Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

A 29ª rodada do Campeonato Brasileiro será bem mais longa do que o normal: irá de quarta-feira (05/10) até domingo (09/10). O motivo é simples. Nesta quinta haverá partidas pelas Eliminatórias da Copa, o que fará, inclusive, com que vários clubes sofram com desfalques importantes. Para o Cartola FC, no entanto, a jornada será normal - com todos os jogos sendo válidos para o fantasy game.

Os cartoleiros devem ficar atentos apenas em quem vão escalar. Afinal, muitos jogadores estarão com as seleções de seus respectivos países. Gabriel Jesus e Yerry Mina, do Palmeiras; Muralha e Guerrero, do Fla; Rodney Wallace, do Sport; e Lucas Lima, do Santos, são alguns exemplos. Fique ligado!

Confira as partidas da rodada #29:

Quarta-feira (05/10)
Vitória x Grêmio
Atlético-PR x Chapecoense
Corinthians x Atlético-MG
Santos x Fluminense
Sport x São Paulo

Quinta-feira (06/10)
Internacional x Coritiba

Sábado (08/10)
Cruzeiro x Ponte Preta

Domingo (09/10)
Flamengo x Santa Cruz
Figueirense x Botafogo
América-MG x Palmeiras

Comentário

Homem, 34 anos, foi detido ontem transportando 550 quilos de roupas falsificadas, numa estrada rural em Corumbá. Interrogado, o condutor disse que o carregamento seria entregue no município, mas não informou o local onde deixaria a mercadoria.

Segundo o site Diário Corumbaense, as roupas estavam distribuídas em oito fardos e eram transportados dentro de uma Kombi. Flagrante aconteceu em uma via clandestina que dá acesso à Bolívia.

O motorista foi encaminhado à delegacia da Polícia Federal pelo crime de contrabando. O carregamento por ter indícios de falsificação, deverá ser destruído.

Com apenas 19 anos, Luis Guilherme já carregava nas costas o protagonismo nas seleções de base, uma passagem pelo Arsenal e a certeza de que o sucesso na meta do Botafogo era mera questão de tempo. Afinal, desde os 15, o goleiro colecionava experiências com o elenco profissional e brilhava nas categorias inferiores do Alvinegro. No entanto, em 2011, o carioca da Pavuna decidiu "assumir o risco" e passou a dividir a atenção, antes depositada só ao sucesso no futebol, com outra frente: o mundo acadêmico. 

A joia alvinegra ingressava na faculdade de psicologia e tinha, a partir dali, a corrida tarefa de conciliar o tempo entre o Botafogo e a universidade. Seis anos se passaram desde então. E a expectativa criada em cima do goleiro que outrora despontava nas seleções de base ao lado de Neymar e Philipe Coutinho, também. Luis Guilherme não teve o contrato renovado pelo clube no ano passado. Saiu, até tentou ingressar no Villa Nova-MG no início de 2016, mas optou por dar uma pausa na carreira para voltar o foco exclusivamente na finalização do curso, que acaba no fim deste ano.

- (Está acabando) Graças a Deus. Não aguento mais (risos). São seis anos. É uma loucura. Quero acabar logo com isso. Não quero deixar para depois. Vou abdicar do futebol agora para garantir o meu diploma. Estou acabando a faculdade, estou em semana de provas, voltando a treinar aos poucos. Meu objetivo é acabar a monografia agora que é sinistro. Depois que formar, meu objetivo acabando a faculdade em dezembro, se tudo ocorrer bem, livre dessa pressão, aí é correr atrás do prejuízo - disse o goleiro, que, aos 24 anos, projeta retornar aos gramados em 2017 após a formação acadêmica.

- Eu quero engatar. Não quero ficar marcado por ser uma promessa que não vingou. Sei que o mercado não é mais o mesmo, já vieram outras gerações, mas a gente nunca pode desistir do objetivo. Fiz uma escolha bem arriscada, mas bem consciente. Mas eu vou concluir e, se tudo der certo, vou retomar ao futebol ano que vem, sem o peso da faculdade, com aquela tranquilidade - disse.

Pelo Botafogo, Luis Guilherme ficou por cerca de 12 anos. Presença constantes nas seleções brasileiras de base (na mesma geração que contava com Wellington Nem, Philippe Coutinho e Neymar), chamou rapidamente a atenção de diversos clubes do exterior, como o Arsenal, da Inglaterra, onde passou por um período de treinamentos em 2009. Retornou ao Alvinegro, foi emprestado a Boavista, Bangu e Bonsucesso - não conseguiu despontar em nenhum - e chegou a fazer um "tour" pela Europa para um treinamento entre os profissionais de Manchester City e Blackpool (Inglaterra) e Lyon (França) na temporada 2011/2012.

Período que proporcionou a Luis Guilherme a oportunidade de jogar ao lado de nomes como Umtiti (hoje no Barcelona), Fábregas, Wilshere, Szczęsny, Yaya Toure e Joe Hart.

- Eu aprendi muita coisa mesmo (nos clubes europeus) no sentido de evoluir. Conheci, passei perto de alguns jogadores como o Yaya Toure, uma galera bacana daquelas. Então foi uma experiência muito boa, de poder interagir. Para mim foi muito bom. Eu vejo mais como um momento de crescimento muito mais pessoal, porque eu pude crescer, aprendi outras coisas além do futebol. Isso me enriqueceu em termos de cultura, de aprender outro idioma, conhecer outro país. 

Longe dos gramados e dos holofotes que o acompanharam desde muito cedo, Luis Guilherme tem se dedicado totalmente às atividades acadêmicas. No último período da faculdade, ele retornou, inclusive, à velha casa, o Botafogo, para realizar uma delas.  

- Eu fiquei um período de trinta dias no clube. Foi uma experiência bem breve, mas enriquecedora, porque pude ver o futebol por um outro lado. Fiquei fazendo uns relatórios. Não foi um estágio, porque o Botafogo, por uma política, alguma coisa, não permite mais - destacou o goleiro.

Blogueiro?

Nesse espaço de tempo fora do mundo da bola, Luis Guilherme ainda tem se aventurado em outra área. O goleiro e estudante criou o Pensamento Além da Meta e, por hobby, tem escrito sobre política, futebol e "tudo mais", como ele próprio descreve. (Confira o blog de Luis Guilherme clicando aqui)

- Agora ele (o blog) está até meio abandonadinho, o nome é Alem da Meta. Aí nesse blog eu escrevo sobre várias paradas, futebol, política, de tudo. É mais um hobby mesmo, aí pego e escrevo alguns textos - brincou Luis Guilherme, que em suas postagens, claro, não esquece do Botafogo.

Comentário

O francês Jean-Pierre Sauvage, 71 anos, o britânico James Fraser Stoddart, 74, e o holandês Bernard Feringa, 65, conquistaram nesta quarta-feira (5) o Prêmio Nobel de Química de 2016 pelo desenvolvimento de máquinas moleculares. As informações são da agência Ansa.

Eles foram escolhidos pela Academia Real Sueca de Ciências por terem construído dispositivos capazes de reproduzir os movimentos que as células realizam em condições naturais, algo que pode revolucionar o setor de nanotecnologia.

Isso porque os três premiados abriram caminho para realizar dispositivos cada vez menores. Sauvage trabalha na Universidade de Estrasburgo, na França; Stoddart, na Universidade Northwestern, nos Estados Unidos; e Feringa, na Universidade de Groningen, na Holanda.

Esse é o terceiro Nobel entregue neste ano, após o de Medicina, dado ao o japonês Yoshinori Ohsumi, e o de Física, ao trio de cientistas britânicos David Thouless, Duncan Haldane e Michael Kosterlitz.

Na próxima sexta-feira (7) será anunciado o vencedor do Nobel da Paz, e no dia 13 de outubro, do de Literatura.

Comentário

A campanha de vacinação antirrábica, realizada pela Prefeitura de Dourados desde junho deste ano, se concentra esta semana na região da Vila Industrial e continua na aldeia indígena Bororó, que faz parte da zona rural. A campanha já vacinou mais de 35 mil animais e deve encerrar antes do fim do ano, já que a meta é fazer a imunização contra raiva de 53 mil animais, entre cães e gatos.

De acordo com o cronograma do CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), a vacinação itinerante começou esta semana pelo Residencial e Vila Santa Catarina, na segunda-feira (3), passou pelos Residenciais Oliveira, Vila Santa Catarina, Vila Vieira e Vila Industrial na terça (4) e nesta quarta-feira (5) acontece no Jardim Colibri e Residencial Oliveira; e na quinta (6) e sexta-feira (7) estará na Vila Industrial.

A vacinação itinerante é realizada das 7 às 11 e das 13 às 17 horas. Os moradores que não se encontram na residência, durante a passagem dos agentes de vacinação do CCZ, podem aproveitar o ponto fixo, que será montado no sábado (8), na Vila Industrial, na Escola Municipal Rosa Câmara, das 7h30 às 17 horas.

Comentário

Moradores de 18 bairros de Dourados serão beneficiados com obras de pavimentação asfáltica. Segundo o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), serão investidos R$ 8,2 milhões, sendo R$ 4,1 milhões de recursos do Estado e outros R$ 4,1 milhões alocados por meio de emenda parlamentar de autoria do deputado Geraldo Resende, do partido dele. Além do asfalto, serão realizadas obras de drenagem e urbanização.

“Estamos pavimentando essas regiões com R$ 4,1 milhões do Governo e outros R$ 4,1 milhões de emendas do Geraldo Resende. Essa ação foi firmada com todos os deputados: para cada um real que o parlamentar colocar de investimento nas cidades, o governo vai colocar o mesmo valor para dobrar os investimentos”, disse Reinaldo.

Com recursos próprios da ordem de R$ 4.128.739,11, o Governo do Estado executa as obras em parte dos bairros Jardim Carisma, Estrela Hory, Canaã, Vila Adelina, Vila Bela, Cachoeirinha, Jardim Morada do Salto e Canaã VI, além de parte das ruas Ignácia Genoveva de Mattos, Fernão Luis Viegas e Leônidas Além; e no residencial Oliveira I e adjacências.

Por meio de recursos indicados em emenda do deputado Geraldo Resende e empenhados pelo Ministério das Cidades, R$ 4,1 milhões, os bairros recebem ainda drenagem e pavimentação asfáltica, no mesmo pacote, parte dos bairros Estrela Pytã, Jardim Maipu, Jardim Maracanã, Jardim Santa Hermínia, Jardim Leste, Jardim Santa Maria, Chácaras 134, Jardim Yoshikawa, Jardim Porto Belo, Jardim Parati e Jardim Piratininga; e ainda parte dos residenciais Pelicano Prolongamento e Pantanal.

As obras que recebem recursos exclusivos do Governo do Estado estão em andamento desde setembro desse ano. Já as que serão feitas com recursos da emenda parlamentar aguardam liberação da Caixa Econômica Federal, que só será dada após o fim do período eleitoral no País.

Mais investimentos

Reinaldo lembrou, ainda, que Dourados conta com outros investimentos do Governo do Estado. Entre eles, a construção de um Centro de Diagnósticos no valor de R$ 8 milhões, sendo R$ 4 milhões de recursos próprios do Estado e a outra metade de emenda parlamentar do deputado Geraldo Resende (em processo de licitação); a pavimentação asfáltica da intersecção na rodovia MS 156, no trecho que dá acesso à pista de testes do Detran, com emprego de R$ 1,7 milhão (em execução); e a obra de recapeamento da Avenida Hayel Bon Faker, numa área de 17.638,08 m², com investimento R$ 6.037.043,82 (em execução). “Temos ainda o projeto do Núcleo Industrial de Dourados, que é projeto de Estado para aumentar a geração de emprego na cidade”, disse o governador.

Comentário

Duas pesquisas científicas sobre o turismo sul-mato-grossense foram apresentadas no XIII Seminário Anual da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Turismo (ANPTUR). O evento que aconteceu entre os dias 28 e 30 setembro, em São Paulo, é referência para pesquisadores de Turismo do país e do mundo. A promoção e a organização são da Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (EACH – USP). 

O Seminário da ANPTUR constitui-se em um fórum de debates, reflexões e propostas de pesquisadores, docentes e estudiosos da área. Um importante espaço científico para interagir, apresentar e discutir ideias e propor soluções sobre problemáticas.

Com tema central “Turismo e Sustentabilidades”, estavam inseridos na programação grupos de trabalhos, conferências, mesas de debates e oficinas, todas alinhados ao tema central. O evento reuniu mestrandos, doutorandos, pesquisadores e docentes com o propósito de promover o crescimento pessoal e o amadurecimento científico do pesquisador em Turismo, além de permitir a aproximação e a composição de grupos de cooperação científica e acadêmica, facilitando a interação e a troca de conhecimentos.

14449874_1064882170297698_5473029851700939583_n
Professor Doutor, Dejanires Lageano Neto de Jesus.

Dentro da temática dos artigos apresentados pelo curso de Pós-Graduação em Planejamento e Gestão Pública e Privada do Turismo da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), estavam a Feira de Artes (Feirarte) de autoria da especialista, D’Honni Lima de Souza, e a Feira Agropecuária de Dourados (Expoagro) desenvolvido pelo pós-graduado, Márcio Cláudio Rodrigues Rangel, com orientação da Professora Doutora Daniela Sottili Garcia, em parceria com o Professor Doutor, Dejanires Lageano Neto de Jesus.

As pesquisas mostram a importância dos eventos para o fortalecimento e desenvolvimento do Turismo em Mato Grosso do Sul, pois divulga a cultura, movimenta a economia local e atrai um grande número de turistas de várias partes do país, que permanecem na cidade até dez dias.

Conforme a diretora de pesquisa da Fundação de Turismo, Daniela Sottili, a participação da Fundtur na ANPTUR é primordial, sobretudo na atualização dos dados de pesquisas científicas no setor turístico. “Demonstra a importância que a Fundação de Turismo aplica no setor de pesquisas fortalecendo o estudo e a investigação científica do Turismo no estado, com foco também nos mercados nacional e internacional”, destacou.

O curso de pós-graduação da UEMS é uma parceria do Governo do Estado, através da Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur-MS) e a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de MS (Fundect). O curso tem como objetivos capacitar profissionais do setor público e privado, comunidade interessada em gestão e planejamento turístico do Estado de Mato Grosso do Sul e estimular a elaboração de projetos para o desenvolvimento turístico no Estado de Mato Grosso do Sul, identificando as oportunidades do mercado.

Comentário

O feriado da Divisão do Estado (11) e da Padroeira do Brasil (12) motivou a Câmara de Vereadores de Dourados a instituir, por conta, o ponto facultativo nos dias 10, 13 e 14 da semana que vem, fechando a semana em um feriadão que coincide com a semana seguinte das eleições realizadas domingo (2) passado.

A sessão ordinária da Câmara, de segunda-feira, foi transferida para a semana seguinte. No dia 17 serão realizadas duas sessões, a adiada com início às 18 horas e a ordinária normal, a partir das 19h30, segundo decreto assinado pelo presidente Idenor Machado (PSDB), publicado na edição desta quarta-feira (5) do Diário Oficial do Município.

Enquanto isso, a Prefeitura limitou o ponto facultativo à segunda-feira (10), criando, para o servidor público das repartições ligadas ao Executivo, o feriado prolongado de cinco dias, começando no sábado (8) até à quarta (12) da semana que vem.

Nas unidades de ensino, a semana costuma ser de atividades recreativas, por conta do dia do professor, mas como este ano a data (dia 15) coincide com o sábado, e houve uma greve de mais de dois meses, ainda não se sabe se haverá o 'feriadão escolar'.

Comentário

O governador Reinaldo Azambuja, junto com 20 governadores do Norte, Nordeste e Centro Oeste, reforçou nessa terça-feira, em audiência com o presidente Michel Temer, a necessidade de socorro financeiro aos estados, renegociação da dívida e compensação de perdas com o Fundo das Exportações (antiga Lei Kandir). Segundo Reinaldo, a audiência não estava agendada, mas o presidente recebeu os governadores após retornar da viagem ao Paraguai.

Michel Temer, segundo o governador, recebeu as reivindicações e sinalizou com uma nova reunião, já com uma posição em relação ao pedido de socorro financeiro. Temer vai conversar com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, para analisar como pode resolver a questão. No caso do Rio de Janeiro, que foi beneficiado com a renegociação da dívida junto com São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, a solução foi a edição de Medida Provisória. “Sai muito otimista da reunião no Palácio do Planalto. O presidente se mostrou sensível e manteve aberto o diálogo. Isso é importante”.

O governador Reinaldo Azambuja defendeu, na reunião com o presidente do Senado, Renan Calheiros, e com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, o repasse de parte dos recursos arrecadados com as multas de valores repatriados pela União para estados e municípios, para minimizar a crise financeira e ajudar no equilíbrio fiscal. Reinaldo também respalda o pedido de compensação de perdas provocadas pela Lei Kandir e refinanciamento da dívida dos estados com a União.

O governador permanece em Brasília e nessa quarta-feira participa de nova reunião com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, para continuar discutindo a pauta da revisão do pacto federativo com o objetivo de diminuir o peso das responsabilidades do Governo Federal sobre os estados. Nas reuniões realizadas nessa terça-feira no Congresso, os principais assuntos foram o refinanciamento da dívida na forma como foi feita pelo Planalto com São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul; e compensação de perdas com a desoneração de produtos agrícolas destinados à exportação.

Segundo o governador, em relação ao repasse dos recursos arrecadados com as multas de valores repatriados, o Congresso deve votar até novembro a matéria que trata do assunto. Reinaldo disse que ainda não há estimativa de valor que caberia a Mato Grosso do Sul, mas se for adotado o critério de distribuição do Fundo de Participação dos Estados (FPE), “é muito difícil quantificar, mas não será um valor muito grande”. No entanto, lembra que “nessa fase de quebra de receita, qualquer recurso extra ajuda no cumprimento das metas e equilíbrio fiscal”.

Reinaldo comentou que a renegociação com os três estados do Sudeste e RS representa 87% da dívida e deixou de fora 23 estados. “Estamos buscando o diálogo com o presidente Michel Temer e não concordamos que 23 estados, que representam 13% da dívida com a União fiquem de fora. Queremos o mesmo tratamento”.

CALAMIDADE

O governador de Mato Grosso do Sul voltou a sugerir cautela em relação à proposta de decretação de calamidade como forma de pressionar o Governo Federal a liberar recursos para amenizar a crise financeira dos estados. “É uma medida extrema que na minha opinião caberia se fossem esgotados todos os recursos. Temos que esgotar o diálogo e não ir para os extremos, acho que decretar calamidade é uma sinalização muito ruim para a economia do país e dos estados. Tenho muita dificuldade em assinar um decreto desse, principalmente nesse momento que o governo federal sinaliza com a retomada dos investimentos e do crescimento, mas entendo as dificuldades dos outros estados”.

PROJEÇÕES

O valor a que os Estados podem ter direito pode chegar a R$ 25 bilhões, segundo projeções divulgadas nessa terça-feira, que daria em torno de R$ 445 milhões para Mato Grosso do Sul, se for seguida a regra de distribuição do Fundo de Participação dos Estados. Para este ano, segundo o Tribunal de Contas da União (TCU), o governo estadual sul-mato-grossense terá direito a 1,78% do total do repasse do FPE.

Além do repasse de parte da multa da repatriação para os estados, o governador sul-mato-grossense defende a imediata transferência do fundo de exportação, que é a compensação com as perdas da lei Kandir, que representam R$ 99 milhões para os cofres do Estado; e que o Conselho Monetário Nacional se reúna para discutir alongamento das dívidas já acertadas com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Nacional), que depende apenas de resolução do Conselho Monetário Nacional, “mas que até agora nada foi feito”, segundo Azambuja.

Comentário

Em comemoração ao dia do servidor público, celebrado no Brasil dia 28 de outubro, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD), realizou na manhã desta terça-feira (4) ato de lançamento da programação do Mês do Servidor Público de Mato Grosso do Sul, que conta com ações itinerantes de promoção da saúde, parcerias e shows.

carpinejar-11

Autor de 23 livros, Carpinejar realiza palestra-show dia 19. Foto:  Assessoria

No dia 19 as 8h30 no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, acontece a palestra-show do poeta, cronista, jornalista e comentarista do Programa Global “Encontro” Fabrício Carpinejar que vai abordar as relações interpessoais, o convívio e as alternativas para a construção de um bom ambiente profissional na palestra “Felicidade e Generosidade, como multiplicar a alegria dos pequenos gestos”.

fotografo-roberto-okamura

Instrumentista Marcelo Loureiro se apresenta no dia 26. Foto: Roberto Okamura

Com um estilo marcante que mescla diferentes estilos musicais, entra em cena dia 26 o talento do instrumentista Marcelo Loureiro que fará no Rubens Gil de Camillo a partir das 17h30 um show gratuito para os servidores públicos estaduais e familiares. Além da apresentação do instrumentista, haverá sorteio de prêmios para os servidores presentes, e em formato eletrônico para servidores do interior do Estado.

7z2a4886

Coral dos servidores Públicos de Mato Grosso do Sul. Foto: David Majella

Aberto ao som das canções “Luar do Sertão” e “O Sol e a Lua” apresentadas pelo Coral dos Servidores Públicos, o evento contou com a assinatura do termo de cooperação mútua entre a Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD), Secretaria de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei) e Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) que proporcionará o intercambio técnico-científico e cultural entre as instituições.

Na sequência, a assinatura do termo de compromisso entre a Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) com o Governo do Estado, reafirmou parceria que durante todo mês de outubro oferece descontos e benefícios para servidores públicos estaduais em lojas e estabelecimentos comerciais da Capital.

7z2a4989

Secretário destaca a politica de valorização do servidor. Foto: David Majella

O secretário interino da SAD Édio Viegas, destacou a importância de o servidor ter esse reconhecimento. “O Governo do Estado possui uma politica de valorização do servidor que além da vida funcional, cuida e se preocupa com a saúde e o bem estar de seus colaboradores. E nesse mês de outubro, nada mais justo fazer com que ele se sinta especial” pontuou Viegas.

O ato de lançamento do Mês do Servidor contou com a presença do Presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande (ACICG) João Carlos Polidoro, do Vice-Reitor da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) Laércio Alves de Carvalho, e dos diretores da Agencia de Previdência de MS (Ageprev) Jorge Martins, da Fundação Escola de Governo (Escolagov) Wilton Paulino Junior.

Comentário

Página 1488 de 1689
  • disk corona
  • full house
  • unigran 150
  • Editais
  • Alems respeito

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis