Timber by EMSIEN-3 LTD
Lucas

Lucas

Um acidente ocorrido no inicio da madrugada desta sexta-feira (7) matou Marcelo Rocha Maciel, de 35 anos, que seguia sozinho no veículo veículo Ford/Ka com placas de Campo Grande, que seguia sentido ao estado de São Paulo.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o acidente ocorreu na altura do quilômetro 23 da rodovia BR 267, entre a cidade de Bataguassu e o distrito de Nova Porto XV, no sentido a Presidente Wenceslau (SP) quando, por motivos a serem apurados, o condutor do veículo se chocou com a traseira de uma carreta que seguia no mesmo sentido, mas, devido a problemas mecânicos, havia parado no acostamento, com parte da traseira sobre a pista de rolamento. Maciel morreu na hora.

Conforme publica o jornal Dahorabataguassu, o condutor da carreta, um homem de 54 anos, disse que os sistemas de freios travaram, e ele não conseguiu parar a carreta totalmente no acostamento, ficando apenas parte da traseira sobre uma pequena parte da pista de rolamento. Segundo ele, o veículo estava sinalizado e no momento do acidente ele estava em contato com a PRF, comunicando o fato.

Com o impacto do choque, a carreta chegou a vibrar, disse o motorista que ainda viu o automovel capotando no acostamento da pista contrária. De acordo com a PRF, a suspeita é de que o condutor do Ford Ka estava dirigindo em alta velocidade e não tenha conseguido evitar o choque com a carreta parada.

Profissionais com registro no Brasil têm até as 23h59 desta sexta-feira (7) para se inscrever no Programa Mais Médicos. O edital, lançado no dia 20 de novembro, oferta, ao todo, 8.517 vagas para atuação em 2.824 municípios e 34 DSEIs (Distritos Sanitários Especiais Indígenas) que antes eram ocupadas por médicos da cooperação com Cuba.

De acordo com o Ministério da Saúde, até nesta quinta (6) 3.721 médicos já haviam confirmado presença nos municípios onde vão trabalhar. Os números mostram ainda que pelo menos 123 vagas continuam disponíveis. Os profissionais têm até sexta-feira (14) que vem para se apresentar nos locais de trabalho.

As inscrições chegaram a ser prorrogadas devido à instabilidade do site do Mais Médicos, causada, segundo a pasta, por ataques cibernéticos identificados desde o primeiro dia de inscrição. O sistema recebeu mais de 1 milhão de acessos simultâneos no momento da abertura das inscrições – mais que o dobro do total de profissionais em atuação no Brasil.

Desistência

Na última terça-feira (4), 200 médicos desistiram de trabalhar no programa. O principal motivo, de acordo com o ministério, é a incompatibilidade de horário com outras atividades. O programa exige uma carga de 40 horas semanais em equipe de Saúde da Família. Outra parte dos profissionais informou que entrou em residência médica, recebeu nova proposta de trabalho ou teve problemas pessoais.

Durante audiência pública na Comissão Mista de Orçamento, no Senado, o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, disse esta semana que o governo tem um plano B para completar as vagas remanescentes. Segundo ele, no próximo dia 17 será publicado novo edital do Mais Médicos, com vagas para brasileiros formados no exterior e estrangeiros.

Comentário

A Câmara de Dourados realiza nesta quinta-feira (6), às 17h30, a 4ª sessão extraordinária de 2018, para debater, em 2ª discussão e votação, o Projeto de Lei 113/2018, de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre a LOA (Lei Orçamentária Anual) para o exercício financeiro de 2019.

Durante a sessão, os vereadores vão apresentar e votar emendas impositivas (que são de cumprimento obrigatório), que podem somar até R$ 60 mil para cada parlamentar, para atender as solicitações nas áreas da Saúde, Educação e Assistência Social. Serão 255 emendas apresentadas, entre impositivas, indicativas e modificativas.

Os recursos são destinados para a reforma de escolas, postos de saúde, aquisição de equipamentos, entre outros. Através destas emendas, os vereadores auxiliam a Prefeitura a direcionar os gastos do orçamento 2019, atendendo às necessidades da população, segundo a assessoria de imprensa da Câmara.

A LOA é confeccionada pelo Poder Executivo, tendo que passar por três votações para ser aprovada na Câmara de Vereadores. “Nós analisamos toda a Lei Orçamentária, complementando com as emendas, para que toda a população seja beneficiada. Com isso, durante as sessões ordinárias, nós discutimos e votamos o que pode ser alterado ou se ela está apta para aprovação do Legislativo”, comentou a presidente da Casa de Leis, Daniela Hall (PSD).

Comentário

A presidente da Câmara de Dourados, vereadora Daniela Hasll (PSD), confirmou, no final da noite desta quarta-feira (5) a eleição para a escolha dos novos membros da Mesa diretora da casa para esta sexta (7) às 14 horas, conforme edital publicado no começo da semana. Ela disse ao Douranews que "até segunda ordem" as prisões dos colegas Idenor Machado (PSDB), Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (MDB) não afetam o cronograma inicial. Daniela vai conceder Coletiva de Imprensa às 8 horas para falar sobre esse novo escândalo na Câmara.

Daniela, inclusive, integra a chamada 'chapa de oposição' encabeçada pelo vereador Alan Guedes (DEM), registrada na tarde desta quarta, e que tem como candidato a vice-presidente o petista Elias Ishy e como primeiro-secretário o tucano Sergio Nogueira, atual vice da Mesa. A atual presidente será segunda secretária na nova composição.

Entre os presos da operação 'Cifra Negra', desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especializado e Combate ao Crime Organizado) do Ministério Público Estadual, Pedro Pepa encabeçava a chamada 'chapa da situação' (esses termos se referem ao relacionamento do Legislativo com a atual administração da Prefeitura), o líder da prefeita, Júnior Rodrigues, é o vice e Cirilo era o primeiro secretário, ou seja, 75% da chapa que agradava aos interesses da prefeita Délia Razuk (PR) está na cadeia.

Durante o cumprimento de mandados na Câmara de Vereadores de Dourados na tarde desta quarta, em Dourados, foram presos ainda o ex-vereador Dirceu Longhi, que foi primeiro secretário da Mesa no mandato de Idenor como presidente, antes de Daniela assumir o comando da Mesa e o servidor Amilton Salinas, ex-chefe da Tesouraria na Câmara e envolvido em operações anteriores do Gaeco.

Corrupção e propinas

A operação, liderada pelo promotor Ricardo Rotunno, da 16ª Promotoria de Defesa do Patrimônio Público, que resultou na prisão de cinco pessoas em Dourados, apura esquemas de fraude à licitação e corrupção ativa e passiva, que, conforme fortes indícios, ocorrem no âmbito da Câmara de Dourados há pelo menos oito anos, segundo o Ministério Público.

Em nota, o MP disse ter apurado que, em diversos processos licitatórios, apresentavam-se como concorrentes sempre empresas “cartas marcadas”, as quais “atuavam em conluio, algumas delas, inclusive, existiam apenas no papel, com o mero intuito de simular uma concorrência leal nas licitações”, de acordo com a nota.

“Sem a devida concorrência, os valores dos contratos oriundos destes processos se faziam exorbitantes”, diz o documento, elaborado a partir das ações da 16ª. Promotoria, e conduzidas pelo promotor de Justiça Ricardo Rotunno, e o delegado Francis Flávio Tadano Araújo Freire, da 2ª Delegacia de Polícia de Dourados.

Para garantir que o esquema se perpetuasse, as empresas repassavam valores mensais, isto é, “propinas”, a servidores públicos, dentre eles os membros da Mesa Diretora da Câmara da época, diz o Ministério Público. Computa-se o total de 10 mandados de prisão e um mandado de busca e apreensão expedidos nesta operação, conclui a nota do MP. Todos os presos passaram a noite na delegacia da Polícia Civil da Rua Cuiabá e devem ser transferidos ainda nesta quinta para a Penitenciária estadual,

Comentário

A Polícia Civil prendeu na tarde desta quarta-feira (5), em Campo Grande, a advogada Maria Inês Leite, na 4° fase da operação Ouro de Ofir. A investigação é sobre um grupo que captava valores acima de mil reais de investidores, com a promessa de rendimentos milionários, conforme publica o portal G1.

De acordo com a investigação, ela seria uma das chefes de uma quadrilha responsável por fazer mais de 25 mil vítimas no país. A advogada foi presa ao sair de casa, no bairro Carandá Bosque. A presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB/MS, Silmara Salamaia Gonçalves, afirmou que "a comissão foi acionada para acompanhar a escolha do local em que deve ser custodiado o advogado".

Segundo a polícia, a advogada seria uma das idealizadoras e responsável pelo respaldo jurídico do esquema. Os suspeitos vendiam parte de uma fortuna que teriam direito sobre a exploração de uma mina de ouro e prometiam um grande retorno financeiro. De acordo com a investigação, o esquema é como se fosse um "golpe do bilhete premiado", porém mais moderno. No lugar de prêmio da loteria, ofereciam valores baseados em ouro. Os criminosos usavam redes sociais para atrair interessados.

Comentário

O novo presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, está prestes a fechar um acordo para receber pelo menos 3 mil médicos cubanos que vinham trabalhando no Brasil. A negociação entre o primeiro representante da esquerda a chegar à presidência mexicana e o regime cubano começou em setembro, antes de Cuba anunciar que retiraria seus médicos do Brasil.

Conforme repercute o portal Terra, Lázaro Cárdenas Batel, o novo coordenador de assessores da presidência mexicana, tem sido o elo entre os representantes do regime cubano, presidido por Miguel Díaz-Canel, e colaboradores dos governos de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. O objetivo: uma adaptação mexicana do Mais Médicos, um programa que envolveu cerca de 15 mil especialistas cubanos designados para 1.600 municípios em algumas das áreas de mais difícil acesso do Brasil.

Cárdenas Batel é o herdeiro de uma dinastia identificada com as causas de esquerda no México. Tanto ele quanto seu pai, Cuauhtémoc Cárdenas Solórzano, mantêm sólida amizade com os membros do PT. O novo presidente chegou a visitar Lula na prisão em Curitiba, pelo menos, três vezes, desde abril do ano passado.

Comentário

A primeira semana útil do comércio de Dourados neste mês de dezembro já vai ser marcada pela diferença de horário no atendimento ao consumidor, a partir desta segunda-feira (3), quando as lojas do centro começam a funcionar até às 20 horas, até sexta-feira (7), experimentando a decoração natalina instalasda pela Aced na noite deste sábado (1) durante evento na praça Antônio João.

Sábado (8) que vem, mesmo sendo feriado municipal religioso, o comércio terá funcionamento das 8 às 16 horas e no domingo (9) o atendimento será das 13 às 19 horas, seguindo-se essa escala nos demais domingos do mês.

De acordo com o Sindicom (Sindicato do Comércio Atacadista e Varejista de Dourados), a partir do dia 10 até o dia 23, o horário do comércio será das 8 às 22 horas, com exceção do dia 20, aniversário da cidade, quando o expediente será das 10 às 20 horas. Nos demais dias, prevale o horário convencionado, ,de segunda a sexta-feira; aos sábados, das 8 às 18; e aos domingos, das 13 às 19 horas.

Na véspera do Natal, dia 24, o comércio vai ficar aberto das 8 às 18 e no dia 25 as lojas não abrirão. O mesmo esquema vale para a véspera do dia 31, na virada do ano, com a diferença de que o trabalho no feriado do dia 20 será compensado com folga no dia 2 de janeiro do ano que vem, quando não haverá expediente.

Comentário

O proprietário de um lava-jato, de 48 anos, foi preso pela Polícia Civil, em Campo Grande, sob suspeita de estuprar e engravidar a própria filha, à época com 14 anos de idade. A investigação ocorre desde novembro de 2017 e, na sexta-feira (30), o homem foi encaminhado ao presídio. Ele já foi indiciado, forneceu material genético para exame de DNA, porém, nega o crime, conforme publica o portal G1.

"Nós recebemos uma denúncia pelo Disque 100, a menina ficou grávida um ano antes, conforme a investigação. Questionada, ela primeiro negou o crime e chegou a 'inventar' uma pessoa com quem teria um relacionamento. Houve contradições e até a mãe dela comentou que ela não saía de casa", afirmou ao G1 a delegada Anne Karine Trevisan, da Depca (a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e Adolescente) na Capital.

Enquanto faziam buscas, os policiais não encontravam o suposto namorado da menina. "Eles não encontravam a casa deste rapaz. E ela também falava com muita raiva desta pessoa, que seria o pai da criança. Eu pedi novas intimações, como os irmãos da adolescente, que já são adultos. A menina foi junto e, desta vez, confessou que era abusada pelo pai desde os 12 anos", explicou Trevisan.

Durante depoimento, a irmã mais velha também ressaltou que "sempre estranhou o jeito dele com ela", já que o pai obrigava esta jovem a fazer compras com a mãe, sempre em lugares distantes da casa. "Quando elas retornavam, esta irmã comentou que a casa sempre estava fechada. Ela então ficou grávida e a descoberta do caso ocorreu somente agora, após 2 anos", falou a delegada.

O caso foi encaminhado ao Conselho Tutelar. "A menina já está abrigada com o bebê, há uma semana. Neste período, ele convivia normalmente com a família. Em um primeiro momento, ele se recusou a fornecer o material genético. O homem, que não possuía antecedentes criminais, foi indiciado por estupro de vulnerável. Ele ainda terá o agravante pelo fato de ser o pai da menina", finalizou a delegada ao portal de notícias.

Comentário

O plantio de mudas de ipês foi o ponto central de ato informal realizado na manhã de sexta-feira (30) no entorno da área destinada à construção da sede definitiva da Semed (Secretaria municipal de Educação) anexa ao prédio central da Prefeitura de Dourados.

O plantio é parte da implantação do projeto “Plantando sonhos, mudando realidades”, desenvolvido pela Semed, em parceria com o Imam (Instituto municipal do Meio Ambiente), que teve 84 mudas de ipê amarelo distribuídas nas unidades de ensino e plantadas pelas crianças. Nessa ação, além de ipês amarelos, havia mudas de ipês rosa, branco e roxo.

O ato teve a participação da chefe de gabinete da prefeita Délia Razuk, Darlé Pacheco Valente, do secretário de Educação, Upiran Jorge Gonçalves, do diretor-presidente do Imam, Fabiano Costa, do comandante da Guarda Municipal, Silvio Reginaldo, além das coordenadoras do Núcleo de Educação Infantil, Claudia Marinho Carneiro Noda, do Núcleo de Educação Física e Esporte Escolar, Mariza Araújo e do Núcleo de Educação do Campo, Angelita Barros.

Conforme explica Claudia Noda, no contexto do projeto, todas as escolas e Ceims receberam mudas de ipê amarelo e o plantio começou no início de novembro, como forma de iniciar as comemorações ao aniversário de Dourados. “O foco do projeto é fomentar as características da nossa cidade. O ipê amarelo, por exemplo, é símbolo de Dourados, instituído pela Lei Municipal 2794/2005”, disse, lembrando ainda que o ipê (de qualquer cor) é símbolo de Mato Grosso do Sul.

“Crianças gostam de participar do plantio de árvores. E tem toda uma simbologia nesta atividade, além do que elas poderão ver as plantas crescendo e criarão um sentimento bom ao contemplar o desenvolvimento da planta que ajudaram a cultivar”, disse o secretário Upiran.

Sede

Os servidores da Semed comemoraram no meio deste ano a conquista obtida junto à prefeita Délia Razuk, que autorizou os procedimentos para que, enfim, a Educação tenha casa própria.

A prefeita autorizou investimentos da ordem de R$ 1,9 milhão, em recursos próprios, para a construção do prédio, na área do Centro Administrativo Municipal. O resultado do processo de licitação está publicado na edição de quinta-feira (29) do Diário Oficial de Dourados.

Comentário

Duas semanas depois da forte chuva com ventos de intensidade aproximada de 80 km/hora que provocaram estragos em várias partes da cidade, uma árvore permanece obstruindo o acesso ao bosque "Jornalista César Cordeiro", implantado há dois anos pela Prefeitura na área remanescente da chácara Rigotti, anexo à nova Feira Central de Dourados.

As fortes chuvas do dia 18 de novembro provocaram vários estragos na arborização da cidade, com queda da fiação elétrica, interdição de túneis, trasnsbordamento de córregos urbanos e destelhamento de casas em regiões mais vulneráveis. O Município ainda não conseguiu retomar à normalidade no funcionamento de alguns setores atingidos.

Pessoas que costumam frequentar o local, habitado por aves e ornamentado por várias espécies nativas, em região privilegiada da cidade, reclamaram no final de semana que o bosque está mal cuidado. A proposta original era de se implantarem trilhas, e identificar as espécies ali existentes, para transformar o ponto em atrativo de pesquisas e visitação de estudantes, por exemplo.

O bosque ganhou o nome do jornalista Antônio César Cordeiro por sugestão do próprio diretor-presidente do Imam (Instituto municipal do Meio Ambiente) no final do mandato do ex-prefeito Murilo Zauith, em novermbro de 2016, o promotor público aposentado Upiran Jorge Gonçalves da Silva, por sinal, atualmente secretário municipal de Educação.

O jornalista morreu no dia 6 de agosto, depois de permanecer hospitalizado em decorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) que o vitimou no dia 14 de julho daquele ano. Profissionais da imprensa e familiares participaram da inauguração do bosque, apontado à época como uma opção de preservação de área nativa e fonte de conhecimento para as gerações futuras.

Comentário

Página 6 de 11
  • al sustentavel 2
  • kikao professor

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus