Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Após receber o prefeito de Dourados em audiência nesta quinta-feira (18), o governador Reinaldo Azambuja autorizou a liberação de um socorro emergencial de R$ 9,2 milhões para o Município quitar dívidas da Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde) e evitar a paralisação do atendimento médico na macrorregião. O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, vem hoje à cidade para formalizar o adiantamento de recursos.

O pedido de ajuda financeira partiu da prefeitura, explicou Reinaldo Azambuja. “Existem lá alguns débitos com médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde que totalizam R$ 4.755.000,00. Nos comprometemos com o prefeito Alan e vamos antecipar esse recurso para que a prefeitura possa saldar essas dívidas”, destacou.

Segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, outros R$ 4.5 milhões serão repassados ao município de Dourados, em três parcelas de R$ 1,5 milhão, para que o prefeito possa pagar débitos atrasados com fornecedores de insumos hospitalares nas unidades de saúde geridas pela Funsaud, como o Hospital da Vida.

“Mais uma vez, o Governo de Mato Grosso do Sul, através da Secretaria de Estado de Saúde, por determinação do governador Reinaldo Azambuja, auxilia nessa questão difícil para que possamos, em parceria, manter um cenário na saúde pública de Dourados capaz de dar um atendimento de qualidade para nossa gente”, pontuou o secretário.

De acordo com o prefeito Alan Guedes, a liberação dos recursos vai fazer com que Dourados tenha condições de “se reorganizar” para alinhar a capacidade de investimento relacionados à Funsaud”. “Agradeço essa antecipação de recursos importantes para que a gente possa saldar alguns compromissos pendentes”, falou o gestor municipal.

O prefeito agradeceu o apoio da bancada da região de Dourados na Assembleia Legislativa, representada pelos deputados Barbosinha, Marçal Filho, Neno Razuk, Renato Câmara e Zé Teixeira. “Ao governador, obrigado pela sensibilidade. Aos deputados, pelo apoio à essa pauta. Os douradenses podem contar com a prefeitura, com o governo e com a bancada”, ressaltou. (Com assessoria)

Comentário

Os deputados Barbosinha e Zé Teixeira, da bancada do DEM na Assembleia Legislativa, pediram ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB) que atenda às necessidades mais emergenciais do setor de saúde em Dourados, com o aporte de recursos de, pelo menos, R$ 10 milhões, no sentido de ajudar à atual administração do Município no enfrentamento dos problemas graves já constatados nessa área.

“Saúde é uma questão muito delicada, os problemas não esperam, e os pacientes precisam de atendimento, mas diante do volume de pendências, seja no atraso para honrar os compromissos assumidos com fornecedores, ou mesmo na dificuldade em pagar os honorários médicos, intercedemos junto ao governador para que coloque, mais uma vez, o olhar sensível do Estado sobre a nossa cidade”, comentou Barbosinha.

Já o deputado Zé Teixeira, que é primeiro secretário da Mesa Diretora da Assembleia, disse que é preciso reconhecer que os problemas se agravaram, ainda mais, diante da situação de pandemia por conta da propagação do novo coronavirus. “O pessoal da linha de frente, principalmente, médicos do Hospital da Vida e da UPA, precisam ser estimulados nesse trabalho e, como a Fundação de Saúde ainda não conseguiu encontrar uma solução para a grave crise financeira, pedimos a intervenção do governador que se mostrou sensível e vai ajudar a minimizar essa dificuldade.

O secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, deve vir a Dourados nesta sexta-feira (19), em companhia de assessores do Governo, para anunciar um socorro emergencial ao prefeito Alan Guedes para tentar reduzir as dificuldades existentes no setor. O Estado deve aplicar o recurso pleiteado com a ação dos deputados Barbosinha e Zé Teixeira, com apoio da base do Governo na Assembleia, em parcelas.

Comentário

O vereador Jânio Miguel (PTB) encaminhou indicação durante sessão na Câmara de Dourados, solicitando ao prefeito Alan Guedes (PP) e à diretora-presidente da Agetran, Mariana de Souza Neto, estudos visando a instalação de um semáforo com conversão à esquerda no cruzamento da avenida Marcelino Pires com a rua Dom João VI, sentido bairro/centro, na região leste da cidade.

O vereador justifica o pedido tendo em vista o aumento no fluxo de veículos naquela localidade, principalmente após a instalação da empresa “Novo Campo Peças e Implementos agrícolas Ltda”, obra em conclusão na rua D. Joao VI, aproximadamente à 300 metros da avenida Marcelino Pires.

Jânio reforça que devido ao intenso trafego de veículos pesados e a necessidade da carga e descarga de implementos agrícolas, incluindo em outras empresas especializadas neste setor, o trânsito nesta região ficará inviável devido a proibição de conversão à esquerda no local, obrigando os condutores de carretas a fazerem o desvio por dentro de bairros residenciais próximos, trafegando por ruas que, além de estreitas, não suportarão o peso dos veículos carregados.

“Além de atender aos requisitos mínimos de segurança viária e fluidez para o volume de tráfego na região, a implantação de um semáforo permitindo conversão à esquerda contribuirá para o controle de passagem de veículos e pedestres e consequente redução de conflitos, diminuição de ocorrência de acidentes, redução de atrasos e credibilidade por parte dos usuários em relação a sinalização”, justifica o documento. (Com assessoria)

Comentário

Com o propósito de exigir o cumprimento da Lei 4.319/2019 que normatiza a aplicação de multas no estacionamento rotativo na cidade, o vereador Marcelo Mourão (Podemos) encaminhou ofício ao diretor do Procon, Antônio Marcos Marques, solicitando do órgão a fiscalização na aplicação de multas, convertendo em 50% do valor aplicado em créditos a serem utilizados no estacionamento, como prevê o artigo 8 da Lei Municipal 2.822/2005 que instituiu a Zona Azul em Dourados.

Marcelo justifica o pedido, considerando diversas reclamações contra a empresa EXP Parking Dourados, responsável pela cobrança do estacionamento rotativo, que relatam que não estão sendo revertidos em créditos a metade do valor das multas aplicadas neste locais. “Como presidente da Comissão de Defesa do Consumidor no Legislativo, solicito a realização de diligências para verificar a omissão e negligência da empresa e, ante a confirmação, impulsione o procedimento administrativo adequado para a aplicação das penalidades previstas no artigo 18 do Decreto Federal 2.181/97”, citou.

O vereador ressalta que alguns consumidores afirmam que a empresa alega a inexistência do direito à reversão da metade da multa em crédito, sendo assim pede ainda que o Procon determine que a empresa concessionária publicite o direito ao crédito revertido previsto na referida legislação municipal. “Há legislação vigente e clara quanto ao dever da concessionária administradora da área azul da cidade de realizar a imediata conversão de 50% da multa paga pelo condutor em forma de créditos a serem utilizados no sistema de estacionamento rotativo”, reforça.

No documento, Marcelo Mourão também solicita que no prazo de 15 dias úteis o Procon repasse informações sobre a realização das diligências pertinentes, bem como, as decisões tomadas pelo órgão. O documento foi encaminhado na quinta-feira (11), véspera do feriado prolongado de carnaval para os agentes públicos. (Com assessoria)

Comentário

O prefeito Alan Guedes recebeu nesta quinta-feira (18) o governador do Rotary Club Distrito 4470, Edilson Bigatão, acompanhado do governador selecionado para o ano rotário 2023/24, Paulo César Branquinho e do coordenador assistente de imagem pública do Rotary, Hermes de Araujo Rodrigues. Eles colocaram a instituição a disposição da atual gestão para trabalhos em prol da população e para projetos que promovam o desenvolvimento de Dourados.

Bigatão aproveitou a oportunidade para convidar o prefeito para a Conferência da Oportunidade que o Rotary vai promover nos dias 28 e 29 de maio. “Queremos discutir projetos que ajudem o crescimento de Dourados, o Rotary quer ser parceiro da Prefeitura, atrair empresários e através da nossa rede colaborar com o desenvolvimento da região”, declarou o governador.

Branquinho lembrou que o compromisso da associação é com as pessoas. “Estamos à disposição da Prefeitura, o que precisarem da nossa ajuda seja na saúde ou qualquer área que o prefeito achar interessante”, informou.

O prefeito agradeceu o apoio e lembrou que o objetivo é incluir os rotarianos no maior número de projetos possíveis. “O apoio dos rotarianos é muito importante para o nosso trabalho, conheço de perto a associação e sei o quanto podem contribuir com Dourados”, disse Alan Guedes.

Comentário

Ex-presidente da Juventude do PMDB em Dourados e com uma longa trajetória política, o empresário Marcio Colman e um grupo de moradores do Jardim Água Boa (onde Marcio nasceu e vive até hoje) estuda disputar a Associação de Moradores do bairro.

“Essa possibilidade muito concreta nasceu da constatação de que nosso bairro está abandonado e sem uma voz efetiva que busque soluções para a falta de sinalização tanto vertical (placas de Pare) como horizontal (faixas de pedestres). De que o CSU, que deveria ser um espaço de lazer e esporte está tomado pelo mato e que já estava assim antes da pandemia. De que falta um projeto de readequação viária de modo a ordenar o tráfego nas ruas Cafelândia e Bela Vista, dentre outras ruas do bairro. Do desencanto em ver que o Parque Rego D’Água está em completo abandono. Enfim, nasceu da nossa indignação com essas situações que prejudicam jovens, adultos e idosos”, explicou Marcio Colman.

“Minha primeira atuação em defesa de interesses coletivos foi em um grêmio estudantil, na década de 90, na Escola Presidente Vargas. De lá para cá tenho participado ativamente da vida política da nossa cidade e do nosso estado e isso me deu bagagem para agora colocar meu nome à disposição do bairro onde nasci, formei família e crio meus filhos e no qual invisto e gero empregos”, avalia Colman, que foi também vice-presidente da Juventude Estadual do PMDB, hoje MDB.

“Esse grupo, formado por moradores de todas as idades, cansou de esperar atitudes e sobretudo resultados e por isso estamos pensando em disputar a Associação. Meu nome surgiu de forma natural como possível candidato, mas pretendemos fazer uma gestão compartilhada, ouvindo os jovens, que todos dizem ser o futuro do país mas pouco fazem para que tenham um presente melhor; os idosos, que tanto contribuíram com a cidade e hoje precisam ter cuidado redobrado para atravessar ruas mal sinalizadas; e nós adultos, que temos toda a energia e garra para lutar por uma bairro e uma cidade melhor”, finalizou Marcio. O empresário acredita que o bom relacionamento com o prefeito Alan Guedes pode facilitar, se eleito, suas ações em prol do bairro.

Comentário

O vereador Olavo Sul (MDB) se reuniu com moradores das sitiocas Campo Belo I e II, em Dourados e na ocasião foi apresentada uma antiga luta dessa comunidade: água encanada.

Acompanhado do deputado estadual Renato Câmara (MDB), o vereador ouviu o relato de que os últimos fatos levam a crer que agora tudo depende de um acordo entre o empreendedor dos loteamentos e a Prefeitura para que o problema seja resolvido.

“Continuamos a luta, esperamos agora com apoio do deputado para podermos dar um desfecho. Vamos marcar uma agenda com o prefeito Alan Guedes (PP) e ver no que ele pode nos ajudar, pois eu tenho acompanhado o sofrimento dos moradores desta área e precisamos urgente de uma solução”, disse o parlamentar.

Olavo também enfatizou que estará encaminhando demais demandas como cascalhamento e iluminação pública às secretarias competentes. “Em nome da Lúcia, Giane e a Ângela, quero parabenizar todos que tem se empenhado nesta luta, vamos pedir o apoio dos demais vereadores”, concluiu. (Da assessoria)

Comentário

O vereador Elias Ishy (PT) encaminhou um requerimento para a prefeitura de Dourados questionando as ações do poder público voltadas a atender o pequeno e médio agricultor. O parlamentar assumiu a presidência da Comissão de Agricultura e tem dialogado com produtores da região.

Ishy pede para que seja encaminhada a lista dos equipamentos e máquinas de patrimônio municipal utilizados para recuperação das estradas rurais, identificando as suas condições, disponibilidade de uso e as respectivas Secretarias responsáveis pela utilização. Além disso, ele também quer saber quais são os equipamentos cedidos pelo Governo do Estado ou outras instituições, com os termos de referência.

Uma demanda que é preocupação geral da comunidade é a condição das estradas vicinais. O vereador questiona se há contrato de serviços, locação de máquinas também para recuperação dessas vias. Ele também pergunta sobre o futuro, para entender como está o planejamento da Secretaria sobre as ações previstas nos próximos meses para atender as demais reivindicações.

O vereador ouviu, recentemente, as reivindicações de indígenas, quilombolas, mulheres rurais, bem como a universidade, para contemplar e fomentar a agroecologia e a agricultura familiar no município. (Da assessoria)

Comentário

O vereador e médico Dr. Diogo Castilho (DEM) realizou live/palestra na manhã desta quinta-feira (18) para as escolas municipais Rosa Câmara e Iria Lucia Wilhelm Konzen. A live teve como foco a discussão das diretrizes de biossegurança no município de Dourados na volta às aulas e no contexto da Covid-19.

A vacina é uma realidade, mas enquanto não abranger os profissionais da educação, crianças e a população em massa será preciso conhecer e seguir à risca o plano de biossegurança elaborado pelo município, além de seguir o distanciamento social, usar máscara, lavar as mãos com frequência e fazer uso do álcool em gel. Em tese, os sintomas da Covid-19 se assemelham com os da gripe. No entanto, é preciso ficar atento quando aparecem febre, tosse seca, cansaço, dificuldade de respirar ou falta de ar, dor de garganta, e a perda do paladar e olfato.

O vereador Dr. Diogo pontuou como deve ser feita a aferição de temperatura, destacando que o responsável não deve encostar-se ao indivíduo. O líder do DEM na Câmara de Dourados reforçou que as máscaras precisam ser trocadas num intervalo de até três horas, pois na medida em que ficam úmidas, perdem a eficácia de proteção. Importante enfatizar que as máscaras cirúrgicas não são reutilizáveis, apenas as de pano podem ser lavadas.

“O retorno será gradual, ou seja, as crianças não vão voltar de uma vez só. As salas de aula precisarão estar equipadas com câmeras para que os estudantes que não forem, possam acompanhar as aulas, até porque, alguns pais não mandarão seus filhos para a escola. Outro ponto fundamental é o distanciamento social, as mesas devem estar afastadas, respeitando o limite entre um metro e meio a dois metros”, enfatizou o parlamentar.

Aulas em Dourados

Em Dourados, as unidades escolares da rede particular que tiveram o plano de biossegurança aprovados pela Secretaria municipal de Saúde já retornaram ou retornarão de forma híbrida, isto é, online e presencial, havendo rodízios dos alunos.

As aulas na Reme (Rede Municipal de Ensino) retornarão em 1º de março, no entanto, a Prefeitura decidiu que será de forma remota, como aconteceu durante todo o ano de 2020 por causa da pandemia do novo coronavírus. Também ficou definido que as atividades impressas poderão ser retiradas nas unidades escolares durante esse período. (Com assessoria)

Comentário

A Semed (Secretaria Municipal de Educação de Dourados) está com processo seletivo simplificado aberto para a contratação temporária de auxiliares de apoio educacional. Entre as funções disponíveis estão as vagas para servente e zelador. As inscrições, abertas nesta quinta-feira (18), vão até sábado (20), apenas pelo aplicativo disponibilizado na página da Prefeitura na internet.

INSCREVA-SE AQUI

Na página do formulário é preciso constar as seguintes informações: nome completo, número dos documentos pessoais, endereço, telefone, estado civil, nome do pai e da mãe. Além disso, o candidato também poderá selecionar se desejar atuar em uma unidade na área urbana, ou rural. Antes de enviar o formulário com os dados, é preciso certificar-se de que o preenchimento foi realizado de forma correta e que os dados estão certos.

Segundo a secretária de Educação, Ana Paula Benites Fernandes, a classificação dos selecionados será feita através do sistema de pontuação. “A pessoa se inscreve e baseado nas informações o sistema gera uma classificação com pontos. Estes profissionais vão atuar nas unidades escolares da zona urbana e rural. O servente cuida da limpeza interna das unidades escolares e o zelador a limpeza externa”, explica.

Neste processo seletivo simplificado 2021, foi colocada também a função de apoio institucional. Os classificados que não forem designados para as escolas e Centros de Educação Infantil Municipais, poderão atender a Prefeitura. “Nós colocamos o apoio institucional porque a Prefeitura toda carece destes profissionais e aí ‘pode pegar carona’ nos selecionados”, finaliza Ana Paula. (Com assessoria)

Comentário

Página 9 de 1837

DESTAQUE NACIONAL

  • Douranews Anúncio
  • unimed fevereiro

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis