Timber by EMSIEN-3 LTD
Terça, 23 Julho 2019 09:32

Forte no mercado interno, quilo do suíno tem alta de 12% no semestre Destaque

Escrito por
Produção de suínos no Estado ocupa o sétimo lugar no ranking nacional, segundo o Mapa Produção de suínos no Estado ocupa o sétimo lugar no ranking nacional, segundo o Mapa Divulgação/Famasul

O valor médio do quilograma do suíno vivo no estado aumentou 12% em relação ao mesmo período do ano anterior no primeiro semestre de 2019. Segundo a analista técnica da Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de MS), Eliamar Oliveira, o cenário é favorável. “A melhoria no preço do suíno vivo é reflexo do desempenho positivo da demanda”, afirma.

Conforme os dados da Ceasa (Central de Abastecimento de MS) que mostram que a média de preço passou de R$ 3,28, a entidade mostrou que no primeiro semestre de 2019 houve retração de 1% nos abates, totalizando 927 mil cabeças e produção de 83,4 mil toneladas representando queda de 5,2% frente as 88 mil toneladas do igual período de 2018 a partir de informações do Mapa (o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), que colocam o estado em 7º no ranking de produção de carne.

O volume de exportações em Mato Grosso do Sul do produto in natura recuou 96%, segundo o MDIC (Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços) o que, para Eliamar Oliveira, confirma que “a produção sul-mato-grossense está, predominantemente, voltada para o consumo interno enquanto outras Unidades da Federação atenderam a demanda do mercado externo, possibilitando ao Brasil aumentar as exportações em mais de 27%”.

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus