Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

“É assim, com a participação de todos, que iremos conseguir vencer esta guerra contra o mosquito da dengue”. A afirmação é da prefeita Délia Razuk, ao receber no Gabinete os empresários Daniel Caldeirão, da Polidigital, e Nicácio Cantero, da Armazém, que, por iniciativa própria, afixou outdoors pela cidade conclamando a população a aderir à campanha contra a dengue.

“Quantas pessoas terão que morrer para que você limpe o seu quintal??? Dengue mata!!!”, é a mensagem que o empresário deixa nas peças publicitárias, afixados em pontos estratégicos da cidade.

A prefeita elogiou a iniciativa e lembrou que 85% das notificações por focos de dengue na cidade são em terrenos particulares. “O poder público tem feito a sua parte; exigindo até uma dedicação especial dos agentes de endemias, na fiscalização e orientação sobre cuidados necessários para evitar a proliferação do Aedes aegypti. Então, contamos também com as pessoas. Se cada um der a sua contribuição, rapidamente estaremos livres do mosquito da dengue”, disse Délia.

Comentário

O Hemocentro Regional de Dourados vai passar por uma completa reforma nos próximos meses, ação que vai demandar recursos estaduais e federais que somam R$ 2,3 milhões. Para tanto, o governo do Estado aguarda laudo da Caixa Econômica autorizando o início do processo licitatório para obras nos dois blocos, envolvendo pintura, restauração nas instalações elétricas, hidro-sanitárias e de água pluvial, reparos no telhado, revestimento de paredes, trocas de ferragens, vidros e instalações preventivas de incêndio.

De acordo com a assessoria do secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, do total a ser investido nos blocos I e II, a maior parte (R$ 1,7 milhão) será oriunda dos cofres estaduais. O governo federal, por meio do Ministério da Saúde, vai aplicar R$ 645,8 mil no bloco II, cuja verba é resultado de emendas do então deputado federal Carlos Marun (R$ 445.815,00) e do então senador Waldemir Moka (R$ 200 mil), ao Orçamento Geral da União/2017.

As despesas com a revitalização do bloco I serão custeadas integralmente com recursos estaduais, no valor de R$ 1,44 milhão, onde serão reformados 538,82 metros quadrados, com uma ampliação de 136,98 metros quadrados. Já no bloco II a reforma vai atingir 464,86 metros quadrados. O total de construção após as obras será de 1.140,66 metros quadrados, diz o informe.

Descentralização

“A reforma do Hemocentro Regional de Dourados está inserida na proposta de descentralização da Rede Hemosul-MS. A unidade cumpre a função de disponibilizar sangue de qualidade para aqueles que precisam. Parcela significativa das doações de sangue da Rede de nosso Estado são coletadas no Hemocentro de Dourados”, afirma o secretário Geraldo Resende. “Daí, a grande importância de que possa ofertar à população e aos servidores um local em condições adequadas de trabalho e atendimento”.

A coleta de sangue no Hemocentro de Dourados corresponde a 21% de toda a coleta da Rede Hemosul-MS, que realiza 470 mil exames/ano, sendo que os testes NAT são realizados também para Mato Grosso. Segundo Marli Terezinha Micharki Vavas, coordenadora geral, anualmente são coletadas cerca de 12 mil bolsas e produzidos 28.500 hemocomponentes na unidade de Dourados. Também são distribuídos 18 mil hemocomponentes e realizados três mil exames de provas de compatibilidade sanguíneas.

Cobrança

A reforma da unidade em Dourados foi cobrada, nesta semana, pelo presidente da Câmara do Município, vereador Alan Guedes (DEM) e pelo deputado estadual Marçal Filho (PSDB), simultaneamente, como essencial para que continue atendendo com qualidade e em uma proporção ainda mais significativa à população da região.

Comentário

Os irmãos Thaylor e Thalison Rodrigues de Oliveira, moradores no Jardim Canaã I e o comparsa Antônio Alves da Silva Lima foram mortos no começo da manhã desta sexta-feira (12), em Dourados, durante os trabalhos da Polícia Civil, coordenados pelo delegado do SIG (Setor de Investigações Gerais), Rodolfo Daltro, visando desarticular grupo criminoso que estaria planejando arrastão de roubos de veículos e sequestro relâmpago contra, pelo menos, quatro empresários douradenses.

De acordo com o que revelou o delegado, em Coletiva de Imprensa convocada para detalhar a Operação ‘Coruja de Minerva’, deflagrada pelas forças policiais de Dourados, os assaltantes já teriam um ‘mapa’ da rotina das vítimas, que desde quarta-feira (10) estariam sob a iminência de serem surpreendidos pelos bandidos.

“O plano era manter as vítimas em cativeiro e levar os carros delas para o Paraguai”, contou o delegado. Depois de inspecionar o cotidiano dos criminosos, nesta manhã a operação foi executada para cumprir oito mandados de busca e apreensão. Os três bandidos foram mortos no Jardim Carisma, quando receberam policiais a tiros. Outros dois foram presos.

Comentário

Acidente ocorrido na madrugada desta sexta-feira (12), na BR 163 sentido Parque das Nações, após o trevo do DOF próximo ao restaurante Kanoas, matou Carlos Eduardo dos Santos Marçal, de 19 anos. Ele pilotava uma moto Honda Biz de cor vermelha e bateu em um cavalo que atravessava a via.

Segundo a Polícia, Carlos Eduardo conduzia a moto Honda Biz, placa NRM 3992, de Dourados, pela rodovia, no sentido Parque das Nações ao Trevo da Bandeira, por volta de 2h20 desta madrugada, quando atropelou um cavalo que estava na pista. As investigações vão apurar a propriedade do animal e investigar as causas do acidente.

Comentário

Para quem gosta de emoção e adrenalina a festa está garantida com a primeira edição do Desafio da Boiadeira, uma prova que será disputada em Bonito nos 5 e 10 quilômetros em um percurso misto de asfalto e terra que é uma dose extra de aventura e beleza.

A prova acontece em trilhas aos arredores da cidade, um santuário ecológico envolvendo percursos por mata fechada, erosões, pedras e subida em morro.

O Trail Run Desafio da Boiadeira vai acontecer no dia 19 de maio com largada às 8 horas da Praça da Liberdade no centro da cidade onde também acontece o final da prova.

“É uma oportunidade para os atletas que gostam desta modalidade e para aqueles que querem conhecer, curtir o esporte e a natureza que Bonito oferece, em uma única prova”, disse Greyck Goulart, um dos coordenadores do evento.

As inscrições podem ser realizadas pelo site da www.G2esporte.com.br até o dia 20 deste mês. Contato sobre hospedagem, alimentação e adicionais, pelo
e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou através do WhatsApp (67) 99100-6541.

Todos os atletas inscritos presentes no dia da corrida receberão medalhas de participação. Haverá troféus do 1º ao 3º colocado de cada categoria, premiação em dinheiro do 1º ao 5º colocado na classificação geral da prova de 10km e troféus do 1º ao 5º colocado na classificação geral da prova de 5km

Comentário

O Cineclube UFGD exibirá neste sábado (13), às 17 horas, o filme “Terra Vermelha”, do diretor Marco Bechis. O longa traz o drama de indígenas que tentam se livrar de um sistema de escravidão. Produzido em 2008, o filme conta com atores como: Claudio Santamaria, Chiara Caselli e Matheus Nachtergaele.

“Terra Vermelha” foi indicado ao Leão de Ouro no festival de Veneza e é uma das atrações da programação deste mês, dedicado aodia do índio, na programação do cineclube douradense.

O cineclube da UFGD é um projeto de extensão da Assessoria de Comunicação Social e realiza sessões abertas sempre aos sábados, no Cineauditório da Unidade 1 (rua João Rosa Góes,1761, na Vila Progresso), no centro de Dourados.

Sinopse

“Terra Vermelha” é um longa dirigido pelo italiano Marco Bechis e filmado em Dourados. O enredo é focado nos índios da etnia guarani-kaiowá, de Mato Grosso do Sul, que, apesar de terem as tradições muitas vezes atropeladas pela civilização, ainda tentam manter algumas delas pelo respeito aos antepassados.

Confinados em reservas, esses índios não têm muito do que precisam para sobreviver e nem contato com as terras onde estão enterrados seus ancestrais. O filme relata a estranheza e a curiosidade causadas pela proximidade entre um grupo guarani-kaiowá e a família de um fazendeiro que vive na região.

Comentário

As aulas regulares dos cursos de pós-graduação presencial em Direito Penal e Processo Penal e em Direito Processual Civil, realizadas pela Edamp (a Escola de Direito do Ministério Público) no interior do Estado, resultado da parceria firmada com a Unigran, começam neste sábado (13) como projeto de extensão da parceria já existente com a Unigran Capital.

No encontro deste fim de semana, as aulas serão ministradas pela promotora de Justiça Lenize Lunardi, do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul), e vão abordar o tema ‘Poder Constituinte, Interpretação Constitucional e Dinâmica Constitucional’.

O diretor-geral da Edamp, promotor de Justiça Lindomar Tiago Rodrigues, destacou a qualidade da formação oferecida pela Escola. “A Edamp possui um quadro docente formado por professores reconhecidos e titulados, vários deles membros do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, com vocação acadêmica e afinidade com as temáticas lecionadas, alcançando a excelência intelectual e profissional através do compromisso com o conhecimento, com a aprendizagem e com a transformação da sociedade”, disse.

Rodrigues falou também sobre a importância dos profissionais da área aprofundarem seus conhecimentos. “É imprescindível que os profissionais da área jurídica concentrem esforços no aprofundamento das discussões das ferramentas jurídicas existentes na sociedade brasileira, e a Edamp firmou-se no ramo educacional para suprir uma lacuna até então existente no cenário jurídico de Mato Grosso do Sul, uma vez que oferece possibilidades plurais do estudo e investigação do Direito, formando cidadãos conscientes e comprometidos com as instituições democráticas e republicanas e com o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e solidária”, destacou.

Já o diretor de Pós-Graduação da Unigran, Dênis D’Amato De Déa, ressaltou a contribuição da parceria para a região. “Os cursos de especialização vieram para Dourados atendendo ao pedido de diversos profissionais que apontavam as dificuldades de se locomoverem a Campo Grande para assistir as aulas. Como o curso de Direito da Unigran é um dos mais tradicionais do Estado, formando profissionais há muitos anos, essa parceria com a Edamp só tem a contribuir com a qualificação dos bacharéis em Direito e advogados, principalmente com o desenvolvimento da área na região da Grande Dourados e no Estado”, enfatizou.

As matrículas permanecem abertas até o dia 27 deste mês para os cursos com duração de 18 meses. O investimento mensal é de R$ 320 (com desconto de pontualidade) e para egressos da Unigran, R$ 272.

As pós-graduações destinam-se a profissionais graduados em Direito, advogados, defensores públicos, procuradores, membros do Ministério Público, magistrados e demais profissionais da área, que buscam aperfeiçoamento diante das exigências do atual mercado de trabalho, seja para atuação jurídico-profissional, bem como profissionais que pretendam a atividade docente.

Informações adicionais podem ser obtidas no site www.unigran.br/pos, nos telefones (67) 3326-1720, (67) 3411-4114, no WhatsApp (67) 9 8192-9241 ou no e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Comentário

A seleção estadual de beisebol da categoria pré-júnior vai participar, neste final de semana, em Maringá (PR), do XXXI Campeonato Brasileiro Inter Seleções. Os atletas foram selecionados pelo Departamento Técnico da Federação de Beisebol e Softbol de MS no Torneio Seletivo realizado em Dourados no qual a equipe do Clube Nipo Brasileiro de Dourados conquistou o título. Além dos jogadores douradenses, foram relacionados atletas de Ponta Porã, Navirai e Campo Grande, na categoria de 13 e 14 anos.

De acordo com o presidente da Federação de Beisebol e Softbol de MS, Silvio Nasu, existe uma grande expectativa de trazer uma boa classificação. “Além dos treinamentos intensivos, alguns atletas relacionados agora já defenderam a seleção brasileira do infantil no ano passado em competições sul americanas e mundiais como Hyan Hetzel, Lucas Nishimura e Henrique Sato e a experiência adquirida por eles vai ajudar muito nesses jogos”, considerou o dirigente.

Além de Mato Grosso do Sul, outras nove seleções, dos estados de São Paulo e Paraná, estarão competindo em Maringá.

Parcerias de resultados

Nos dias 16 e 17 de março a seleção estadual do Infantil (11 a 12 anos ) representou Mato Grosso do Sul em Presidente Prudente (SP), no XXXVI Campeonato Inter seleções da categoria obtendo a 4ª colocação na chave Prata.

“O Beisebol e o Softbol do Estado tem conseguido ótimas colocações nos eventos nacionais do calendário da Confederação Brasileira de Beisebol e Softbol em várias categorias e temos incentivado muito principalmente as categorias de base e os clubes estão se esforçando em formação de novos atletas firmando parcerias com Escolas, Prefeituras e empresas, com resultados bastante animadores”, afimrou Silvio Nasu.

Em 2018 a representação de MS foi a terceira colocada no Inter Seleções realizado em Naviraíi e na categoria 40 anos “somos campeões jápor três anos consecutivos”, acrescentou o presidente da Federação. No softbol masculino, no ano passado, Anderson Kazama e Carlos Kokubum, da ACB de Campo Grande e Kleber Cardoso, de Dourados, defenderam a seleção brasileira no Campeonato Sul Americano.

Comentário

No pacote dos 100 dias anunciado pelo governo de Jair Bolsonaro na manhã desta quinta-feira (11), uma notícia boa pegou a Polícia Federal de surpresa: o anúncio de que mil aprovados no concurso de 2017 serão convocados para a corporação.

O número não era esperado nem pela alta cúpula da PF, que tinha a informação de que o ganharia um reforço de 700 homens. Segundo integrantes do governo, a convocação dos mil policiais já foi assinada pelo ministro da Justiça Sergio Moro e está no ministério da Economia para análise do orçamento.

Há duas semanas, quando representantes da Associação de Delegados da Polícia Federal levaram esse pleito a Moro, saíram de lá sem a garantia de que novos policiais seriam convocados. O ministro foi enfático em dizer que o problema era o orçamento. Agora falta a caneta de Paulo Guedes para que a promessa realmente saia do papel, escreve a jornalista Bela Megale, no blog de OGlobo.

Comentário

Com 8,8 milhões de toneladas e produtividade média de 48 sacas por hectare, a colheita da soja safra 2018/2019 em Mato Grosso do Sul chega ao fim. O anúncio foi publicado no Boletim Agrícola da Famasul (a Federação da Agricultura e Pecuária de MS), com base no levantamento do Siga (Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio), ferramenta de monitoramento da safra rural sul-mato-grossense.

Os dados compilados pela Aprosoja/MS (a Associação dos Produtores de Soja de MS) revelam uma queda de aproximadamente 9% no volume produzido em relação à temporada anterior. O clima foi o fator que mais contribuiu para a redução da produção da oleaginosa, segundo a Famasul.

“É preciso ter em mente que a empresa do produtor rural é a céu aberto, totalmente suscetível às intempéries climáticas, por isso, a produtividade caiu 23%, impedindo um novo recorde histórico”, disse Mauricio Saito.

No entanto, mesmo com a redução de produtividade da safra, a produção, quando comparada à temporada 2013/2014, cresceu 44% e a produtividade avançou mais de 3% no estado. Municípios como Alcinópolis, Coxim, Costa Rica, São Gabriel do Oeste, Laguna Carapã e Chapadão do Sul registraram médias acima de 60 sacas por hectare, o que influenciou positivamente no aumento da produtividade média do estado, que registrou 48 sacas por hectare.

Mauricio Saito destaca o perfil sustentável do produtor rural. “O crescimento é rápido e consciente. O agricultor é o maior interessado na preservação do meio ambiente e por isso, a expansão das áreas de agricultura se dá sob a conversão de áreas de pastagens degradadas. A adoção de tecnologias, a exemplo do plantio direto, faz com que o produtor garanta o desenvolvimento da sua atividade com qualidade e sustentabilidade”, ressalta.

Comentário

Página 7 de 1280

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus