Timber by EMSIEN-3 LTD
  • futuro
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

O décimo quarto lote de vacinas contra o Coronavírus, com 45,5 mil doses, chega a Mato Grosso do Sul. São 35,5 mil da AstraZeneca/Oxford e mais 10 mil doses da Coronavac. Com mais esta remessa, o Estado já totaliza 753.510 doses de vacinas recebidas do Ministério da Saúde.

As serão distribuídas aos municípios, pela Coordenadoria Estadual de Vigilância Epidemiológica (CEVE/SES), a partir das 7h30 desta sexta-feira (23).

E a orientação, conforme vem reforçando o Secretário de Saúde, Geraldo Resende, é para que as doses sejam distribuídas o mais rápido possível para os municípios, que devem realizar a imunização já a partir desta sexta-feira, no sábado e também no domingo.

O secretário explicou que o Ministério encaminhou menos doses da Coronavac para o Estado, devido ao atraso na importação do IFA, o Insumo Farmacêutico Ativo, utilizado na fabricação do imunizante. Assim, as 10 mil doses enviada a MS serão para completar o esquema vacinal de imunização para a segunda dose (D2).

Já as 35,5 mil doses da AstraZeneca serão utilizadas para avançar no programa estadual de imunização com aplicação em grupos prioritários.

Katiuscia Fernandes - Subcom

Comentário

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Administração e Desburocratização (SAD) e da Secretaria de Governo e Gestão Estratégica (Segov) abriu nesta quinta-feira (22), o Fórum Dialoga, Roda de Diálogo com entidades sindicais. O encontro, que reuniu o primeiro de oito grupos de sindicatos, aconteceu no auditório do Imasul e teve como pauta a data-base do funcionalismo público estadual.

“Com a proposta de manter um diálogo permanente entre o Governo do Estado e os servidores públicos, nós demos início hoje às discussões acerca da data-base do funcionalismo, até mesmo porque esta é uma das premissas da política de valorização dos servidores adotada desde o início da gestão do governador Reinaldo Azambuja”, destacou a secretária Ana Nardes, titular da SAD.

“Fiquei extremamente satisfeito com o diálogo com esse primeiro grupo de sindicatos e entendo que as categorias estão buscando o melhor para os seus quadros, de forma organizada e compreensiva. Diante disso, as discussões transcorrerão com os demais grupos e o governo certamente sinalizará algum gesto para as categorias”, avaliou o secretário Sérgio Murilo Motta, gestor da Secretaria de Governo e Gestão Estratégica (Segov).

Durante a reunião, a secretária de Administração e Desburocratização, Ana Nardes, apresentou os dados da política de valorização dos servidores

Com apresentação de dados sobre as Diretrizes de Governo relacionadas à Política de Pessoal, conduzida pelo secretário-adjunto da SAD, Édio Viegas, e pela equipe técnica da Secretaria, o encontro contou com a participação dos presidentes da Feserp (Federação Sindical dos Servidores Públicos Estaduais e Municipais do Estado de MS), Sindsad (Sindicato dos Trabalhadores e Servidores da Administração do Estado do Mato Grosso do Sul), Sinfae (Sindicato dos Funcionários Administrativos da Educação).

Também integraram as discussões o SPPD/MS (Sindicato dos Profissionais de Processamento de Dados e Tecnologia da Informação), Sindasp (Sindicato dos Agentes de Segurança Patrimonial), Sinterpa (Sindicato dos Trabalhadores em Instituições de Extensão Rural, Pesquisa, Assistência Técnica, Serviços Agropecuários e Afins), Sinmasul (Sindicato dos Servidores do Instituto de Meio Ambiente), Sigeasfi (Sindicato dos Gestores Estaduais Agropecuários, Agentes Fiscais Agropecuários, Agentes de Serviços Agropecuários e Auxiliares de Serviços Agropecuários) e Sinder (Sindicato dos Trabalhadores do Dersul).

Elaine Paes, SAD

Fotos: Edemir Rodrigues

Comentário

Santa Rita do Pardo (MS) - Na manhã desta quinta-feira (22), a guarnição da Polícia Militar em Santa Rita do Pardo recuperou uma carreta que havia sido roubada durante a noite anterior.

Os policiais militares tomaram conhecimento do roubo, quando o Motorista da carreta chegou ao Pelotão de Santa Rita do Pardo por volta das 05:40h e passou a relatar que estava deslocando com o veículo carregado com soja, fazendo o Itinerário Campo Grande à Paranaguá/PR. No trevo da MS 040, ainda próximo a Campo Grande/MS, o motorista foi surpreendido por um carro preto e indivíduos armados o renderam e o fizeram refém por aproximadamente 5 (cinco) horas.

Após esse período, os indivíduos libertaram o motorista a aproximadamente 35 quilômetros de Santa Rita do Pardo e o mesmo pôde pedir socorro. A guarnição colheu os dados e as informações necessárias e entrou em contato com a Empresa proprietária da Carreta. A Empresa repassou os dados do sinal de GPS da última localização possível.

De posse das informações, os policiais rapidamente se deslocaram pela MS 040 e localizaram o veículo, que estava estacionado a 60 quilômetros do Município de Santa Rita do Pardo. A carga de Soja foi levada pelos assaltantes.

Diante dos fatos foi registrado o Boletim de Ocorrência e apresentado à DP que passará a investigar o caso.

Polícia Militar, a guardiã do cidadão!
(Assessoria de Comunicação Social da 7ª CIPM/CPA-2).

Comentário

Rochedo (MS) - Policiais Militares do Pelotão de Rochedo da 11ª Companhia Independente de Polícia Militar prenderam nesta quarta-feira (21/04), homem armado dirigindo veículo alcoolizado após disparos em via pública na cidade de Rochedo-MS.

A ocorrência é desdobramento da Operação Megido II, que acontece no mês de abril na área da 11ª CIPM. O flagrante se deu após a guarnição receber denúncias de que um indivíduo em uma caminhonete estaria efetuando disparos nas ruas do município após um desentendimento.

Os policiais militares realizaram rondas e conseguiram encontrar o autor, que estava visivelmente embriagado, sendo localizado com ele um revólver de cor preta calibre .38 da marca Taurus com 6 munições, sendo 4 intactas.

Diante dos fatos expostos o indivíduo foi detido em flagrante pelos crimes de Porte ilegal de arma de fogo, Disparo de arma de fogo em via pública e Conduzir veículo automotor com a capacidade psicomotora alterada em razão da Influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência - sendo entregue juntamente com os materiais apreendidos na Delegacia de Polícia Civil, onde foram realizados os demais procedimentos legais em relação aos fatos.

Acesse e nos siga nas redes sociais: FACEBOOK e INSTAGRAM

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA 11ª CIPM – PMMS.

Comentário

Campo Grande (MS) - Policiais Militares do Pelotão Força Tática da 11ª Companhia Independente de Polícia Militar prenderam nesta quarta-feira (21/04), foragido da justiça federal e passageira de ônibus de viagem com destino a Goiania-GO com 2kg de cocaína acopladas ao corpo, na capital do MS.

As ocorrências são desdobramentos da Operação Megido II, que acontece no mês de abril na área da 11ª CIPM. A primeira ocorrência se deu após abordagem na região do Morada do Sossego conhecida como Favela do Mandela, onde um homem em atitude suspeita foi abordado e após checagem via sistemas foi verificado mandado de prisão em aberto da vara de Corumbá por tráfico internacional de drogas.

O segundo flagrante se deu após a guarnição realizar fiscalização nos passageiros e bagagens de ônibus interestadual na região dos Novos Estados, onde foi constatado uma passageira estava com volume suspeito na cintura próximo a barriga, sendo encontrados quatro tabletes de cocaína pura, que totalizou  2.05kg de drogas.

Diante dos fatos expostos os dois indivíduos foram detidos em flagrante, sendo lido e mantido seus direitos constitucionais e entregues na Delegacia de Polícia Civil, onde foram realizados os demais procedimentos legais em relação aos fatos.

Acesse e nos siga nas redes sociais: FACEBOOK e INSTAGRAM

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA 11ª CIPM – PMMS.

Comentário

Operação conjunta do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul), com a Polícia Militar, flagrou 16 motoristas embriagados e até crimes de segurança pública no trânsito de Campo Grande, no feriado de Tiradentes, nesta quarta-feira (21).

Segundo o chefe de Fiscalização de Trânsito, Otilio Ruben Ajala Junior, dois motoristas foram autuados por licenciamento vencido e um por não possuir CNH (Carteira Nacional de Habilitação). Além disso os fiscais registraram autuações por desobediência e até posse de drogas e receptação.

“Tivemos várias recusas, crimes de embriaguez e segurança, como receptação e furto. Então nós unificamos as forças com o 1° Batalhão da Polícia Militar, para reprimir os crimes de segurança viária e segurança pública, sabendo que o crime também passa pelo trânsito”, explica Ajala.

Durante a operação, 13 motoristas visivelmente embriagados se recusaram a fazer o teste do etilômetro e três foram autuados por dirigir sob influência de álcool. Ao todo, foram realizados 321 testes de alcoolemia. Mais 13 CNHs e dois veículos foram recolhidos ao pátio do Detran por irregularidades.

Bruna Pasche, Detran-MS

Foto: Arquivo

Comentário

O valor do gás de cozinha apresentou uma variação de 11%, de acordo com a última pesquisa do Procon de Dourados. Cerca de 22 distribuidoras participaram do levantamento sobre o valor do botijão de 13 kg, com entrega em domicilio. O menor preço é de R$ 88 e o maior, R$ 98.

Apenas um estabelecimento cobra R$ 88. Foram encontrados nove estabelecimentos praticando o preço de venda do gás de cozinha a R$ 90, quatro estabelecimentos vendendo a R$ 95 e outros quatro cobrando R$ 98 pelo produto.

CONFIRA OS PREÇOS ENCONTRADOS

Segundo o diretor do Procon, Antonio Marcos Marques, em quatro meses houve um aumento de 10% no preço médio do gás. “Essa alteração de 10% no valor do gás foi registrada neste ano de 2021. Em abril o preço médio está em R$ 93,42, enquanto em janeiro estava em R$ 84,86”, aponta.

Comentário

O deputado Barbosinha (DEM) cobrou, na sessão remota desta quinta-feira (22) da Assembleia Legislativa, solução para a anunciada falta de profissionais especializados em neuropediatria, principalmente após a deficiência constatada com a demissão de trabalhadores do setor que atuavam na PAI (Policlínica de Atendimento Infantil) em Dourados e esclarecimentos sobre o número real de UTIs colocadas à disposição das pessoas que procuram atendimento da Covid-19.

“Essa situação preocupa os pais atípicos em Dourados, porque com o recente desligamento, por parte da Prefeitura, de profissionais da área que atuavam na PAI, mais de 500 crianças ficaram sem cobertura e uma consulta particular custa, por baixo, R$ 400,00, é impossível para essas famílias manterem o acompanhamento clínico dos filhos”, relatou Barbosinha, sobre a deficiência nesse setor.

O deputado chamou a atenção para o fato de que, em março deste ano, foi inaugurado, “com toda a pompa”, em Dourados, o HMC (Hospital da Mulher e da Criança), unidade especializada para esse tipo de atendimento. “As pessoas celebraram, as famílias se animaram, mas foram inauguradas paredes vazias, sem nenhum equipamento, para decepção de quem contou com esse reforço no atendimento”, lamentou Barbosinha.

Leitos de UTI

Ainda durante a sessão desta quinta-feira, o deputado manifestou preocupação com a questão dos leitos de UTI (Unidades de Tratamento Intensivo) disponibilizados para o atendimento dos casos de Covid-19 em Dourados. “Em junho do ano passado, o secretário de Saúde do Estado, deputado Geraldo Resende, que é de Dourados, e a então prefeita Délia Razuk, anunciaram 20 UTIs no Hospital da Vida e agora, em abril deste ano, o secretário e o atual prefeito voltam a anunciar mais dez leitos, totalizando 20 leitos no mesmo Hospital. Ora, se no ano passado chegamos a vinte leitos de UTI, agora com mais dez ficamos novamente nos 20?”, indagou.

Barbosinha cobrou clareza e transparência nas informações. “De um lado dizem que Dourados tem 75 leitos de UTI disponíveis, de outro, dizem que são 55, a gente nunca sabe. Não podemos continuar convivendo com mentiras, desinformação. Se tem o leito, ou não tem, a verdade precisa ser dita. Quando eu digo que tenho as UTIs e elas não existem, acho que deveria haver uma fiscalização porque o Ministério da Saúde pode ter pago por leitos inexistentes”. Ele lembrou que a Câmara de Dourados tem agora a oportunidade, com a CPI criada pelos vereadores, de apurar esses fatos. “Sei que a vereadora Lia Nogueira e o vereador Marcelo Mourão tem se manifestado sobre isso, é a oportunidade que temos de apurar esses fatos”.

O deputado douradense lembrou da obra de construção do Hospital Regional às margens da BR 463, na saída para Ponta Porã, aguardada com expectativa pela população da cidade e dos 33 municípios da macrorregião. “Não se inaugura hospital sem leitos, sem condições de oferecer atendimento, essa é a nossa preocupação, esse é o alerta que faço ao nosso secretário Geraldo Resende, que é de Dourados, porque se cria uma expectativa e não podemos colocar mais temor no meio da população”.

Comentário

Conhecida por surpreender seus consumidores pela qualidade do portfólio e a vocação para inovar, antecipando tendências e necessidades de consumo, a Seara apresenta uma nova categoria de produto: Levíssimo Seara. O lançamento une duas das principais preferências dos brasileiros, o sabor do presunto com a leveza do peito de peru. Feito com 100% de lombo suíno, Levíssimo Seara passa a ser uma nova opção no segmento de frios, que não apresenta novidades com frequência para o consumidor.

Produzido com a parte nobre da carne suína, o produto possui baixo teor de gordura e sódio, além de proporcionar fatias firmes e uniformes por ser de fácil corte, entregando suculência e sabor para as receitas do dia a dia. Comparado ao presunto, o Levíssimo Seara tem 30% menos gordura e 38% menos sódio*, sendo ainda fonte de proteínas e com um preço mais acessível que o peito de peru.

“Pela primeira vez em muitos anos, o mercado de frios ganha uma categoria completamente nova. O Levíssimo Seara é uma exclusividade que a companhia apresenta tanto para o consumidor final, quanto para o mercado de food service, oferecendo ainda o melhor de dois mundos: saboroso como presunto e leve como o peito de peru”, afirma João Campos, diretor executivo da Seara.

Levíssimo Seara, além de inaugurar a categoria, é um produto versátil que pode ser utilizado tanto em receitas tradicionais ou em outros momentos do dia, como café da manhã ou jantar. A novidade foi desenvolvida pelo hub de inovação da marca, que sempre está atento às tendências globais.

Oportunidade de Consumo

O lançamento do Levíssimo Seara na categoria de frios antecipa uma necessidade de consumo detectada durante a pandemia. A marca identificou a importância de ganhar mais relevância em momentos específicos de consumo, desenvolvendo produtos inovadores que atendam às necessidades e os desejos mais atuais dos consumidores: alimentos mais saudáveis sem abrir mão do sabor.

Um exemplo é o café da manhã, que ganhou destaque dentro da lista de compras e se tornou uma das refeições mais relevantes dentro dos lares, representando um incremento de 3,4%** em presuntaria. Essa também é uma ocasião que apresentou crescimento de 32,1%** no consumo de alimentos preparados e práticos.

Pesquisas mostram ainda que 84%** dos brasileiros incluíram ao menos um hábito mais saudável em sua rotina, o que reforça a necessidade da atuação integrada da marca para se adaptar com agilidade à diversidade de perfis, conectando-se ainda mais ao consumidor.

“Vivemos um momento de completa ressignificação também nos hábitos de consumo. Analisamos cuidadosamente esse comportamento, que se reflete em uma nova rotina dentro de casa. Isso nos levou à criação de uma categoria de produto, exclusiva da Seara, para atender esse público que tem incluído na lista de compras alimentos mais saudáveis sem abrir mão da indulgência”, complementa Campos.

Atualmente, 86%* dos lares do Brasil têm ao menos um produto Seara. A marca, que já é sinônimo de alimentos de qualidade, alcançou em 2020 a taxa de 85%* de recompra, reforçando o posicionamento da empresa em inovação.

“A Seara está totalmente conectada ao público, ouvindo o que ele quer e precisa por meio de diversos canais de comunicação. A marca possui uma central de inteligência de dados, o QLab, que traz mais rapidez na captação e leitura de informações. Isso nos possibilita mais agilidade na tomada de decisões com a consolidação de dados de dezenas de fontes diferentes, além de processamento e entrega de estudos analíticos, com a participação de diversos parceiros de tecnologia”, afirma Rafael Palmer, diretor de Marketing de Alimentos Preparados da Seara. “Inovamos não só em produtos, mas na forma de conversar. E o que o nosso consumidor nos diz é que está cada vez mais preocupado em manter uma alimentação saudável, sem abrir mão do sabor. E o Levíssimo Seara nasceu deste pedido: o melhor do presunto com o melhor do peito de peru”, completa.

A novidade chega este mês às principais redes varejistas e por meio da Loja Seara (lojaseara.com.br), plataforma que funciona por geolocalização e atua com as principais redes de varejo e aplicativos de entrega. O produto estará disponível em todo o território nacional ainda no primeiro semestre.

Campanha

Para comunicação, Levíssimo Seara contará com ações 360º de grande impacto, envolvendo desde a equipe interna até clientes e consumidores. A campanha, criada pela WMcCann, terá também ações no ponto de venda e nas principais praças e redes varejistas, além de um amplo plano de mídia, inclusive “invadindo” a casa mais vigiada do Brasil, com receitas saborosas para os brothers e sisters do BBB21.

*Comparado a presunto da fabricante
**Fonte: Kantar

Comentário

A carta encaminhada ao presidente dos EUA, Joe Biden, pelo governador Reinaldo Azambuja e outros vinte e três governadores brasileiros, reforça o compromisso dos gestores estaduais com a “emergência climática global”.

O grupo, denominado Coalizão Governadores pelo Clima, pede a cooperação do governo norte-americano para as questões ambientais no Brasil. Na avaliação do secretário estadual de meio ambiente, desenvolvimento econômico, produção e agricultura familiar, Jaime Verruck, essa carta reforça a preocupação de todos esses 24 governadores com as questões de emergência climática.

Verruck acredita que o posicionamento do Presidente Bolsonaro na Cúpula do Clima, foi positivo e se traduz em uma grande oportunidade para Mato Grosso do Sul.

O secretário de meio ambiente destacou a política de desenvolvimento já adotada pela gestão Reinaldo Azambuja, com meta para um “Estado Carbono Neutro”. Um avanço na questão ambiental.

Jaime Verruck ainda ressaltou que as medidas brasileiras tomadas nos próximos dias serão fundamentais para o resgate da credibilidade do País. Para ele muito tem sido feito, mas ainda é preciso vincular essas ações, demonstrando o quanto são importantes para as questões climáticas.

Katiuscia Fernandes - Subcom

Comentário

Página 3 de 2046

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

google-site-verification=JCBZiaUdGxZgtTnDymeR8S6dTexoochsEftWECURSIQ