Timber by EMSIEN-3 LTD
Sexta, 16 Novembro 2018 07:42

MS já plantou 45% da área estimada para o milho safrinha

Escrito por
Produtor aposta em boa safra, mas espera sincronização de sol e chuva para não perder grãos Produtor aposta em boa safra, mas espera sincronização de sol e chuva para não perder grãos Divulgação

No Brasil, um levantamento feito pela Safras & Mercado mostra que o plantio de milho verão da safra deste ano e do próximo, 2019, atingiu 58,7% da área estimada de 4,107 milhões de hectares. Na região centro-oeste, em Mato Grosso do Sul, um dos principais estados envoltos no plantio de milho, alcança 45% da área prevista de 1,155 milhão de hectares.

Em Goiás o plantio está finalizado em 30% da área esperada de 278 mil hectares, no estado do Mato Grosso os produtores cultivaram 5% da área prevista de 47 mil hectares. Na região sudeste, São Paulo chega a 65% de plantio da área prevista de 379 mil hectares e em Minas Gerais o plantio foi concluído em 24% da área de 1,035 milhão de hectares.

Na região sul, o Rio Grande do Sul é o principal destaque no plantio, pois atingiu 84% da área estimada de 1,155 milhão de hectares. No estado de Santa Catarina, a semeadura alcança 68% da área prevista de 657 mil hectares, já no Paraná o cultivo chega a 81% da área de 498 mil hectares.

Cuidados importantes

Para que o plantio e a colheita sejam positivos para uma boa produção e rentabilidade, é necessário planejar e se atentar a alguns detalhes na safra do milho. A Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) auxilia o produtor a alcançar esses números significativos e uma das dicas é em relação à escolha da semente que será plantada, pois é o principal insumo de uma lavoura.

O produtor deve analisar as características dos materiais mais adaptados para sua região, principalmente quando se trata do potencial produtivo, estabilidade, resistência a doenças, adequação ao sistema de produção em uso, e as condições do clima e solo. Outro ponto importante, é estar atento ao prazo de validade das sementes adquiridas e se a germinação está próxima de 100%.

O planejamento para o produtor que irá plantar milho é primordial nesse processo, pois o cenário é rodeado de incertezas. O agricultor precisa fazer boas escolhas para conseguir economizar o que puder e buscar colher o máximo. E para otimizar o uso de insumos, consequentemente reduzindo os custos de produção, e tentar minimizar os efeitos de uma eventual restrição hídrica, o produtor precisa selecionar as glebas como melhor histórico de fertilidade e produtividade e dar início a semeadura nessas áreas.

O adubo é muito importante nos tratos culturais que devem ser feitos no plantio, ou após o mesmo, para garantir uma maior produtividade. A adubação do milho deve ser feita na expectativa de produtividade, a principal dica é sempre realizar esse processo seguindo a análise do solo, a produtividade esperada, e sempre utilizar a fonte certa, na dose recomendada e no local adequado, seguindo a época de maior exigência da planta.

Seguindo um bom planejamento, e estando sempre atento ao controle de pragas e insetos, a colheita estará dentro do número esperado e os gastos poderão diminuir, fazendo assim com que o lucro da safra do milho aumente consideravelmente.

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus