Timber by EMSIEN-3 LTD
Lucas

Lucas

O ex-ministro Antônio Palocci Filho deixou na tarde desta quinta-feira (29), a prisão, na sede da Polícia Federal em Curitiba, o berço da Operação Lava Jato.

O ex-ministro da Fazenda e ex-ministro da Casa Civil dos governos petistas, que citou Lula e Dilma Rousseff em delação premiada, vai cumprir o restante da pena em regime domiciliar com a tornozeleira, equipamento de monitoramento judicial exigido para que ele pudesse voltar pra casa.

Dois anos e três meses depois de ser preso, condenado a 9 anos e 10 dias de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, ele passará para o regime prisional semiaberto domiciliar, sob monitoramento, confirmou o portal Terra

Comentário

Após longos dias de conversas, especulações e apreensão, a novela sobre o futuro de Renato Gaúcho encerrou. E com final feliz aos gremistas, logo no dia em que festejam o aniversário de um ano do tri da América. Nesta quinta-feira (29), o Grêmio acertou a permanência do treinador para comandar a equipe em 2019.

O acordo foi selado em uma reunião entre o presidente Romildo Bolzan e o treinador à tarde, no CT Luiz Carvalho. Mais cedo, o representante do treinador, Gerson Oldenburg, o Gauchinho, se reuniu com o CEO Carlos Amodeo. A informação foi publicada pelo site Gaúcha ZH e confirmada pelo GloboEsporte.com.

Logo após o acerto, o presidente concedeu entrevista coletiva no CT. Sorridente, Bolzan afirmou que a permanência era um desejo "recíproco" e já serve para dar início ao planejamento de 2019. Além de Renato, a diretoria se mantém com Duda Kroeff como vice de futebol, Deco Nascimento como diretor e André Zanotta como executivo.

O acerto põe fim à movimentação do Flamengo nos bastidores para tentar a contratação do técnico. Conforme apurou o GloboEsporte.com, os dois principais candidatos à presidência do Rubro-Negro, Ricardo Lomba e Rodolfo Landim, tinham um acerto alinhavado com o ídolo gremista para 2019. Prevaleceu a proposta do Grêmio.

Comentário

A UFGD vai realizar, no projeto de extensão Universidade Luz, vinculado à Coordenadoria de Cultura, apresentação com o músico e compositor Renato Teixeira em Dourados. Um dos principais nomes da música brasileira, Teixeira vai se apresentar na Unidade II da UFGD a partir das 20 horas de quinta-feira (6) que vem. A entrada é gratuita.

De acordo com a assessoria da UFGD, o cantor fará apresentação solo e resgatará alguns dos maiores sucessos, como Romaria, Frete e Tocando em Frente, além de outros sucessos das músicas caipira e folk brasileira, coppmo atrativo do Festival Universidade Luz criado na atual gestão da UFGD.

O festival tem como proposta fomentar, divulgar e promover a arte e a cultura, como um movimento transformador da realidade social, propiciando a oportunidade de integração da comunidade universitária e toda comunidade douradense e de municípios vizinhos. Essa apresentação também marca o encerramento das atividades de ensino, pesquisa e extensão do ano de 2018.

Comentário

O STF (Supremo Tribunal Federal) retomou o julgamento sobre a constitucionalidade do decreto de indulto natalino editado pelo presidente Michel Temer no ano passado, mesmo após o ministro Luiz Fux pedir vista do processo, publica a Agência Brasil de notícias.

A proposta de continuidade foi feita pelo ministro Gilmar Mendes, que votou a favor da validade do texto do decreto e, diante do placar de 5 votos a 2, sugeriu que a liminar do relator, Luís Roberto Barroso, fosse derrubada.

Até o momento, o STF tem placar de 5 votos a favor da manutenção do texto integral do indulto. Os ministros Luís Roberto Barroso e Edson Fachin votaram contra parte do texto do indulto. Alexandre de Moraes, Rosa Weber, Ricardo Lewandowski, Marco Aurélio e Gilmar Mendes se manifestaram a favor.

Pelo perfil social através do qual se comunica diariamente com o País, via Twitter, o presidente eleito Jair Bolsonaro já avisou que, se for aprovado, esse será o último indulto a ser concedido no Brasil.

Comentário

O papa Francisco sugeriu nesta quinta-feira (29) que o valioso patrimônio cultural da Igreja Católica deve estar “a serviço dos pobres” e que a eventual venda desses bens não pode ser vista com “escândalo”. As declarações constam de mensagem aos participantes de um congresso sobre a gestão dos bens culturais eclesiásticos e a cessão de lugares de culto, realizado pelo Pontifício Conselho para a Cultura e pela CEI (Conferência Episcopal Italiana).

Segundo reproduz a agência internacional de notícias AFP, “os bens culturais são voltados às atividades de caridade desenvolvidas pela comunidade eclesiástica. O dever de tutela e conservação dos bens da Igreja, e em particular dos bens culturais, não tem um valor absoluto, mas em caso de necessidade eles devem servir ao bem maior do ser humano e especialmente estar a serviço dos pobres”, disse o Papa.

Segundo Francisco, a constatação de que muitas igrejas “não são mais necessárias por falta de fiéis ou padres ou por mudanças na distribuição da população nas cidades e zonas rurais deve ser vista como um sinal dos tempos que nos convida a uma reflexão e nos impõe uma adaptação”. Na mensagem, Jorge Bergoglio ressaltou que a cessão de bens da Igreja “não deve ser a primeira e única solução”, mas também não pode ser feita sob “escândalo dos fiéis”, como descreveu a agência noticiosa.

Comentário

Ao abrir o seminário “O Controle e a Administração Pública” e a “29ª Reunião Técnica do Conaci - Conselho Nacional de Controle Interno”, o governador Reinaldo Azambuja destacou nesta quinta-feira (29) as medidas e ações implementadas em Mato Grosso do Sul para aumentar o controle dos gastos e a transparências das ações. O evento, que acontece pela primeira vez na capital sul-mato-grossense, tem como palco o Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo.

Reinaldo apresentou um panorama das ações realizadas durante o primeiro mandato como a criação, em 2016, da Controladoria-Geral do Estado, que fiscaliza os atos das secretarias, a implantação da Lei de Combate à Corrupção e do Fundo de Combate à Corrupção e a nota máxima alcançada em transparência. Ele também falou do financiamento internacional Profisco II para aumentar a eficiência e o controle das compras governamentais e conseguir investir melhor no que é prioridade para melhorar a vida das pessoas.

“Recentemente assinamos com o BID, Banco Interamericano de Desenvolvimento, um financiamento que tem muito a ver com o momento, melhorar o perfil da gestão em eixos principalmente estratégicos. Não é só olhando a receita, mas principalmente a despesa, e através da economia disso transformar em investimentos em saúde, educação, segurança e desenvolvimento. São quase R$ 173 milhões para implementar uma teia que passa pelo controle, gestão e para melhorar compras governamentais”, disse.

O governador lembrou que Mato Grosso do Sul saltou da lanterninha em transparência (nota 1,4) no ranking dos órgãos de controle para a nota 10. Entre os responsáveis pela avaliação estão a AGU (Advocacia Geral da União), a CGU (Controladoria-Geral da União) e o TCU (Tribunal de Contas da União). "Hoje, qualquer cidadão pode acessar do computador de casa quanto o Governo do Estado arrecada e como gasta. Basta entrar no Portal da Transparência. Sem precisar fazer qualquer tipo de cadastro e sem burocracia, é possível consultar contratos, licitações, despesas, receitas, repasses, convênios e os salários de cada um dos servidores", exemplificou Reinaldo Azambuja.

Além do Portal, o Governo também mantém canais de diálogo permanentes com o cidadão através do SIC (Serviço de Informação ao Cidadão), oferecido nos formatos presencial e eletrônico. Por meio desse instrumento, é possível tirar qualquer dúvida a respeito do Governo.

Comentário

Vereador do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (PSC), filho do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), afirmou que a eventual morte do pai "não interessa somente aos inimigos declarados, mas também aos que estão muito perto". Ele se manifestou por meio de conta no Twitter, um hábito na família desses políticos.

Segundo observa o portal Terra, o filho de Bolsonaro é muito ativo nas redes sociais. Também era o responsável pela comunicação do pai através desses meios durante a campanha presidencial.

Horas depois de publicar esse tweet, o político fez outro, dessa vez sobre a facada sofrida por Jair Bolsonaro. Carlos acusou a imprensa de não se importar com um suposto mandante do ataque. Ainda, insinuou que os veículos de comunicação estão comprometidos com partidos de esquerda.

Interessa mesmo

Questionado sobre o que o filho queria dizer com "estão muito perto", Bolsonaro desconversou. "Quando eu recebi a facada estava muito próximo de mim o elemento", comentou.

Jair Bolsonaro voltou a falar sobre o agressor, Adélio Bispo de Oliveira, que o feriu no estômago durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG) em setembro. "Recentemente era filiado ao PSOL. E houve o caso do outro que tentou entrar no Congresso com a identidade dele", apontou. "No meu entender a investigação está muito fácil de ser concluída", disse, conforme a publicação do Terra.

Comentário

A 5ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, aberta na manhã desta quinta-feira (29) no Centro de Convivência do Idoso 'Maria Martiminiano', no Parque das Nações I Plano, debate o tema “Os Desafios de Envelhecer no Século XXI e o Papel das Políticas Publicas”, contou com uma palestra magna proferida pela pró-reitora de Extensão da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Márcia Regina Alvarenga e segue debates e elaboração de propostas para o setor.

A conferência é estruturada por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, vinculado à Secretaria municipal de Assistência Social e Conselho municipal de Saúde. Na abertura, a presidente do Conselho, Dilma Canedo da Silva, destacou a ampla participação dos idosos no evento, fundamental para o direcionamento das melhorias ao atendimento do público-alvo e para a garantia dos direitos em geral.

“É um momento extremamente importante e daqui saem propostas que vão embasar definições na Conferência Estadual e, depois, na Nacional, além de ser um momento para se avaliar a efetividade das ações em execução”, disse.

Conforme o secretário de Assistência Social, Landmark Ferreira Rios, a ação é como um “braço” para estas garantias. “Estamos prestigiando a construção das tratativas para melhorar a vida das pessoas da melhor idade. É fundamental a participação efetiva de cada parcela que compõe a conferência”, destacou.

Presente ao evento, o promotor de Direitos Humanos Idoso Portador de Deficiência Infância e da Juventude, Luiz Gustavo Camacho Terçariol, da 17ª Promotoria de Justiça de Dourados, enalteceu a ação para embasar ações com atendimento às demandas existentes. Ele destacou que o Ministério Público tem atuado para garantir os direitos referentes à coletividade do público idoso.

Programação da tarde

Durante a tarde desta quinta-feira, o debate é voltado para os eixos, na seguinte ordem: Eixo I – Direitos fundamentais das construção/efetivação das Políticas Públicas, com Carlos Valiente, Eixo II – Educação: assegurando direitos e emancipação humana, terá como facilitadora Marcia Floriano, Eixo III terá como facilitadora Edneuza Guerra e abordará o “Enfrentamento da violação dos direitos humanos da pessoa idosa”, e o Eixo IV, com Danielle Viebrantz Silveira, que abordará “Os conselhos de Direitos: seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas”.

Comentário

O presidente eleito, Jair Bolsonaro , disse que conversou sobre Israel, Cuba, Venezuela e comércio no encontro nesta quinta-feira (29) com John Bolton , Conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, a mais alta autoridade americana a visitá-lo desde as eleições de outubro. Bolsonaro reiterou que pretende promover uma "grande aproximação" com Washington, como vem indicando desde a campanha e havia sido demonstrado na visita do filho dele, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), aos Estados Unidos, nesta semana.

Bolsonaro também disse que existe a possibilidade de Trump vir para a posse, em 1º de janeiro, e que aceitará o convite de Trump, transmitido por Bolton, para visitar os Estados Unidos, depois de uma primeira viagem que pretende fazer como presidente a três países vizinhos: Chile, Argentina e Paraguai.

Bolton não deu entrevista depois do encontro, que durou uma hora. Pelo Twitter, o conselheiro de Trump destacou que ele, Bolsonaro e o que chamou de "equipe de segurança nacional" do presidente eleito, tiveram uma discussão "ampla e muito produtiva".

"Tive uma ampla e muito produtiva discussão com o presidente eleito do Brasil Bolsonaro e sua equipe de segurança nacional. Estendi o convite do presidente Trump para Jair Bolsonaro visitar os EUA. Nós esperamos uma parceira dinâmica com o Brasil", escreveu Bolton na rede social, conforme descreve reportagem de OGlobo.

Comentário

Audiência pública realizada na manhã desta sexta-feira (15), na Câmara de Dourados, abordou sobre investimentos no serviço de iluminação pública no município. A Prefeitura pretende trocar as atuais lâmpadas por lâmpadas de LED, visando mais economia e melhor qualidade na iluminação.

De acordo com o secretário de Serviços Urbanos, Joaquim Soares, o intuito da audiência foi apresentar informações técnicas do projeto e abordar como impactaria positivamente em custos e maior cuidado com o meio ambiente. Joaquim enfatizou sobre os benefícios em geral da nova iluminação e afirmou que a intenção da administração é encaminhar para que em breve ocorra a troca de lâmpadas.

“Uma cidade polo como a nossa precisa se modernizar e temos a determinação da prefeita para cuidar desse serviço, levar melhorias neste âmbito, na área central e nos bairros, em benefício da população, economia ao poder público e para que também sirva como estímulo às pessoas que estão investindo no município”, pontuou.

Conforme apresentado em audiência, com a substituição das lâmpadas atuais do município por lâmpadas de LED, seria possível uma economia em média de 50% em energia. O representante da empresa, possível parceira do serviço, Mario Koba, citou ainda sobre a questão ambiental.

“As lâmpadas que contêm mercúrio, sódio, afetam o meio ambiente quando descartadas; o LED não tem esse problema, pois não possui componentes que agridem o meio ambiente”, citou.

De acordo ainda com o secretário Joaquim Soares, Dourados tem 30 mil pontos de iluminação e, primeiramente, seriam trocados 6 mil pontos, no quadrilátero das ruas Ponta Porã e Cuiabá, entre o Jardim Flórida a Vila São Francisco. “Já seria um diferencial em economia e depois buscaremos ampliar o serviço”, pontua.

Comentário

Página 9 de 11
  • coronagov
  • disk corona
  • unigran 150
  • Editais

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis