Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O plenário da Câmara dos Deputados votou, na noite desta quarta-feira (22), pela manutenção da emenda que devolve o Coaf para o Ministério da Economia. A medida foi aprovada por 228 votos a 210. Da bancada de Mato Grosso do Sul, votaram contra os deputados tucanos Beto Pereira e Bia Cavassa e o petista Vander Loubet.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, lamentou nesta quinta-feira (23), em rede social, o resultado da votação da medida provisória da reforma administrativa que transferiu o Conselho de Controle de Atividades Financeiras do Ministério da Justiça para o Ministério da Economia.

O Coaf é uma unidade de inteligência financeira do governo federal que atua principalmente na prevenção e no combate à lavagem de dinheiro (crime que consiste na prática de disfarçar dinheiro de origem ilícita).

No início deste mês, Sérgio Moro declarou, durante audiência pública na Câmara dos Deputados, que a permanência do Coaf no Ministério da Justiça era 'estratégica' para combate à corrupção e lavagem de dinheiro. Com informações do G1

Comentário

O secretário de Governo e Gestão Estratégia da Prefeitura, Celso Schuch Santos, recebeu na manhã desta quarta-feira (22), grupo de servidores representados pelas entidades sindicais para tentar avançar na pauta de negociação salarial entre a administração municipal e o funcionalismo, considerando a data-base das categorias, em abril.

A princípio, a administração sinalizou com índices de reposição de 4,17%, a partir de julho – com percepção na folha do mês de agosto sobre os salários de todas as categorias de servidores, de forma linear. Os funcionalismo reivindica que o reajuste seja feito de forma retroativa ao mês passado.

“Estamos no ‘fio da navalha’, mas, empenhados em fazer as adequações necessárias para atender aos servidores, considerando sempre a capacidade financeira e de forma a não incidir no descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal”, justificou Schuch.

Segundo o secretário, a situação financeira do Município não permite oferecer mais e que a administração tem se esforçado no sentido de melhorar a arrecadação. Ele disse que a folha salarial já atingiu o Limite Prudencial de Despesa com Pessoal, que é de 51,3%, mas que a administração está de portas abertas. “As reivindicações com fundamento legal serão todas apreciadas”, sinalizou.

Comentário

O presidente Jair Bolsonaro promoveu mudanças no decreto que altera regras da aquisição, cadastro, registro, posse, porte e comercialização de armas de fogo no país conforme decreto que o governo federal publica nesta quarta-feira (22) no Diário Oficial da União. Em nota, o Palácio do Planalto informou que as mudanças foram determinadas pelo presidente Jair Bolsonaro “a partir dos questionamentos feitos perante o Poder Judiciário, no âmbito do Poder Legislativo e pela sociedade em geral”.

Entre as alterações está o veto ao porte de armas de fuzis, carabinas ou espingardas para cidadãos comuns. Além de mudanças relacionadas ao porte de arma para o cidadão, há outras relacionadas às forças de segurança; aos colecionadores, caçadores e atiradores; ao procedimento para concessão do porte; e sobre as regras para transporte de armas em voos, que voltam a ser atribuição da Anac, a Agência Nacional de Aviação Civil.

Também foram publicadas retificações no decreto original que, segundo a Presidência, corrige erros meramente formais no texto original, como numeração duplicada de dispositivos, erros de pontuação, entre outros, conforme informa a Agência Brasil de notícias.

Comentário

Seis mortos, e uma criança ferida, foi o saldo de uma chacina ocorrida no começo da madrugada desta quarta-feira (22), em uma residência do bairro Amistad II, em Pedro Juan Caballero. De acordo com o site poranews, pistoleiros a bordo de um veículo tipo Jeep de cor branca teriam chegado na residência, localizada na rua Augusto Celada, onde se encontravam cinco jovens e uma mulher com o filho de um 1 ano e 11 meses, realizando disparos de fuzil do calibre 5.56 e pistola 9mm.

As vítimas foram identificadas como Diego Gustavo Bullon Cabrera, de 24 anos, com três ordens de captura e com passagem pela polícia por homicídio; Sergio Diosnel Cabrera Benítez, de 20; Alcides Alexis Ayala, de 26; Pedro Valdez Sánchez, de 36; Luciano Medina Melgarejo, de 20 anos, o “Luchi” e ainda Liz Noelia Cabrera Benítez, de 16. A criança foi ferida de raspão por um disparo e encaminhada ao Hospital Regional da cidade, onde após receber atendimento médico se encontra em observação fora de perigo.

Investigadores da Divisão de Homicídios e agentes da Polícia Técnica, com apoio da promotora de justiça Liz Nadine Portillo e do médico legista Cesar Gonzalez, realizaram os procedimentos de rigor e encaminharam os corpos ao IML. A Polícia procura os motivos para a execução das pessoas que se encontravam sentadas na varanda da residência, quando foram atacados pelos pistoleiros.

O carro branco abandonou a área, tomando rumo ignorado, mas, os pistoleiros teriam como alvo principal a Diego Gustavo Bullon Cabrera e as demais vítimas foram executadas ao se encontrar em companhia dele, segundo as primeiras investigações. Entretanto, policiais não descartam nenhuma hipótese, considerando os constantes conflitos de interesses do narcotráfico na fronteira.

Comentário

O técnico Lionel Scaloni convocou nesta terça-feira (21) a Argentina para a Copa América. Fazem parte da lista final de 23 jogadores os pesos-pesados Messi, Agüero e Di María, assim como Dybala, suspense até a última hora. Entre as ausências mais sentidas estão o zagueiro Kannemann, do Grêmio, que sofreu uma lesão na lombar, e Icardi, da Inter de Milão, conforme divulga o Globoesporte.com.

Agüero não era chamado desde a Copa do Mundo, mas a temporada em alto nível pelo Manchester City (32 gols em 46 jogos) convenceu o treinador. Di María, destaque no Paris Saint-Germain, estava na mesma situação, enquanto Messi já havia participado do amistoso contra a Venezuela em março.

Os três estão na casa dos 30 anos. Seis atuam no futebol local: Andrada (Boca Juniors), Saravia (Racing), Armani, Casco, Palacios e Matías Suárez (River Plate). O atacante millonário tomou um dos postos que poderiam ser de Icardi, autor de apenas nove gols pela Inter de Milão na temporada.

Comentário

Duas chapas se inscreveram, dentro do prazo legal permitido pela Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados), para disputar a eleição à Gestão 2019/2022, que será realizada entre às 8 e 17 horas do dia 29 deste mês na sede da entidade. Os associados vão poder escolher entre o empresário José Roberto Ribeiro Pinto Junior, o ’Beto da Padaria’ e Romualdo Diniz Salgado Junior o futuro presidente.

Beto encabeça a Chapa 1 “Ação e Transparência”, que ainda tem como candidatos a 1º Vice-Presidente, Amarildo Jonas Ricci; Flávio Donizete Delgado, 2º Vice-Presidente; Everaldo Leite Dias, 1º Secretário; Nelson Eduardo Hoff Brait, 2º Secretário; Paulo Roberto Campione, 1º Tesoureiro; e Fernando Rodrigues da Silva, 2º Tesoureiro.

Para o Conselho Fiscal da Chapa 1, os candidatos são Domingos Venturini, Relator; Aurélio Rocha Filho, 1º Secretário; Evandro Souza Albertini, 2º Secretário; Giancarlos Teló, Vogal; e Mário Akatsuka, Suplente.

Chapa 2

Para formalizar a disputa, a Chapa 2 “Associativismo com Inovação” inscreveu como candidatos ao Conselho Diretor, ainda, Jorge Luiz Zenatti Filho, 1º Vice-Presidente; Luciane Fracasso Dierings, 2ª Vice-Presidente; Clarício Salazar Filho, 1º Secretário; Issao Iguma Filho, 2º Secretário; Mario Rubens Ferraz de Paula, 1º Tesoureiro; e Ney Sérgio Recalcatti, 2º Tesoureiro.

Para o Conselho Fiscal, os candidatos são Edivan Bonetti, Relator; Paulo Roberto Teló, 1º Secretário; Rafael Simczak Treuherz, 2º Secretário; Clarice Zanoni Fontes, Vogal; e Robson Luiz Braga Junior, Suplente.

Conforme previsto nos estatutos da Aced, o Conselho Consultivo de ambas as chapas é composto pelos respectivos candidatos a presidente, secretário e tesoureiro do Conselho Diretor, e os seis últimos ex-presidentes da Aced: Elizabeth Rocha Salomão, Antônio Luiz Nogueira, Francisco Eduardo Custódio, Antônio Freire, Inio Roberto Coalho e Arthur Ferreira Pinto Filho.

Estão aptos a votar todos os associados ativos que estejam filiados há pelo menos seis meses à Aced. Os que têm débitos em atraso com a associação, precisam se regularizar para poder exercer o voto.

Comentário

O Diário Oficial do Estado (DOE/MS) traz na publicação desta terça-feira (21.5) a relação completa das OSCs (Organizações da Sociedade Civil) classificadas e também as desclassificadas, no edital para ações de universalização dos direitos humanos conduzido pela Sedhast (Secretaria estadual de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho).

Agora as entidades classificadas em cada eixo, dentro do número de vagas estabelecidas no edital de abertura, deverão passar para a próxima fase da seleção que consiste no envio do plano de trabalho e documentação, conforme estabelece a Lei Federal 13.019/2014, o Decreto Estadual 14.494/2016 e a Resolução Sefaz 2.733/2016.

A titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre, reforça que são mais de 21% de aumento em relação ao edital de 2018, mostrando o compromisso que o Governo do Estado tem com os direitos humanos e sua realização por meio das organizações da sociedade civil que tão bem trabalham, muitas vezes anonimamente.

Em 2019, bem como em anos anteriores, o Chamamento Público é conduzido via Superintendência da Política de Direitos Humanos, com ação direta da equipe da Coordenadoria de Apoio à Organização de Entidades. As organizações podem esclarecer eventuais dúvidas pelo telefone (67) 3318-4178.

Comentário

O Festival de Inverno de Bonito terá como atrações nacionais a dupla Chrystian e Ralf, a cantora Gal Costa e o músico Lenine na edição deste ano. O Palco das Águas será o palco desses shows, nos dias 25, 27 e 28 de julho, respectivamente.

Abrindo a programação de shows nacionais, a dupla reconhecida como a mais afinada do Brasil, Chrystian e Ralf, traz a Bonito o show de sua turnê 2019. Famosa pelo som agudo de suas canções, a dupla já lançou 20 álbuns e 34 coletâneas e 6 DVDs. Além dos atuais vídeos independentes, também os famosos Pockets.

Reconhecida nacionalmente e internacionalmente, foi a primeira dupla sertaneja a gravar em formato de CD, foi também a primeira dupla a vender 1 milhão de cópias de LPs, o que foi considerado um feito histórico nos anos de 1988 a 1990, alcançado somente pelo “rei” Roberto Carlos.

A dupla Chrystian & Ralf é famosa por ter várias músicas como tema de novelas. Só o CD da novela Rei do Gado, com a música Minha Gioconda com a participação de Agnaldo Rayol vendeu mais de um milhão de cópias, gravado no ano de 1996, para a novela Rei do Gado da Rede Globo. Sucessos como “Cheiro de Shampoo”, “Chora Peito”, “Sou eu”, “Nova York” embalaram gerações e estão no repertório dos brasileiros.

A brasileiríssima Gal Costa traz para o Palco das Águas na noite de 27 de julho o show “Pele do futuro”. Ao longo das últimas cinco décadas, a voz de Gal Costa foi uma das mais importantes para traduzir diferentes momentos pelos quais o País atravessou. No final dos anos 1960/início dos das 1970, se tornou um símbolo daqueles que lutavam contra a ditadura militar. Aos 73 anos, a artista lançou no ano passado “A Pele do Futuro”, disco que reconhece a melancolia da atualidade, mas oferece uma resiliência esperançosa como antídoto.

No repertório, ressalta-se a celebração, a alegria como forma de resistência. É um passeio pelas várias fases da carreira de Gal Costa e suas contribuições indeléveis para a música brasileira. Assim, ela entoa clássicos como “Sua Estupidez” (Roberto e Erasmo Carlos), “Oração de Mãe Menininha” (Dorival Caymmi), “Festa do Interior” (Moraes Moreira), “Massa Real” (Caetano Veloso) e uma versão de “O Que é Que Há” (Fábio Jr. e Sérgio Sá).

O músico Lenine encerra a programação nacional com o show “Em trânsito”, no último dia do Festival, 28 de julho, uma ode ao processo. Não à toa, subverte a ordem que se impôs (disco de estúdio/show/disco ao vivo). O resultado é um repertório de canções que soam novas – sejam elas inéditas ou não. Além de perene, o processo é coletivo: o Lenine de Castanho, canção em parceria com Carlos Posada, não chegou sozinho. Ao mostrar as canções inéditas (como Bicho Saudade, em parceria com João Cavalcanti) para a banda, o violão foi dispensado.
Melodias e letras, cruas, para que os resultados fossem decifrados em conjunto com Jr. Tostoi, Guila, Pantico Rocha e Bruno Giorgi. Bruno ainda assina a direção musical, sendo mola essencial dessa engrenagem-organismo. A assinatura da banda é clarividente, consequência da intimidade conquistada por muitos anos de labuta criativa.

O Festival de Inverno de Bonito 2019 também vai trazer para o palco do Centro de Múltiplo Uso (CMU) duas atrações nacionais: a cantora Karina Buhr, no dia 26 de julho, e BNegão e os Seletores de Frequência, no dia 27.

Comentário

A UFGD iniciou, neste mês, a instalação da usina de energia solar fotovoltaica na Unidade 2 que funciona no campus da Cidade Universitária. Com capacidade para abastecer o equivalente a 1.200 casas em um ano, a usina será composta por 16 unidades de 70 kWp (quilowatt-pico) cada, e está sendo instalada na cobertura de 12 blocos da Unidade 2 e quatro diretamente no solo.

Ao final da implantação, os 3.340 painéis solares proporcionarão uma economia na conta de energia que pode chegar a R$ 700 mil em 12 meses, informa a assessoria da instituição. Atualmente a Universidade gasta cerca de R$ 2,6 milhões por ano com a conta de energia elétrica da Unidade 2. Ao final da implantação dos 16 sistemas, prevista para agosto, estima-se uma economia de 30% na conta de energia do campus.

O sistema recebeu R$ 4,5 milhões investidos por meio do TED (Termo de Execução Descentralizada) firmado via Sesu (Secretaria de Educação Superior) do MEC no ano passado. Além da economia no custo com energia elétrica, a usina solar poderá ser utilizada para pesquisas acadêmicas de graduação e pós-graduação.

A equipe de fiscalização, composta por servidores da Prefeitura Universitária, afirmam que este é um projeto inédito em uma universidade pública de Mato Grosso do Sul. "É uma das maiores usinas de energia fotovoltaica da América Latina em uma universidade pública”, disse Alessandro da Paixão, engenheiro eletricista da UFGD.

De acordo com a equipe, a usina solar terá capacidade de 1120 kWp, o suficiente para gerar 1.705.000 quilowatt-hora no período de 12 meses. Este montante equivale à capacidade de retirada de carbono da atmosfera de 1.411 árvores por ano, evitando a emissão de 17,6 toneladas de CO2 por mês.

Para acompanhar o processo de instalação, siga @alessandropeng no Instagram

Comentário

A Procuradoria-Geral de Justiça e a ASMMP (Associação Sul-mato-grossense dos Membros do Ministério Público) divulgou nota, assinada pelos presidentes, o Procurador-Geral de Justiça, Paulo Cezar dos Passos e Romão Ávila Milhan Junior, em “apoio irrestrito” ao trabalho desenvolvido pelos membros do Ministério Público de Mato Grosso do Sul que atuam na defesa do Patrimônio Público do Estado.

A medida levou em conta a divulgação de áudio atribuído ao desembargador do Tribunal de Justiça, Paulo Alberto de Oliveira, para quem as provas produzidas em ações do Ministério Público Estadual tem chegado à Corte de Justiça ‘capenga’, desprovida das provas necessárias à análise dos membros do Judiciário.

“Existem em trâmite nas Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de todo o Estado de Mato Grosso do Sul, 868 ações de improbidade administrativa em face de diversos agentes políticos, ex-agentes políticos e particulares, sendo que 104 estão em grau de recurso, conforme dados da Corregedoria-Geral do Ministério Público”, diz a nota.

A Constituição Federal e a legislação processual permitem a utilização de recursos das decisões adotadas pelos Juízes de Direito ao Tribunal de Justiça e, posteriormente, tanto ao Superior Tribunal de Justiça quanto ao Supremo Tribunal Federal. Por vezes, as decisões dos Juízes de Direito, que atuam no primeiro grau de jurisdição, são reformadas pelos desembargadores que integram o Tribunal de Justiça, em recursos interpostos por aqueles que se sentem prejudicados, acrescenta o documento.

“O Ministério Público Estadual reafirma o respeito às decisões do Poder Judiciário Estadual, mas se reserva o direito, quando discordar do teor das decisões adotadas pela Corte de Justiça Estadual, de manejar recursos ao Superior Tribunal de Justiça e ao Supremo Tribunal Federal, já tendo obtido êxito em vários processos de reformar as decisões proferidas pelo Tribunal de Justiça, conforme ocorreu, por exemplo, nos casos da ‘Operação Coffee Break’, ‘Aquário do Pantanal’, ‘Seleta e Omep’, oportunidades em que o Superior Tribunal de Justiça determinou o prosseguimento das ações de improbidade administrativa em face da maioria dos réus, alterando o entendimento do Tribunal de Justiça”, diz.

Ainda de acordo com os dirigentes das entidades do MP, processos julgados pelo Tribunal de Justiça e que foram objeto do áudio gravado e utilizado como base para as matérias jornalísticas foram favoráveis às teses do Ministério Público Estadual, “inclusive com voto favorável do próprio desembargador que externou críticas contidas no áudio que foi veiculado pela imprensa, estando os processos respectivos tramitando na comarca de origem”, observa.

O trabalho do Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul na área de combate aos atos de improbidade administrativa e defesa do Patrimônio Público, nos últimos anos, resultou no bloqueio de valores que ultrapassam R$ 550 milhões e apurou um dano aos cofres públicos de aproximadamente R$ 1 bilhão, em ações que tramitam perante o Poder Judiciário do Estado, tendo encontrado respaldo das decisões e acórdãos neste sentido”, sustentam a PGE e a ASMNP.

Comentário

Página 1 de 1305
  • unimed nova

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus