Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O mercado global de proteínas animais promove uma forte e crescente campanha para redução do uso de antibióticos nos sistemas de produção. “No Brasil, esse movimento está cada vez mais forte, a ponto de diversas moléculas já serem proibidas pelo Mapa, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. O desafio das indústrias de insumos é desenvolver alternativas a essas moléculas, além de controle sanitário elevado, tendo como foco o desempenho dos animais. Isso através da nutrição e da biosseguridade das granjas”, explica Juliana Rezende, zootecnista da Trouw Nutrition.

“Na avicultura de corte, esse trabalho começa antes mesmo de incubar o ovo. A atenção começa com a matriz, que tem necessidades nutricionais especiais, refletindo-se diretamente no desempenho dos pintinhos. A qualidade e a segurança dos alimentos são responsáveis pelo nascimento de aves saudáveis e livres de contaminação. Aqui, a prioridade é a prevenção de doenças e de qualquer contaminação por microorganismos patogênicos e também o fornecimento do aporte necessário de vitaminas, aminoácidos e minerais que as aves necessitam para ter uma boa resposta imune, deixando seu organismo forte o suficiente para enfrentar os desafios do início da vida produtiva dos pintinhos de corte”, reforça a zootecnista.

Especialista da Trouw Nutrition reforça importância de desenvolver alternativas de controle

sanitário, tendo como foco a nutrição e a biosseguridade das granjas

A formulação da dieta das matrizes também precisa levar em consideração a genética de frangos de corte, ou seja, possuem maior aptidão para ganho de massa muscular, mas não podem ganhar muito peso – ao contrário da produção de frangos de corte. Juliana Rezende recomenda alimentação com níveis adequados de proteína e energia visando a reprodução, além da alta qualidade dos ingredientes das rações.

A especialista da Trouw Nutrition destaca a importância de uma biosseguridade robusta, como forma de impedir a entrada de microorganismos nas granjas. “Há diferentes formas de contaminação. Pode acontecer via insumos e ração. Por isso, é necessário estabelecer um programa de monitoramento de fungos e Salmonella, entre outros, tanto na granja quanto na fábrica de ração”, complementa Juliana.

O manejo preventivo das matrizes leva em consideração três pilares: manejo, nutrição e ambiência. “A ambiência significa ter ambiente menos estressante, com temperatura, umidade, água e ração ideal para cada fase e também higienização de todas as instalações. Tanto a resposta imune quanto a contaminação por microorganismos são passadas das matrizes para os ovos incubáveis, e, consequentemente, podem ser transmitidas para os pintinhos. Sabe-se que a casca dos ovos são porosas e portanto é fundamental a coleta constante, para que não haja contaminação do ambiente para o ovo. Em seguida, eles devem ser levados para a incubação em um ambiente limpo”, aconselha a técnica.

Juliana Rezende ressalta que o desenvolvimento dos frangos de corte é muito rápido e, da mesma forma, as exigências nutricionais se alteram com frequência. Por isso, é importante ter o acompanhamento de um nutricionista que identifique essas necessidades com maior precisão. “Em teoria, na produção de aves de corte poderíamos elaborar uma dieta diferente por dia, mas como não é viável devemos encontrar o maior nível de precisão de nutrientes para cada fase, levando em consideração a infraestrutura da granja, a prevenção de doenças e o potencial de desenvolvimento das aves”, conclui a consultora técnica da Trouw Nutrition.

Comentário

A Secretaria municipal de Educação abriu o processo de inscrições para seleção de estagiários que vão atuar em apoio às diferentes secretarias municipais ao longo do ano. As inscrições e as provas serão de forma online e acontecem até o dia 10 de março.

Podem participar do processo seletivo os estudantes matriculados em instituições públicas e privadas, do ensino médio e superior. Na data do início do estágio, o estudante deverá ter idade mínima de 16 anos. O concurso é desenvolvido juntamente com o CIEE, o Centro Integração Empresa-Escola, parceiro do Município.

CONFIRA O EDITAL COMPLETO AQUI

Para o ensino médio, será pago R$ 350 para o estagiário com jornada de trabalho de 20 horas semanais e R$ 525 para a jornada de 30 horas semanais. Para os de ensino superior, será pago R$ 448 por 20 horas semanais e R$ 671 para 30 horas, acrescido, em ambos os casos, do auxílio transporte de R$ 66 mensais.

Ao término da inscrição, o candidato estará apto a iniciar a prova online. O gabarito e o caderno de questões serão divulgados no dia 11/03/2021, no site www.ciee.org.br. O resultado servirá para convocação e contratação imediata dos candidatos para preenchimento das vagas de estágio na Prefeitura, bem como para formação de cadastro reserva, a ser utilizado pelo órgão segundo sua necessidade e conveniência.

Comentário

As principais informações que temos sobre a Covid-19 revelam que a doença, entre os mais jovens, muitas vezes é assintomática ou tem poucos sintomas. Além disso, os óbitos são menos frequentes. Entretanto, o que pouco se relata é que este grupo etário corre risco de desenvolver uma síndrome rara, chamada Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica, a SIM-P.

De acordo com os dados do Painel Mais Saúde, da Secretaria estadual de Saúde, crianças e adolescentes, e os jovens até 19 anos correm o risco de desenvolver a síndrome. Dos 70.873 testes para a Covid-19 realizados com essa faixa etária, 18.090 foram confirmados, 17.264 foram recuperados e sete jovens vieram a óbitos por Covid-19.

Segundo a gerente técnica de Influenza e Doenças Respiratórias da Secretaria, Lívia de Mello Maziero, o Estado registrou cinco casos suspeitos da SIM-P, sendo que destes quatro já foram descartados e um continua suspeito. “Todos os pacientes dessa faixa etária, que se enquadram nos critérios de definição de caso de SIM-P preconizados pelo Ministério da Saúde, são investigados. Analisamos caso a caso, discutimos com a equipe de infectologistas de referência, assim como enviamos os dados semanalmente para conhecimento do Ministério da Saúde”.

Mesmo sem casos confirmados, Lívia alerta para os sintomas: “febre persistente acompanhada de um conjunto de sintomas que podem incluir hipotensão, comprometimento de múltiplos órgãos e elevados marcadores inflamatórios”. Por isso, segundo a técnica, é importante, independente da faixa etária, que se mantenham as medidas de biossegurança para evitar a expansão dos vírus, como distanciamento social, o uso de máscara de proteção e o uso constante do álcool em gel.

Os casos suspeitos de SIM-P devem ser notificados ao Ministério da Saúde, de forma universal, isto é, por qualquer serviço de saúde ou pela autoridade sanitária local ao identificar indivíduo que preencha a definição de caso. A notificação individual da SIM-P não deverá ser restrita às unidades de saúde com Núcleo Hospitalar de Epidemiologia (NHE) instalado, entretanto, naquelas onde há NHE instalado, este deverá participar das atividades relacionadas à notificação. Mais informações sobre o assunto estão no site oficial: https://is.gd/simpcovid.

Comentário

A Secretaria municipal de Cultura quer saber onde estão os artistas de Dourados e, por isso, abriu um cadastramento para a classe. A partir da coleta destes dados, o poder público terá mais proximidade para selecionar os artistas para participar de futuros eventos promovidos no município.

Segundo o titular da pasta, Francisco Kinho Chamorro, a Secretaria está focada em criar políticas públicas efetivas para a classe artística. “É importante sabermos onde estão os artistas de Dourados. O cadastro é bem simples e fácil de ser preenchido”, afirma.

Para fazer o cadastro, é preciso entrar no link: cultura.dourados.ms.gov.br/cadastrocultura/ e preencher o formulário disponível. Após o preenchimento, os dados, com a área de atuação e características do trabalho de cada artista, esse levantamento ficará a disposição da Secretaria para futuras parcerias. (Da assessoria)

Comentário

O Procon de Dourados, órgão da Procuradoria Geral do Município, está realizando a fiscalização aos postos de combustíveis, solicitando as últimas notas fiscais de aquisição e de venda dos produtos por parte dos estabelecimentos, para avaliar o aumento verificado e garantir que seja aplicado reajuste somente após o término do produto em estoque e consequente aquisição de novas remessas.

O valor da gasolina e do diesel registrou uma alta de preços que motivou o órgão de defesa do consumidor a uma fiscalização com o objetivo de apurar o repasse dos aumentos aplicados somente neste ano pela Petrobrás. O diretor do Procon, Antonio Marcos Marques, informa que o Procon de Dourados vai avaliar as notas fiscais considerando os índices de reajustes oficiais editados pela Petrobrás, e verificar se há algum abuso.

Penalidade

Antonio Marcos acrescenta que os postos de combustíveis têm 10 dias a partir da data da notificação para entregar a documentação, como prevê a legislação. E adianta: “Quem for pego praticando alguma irregularidade nos preços será penalizado de acordo com a lei, que prevê, inclusive, multas. O fato é que o consumidor está sentindo esses aumentos pesando no bolso. Precisamos garantir que ele não está pagando nenhum centavo a mais do que deveria”, avaliou.

Diante de suspeitas de irregularidades, os consumidores podem ligar no Procon (3411-7654) e agendar para formalizar denúncias para que possam ser tomadas as providências de acordo com cada caso apurado, recomenda o órgão.

Comentário

O novo secretário especial da Seifra (Secretaria estadual de Infraestrutura), Pedro Caravina, aproveitou a assembleia-geral de prefeitos, realizada na tarde desta terça-feira (23) na Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), em Campo Grande, para reforçar o compromisso do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) de levar maiores investimentos para os municípios, principalmente no setor de obras públicas.

Ao usar da palavra da reunião, Caravina disse que o desejo do governador é continuar trabalhando em favor do desenvolvimento do Estado, mantendo a importante parceria que firmou com os prefeitos desde o primeiro governo. Ex-presidente da Assomasul e ex-prefeito de Bataguassu, o secretário especial tomou posse na segunda-feira juntamente com Eduardo Riedel, que deixou a Secretaria de Governo e Gestão Estratégica para ser o titular da Seinfra.

Riedel e Caravina assumem os cargos em um momento em que as chuvas causam prejuízos e demandam investimentos, principalmente para escoar a safra, e vão gerir obras em um montante que pode ultrapassar a marca de R$ 4,5 bilhões até o fim de 2022.

“Nós temos ainda mais dois anos de mandato e a intenção do nosso governador é fazer muitas entregas aos municípios em favor da nossa população. Estou à disposição, podem entrar em contato, tanto o secretário Riel como eu e a Agesul para a gente se aproximar cada vez mais dos prefeitos”, disse Caravina.

O novo secretário especial da Seinfra observou ainda que Reinaldo Azambuja é um governador municipalista e já deu provas disso desde a sua primeira administração quando priorizou a parceria institucional com as prefeituras e instituiu no atual mandato o programa Governo Presente, que prevê investimento de mais de R$ 4 bilhões no Estado.

“Acho que os prefeitos podem ser os olhos do governo do Estado, os olhos da Agesul nesses problemas de conservação de rodovias, então temos muito trabalho e determinação, sou um ex-prefeito e quero estar próximo dos municípios, onde as coisas acontecem. O governador Reinaldo é um governador municipalista e já mostrou isso, o secretário Riedel tem a mesma visão e eu tenho a certeza que vai ser uma grande parceria que vai se iniciar agora nesse novo começo da Agesul”, sugeriu. (Willams Araújo)

Comentário

O deputado estadual Gerson Claro (PP) é o novo presidente da CCJR (Comissão de Constituição, Justiça e Redação) da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Ele foi eleito na manhã desta quarta-feira (24), por unanimidade, e terá como vice-presidente o deputado Barbosinha (DEM), de Dourados.

“Quero agradecer aos votos, ao consenso e à confiança dos nobres pares, e dizer que vamos trabalhar muito para contribuir com o desenvolvimento dos trabalhos desta Casa, mantendo sempre como primazia o âmbito constitucional das matérias, cumprindo nosso papel de forma técnica, da melhor forma possível”, afirmou Gerson diante do desafio de presidir a mais importante comissão da Casa de Leis.

Além de Gerson Claro e Barbosinha, integram a CCJR os deputados Evander Vendramini (PP), Rinaldo Modesto (PSDB) e Eduardo Rocha (MDB). Eles destacaram a unidade do colegiado e desejaram que a comissão continue apresentando um trabalho técnico e competente sob o comando do novo presidente.

“Não tenho dúvida nenhuma que a nossa comissão vai estar bem representada na presidência do meu colega progressista Gerson Claro”, afirmou Evander. Rinaldo Modesto ressaltou a experiência e o conhecimento jurídico do novo presidente. O discurso foi incorporado por Barbosinha, que enfatizou a importância da comissão no que diz respeito à análise das matérias do ponto de vista da constitucionalidade, legalidade e técnica legislativa, sem avançar na questão do mérito.

COMPETÊNCIA

Todos os projetos apreciados pela Assembleia Legislativa passam pela CCJR, tanto os que são de autoria dos deputados quanto do Executivo, Judiciário, Ministério Público e Tribunal de Contas. A comissão é encarregada de analisar o aspecto legal das propostas, se atendem às determinações constitucionais e se sua redação é condizente com o assunto. É também a CCJR que dá o parecer sobre intervenção federal, estadual e municipal, a perda de mandato do governador, de seu vice e dos deputados, entre outras atribuições.

O novo presidente da CCJR é advogado e historiador, com pós-graduação em Gestão Pública e Direito Administrativo. É vice-presidente regional do Partido Progressista e já atuou como líder do Governo na Assembleia Legislativa, sucedendo o deputado Barbosinha nessa função. (Com assessoria)

Comentário

A Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) encerra nesta quarta-feira (24) as inscrições para o Processo Seletivo Permanente 2021, que oferta 1052 vagas em 54 cursos de graduação, em 14 unidades da UEMS. Para se inscrever no PSP-UEMS-2021 o candidato poderá utilizar a nota do Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM) dos anos de 2015, 2016, 2017, 2018 e/ou 2019. 

As inscrições são gratuitas e são realizadas exclusivamente pela Internet, até às 23h59 do desta quarta-feira. O candidato deverá preencher a Ficha de Inscrição especificando os dois cursos aos quais tem interesse, indicando assim a sua primeira e segunda opções de curso, não sendo possível a alteração das opções de curso após divulgação da Lista Preliminar dos Candidatos Inscritos.

SAIBA MAIS AQUI: http://www.uems.br/ingresso/processo_seletivo_permanente 

O candidato que tiver interesse em participar do sistema de concorrência por regime de cotas deverá fazer essa opção no ato da inscrição, não sendo possível a alteração do sistema de concorrência após divulgação da Lista Preliminar dos Candidatos Inscritos

 

Comentário

O prefeito de Dourados, Alan Guedes, está em Brasília, nesta terça-feira (23), para reunião com a bancada federal. O prefeito leva na bagagem uma série de ofícios sobre projetos considerados importantes para a cidade. Assim como conseguiu recursos de R$ 9,2 milhões para a Funsaud com o governo do Estado, Alan também quer o apoio dos deputados e senadores para outras demandas do município.

O prefeito vai pedir apoio da bancada para projetos na área da saúde, infraestrutura, assistência social, arte e cultura e tecnologia. “Temos que manter esse canal de comunicação com os nossos deputados e senadores sempre aberto. É por meio da ação coletiva e individual de cada um deles que Dourados pode conseguir recursos federais estratégicos”, disse Alan.

No Palácio do Planalto

Além da reunião com a bancada federal, Alan Guedes participará na tarde desta terça, no Palácio do Planalto, do Lançamento da Agenda do Novo Prefeito Mais Brasil.

Neste evento, será apresentado o Guia do Novo Prefeito + Brasil, que contém orientações e ferramentas para apoiar a equipe na gestão dos primeiros cem, duzentos e 365 dias de mandato, com formato interativo, fontes de recursos, vídeos, dicas e diversos materiais de apoio feitos por especialistas.

Também serão disponibilizadas oportunidades de capacitação e canais de comunicação desenvolvidos para aproximar o gestor público municipal cada vez mais do Governo Federal e instituições parceiras dos municípios.

A cerimônia tem a previsão de participação do presidente da República, Jair Bolsonaro, além de representantes do Tribunal de Contas da União, Ministério da Secretaria de Governo, parlamentares e outras pastas que colaboram com a agenda. (Da assessoria)

Comentário

Projeto de lei encaminhado, com o pedido de regime de urgência, pelo prefeito Alan Guedes (PP), levou os vereadores de Dourados a se manifestarem com certa veemência, durante a sessão da noite desta segunda-feira (22), na sessão da Câmara, diante da proposta que cria uma gratificação que eleva os salários de secretários do Município em até 60% dos fixados atualmente. A medida contempla secretários e diretores de autarquias escolhidos para auxiliar a nova administração, sob o regime de cedência e mantém achatados os salários dos demais, mas foi aprovada por 17 votos a dois.

De acordo com a vereadora Lia Nogueira (PP), eleita na mesma legenda do prefeito, “não se trata de ser contra aumento de salários, nem do secretário ser melhor remunerado, mas, num quadro atual de pandemia, aumentar salários e fazer com que o secretário ganhe mais do que o prefeito, sou contra”. Fabio Luis (Republicanos) observou que a proposta do prefeito não resolve o problema da maioria dos servidores e afronta própria decisão de Alan Guedes, que veda a criação de gratificação com acréscimo em salários até o final de 2021. Ele e Lia foram os únicos dois votos contrários.

O vereador Rogério Yuri (PSDB) questionou a forma como o projeto foi encaminhado pelo prefeito. “Secretários nomeados, cedidos de outros órgãos, são tratados de forma diferenciada. Isso até já existe na estrutura do Município. O projeto chegou dia 29 [de janeiro], mas como tinha falhas ao não justificar o impacto, por isso nós devolvemos. Agora, se a lei diz que ninguém deve ganhar mais do que o prefeito, isso deve ser respeitado”.

O vereador tucano encaminhou proposta de emenda ao projeto, em que fica definido que os salários poderão ser definidos a partir de opção do servidor indicado. Já, nesse sentido, o vereador Elias Ishy (PT) contrapôs informando que já existe dispositivo legal em que o salário do servidor deverá observar o teto de origem, ou seja, dependendo de onde o servidor foi cedido, a partir daí passa a contar a margem da remuneração.

Ishy salvou o projeto

Elias Ishy, um dos decanos na Casa legislativa, defendeu, no encaminhamento à votação do projeto de Alan Guedes, que o Município precisa de servidores qualificados, realmente, considerando que boa parte desse contingente está sendo recrutado pelo prefeito junto a organismos como a UFGD e o Governo do Estado. Alan Guedes justificou que essa regra já predomina em relação aos ministros da República, e Ishy considerou que ele [o prefeito] ‘merece essa oportunidade’. A emenda de Yuri foi derrubada por 18 votos a um, o dele. No final, o tucano votou a favor do projeto.

projeto alan justifica

Trecho da justificativa apresentada pelo prefeito que favoreceu na aprovação do projeto

Outro que defendeu a matéria da forma como o prefeito sugeriu foi o vereador Juscelino Cabral (DEM), primeiro-secretário da Mesa Diretora. “Chega uma hora em que você tem que decidir os rumos da cidade, tem que levar para o seu eleitor a situação em que a cidade está, aqui a história é outra; basta ver a situação em que essa Câmara está, caindo aos pedaços, e tem gente que acha que não devemos construir um novo prédio”, comparou Juscelino.

Daniela Hall (PSD) também disse que, apesar de ser um tema difícil, “nós temos que enfrentar a opinião pública e dar esse voto de confiança para o prefeito Alan Guedes”. No final de semana, o nome da vereadora foi cogitado como de uma possível líder do prefeito na Câmara, versão ainda rejeitada por ela, mas foi categórica em dizer que “chega de achismo na indicação de pessoas que deveriam ter a responsabilidade com o trânsito, por exemplo, função que exige competência, preparo e conhecimento”.

Comentário

Página 5 de 1837

DESTAQUE NACIONAL

  • Douranews Anúncio
  • unimed fevereiro

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis