Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Os vereadores da Câmara de Dourados aprovaram, durante a sessão ordinária realizada na segunda-feira (15), o Projeto de Resolução 003/2019, de autoria da Mesa Diretora, que altera o Artigo 230 do Regimento Interno, modificando o caráter automático ao tratamento da decretação de pontos facultativos em relação aos outros poderes.

A redação atual do artigo 230, de que “não haverá expediente no Legislativo nos dias de ponto facultativo decretado no Município” foi contestada pela Mesa Diretora, já que muitas decisões do Executivo, até então, não vinham sendo seguidas, também de forma automática e ‘casada’, pelo Poder Judiciário.

“O Poder Legislativo deve exercer a autonomia como poder independente, embora harmônico, de forma que o entendimento do Executivo nem sempre será o mesmo nosso. Isso é respeito à autonomia dos poderes”, defendeu o presidente da Casa, Alan Guedes (DEM) na justificativa do voto pela mudança.

Outras matérias

Em 2ª discussão em votação, foi aprovado o Projeto de Lei Complementar 006/2019, de autoria do Poder Executivo, que adequa as atribuições necessárias ao cargo de orientador social, criando dispositivo na Lei Complementar 310/2016, que dispõe sobre o PCCR dos Servidores da Administração Geral do município, fixa vencimentos e dá outras providências. Ainda do Poder Executivo, também foi aprovado o Projeto de Lei Complementar 011/2019 que a altera tabela do valor do plantão presencial por hora dos cargos de técnico e auxiliar de enfermagem, fixando em R$ 20 e R$ 17,50, respectivamente.

O Projeto de Lei 018/2019, do vereador Cido Medeiros (DEM), que realiza a correção nominal da rua Otto José de Moraes, também foi aprovado, igualmente ao Projeto de Lei 013/2019, de autoria do vereador Elias Ishy (PT), que estabelece a obrigatoriedade de audiência pública para a autorização de concessão dos serviços públicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário em Dourados.

Em 1ª discussão, de autoria do vereador Maurício Lemes (PSB), foram aprovados seis projetos, votados em bloco, todos propondo nomes de rua para vias localizados no Jardim Clímax, homenageando, respectivamente, a Raul Gnutzmann, Haroldo Azambuja, Walmir de Souza Silveira, Patrícia Alessandra de Souza, Antonio Tiburtino de Lima e Francisco de Araujo Souza.

De autoria de Juarez de Oliveira (MDB), foi aprovado o Projeto de Lei 044/2019, que declara de Utilidade Pública Municipal o Rotary Club de Dourados – Água Boa e o Projeto de Lei 050/2019, da vereadora Lia Nogueira (PR), que dispõe sobre a criação e inclusão no Calendário Oficial do município da “Semana de Conscientização do Descarte adequado do lixo perfuro-cortante”, também foi aprovado.

Ainda em 1ª discussão, Projeto de Lei 053/2019, de autoria do vereador Junior Rodrigues (PR), que institui no Calendário Oficial de Eventos do município o Dia Municipal de Defesa das Prerrogativas da Advocacia, foi aprovado por unanimidade dos presentes.

Em única discussão e votação, foi aprovado o Projeto de Decreto Legislativo 006/2019, do vereador Alan Guedes, que concede Diploma de Jubileu de Carvalho à Escola Presbiteriana Erasmo Braga, pelos 80 anos de fundação.

Dia da Voz

Em alusão ao dia Mundial da Voz, comemorado nesta terça-feira (16), o fonoaudiólogo Ademir Garcia Baena usou a tribuna livre da Câmara de Dourados para explanar sobre o projeto Saúde Vocal para professores da Rede Municipal de Ensino.

De acordo com o médico, anualmente no Brasil 15 mil pessoas são acometidas pelo câncer de laringe, sendo que cerca de 8 mil morrem pela doença. Em Dourados, conforme dados levantados em 2000, 72% dos professores tiveram algum distúrbio vocal. “É um índice alarmante. Por isso venho sensibilizá-los sobre o projeto de saúde vocal para os professores do município”, comentou Baena.

“O Brasil gasta, em média, R$ 100 milhões com professores afastados por problemas na voz. Muitos professores possuem distúrbios vocais pela falta de informação. Temos que incutir na população que a rouquidão por mais de duas semanas deve ser avaliada, porque este é o primeiro sintoma do câncer de laringe. O projeto serve para diminuir as taxas da doença, evitar afastamento e auxiliar na readaptação de função”, ressaltou o médico.

“É um projeto oportuno. O número de readaptações oriundas do uso inadequado da voz pode ser mitigado com medidas baratas, com conhecimento, exercício e proteção. Tenho certeza que isso será um ganho para os nossos professores da rede municipal”, ressaltou o presidente da Câmara, Alan Guedes, ao hipotecar o apoio da Câmara de Dourados a essa iniciativa de Baena.

Comentário

O presidente do Sindicato Rural de Dourados, Lúcio Damália, e demais diretores da entidade, apresentaram à imprensa na manhã desta terça-feira (16) a programação da 55ª Expoagro, que irá acontecer de 10 a 19 de maio no Parque de Exposições João Humberto de Carvalho. Em entrevista coletiva, o presidente apresentou os principais destaques da programação da feira que, além de ampla programação técnica, inclui também leilões, área expositora, shows musicais e provas de laço comprido. A abertura oficial da 55ª Expoagro está marcada para o dia 11 de maio às 10 horas.

Lúcio Damália comentou que, durante 10 dias, o Parque de Exposições transforma-se em uma verdadeira vitrine do agronegócio, com exposição de marcas, produtos e serviços que contribuem para maior produtividade e lucratividade do agronegócio. “O setor agropecuário já espera pela Expoagro para se atualizar, conhecer o que há de novo no mercado e, claro, fazer bons negócios. A cada ano buscamos evoluir e nesta edição mais uma vez investimos em uma programação técnica bem completa, valorizando também a capacitação e a busca por atualização constante por parte de quem produz”, afirmou.

Segundo o presidente, são mais de 200 marcas expondo em uma área de 40 hectares, favorecendo o ambiente para bons negócios. “A cada ano, queremos atrair ainda mais o produtor para a feira, além de garantir segurança e outras atrações para toda a família”, acrescentou.

O vice-presidente Ângelo Ximenes falou sobre a programação técnica, que inclui mais de 55 palestras, seminários e dias de campo, trazendo para o debate temas importantes que fazem parte da realidade no campo. Ele destacou, por exemplo, a palestra com o secretário de Estado e produtor rural Eduardo Riedel, que irá abordar o retrato do agro brasileiro, e o Painel de Assuntos Econômicos, que trará o palestrante Evaristo de Miranda, da Embrapa de Campinas, para falar sobre o cenário econômico do agronegócio no Brasil e no exterior. “É uma programação pensada e planejada com muito cuidado para incluir todo o universo agro, trazendo informação e atualização para o produtor”, disse.

Por meio do Projeto Fazendinha, serão realizados dias de campo nas áreas de hortifruti, piscicultura e produção de leite. Todas as palestras realizadas na feira são gratuitas, com emissão de certificado aos participantes.

Ainda durante a coletiva, o diretor jurídico do Sindicato Rural, Joderly Dias Prado, falou sobre o 3º Ciclo de Palestras Jurídicas, que terá 16 palestras envolvendo o direito e o agronegócio. Ele falou também sobre a política de meia entrada para estudantes, idosos e portadores de necessidades especiais; acesso de menores e separação dos ambientes onde há venda de bebidas alcoólicas. “Este sistema tem funcionado muito bem nos últimos anos e desta vez não será diferente. As regras são válidas e importantes para garantir segurança e tranquilidade para quem vem à feira, especialmente na programação noturna”, destacou.

João Paulo Paz, responsável pelos shows, falou sobre as atrações desta edição e confirmou as presenças de Gusttavo Lima, Gabriel Diniz, Kevinho, Fernandinho, Zé Neto & Cristiano e Bruno & Marrone. Ele comentou ainda que todos os shows serão abertos por artistas locais, prestigiando os talentos de Dourados e região. Já o diretor Ramão Pedroso falou sobre os leilões e o Encontro dos Amigos, que irá reunir provas de laço comprido nos dias 18 e 19 de maio. Durante toda a feira, serão em torno de 860 animais da raça nelore na feira, além de ovinos e os dois maiores leilões de touros Nelore do Brasil, o 4R e Leilão Ribalta MSA.

A Expoagro

A 55ª Expoagro é realizada pelo Sindicato Rural de Dourados em parceria com Daniel Freitas e João Paulo Paz e é organizada pela Agropec Eventos.

A feira conta com o patrocínio do Sicredi, São Bento Incorporadora, Senar, Unigran, Hotel 10, Ibis Hotel, Governo do Estado, Prefeitura de Dourados, Aced, Senar e Famasul.

Os ingressos e passaportes para os shows podem ser adquiridos pelos sites expoagrodourados.com.br e ingressonacional.com.br

Siga a Expoagro nas redes sociais: Instagram: @expoagrodouradosoficial e facebook.com/expoagrodouradosoficial

Comentário

A Câmara Municipal de Dourados participou, na noite desta segunda-feira (15), da programação alusiva aos 90 anos da chegada dos primeiros missionários protestantes em Dourados. Os vereadores Alan Guedes (DEM), Sergio Nogueira (PSDB) e Maurício Lemes (PSB) representaram o Poder Legislativo no culto de gratidão realizado na Igreja Presbiteriana de Dourados. O reverendo Roberto Brasileiro Silva, presidente da Igreja Presbiteriana do Brasil, comandou a cerimônia religiosa, que contou com a presença, também, do vice-governador Murilo Zauith (DEM) e do deputado estadual Herculano Borges (SD).

Durante o ato, foram reverenciadas figuras históricas desse processo, como os reverendos Alberto Maxwell, o médico Nelson de Araújo, o professor Esthon Marques e o agrônomo João José da Silva, chefiando a missão que veio com o propósito de evangelizar os povos indígenas dessa região, ainda na vila de Dourados, no final da década de 1920.

Para o presidente da Câmara, Alan Guedes, a chegada dos missionários antes ainda da criação oficial do Município ajudou a alavancar o surgimento da cidade, “porque essa série de ações impulsionadas pela Missão Caiuá, o Hospital Evangélico, a Igreja Presbiteriana, Escola Erasmo Braga e a Escola Vital Brasil de enfermagem, por exemplo, tornam essa participação muito mais representativa para ajudar a escrever a história de Dourados”.

A programação da chegada dessa missão começou sexta-feira (12), com abertura da Mostra Histórica dos 90 anos no salão social da Igreja e prosseguiu no sábado (13) com vários cultos e a participação do coral Mitã Rory, de Amambai. No domingo (14), também foi realizado Culto de Gratidão com a participação especial do reverendo Beijamim Bernardes, secretário-executivo da Missão Evangélica Caiuá.

Presença atuante

De acordo com o vereador Sergio Nogueira, 1º. secretário da Mesa diretora da Câmara, a história de Dourados está marcada “pela presença atuante dos missionários presbiterianos, na saúde indígena e da sociedade, através da Missão Caiuá e do Hospital Evangélico”. Apenas o Hospital Evangélico conta hoje com 600 funcionários.

Ele também destacou a forte liderança do movimento missionário na Educação, pelos programas de ensino indígena e as ações da Escola Erasmo Braga [que celebra 80 anos em Dourados neste mês], “todos construindo essa linda história de fé e amor com nossa cidade”. O Erasmo Braga integra 115 funcionários e 46 estagiários.

O deputado Herculano Borges entregou moções, aprovadas pela unanimidade dos deputados da Assembleia Legislativa de MS, à Igreja Presbiteriana, à Missão Caiuá, à direção do Hospital Evangélico e à Escola Erasmo Braga.

Comentário

As inscrições para o Concurso Público do Cref11MS (o Conselho Regional de Educação Física da 11ª Região) foram prorrogadas até o dia 2 de maio e deverão ser feitas, exclusivamente, pelo endereço www.quadrix.org.br por meio do pagamento das taxas de R$ 37 (ensino médio) e R$ 52 (superior) no ato da confirmação.

O certame oferece 70 vagas para as funções de Assistente Administrativo (médio) e Agente de Orientação e Fiscalização (superior). Os salários vão de R$ 1.925 a 4.016, acrescidos de benefícios: auxílio-alimentação, no valor de R$ 430 por mês; plano de saúde (médico, hospitalar e odontológico) na modalidade ressarcimento de despesas até R$ 240 mensais, não cumulativos; plano de cargos e salários; e vale-transporte.

Comentário

O Imam (Instituto do Meio Ambiente de Dourados) abriu prazo para indicações ao prêmio “Troféu Marco Verde 2019”, prêmio destinado às pessoas físicas ou jurídicas que se destacaram com trabalhos ou ações socioambientais no Município durante o ano passado.

“Qualquer pessoa pode fazer uma indicação, para si mesma ou para terceiros. Basta solicitar a ficha de indicação e descrever as ações de preservação que o indicado realiza ou realizou em 2018”, explica o diretor do Imam, Fabiano Costa.

A indicação ao Troféu deverá ser feita até o dia 19 de maio e a ficha de indicação deverá ser solicitada pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou retirada no Imam, localizado na rua Joaquim Teixeira Alves, 3.770, no Parque Arnulpho Fioravanti.

As indicações serão analisadas e os contemplados definidos em votação a ser realizada pelo Comdam (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente). As indicações serão avaliadas de acordo com alguns critérios, como: alcance social, impactos positivos para o meio ambiente, e se possui motivação voluntária ou fins lucrativos.

A entrega do Troféu Marco Verde, criado em Dourados em 2001 através do Decreto 241 (alterado em 2013), será feita na abertura da XIX Semana do Meio Ambiente, prevista para ser realizada em junho. O telefone do Departamento de Educação Ambiental do Imam é o 3428-4970.

Comentário

O vereador Junior Rodrigues (PR) se reuniu na manhã desta segunda-feira (15) com o vice-governador e secretário de infraestrutura do Estado, Murilo Zauith, para discutir a necessidade de duplicação da rua Coronel Ponciano em Dourados.

O projeto visa parceria entre Junior Rodrigues, o vice-governador Murilo Zauith, a prefeita Délia Razuk (PR) e o deputado estadual Neno Razuk (PTB) e tem como objetivo inicial o estudo técnico para viabilizar a duplicação da via, no trecho que vai do cemitério aos bairros Guaicurus e Dioclécio Artuzzi, de acordo com a assessoria do parlamentar.

A rua Coronel Ponciano, atualmente, é uma das principais vias que dão acesso à BR 163 e concentra em seu longo percurso diversos órgãos municipais importantes como Prefeitura, UPA (Unidade de Pronto Atendimento), Secretaria de Saúde e Detran. Além disso, há em seus arredores bairros significativamente populosos, como Harrison de Figueiredo, Dioclécio Artuzi e Guaicurus.

“Por possuir uma característica de via de acesso que dá entrada à cidade pela rodovia federal, o trânsito no local é extremamente perigoso, visto que muitos motoristas ingressam na via em alta velocidade, gerando graves acidentes e riscos ao fluxo intenso de veículos e pedestres que transitam diariamente por ela”, comentou o vereador.

Preocupado, Junior afirma que não pode ignorar o perigo que a Coronel Ponciano tem apresentado para o trânsito da região. “Diversos são os registros de acidentes por ali e o poder público precisa se posicionar de forma efetiva para proteger a população”, ressaltou.

Comentário

Presidente da Frente Parlamentar de Combate à Tríplice Epidemia (Dengue, Chikungunya e Zica) da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Renato Câmara (MDB) entregou nesta segunda-feira (15), durante evento na Escola de Saúde Pública em Campo Grande, a “Carta de Dourados” ao ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta.

O documento foi elaborado a partir de informações técnicas apresentadas por representantes das diversas instituições participantes do seminário “Tríplice Epidemia (Dengue, Chikungunya e Zica): Informações Confiáveis e Perspectivas de Enfrentamento”, realizado no começo deste mês em Dourados.

A carta, que também foi entregue ao secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, apresenta 17 propostas para implementação de ações de enfrentamento ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zica.

Em síntese, o documento cobra mais investimentos por parte dos governos estadual e federal e a implantação de políticas públicas conjuntas e contínuas, em sintonia com os institutos de pesquisas e as universidades, para o enfrentamento à dengue. Entre as propostas estão a utilização de drones no monitoramento de áreas de difícil acesso, melhorias nos meios de locomoção para otimizar o trabalho dos agentes de endemias, ações contínuas de educação, capacitação dos agentes, cursos em aldeias para coleta de lixo, incentivo à pesquisa, inclusão das universidades públicas e privadas nas ações de enfrentamento à doença, aumento no número de profissionais para atuar no combate a endemias e até mesmo a criação de fundos municipais e estaduais para direcionar recursos exclusivos para o combate aos diversos tipos de endemias.

Renato Câmara destacou que a Frente Parlamentar de Combate à Tríplice Epidemia foi criada justamente com a missão de somar esforços no combate ao Aedes aegypti e de discutir soluções para os graves problemas de saúde pública associados ao mosquito. Conforme ele, a apresentação do documento ao ministro da Saúde simboliza o início de um amplo trabalho que será desenvolvido em parceria com diversas instituições e com a sociedade para a construção de medidas práticas que possam contribuir no combate ao mosquito.

“Estamos fazendo a nossa parte e colaborando com o governo estadual e federal. Entregamos ao ministro Mandetta um documento construído a várias mãos e que sintetiza o pensamento de diversas instituições envolvidas diretamente com a questão da dengue. Esperamos que essas propostas possam ser úteis para que o governo federal implante novas ações e políticas eficazes para combater o avanço dessas doenças”, avaliou o deputado.

Comentário

Um profissional saudável, além de mais qualidade de vida, tem mais fôlego para a rotina e, consequentemente, aumenta suas chances de crescer na carreira e tornar as empresas mais produtivas. Hoje, uma das formas mais eficientes de prevenir diversos problemas de saúde, são as vacinas. Para esclarecer sobre o assunto, a Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) traz no Despertar para o Trabalho desta quarta-feira (17) o tema "Diferenças entre o serviço público e o privado de imunizações".

“O SUS, saúde pública, tem uma visão de saúde coletiva, ou seja, controle da doença numa população dentro de um orçamento. Já a clínica privada visa a saúde individual, ou seja, evitar a doença, minimizar eventos adversos e conforto”, esclarece o biomédico Antônio Carlos Guedes Praça, que ministrará a palestra. Ele é especialista em microbiologia, imunologia e parasitologia médica, pós-graduado em administração hospitalar e de sistemas de saúde, auditor interno de laboratórios clínicos e de patologia, controle de qualidade e diretor da Immunitas Vacinas.

O biomédico esclarece que a imunização de colaboradores, pode ter impacto positivo para as empresas, na prevenção de doenças. “Numa coletividade, quanto mais pessoas vacinadas, menos o agente circula, sendo mais difícil de termos pessoas doentes. Isso pode representar menos faltas ao trabalho”, esclarece. Ele complementa que é importante para todos evitar doenças, porque “sempre existe um risco por menor que seja de sequelas”.

Neste mês de abril, além da palestra de Praça, ainda haverá uma participação especial no Despertar para o Trabalho da coach Lisandra Kusunóki Ferachin. Ela trará uma reflexão sobre liderança e análise do filme “Vencendo O Gigante”, ressaltando a prevenção e cuidados com a saúde como escolhas importantes para liderar a própria vida.

O encontro do Despertar será realizado no auditório da Aced (Rua João Rosa Góes, 355, no centro de Dourados), é aberto ao público, começa às 7 horas, tem duração de uma hora e encerra com café da manhã. Participantes de empresas associadas à Aced concorrem a prêmios. Mais informações, através dos telefones (67) 3416-8653 ou 9 8402-6658 (WhatsApp).

Comentário

Com recurso federal e próprio, a Sanesul está executando diversas obras de melhorias e ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Dourados. Entre as obras em execução, está sendo construída uma nova ETE (Estação de Tratamento de Esgoto), com capacidade de tratar 100 litros por segundo. A construção dessa ETE está localizada ao lado direito da rodovia MS 156, sentido Distrito Industrial.

Além disso, também estão sendo implantados mais de 312 km de rede coletora de esgoto e 15.666 ligações domiciliares, entre outras obras que irão ampliar a coleta e o tratamento de esgoto na cidade de Dourados. De acordo com o diretor de Engenharia e Meio Ambiente da Sanesul, Helianey Paulo da Silva, essas obras são importantíssimas para o Meio Ambiente e para a saúde da população.

“A ETE fica afastada da cidade e a rede de esgoto fica embaixo da terra. Muitas pessoas não veem e ainda não sabem da importância desse tipo de investimento, mas é fundamental para garantir a preservação ambiental e evitar doenças, tais como diarreia, leptospirose, hepatites infecciosas (A e E)”, explica o diretor.

Novos investimentos

O diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Junior, disse que muitos outros investimentos estão previstos para o município de Dourados em saneamento básico (água e esgoto), caso a concessão de serviços de água e esgoto seja renovada. A Sanesul já iniciou as tratativas para renovar a concessão de serviços de água e esgoto através de um contrato de programa de gestão compartilhada entre o Estado, o Município e a empresa.

Waltinho Carneiro destaca que a estatal já universalizou o fornecimento de água tratada em todos os municípios onde atua e que agora a empresa está focada em aumentar a cobertura de esgoto, pois tal investimento melhora a qualidade de vida da população.

“Temos certeza que o melhor caminho para Dourados é continuar essa parceria que deu certo e que os resultados estão sendo colhidos agora. O saneamento básico proposto pela Sanesul está sendo cumprido à risca e o plano de investimento será feito de forma que contemple também essa universalização na parte de esgoto”, disse.

Comentário

Com o tema ‘Panorama da atuação do enfermeiro nas interfaces dos serviços de saúde’, acadêmicos do curso de Enfermagem da Unigran participaram da décima edição da semana acadêmica em Dourados. Durante cinco dias os alunos participaram de minicursos e palestras, todos com temas voltados para o empreendedorismo, saúde e manejo com os pacientes.

“A temática das palestras foi bem atual e os assuntos todos pertinentes ao dia a dia dos profissionais, foram escolhidos com cautela e sempre pensando no crescimento dos acadêmicos de enfermagem”, menciona a coordenadora do curso de Enfermagem da Unigran, Tatiana Vallezzi Cavichioli.

A palestra de abertura da semana acadêmica foi ministrada pela enfermeira e psicóloga Liane Dalprá. Ela abriu o ciclo de conhecimentos com o tema ‘Depressão e risco de suicídio entre os profissionais da enfermagem’.

“É importante ressaltar que a depressão e o suicídio são fenômenos complexos que trazem intenso sofrimento para a vida das pessoas acometidas, aos seus familiares e à comunidade”, pondera Dalprá.

Ainda segundo a palestrante, essas duas situações coexistem e se influenciam mutuamente, uma vez que dados estatísticos da OMS (Organização Mundial de Saúde) apontam que a depressão é responsável por 4.3% da carga global de doenças e ainda está entre as que mais incapacitam, principalmente o público feminino. Já o suicídio, ainda de acordo com a OMS, registra 11.4% casos para cada cem mil habitantes do mundo.

“Baseado nestes estudos, o Brasil lidera o ranking de países entre todos da América Latina em números registrados de depressão e suicídio e, para que essa realidade mude, nós precisamos de políticas públicas que ajudem a população entender que a depressão é sim uma doença que pode levar ao suicídio”, diz a palestrante.

Profissionais da saúde de uma forma geral, entre eles os da enfermagem, estão sujeitos a adoecer por conta da depressão com grandes chances de serem levados a cometer o suicídio. “São fatores teoricamente simples, mas que, unidos, podem levar a um quadro depressivo e até consequências mais graves. O estresse no ambiente de trabalho, baixos salários, carga horária extenuante, por isso devemos tratar de quem nos trata”, finaliza Dalprá.

Comentário

Página 8 de 1285
  • gov entregas

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus