Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Ex-presidente da Juventude do PMDB em Dourados e com uma longa trajetória política, o empresário Marcio Colman e um grupo de moradores do Jardim Água Boa (onde Marcio nasceu e vive até hoje) estuda disputar a Associação de Moradores do bairro.

“Essa possibilidade muito concreta nasceu da constatação de que nosso bairro está abandonado e sem uma voz efetiva que busque soluções para a falta de sinalização tanto vertical (placas de Pare) como horizontal (faixas de pedestres). De que o CSU, que deveria ser um espaço de lazer e esporte está tomado pelo mato e que já estava assim antes da pandemia. De que falta um projeto de readequação viária de modo a ordenar o tráfego nas ruas Cafelândia e Bela Vista, dentre outras ruas do bairro. Do desencanto em ver que o Parque Rego D’Água está em completo abandono. Enfim, nasceu da nossa indignação com essas situações que prejudicam jovens, adultos e idosos”, explicou Marcio Colman.

“Minha primeira atuação em defesa de interesses coletivos foi em um grêmio estudantil, na década de 90, na Escola Presidente Vargas. De lá para cá tenho participado ativamente da vida política da nossa cidade e do nosso estado e isso me deu bagagem para agora colocar meu nome à disposição do bairro onde nasci, formei família e crio meus filhos e no qual invisto e gero empregos”, avalia Colman, que foi também vice-presidente da Juventude Estadual do PMDB, hoje MDB.

“Esse grupo, formado por moradores de todas as idades, cansou de esperar atitudes e sobretudo resultados e por isso estamos pensando em disputar a Associação. Meu nome surgiu de forma natural como possível candidato, mas pretendemos fazer uma gestão compartilhada, ouvindo os jovens, que todos dizem ser o futuro do país mas pouco fazem para que tenham um presente melhor; os idosos, que tanto contribuíram com a cidade e hoje precisam ter cuidado redobrado para atravessar ruas mal sinalizadas; e nós adultos, que temos toda a energia e garra para lutar por uma bairro e uma cidade melhor”, finalizou Marcio. O empresário acredita que o bom relacionamento com o prefeito Alan Guedes pode facilitar, se eleito, suas ações em prol do bairro.

Comentário

O vereador Olavo Sul (MDB) se reuniu com moradores das sitiocas Campo Belo I e II, em Dourados e na ocasião foi apresentada uma antiga luta dessa comunidade: água encanada.

Acompanhado do deputado estadual Renato Câmara (MDB), o vereador ouviu o relato de que os últimos fatos levam a crer que agora tudo depende de um acordo entre o empreendedor dos loteamentos e a Prefeitura para que o problema seja resolvido.

“Continuamos a luta, esperamos agora com apoio do deputado para podermos dar um desfecho. Vamos marcar uma agenda com o prefeito Alan Guedes (PP) e ver no que ele pode nos ajudar, pois eu tenho acompanhado o sofrimento dos moradores desta área e precisamos urgente de uma solução”, disse o parlamentar.

Olavo também enfatizou que estará encaminhando demais demandas como cascalhamento e iluminação pública às secretarias competentes. “Em nome da Lúcia, Giane e a Ângela, quero parabenizar todos que tem se empenhado nesta luta, vamos pedir o apoio dos demais vereadores”, concluiu. (Da assessoria)

Comentário

O vereador Elias Ishy (PT) encaminhou um requerimento para a prefeitura de Dourados questionando as ações do poder público voltadas a atender o pequeno e médio agricultor. O parlamentar assumiu a presidência da Comissão de Agricultura e tem dialogado com produtores da região.

Ishy pede para que seja encaminhada a lista dos equipamentos e máquinas de patrimônio municipal utilizados para recuperação das estradas rurais, identificando as suas condições, disponibilidade de uso e as respectivas Secretarias responsáveis pela utilização. Além disso, ele também quer saber quais são os equipamentos cedidos pelo Governo do Estado ou outras instituições, com os termos de referência.

Uma demanda que é preocupação geral da comunidade é a condição das estradas vicinais. O vereador questiona se há contrato de serviços, locação de máquinas também para recuperação dessas vias. Ele também pergunta sobre o futuro, para entender como está o planejamento da Secretaria sobre as ações previstas nos próximos meses para atender as demais reivindicações.

O vereador ouviu, recentemente, as reivindicações de indígenas, quilombolas, mulheres rurais, bem como a universidade, para contemplar e fomentar a agroecologia e a agricultura familiar no município. (Da assessoria)

Comentário

O vereador e médico Dr. Diogo Castilho (DEM) realizou live/palestra na manhã desta quinta-feira (18) para as escolas municipais Rosa Câmara e Iria Lucia Wilhelm Konzen. A live teve como foco a discussão das diretrizes de biossegurança no município de Dourados na volta às aulas e no contexto da Covid-19.

A vacina é uma realidade, mas enquanto não abranger os profissionais da educação, crianças e a população em massa será preciso conhecer e seguir à risca o plano de biossegurança elaborado pelo município, além de seguir o distanciamento social, usar máscara, lavar as mãos com frequência e fazer uso do álcool em gel. Em tese, os sintomas da Covid-19 se assemelham com os da gripe. No entanto, é preciso ficar atento quando aparecem febre, tosse seca, cansaço, dificuldade de respirar ou falta de ar, dor de garganta, e a perda do paladar e olfato.

O vereador Dr. Diogo pontuou como deve ser feita a aferição de temperatura, destacando que o responsável não deve encostar-se ao indivíduo. O líder do DEM na Câmara de Dourados reforçou que as máscaras precisam ser trocadas num intervalo de até três horas, pois na medida em que ficam úmidas, perdem a eficácia de proteção. Importante enfatizar que as máscaras cirúrgicas não são reutilizáveis, apenas as de pano podem ser lavadas.

“O retorno será gradual, ou seja, as crianças não vão voltar de uma vez só. As salas de aula precisarão estar equipadas com câmeras para que os estudantes que não forem, possam acompanhar as aulas, até porque, alguns pais não mandarão seus filhos para a escola. Outro ponto fundamental é o distanciamento social, as mesas devem estar afastadas, respeitando o limite entre um metro e meio a dois metros”, enfatizou o parlamentar.

Aulas em Dourados

Em Dourados, as unidades escolares da rede particular que tiveram o plano de biossegurança aprovados pela Secretaria municipal de Saúde já retornaram ou retornarão de forma híbrida, isto é, online e presencial, havendo rodízios dos alunos.

As aulas na Reme (Rede Municipal de Ensino) retornarão em 1º de março, no entanto, a Prefeitura decidiu que será de forma remota, como aconteceu durante todo o ano de 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus. Também ficou definido que as atividades impressas poderão ser retiradas nas unidades escolares durante esse período. (Com assessoria)

Comentário

A Semed (Secretaria Municipal de Educação de Dourados) está com processo seletivo simplificado aberto para a contratação temporária de auxiliares de apoio educacional. Entre as funções disponíveis estão as vagas para servente e zelador. As inscrições, abertas nesta quinta-feira (18), vão até sábado (20), apenas pelo aplicativo disponibilizado na página da Prefeitura na internet.

INSCREVA-SE AQUI

Na página do formulário é preciso constar as seguintes informações: nome completo, número dos documentos pessoais, endereço, telefone, estado civil, nome do pai e da mãe. Além disso, o candidato também poderá selecionar se desejar atuar em uma unidade na área urbana, ou rural. Antes de enviar o formulário com os dados, é preciso certificar-se de que o preenchimento foi realizado de forma correta e que os dados estão certos.

Segundo a secretária de Educação, Ana Paula Benites Fernandes, a classificação dos selecionados será feita através do sistema de pontuação. “A pessoa se inscreve e baseado nas informações o sistema gera uma classificação com pontos. Estes profissionais vão atuar nas unidades escolares da zona urbana e rural. O servente cuida da limpeza interna das unidades escolares e o zelador a limpeza externa”, explica.

Neste processo seletivo simplificado 2021, foi colocada também a função de apoio institucional. Os classificados que não forem designados para as escolas e Centros de Educação Infantil Municipais, poderão atender a Prefeitura. “Nós colocamos o apoio institucional porque a Prefeitura toda carece destes profissionais e aí ‘pode pegar carona’ nos selecionados”, finaliza Ana Paula. (Com assessoria)

Comentário

Com capacidade para 420 pessoas, o Teatro Municipal de Dourados já foi palco de grandes apresentações, de música, dança, teatro, show, tudo já passou pelo local. Inaugurado em 1998, até cinema já funcionou no prédio. Entretanto, o cenário que a atual Secretaria de Cultura encontrou está muito longe do ideal para receber os espetáculos exibidos no município. Cupins tomam conta do palco, além de problema na iluminação, parte elétrica e muito lixo.

Segundo o secretário Francisco Marcos Rosseti Chamorro, o Kinho, dois caminhões de lixo já foram retirados só do fosso do teatro. “Não era para estar tão abandonado, vemos o quanto a falta de gestão prejudicou esse espaço. Uma das nossas metas é junto com o prefeito buscar recursos para reformamos o local”, explica.

A equipe encontrou muitas peças, mas nada que pode ser aproveitado. “Tinha roupas da banda que poderíamos usar até no museu, mas a falta de cuidado e armazenamento danificou tanto que tivemos de descartar”, lamenta o secretário, à frente de um levantamento de todo patrimônio cultural de Dourados.

Todos quadros e objetos que pertencem ao município estão sendo listados e analisados nesse primeiro momento, mas o alvo é uma reforma geral para recuperar o espaço cultural da cidade, desafio que o secretário Kinho assumiu com o prefeito Alan Guedes e que agora será definido no projeto de revitalização. (Com assessoria)

Comentário

Prefeito de Itaporã teve negado pelo TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) agravo interposto contra decisão que o condenou por improbidade administrativa, após ser alvo de ação civil que apontou omissão na prestação de contas dos recursos federais, conforme consta do processo 5000807-53.2017.4.03.6002, que tramitou na 2ª Vara Federal de Dourados promovido pelo FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação).

Marcos Pacco, reeleito em novembro do ano passado para o segundo mandato na cidade, foi condenado após constatação de que a obra para construção de uma creche, com recursos recebidos por meio do convênio 656368/2009, autorizada no mandato que cumpriu em Itaporã entre 2009/2012, havia sido deixada ‘inacabada e sem utilidade’.

Ele recorreu ao TRF alegando que não havia nenhum indício de enriquecimento ilícito, lesão ao erário nem violação a princípios da administração pública; não foi demonstrado dolo na ação; que sua gestão havia terminado em 2012, três anos antes da exigibilidade da prestação de contas; e que a escola de ensino infantil em questão está atualmente em funcionamento.

A relatora do caso, desembargadora federal Diva Malerbi, apontou que “a decisão que recebe a exordial da ação civil pública de improbidade administrativa está condicionada, apenas, à existência de indícios suficientes da prática de ato de improbidade (art. 17, § 6º, da Lei nº 8.429/92), não sendo necessária a presença de elementos que levem de imediato à convicção da responsabilidade do réu”.

Comentário

Uma residência localizada no Residencial Bonanza foi invadida no final da noite desta quarta-feira (17) e elementos ainda não localizados fizeram um ‘limpa’ nos pertences pessoais e no enxoval de um bebê da mulher moradora na casa, grávida de oito meses.

De acordo com o relato de familiares da vítima, da casa foram levadas uma tv de 40 polegadas, aparelho de micro-ondas, suportes e acessórios para a tv, computador de mesa, aparelho de notebook, rádio portátil e ainda todo o enxoval, em nome da bebê Liz Eduarda, prestes a nascer.

Comentário

O Juventude AG terminou a primeira fase da Taça Brasil de Futsal, disputada em Tubarão, Santa Catarina, com vitória e invicto. Nesta quarta-feira (17), o time douradense venceu o Unidos do Alvorada-AM por 4 a 2 e, com cinco pontos – dois empates e uma vitória, fechou a primeira fase da competição em segundo lugar do Grupo B. Agora, enfrenta nesta quinta (18), às 13h15, a AABB de SP, terceiro lugar no Grupo A, abrindo a segunda fase.

O JAG comandou o jogo disputado na Arena Tubarão e foi para o intervalo vencendo por 2 a 0. Chico abriu o placar aos 13 minutos e Samuka ampliou aos 16 do primeiro tempo. Na etapa final, os douradenses ampliaram com Wallysson aos três minutos, mas perderam a concentração na partida e permitiram que o time amazonense diminuísse, com gols de Jhonny e Guga em um intervalo de três minutos. Quando parecia que mais uma vez se complicaria no fim, o Juventude AG marcou o quarto, mais uma vez com Samuka, aos 13 minutos, e fechou o jogo.

Comentário

Com uma dívida superior a R$ 70 milhões, o Portal da Transparência da Fundação de Serviços em Saúde de Dourados segue sem qualquer declaração de prestação de contas do organismo, situação que levou o vereador Fabio Luis (Republicanos) a encaminhar ao diretor-presidente da autarquia, Milton Batista Pedreira Júnior, requerimento solicitando esclarecimentos pela ausência dos dados informativos sobre gastos e receitas da administradora do Hospital da Vida e da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no Município.

Ao acessar o portal http://funsaud.digserver.net/index.php, o cidadão encontra os acessos, onde teoricamente deveriam apresentar todos os registros de receitas e despesas, seja com contratos ou salários de servidores. No entanto, ao selecionar os campos, não há o suprimento das respectivas informações.

Em 2018, o Ministério Público Estadual recomendou, por meio da 10ª e da 16ª Promotoria de Justiça, que a Funsaud disponibilizasse um sistema exclusivo de transparência de gestão. Já naquela época, a Fundação vivia em caráter de emergência financeira.

Durante sessão ordinária na Câmara, o vereador Fabio Luis cobrou uma ação rápida do Poder Executivo na alimentação de informações da plataforma de transparência. “Infelizmente o serviço de transparência não existe hoje na Funsaud. Informações a respeito de folha de pagamento, cargos e contratos não encontramos no site oficial da fundação. É completamente intolerável que o Poder Público não ofereça ao cidadão o extrato de seus atos com o dinheiro contribuído em impostos e tributos”, lamenta. (Com assessoria)

Comentário

Página 6 de 1834
  • Douranews Anúncio
  • unimed fevereiro

// EDITAIS

EDITAL DE CONVOCAÇÃO - UNIMED DOURADOS

  EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA E DO PROCESSO ELEITORAL Nos termos Estatut&aacu...

Edital Assembleia Geral Extraordinária

SINEPE/MS – BASE SINTRAE/SULEDITAL DE CONVOCAÇÃOASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA A Presidente ...

Edital de Licenciamento Ambiental

EDITALRR PARTICIPAÇOES SOCIETÁRIAS EIRELI, torna Público que recebeu do Instituto de Meio Ambiente de Dourado...

Edital de Licenciamento Ambiental

EDITAL PARA REQUERIMENTO DE AUTORIZAÇÃO AMBIENTAL - AA EDITAL MERCADOMOVEIS LTDA, torna Público que requere...

Edital de Licenciamento Ambiental

EDITALRR PARTICIPAÇOES SOCIETÁRIAS EIRELI, torna Público que recebeu do Instituto de Meio Ambiente de Dourado...

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis