleias setorizadas já foram realizadas e o próximo passo, agora, será a realização de um encontro ampliado para aprovação dos estatutos e eleição da primeira diretoria da Acard, a Associação dos Caminhoneiros da Região da Grande Dourados, conforme propõe o líder do movimento.

Marcão diz que um dos objetivos principais da criação da entidade é o de fortalecer a atividade do proprietário autônomo de caminhão. “Esse caminhoneiro atua diretamente no transporte da carga de terceiros, atendendo fretes contratados por empresas e precisa estar protegido”, defende.

Entre as propostas que são debatidas pelo grupo que está mobilizado para criar a Associação, a criação de um seguro para prevenir furtos e acidentes e a disponibilização de um ‘cavalo-madrinha’ [o reboque que conduz a carreta] são apontados como alternativas de segurança. “Acontece de um colega ter um problema mecânico durante uma viagem e esse cavalo-madrinha poderia ser acionado para trazer o veículo pra perto do socorro imediato”, opina Marcão.

Além disso, a futura entidade também vai encampar bandeiras de maior abrangência, como a redução das tarifas de ICMS sobre o preço dos combustíveis, um consórcio para compra de peças com preços mais acessíveis e a implantação de um pátio de estacionamento a ser compartilhado pelos caminhoneiros, evitando o transtorno de deixar os veículos em frente das casas, em bairros com ruas estreitas, por exemplo.

Comentário

Página 8 de 1575

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus