Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O candidato à Presidência da República Ciro Gomes (PDT) passa por uma reavaliação na manhã desta quarta-feira (26), antes de receber alta, segundo informações da assessoria de imprensa, de internação feita na terça (25) para um procedimento de cauterização de vasos da próstata. Ele permanece internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo.

A assessoria de Ciro informou que ele passou bem a noite. O candidato do PDT deu entrada no hospital no fim da tarde, e, após exames, foi constatada a necessidade do procedimento, realizado com sucesso pelo médico urologista Miguel Srougi. Boletim médico informou que o procedimento foi simples e que Ciro poderá retornar às atividades o mais breve possível. Com informações da Agência Brasil

Comentário

O Ministério Público e Polícia Federal deflagraram nesta quarta-feira (26) a Operação Trilho 5x com o objetivo de investigar esquema de corrupção envolvendo a Valec, empresa pública vinculada ao Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. A Valec atua no setor ferroviário, em especial na construção e exploração de infraestruturas.

A Trilho 5x é uma nova etapa da Operação O Recebedor – desdobramento da Operação Lava Jato. A operação deflagrada hoje busca provas da prática de crimes de lavagem de dinheiro cometidos no período em que a empresa foi comandada pelo ex-presidente José Francisco das Neves e pelo grupo político do deputado paulista do PR, Valdemar da Costa Neto.

Segundo a Agência Brasil de notícias, acordos de leniência e colaboração premiada foram firmados com executivos e empreiteiras contratadas pelo MPF, visando à execução das obras da Ferrovia Norte-Sul. Entre as empreiteiras estão a Camargo Corrêa, a Andrade Gutierrez e a Odebrecht. De acordo com os investigadores, informações obtidas com empreiteiras indicam que, entre os meios usados para o pagamento da propina, está a contratação do escritório Heli Dourado Advogados Associados, “sem que houvesse a efetiva contraprestação dos serviços jurídicos”.

Cerca de 150 policiais e peritos criminais federais participam da operação, que cumpre 34 mandados de busca e apreensão nas cidades goianas de Formosa, Mineiros e Goiânia, e em Brasília. Trinta e quatro pessoas físicas e jurídicas teriam recebido recursos do escritório de advocacia, motivo pelo qual se tornaram alvo da operação. Cerca de R$ 7,5 milhões foram pagos a eles, sem que tivessem sido declarados à Receita Federal.

Uma análise feita pelos policiais em declarações do Imposto de Renda apontaram que os rendimentos declarados pela empresa Heli Dourado Advogados Associados entre os anos de 2006 e 2012 são provenientes apenas das empreiteiras investigadas. Ainda segundo os investigadores, quando interrogado em juízo, na ação penal aberta com base na Operação O Recebedor, “o advogado Heli Dourado não conseguiu descrever ou explicar os serviços jurídicos que teria prestado para justificar os valores recebidos”.

Um mandado de sequestro da Fazenda Maltiz, localizada em Formosa (GO) está sendo cumprido. De acordo com o MPF, a fazenda teria sido adquirida por Heli Dourado com recursos que tiveram como origem as empreiteiras investigadas, inclusive fazendo uso de contratos de gaveta não registrados. Os suspeitos adotaram essa estratégia com o objetivo de ocultar o verdadeiro proprietário do imóvel. Dourado ainda não se manifestou sobre os fatos.

Comentário

Os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) devem analisar ainda nesta quarta (26) o recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra a decisão que o condenou. No plenário virtual, o placar está 7 a 1 contra Lula. Mas o ministro Ricardo Lewandowski pediu vistas e levou o julgamento para o plenário físico, informa a Agência Brasil de notícias.

Preso desde o dia 7 de abril na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, Lula cumpre pena de 12 anos e um mês, determinada pelo TRF4 (o Tribunal Regional Federal da 4ª Região) de Porto Alegre no caso do triplex no Guarujá, em São Paulo.

Placar

O placar do julgamento está em 7 a 1, formando maioria contra Lula, sendo realizado em ambiente virtual, quando os ministros do STF podem decidir remotamente sobre uma questão que trate de temas com jurisprudência já consolidada. Segundo assessores de Lewandowski, o pedido de vista foi feito diante da divergência apresentada pelo ministro Marco Aurélio Mello, que votou pela soltura de Lula. Coube ao presidente da Corte, Dias Toffoli, marcar a data de apreciação do recurso.

O recurso protocolado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é contra a decisão do plenário da Corte que negou um habeas corpus antes de ele ser preso, em abril. Já votaram sobre a questão os ministros Edson Fachin, relator; Alexandre de Moraes; Dias Toffoli; Luís Roberto Barroso; Gilmar Mendes e Rosa Weber, relata a Agência Brasil.

Comentário

Os trabalhadores do setor privado poderão contar com uma nova opção de crédito a partir desta quarta-feira (26): o empréstimo consignado com uso do FGTS (o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) como garantia. De acordo com o Ministério do Trabalho, por enquanto, apenas a Caixa Econômica Federal oferece a linha de crédito, que poderá ser solicitada em qualquer agência do banco público.

Outras instituições financeiras também poderão disponibilizar a nova linha de crédito, desde que sigam as regras estabelecidas pelo governo, informa a Agência Brasil de notícias.

O crédito está disponível para 36,9 milhões de trabalhadores com carteira assinada. Os juros não poderão ultrapassar 3,5% ao mês, percentual até 50% menor do que o de outras operações de crédito disponíveis no mercado, informou o ministério. O prazo de pagamento será de até 48 meses (quatro anos).

O uso do FGTS como garantia para o crédito consignado proporciona juros mais baixos para os tomadores, porque os recursos da conta do trabalhador no fundo cobrirão eventuais calotes, o que reduz o risco para os bancos e permite à Caixa oferecer empréstimos com taxas menores.

Segundo o ministério, os valores emprestados dependerão do quanto os trabalhadores têm depositado na conta vinculada do FGTS. Pelas regras, eles podem dar como garantia até 10% do saldo da conta e a totalidade da multa em caso de demissão sem justa causa, valores que podem ser retidos pelo banco no momento em que o trabalhador perder o vínculo com a empresa em que estava quando fez o empréstimo consignado.

Desde 2016, a Lei 13.313 previa o uso de parte do saldo do FGTS como garantia nas operações de crédito consignado. A modalidade, no entanto, não deslanchou porque a falta de regulamentação não trazia segurança para os bancos. As instituições financeiras só eram informadas do saldo do Fundo de Garantia do trabalhador no caso de um eventual desligamento da empresa. A possibilidade de que o funcionário, durante a vigência do crédito consignado, sacasse parte do FGTS para comprar um imóvel reduziria a quantia que poderia servir de garantia, informa a Agência.

Comentário

A partir de segunda-feira (1 de outubro) entra em vigor o serviço de parcelamento de dívidas de trânsito fixadas pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito) em Mato Grosso do Sul.

A medida, que vai funcionar inicialmente na Capital, permite que todas as dívidas sejam parceladas em até 12 vezes e o usuário poderá utilizar-se, ainda, de até três cartões de crédito diferentes, se for necessário, para atingir o limite de crédito de cada cartão.

Uma cabine será implantada no corredor principal da sede do Detran, no horário de atendimento que deverá seguir o expediente normal, das 7h30 às 13h30. Em uma segunda etapa, a intenção é alinhar o atendimento de forma a atender gradualmente em, pelo menos, 300 pontos de atendimento em todo o Mato Grosso do Sul de forma a unificar o serviço.

Para atender a essa demanda, de acordo com portaria do Denatran (o Departamento Nacional de Trânsito), o credenciamento é exclusividade do Departamento Nacional cabendo aos órgãos e entidades executivas de trânsito firmarem, sem ônus, parcerias técnico-operacionais para viabilizar o pagamento parcelado de débitos relacionados a veículos.

Essa é uma oportunidade para aqueles que desejam colocar em dia suas dívidas e poder trafegar sem qualquer preocupação pelas ruas de Mato Grosso do Sul, informa o órgão estadual de trânsito.

Comentário

O Palmeiras tem uma tarefa complicada nesta quarta-feira (26), pela semifinal da Copa do Brasil. Após perder para o Cruzeiro em casa por 1 a 0, o time comandado por Luiz Felipe Scolari entra em campo, no Mineirão, precisando derrotar o adversário para avançar à final. Se vencer por um gol de diferença, leva o confronto para os pênaltis. Caso consiga o feito por dois ou mais, passa de fase.

O time tem o melhor desempenho como visitante na temporada entre os clubes da Série A. Em 30 jogos, são 18 vitórias, oito empates e apenas quatro derrotas, com um aproveitamento de 69%. Foram 43 gols marcados (média de 1,43 por partida) e 14 sofridos (média de 0,47 por partida).

Comentário

A PF (Polícia Federal) cumpre 92 mandados judiciais na 55ª fase da Operação Lava Jato na manhã desta quarta-feira (26) em cidades do Paraná, Santa Catarina, Rio de Janeiro e São Paulo. A ação foi batizada de Operação Integração II.

Um dos alvos de prisão temporária é o empresário Luiz Abi Antoun, conforme o delegado Joel Cicotti, de Londrina, no norte do Paraná. O empresário é primo do ex-governador Beto Richa (PSDB) e até a última atualização da reportagem do portal G1, ainda não tinha sido encontrado.

O advogado dele, Anderson Mariano, disse que o cliente está em viagem ao Líbano, com autorização da Justiça Estadual. A passagem de retorno ao Brasil está marcada para outubro, para as audiências da Operação Publicano, onde também é investigado, de acordo com o advogado.

O diretor da Associação Brasileira de Concessionárias de Rodovias (ABCR) João Chiminazzo Neto é alvo de uma ordem preventiva de prisão.

A investigação mira os crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, sonegação fiscal, estelionato e peculato em um esquema relacionado à administração das rodovias federais no Paraná que fazem parte do chamado Anel da Integração.

Um dos esquemas, intermediado pela ABCR, movimentou R$ 240 mil mensais em 2010 em propina, segundo o MPF (Ministério Público Federal).

Do total de mandados, 73 são de busca e apreensão, três são de prisão preventiva e 16 são de prisão temporária. Os crimes investigados na atual fase são corrupção ativa, corrupção passiva, fraude a licitações, lavagem de dinheiro e associação criminosa, dentre outros.

Luiz Abi tinha sido preso no dia 11 de setembro na Operação Rádio Patrulha, que investiga suposta organização criminosa durante o governo de Beto Richa, que também foi preso na ação. Os dois e mais 13 investigados foram soltos no dia 14 de setembro após uma determinação do ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal).

Entre os alvos das outras ordens judiciais, segundo o Ministério Público Federal, estão concessionárias que administram o Anel de Integração do Paraná: Econorte, Ecovia, Ecocataratas, Rodonorte, Viapar e Caminhos do Paraná, além de intermediadores e agentes públicos corrompidos beneficiários de propina, segundo o G1.

Comentário

Várias atividades ocorreram em espaços públicos e instituições parceiras com a temática de prevenção ao suicídio, dentro da programação do “Setembro Amarelo”, ao longo deste mês. Nesta quinta-feira (27), vai ocorrer um Fórum com esta temática, no bloco 10 da Unigran, a partir das 7 horas e no domingo (29), fechando a campanha, a Caminhada pela Vida, a partir das 8 horas, pelo centro da cidade. Ainda no dia 27, um “bate papo” sobre o tema, tem início a partir das 8 horas, no Cras da Vila Cachoeirinha.

A Secretaria municipal de Saúde estruturou a programação do Setembro Amarelo com o tema “Falar é a Melhor Solução”, por meio da Raps (Rede de Atenção Psicossocial), com instituições parceiras e apoio das secretarias de Assistência Social e de Educação.

O Fórum no dia 27 acontece com a parceria da Unigran. O secretário de Saúde Renato Vidigal participará do evento. O credenciamento tem início às 7 horas e a primeira palestra será ministrada pelo médico psiquiatra do Caps II, Teodoro Custódio da Silva Junior. Posteriormente, Michele Ramos, da Rede Psicossocial da Secretaria estadual de Saúde, vai apresentar dados regionais de debate sobre prevenção.

O suicídio na Reserva indígena de Dourados será um tema abordado pelo médico Zelik Trajber. Sandro de Toledo, pesquisador no campo da suicidologia e neurociências abordará o tema “Biologia dos Transtornos e a Relação com o Suicídio” antes de mesa redonda que vai encerrar o fórum.

A programação do mês contou com oficinas, palestras diversas e teve a participação da Rede de Assistência Psicossocial, que inclui a Atenção Básica e Especializada da Saúde, instituições como Caps Ad, Caps II, Pronto Atendimento Infantil, UPA (Unidade de Pronto Atendimento), Centro de Atendimento a Mulher, Hospital Universitário, Sesai, a Semas, Semed, Universidade Federal da Grande Dourados e Unigran.

Comentário

A nona edição do FIT (Festival Internacional de Teatro) traz a Dourados nesta quarta-feira (26) a Cia. do Abração, do Paraná, que apresentará o espetáculo 'Pelas Mãos de Maria ou as Vozes de Simone' como uma reflexão sobre o papel da mulher na sociedade, as diferentes formas de participação na história, assim como opressões vividas e um resgate da memória daquelas que se sacrificaram por direitos igualitários e humanos.

A apresentação será às 20 horas, no Teatro Municipal, com classificação 14 anos. Os ingressos custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

A peça estreou em novembro de 2016, no ano comemorativo dos 15 anos da Cia. do Abração e conta com a assinatura de dois artistas ícones da cena teatral paranaense: o dramaturgo Edson Bueno e a diretora Letícia Guimarães. A temporada de apresentações iniciou dia 8 de novembro, direcionadas a escolas públicas, e permaneceu em cartaz até o dia 4 de dezembro de 2016.
O espetáculo aborda questionamentos sobre a liberdade, o senso de justiça, o conservadorismo e o patriotismo, onde em apenas uma noite, a representação de um país é traçada pelas mãos de três mulheres, num lugar onde todas são Maria/Simone.

Sinopse

O espetáculo narra uma passagem fictícia, em plena ditadura militar, nos anos 70. Em uma pequena cidade do interior brasileiro, três mulheres simples recebem uma estranha encomenda do quartel militar: costurar e bordar uma bandeira brasileira para ser exibida na parada do dia seguinte. A encomenda tem caráter de urgência; elas têm apenas uma madrugada para executar o serviço.

O trabalho de fazer a bandeira se torna um fio condutor, um elemento de ligação e mediação de representações simbólicas, que permite emergir a discussão dos fundamentos das relações sociais e de gênero. Assim, a história busca abordar o imaginário coletivo humano, as contradições manifestadas na bandeira, que simboliza um território de pertencimento/despertencimento comum e contraditório, mediado e interligado pelo coser daquelas mãos de Maria e entoados pelas vozes de Simone.

Ficha Técnica

Direção: Letícia Guimarães; Dramaturgia: Edson Bueno; Cenografia e Iluminação: Blas Torres; Figurinos: Aldice Lopes; Sonoplastia, Composição e Direção Musical: Karla Izidro; Elenco: Juliana Cordeiro, Kamila Ferrazzi e Kassandra Speltri

O FIT acontece até o dia 30 de setembro. Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente na Coordenadoria de Cultura da UFGD (Rua João Rosa Góes, 1761, Vila Progresso). Também serão vendidos nos dias de cada espetáculo, uma hora antes do início. As apresentações que acontecem na Praça Antônio João e no Parque dos Ipês são gratuitas.

Acompanhe a programação completa

Comentário

A Câmara de Dourados aprovou, durante a sessão ordinária desta terça-feira (25), o Projeto de Lei Complementar 023/2018, que institui o Refis (Programa de Recuperação Fiscal) em Dourados. O projeto é de autoria do Poder Executivo.

O Refis é um mecanismo para regularizar débitos decorrentes de tributos e contribuições pelos órgãos federais. Junto com o projeto, foram aprovadas duas emendas, de autoria dos vereadores Cirilo Ramão (PMDB) e Marçal Filho (PSDB), incluindo as multas do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses) na negociação e inserindo alterações ao artigo 13 do projeto.

Em primeira discussão e votação, foi aprovado ainda Projeto de Lei 098/2018, também de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre a revogação da Lei 3.596/2012, que autorizava o Município a adquirir, através de permuta, os imóveis descritos pela área 01 com os da área 02, de propriedade de Empreendimentos Imobiliários Parizotto.

Outro Projeto de Lei, 105/2018, aprovado na sessão, autoriza do Poder Executivo a adquirir, através de permuta, imóveis descritos nas Áreas 03 e 04 de propriedade da Mitra Diocesana de Dourados pelas Áreas 01 e 02 de propriedade do Município.

Outros

De autoria do vereador Elias Ishy (PT), foi votado e aprovado por unanimidade o Projeto de Lei 043/2018, dispondo que maternidades, casas de parto e estabelecimentos hospitalares congêneres, da rede pública e privada do Município, sejam obrigados a permitir a presença de “Doulas” durante todo o período de trabalho de parto, parto e pós-parto imediato, sempre que solicitadas pela parturiente.

Também foi aprovado o Projeto de Lei 104/2018, de autoria da vereadora Daniela Hall (PSD), que institui o “Novembro Azul”, dedicado ao desenvolvimento de ações de prevenção ao câncer de próstata e de conscientização à saúde do homem, e o dia 17 de novembro como Dia Municipal de Combate ao Câncer de Próstata, passando a ser incluído no Calendário Oficial de Eventos do Município, alterando a Lei 3.702/2013.
O tm segunda discussão e votação, foi aprovado Projeto de Decreto Legislativo 016/2018, de autoria do vereador Elias Ishy, que concede Diploma de Cinquentenário à Escola Estadual Rotary Dr. Nelson de Araújo, e o Projeto de Decreto Legislativo 017/2018, de Romualdo Ramim (PDT), concedendo o título de Cidadão Douradense ao médico Antônio Pedro Lucas Bittencourt, chefe dos serviços de nefrologia no Hospital Cassems.

Comentário

Página 1 de 1063
  • Unimed 38
  • kikao esquenta

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus