Timber by EMSIEN-3 LTD
  • ms dengue
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

O vereador Cido Medeiros (DEM) vai promover sexta-feira (25), na Praça da Juventude, no Parque das Nações 1, uma ação do ‘Novembro Azul’, campanha realizada anualmente nesta época para orientação sobre o câncer no homem. Haverá palestras, orientações e conscientização sobre os cuidados com a saúde do homem.

Durante o dia, o Gabinete Itinerante do vereador trabalhará a prevenção ao câncer de próstata, exames de glicemia, glicose, diabetes, próstata, hepatite C, Creatinina (Rins) e ainda aferição de pressão arterial, IMC (peso), vacina antirrábica, orientação jurídica, cortes de cabelo, atrações culturais e sorteios de brindes.Durante a manhã o evento será direcionado à saúde e a tarde ao esporte e cultura. Haverá torneio de futsal, pista Haverá vacina antirrábica, corte de cabelo, orientação jurídica e cinema.

Para o vereador Cido Medeiros, o evento tem o objetivo de chamar a atenção para a importância da conscientização e mostrar ao público masculino a responsabilidade que deve ter com a saúde. “O câncer de próstata é sempre tratado com muito preconceito pelos homens, principalmente em razão da realização do exame clínico (toque retal). Por isso, muitos preferem não procurar o urologista, fazendo com que o diagnóstico seja realizado tardiamente. É preciso mudar esta visão”, alerta Cido Medeiros.

Para a realizar o evento o vereador Cido Medeiros conta com a parceria da Ieagran, Laboratório JP Mansor, Prefeitura de Dourados (Coordenação da Praça da Juventude), Coplan Engenharia e Gilbertinho da Vila São Brás. Este evento sempre foi realizado pelo vereador Cido na Praça Antônio João, mas este ano decidiu levá-lo para os bairros, dentro de uma proposta de que as informações referentes ao câncer de próstata devem ser mais divulgadas.

Comentário

A bancária Maria Fernanda Pascucci era presidente de um fã-clube dedicado a Fábio Júnior, e conquistou o coração do ídolo. A paulistana de 37 anos está com ele desde 2012, e os dois se casam nesta segunda-feira (21), dia em que o cantor completa 63 anos de idade. Esse é o sétimo enlace do cantor e ator de novelas.

Antes disso, os outros seis casamentos de Fábio Júnior obedeceram à seguinte ordem decrescente, conforme retrospectiva do jornal OGlobo: em 2007, com a modelo Mari Alexandre, ex-"Casa dos artistas". Em 2009, o casal teve Zaion, o quinto e último filho do cantor. A separação, em 2010, foi conturbada. Reza a lenda que Fábio não gostou de Mari ter se convertido à igreja evangélica.

A união do cantor com a atriz Patrícia de Sabrit acabou em tempo recorde: os dois ficaram oficialmente juntos por apenas três meses, em 2001, depois de se conheceram no programa do cantor, namoraram por dois meses, casaram e... fim. O divórcio, porém, só foi oficializado em 2005.

A atriz Guilhermina Guinle conheceu Fábio em 1990, quando tinha apenas 18 anos. Os dois só vieram a casar em 1993, e a parceria do relacionamento se repetiu nas telas: o casal fez par romântico na novela “Antônio Alves, taxista”, do SBT. Ao todo, o casamento durou cinco anos.

A artista plástica Cristina Karthalian é mãe de três filhos do cantor. Os dois, que se casaram em 1986, tiveram Krizia, que é veterinária, além de Tainá e Fiuk, que seguiram os passos do pai e são cantores. O casamento durou até 1990.

Fábio Júnior conheceu a atriz Glória Pires quando em 1979 participaram das gravações da novela "Cabocla", mas o casamento só aconteceria dois anos depois. Da união, nasceu Cléo Pires, primeira filha do cantor e ator. Fábio e Glória se separaram em 1983, num divórcio conturbado

Fábio Júnior se casou com Tereza de Paiva Coutinho aos 23 anos, em 1976. O anúncio do noivado foi inusitado. Ele chegou em casa e disse: "Ó, vou ficar noivo amanhã à noite. Quem vai à festa? É uma oportunidade para vocês a conhecerem", contou a mãe do apresentador, Nilva, em entrevista à revista "Isto é Gente". O enlace durou três anos.

Comentário

A Câmara de Dourados entrega nesta segunda-feira (21), às 18 horas, em sessão solene, o “Prêmio Marçal de Souza Tupã'y”. Serão homenageadas a professora Renata Lourenço, a escritora Ruth Hellmann Claudino e a Faind (Faculdade Intercultural Indígena) da UFGD. Na sessão serão entregues os prêmios dos anos de 2015 e 2016.

O “Prêmio Marçal de Souza Tupã'Y” é conferido a pessoas, ou instituições, que tenham se destacado na produção jornalística, artística, literária ou cientifica com temas voltados à problemática indígena, conforme prevê o Decreto Legislativo 058/1994 que instituiu a comenda. É um dos principais prêmios voltados à valorização do trabalho em prol do índio no Mato Grosso do Sul, segundo divulga assessoria de imprensa da Câmara.

Renata Lourenço e Ruth Hellmann são as homenageadas de 2015, ano em que também concorreu ao prêmio a professora e diretora de balé Blanche Torres. Renata Lourenço e Ruth Hellmann foram escolhidas para receber o Prêmio Marçal de Souza, edição 2015, pela inclusão da questão indígena no seu trabalho literário, e, principalmente, na área da educação, que era a principal bandeira do índio Marçal de Souza, assassinado em 1983.

A Faculdade Intercultural Indígena da UFGD foi escolhida para receber o prêmio em 2016 pelo trabalho com a população indígena do Estado, na formação e capacitação de profissionais indígenas, que atuam dentro das reservas e das aldeias. Em 2016 também concorreram ao prêmio Ariadne Freitas Bianchi de Oliveira e o Grupo de Teatro Mandi.

Comentário

Acatando investigação autorizada pelo MPE (Ministério Público Eleitoral), que analisa as prestações de contas dos candidatos que disputaram as eleições de 2 de outubro deste ano, a juíza Daniela Vieira Tardim, da 18a. Zona Eleitoral, determinou quebra do sigilo bancário do doador da campanha do vereador eleito, o ex-prefeito Antonio Braz Genelhu Melo, do PSC, para apurar ‘indícios de irregularidades’, referente à doação feita ao candidato pelo ex-vereador e ex-deputado e atual superintendente da Fundação Hospitalar de Saúde de Dourados, Roberto Djalma Barros.

De acordo com o pedido do Ministério Público Eleitoral, há divergências nos valores declarados pelo candidato em sua prestação de contas à Justiça Eleitoral e os valores declarados e apresentados pelo doador quando inquirido na Promotoria de Justiça. O processo, que passa a tramitar em segredo de Justiça, conforme publicado no portal do TRE (Tribunal Regional Eleitoral), vai analisar movimentações nas contas do Banco do Brasil e Banco Santander, no período de 20 de julho a 1 de novembro deste ano.

Comentário

O Conselho de Administração do Banco do Brasil aprovou neste domingo (20) um conjunto de medidas de reorganização institucional, que será implementado ao longo do próximo ano, que prevê o fechamento de agências e um plano de extraordinário de aposentadoria incentivada, disse o banco estatal em fato relevante. Após a reorganização da rede de atendimento, 379 agências serão transformadas em postos de atendimento e 402 serão desativadas, disse o banco, acrescentando que as mudanças não vão comprometer a presença da instituição nos municípios em que atua.

"A economia anual com despesas administrativas, exceto pessoal, é estimada em 750 milhões de reais, sendo 450 milhões de reais decorrentes da nova estrutura organizacional e R$ 300 milhões da redução de gastos com transporte de valores, segurança, locação e condomínios, manutenção de imóveis, entre outras", disse o banco.

Aposentadoria incentivada

Também foi aprovado um plano de aposentadoria incentivada, com período de adesão voluntária até 9 de dezembro, que tem como público alvo 18 mil funcionários que já reúnem as condições para se aposentar. O BB disse que vai divulgar o impacto financeiro do plano de aposentadoria incentivada após o período de adesão. Para incentivar a adesão, o banco vai oferecer valor correspondente a 12 salários, além de indenização por tempo de serviço, que varia de 1 a 3 salários, dependendo do tempo de empresa. O período de adesão ao plano vai até 9 de dezembro. Depois disso, o banco vai divulgar o impacto financeiro do plano.

O BB também vai oferecer redução de jornada de 8 para 6 horas diárias a 6 mil assessores da direção geral e superintendências, com objetivo de diminuir em 16,25% o salário médio.

Simultaneamente ao processo de redução de agências, o banco pretende abrir 255 unidades de atendimento digital em 2017. Com isso, espera elevar dos atuais 1,3 milhão para 4 milhões o número de clientes atendidos por esse canal até o fim do ano que vem, conforme divulga o G1.

Comentário

O vereador Pedro Pepa (DEM) entrou na luta pela conclusão das obras do Centro de Convenções de Dourados. Neste sentido, está mobilizando a bancada política de Mato Grosso do Sul, para que adotem a obra e coloquem emendas parlamentares destinando recursos para a segunda fase da construção, que constitui o término do auditório maior.

A obra do Centro de Convenções de Dourados, às margens da rodovia Guaicurus, zona noroeste da cidade, teve início há mais de dez anos e foi levantada com recursos viabilizados pelo então senador Delcidio do Amaral. “À época, os recursos eram destinados para execução da ‘fase 1’ do projeto, que compreende estrutura e a finalização de um auditório menor. Esta parte foi finalizada”, lembra o vereador.

“Agora, é necessário que a bancada política de nosso estado adote a obra e destine, via emendas, recursos para a fase 2, que se destina a finalização de toda obra e também o termino do auditório maior com espaço para 1000 pessoas”, sugere Pepa, que tem encaminhado ofícios a deputados e senadores do Estado, mostrando a situação e propondo que “numa comunhão de esforços sejam destinadas emendas para o termino do centro de convenções”.

Pepa avalia que Dourados ainda carece de um espaço deste tipo e nível, que acomodaria inúmeras pessoas com conforto. “Dentre nossas lutas esta é uma das prioridades; estamos propondo que alguém destine, via emendas, recursos para que possamos entregar rapidamente o Centro de Convenções à população, afim de que Dourados tenha mais esse atrativo para realização de grandes eventos”, completa.

Saúde

O vereador Pepa também alertou para a necessidade da presença de mais médicos nas unidades de saúde de Dourados durante as festividades de final de ano. Para ele, o atual déficit de profissionais na rede pública é preocupante e “é preciso providências para que a população não sofra as consequências”.

“Sabemos que durante o final de ano muitos médicos tiram férias; dessa forma, cabe aos gestores organizarem uma escala de reposição afim de que a população continue sendo normalmente atendida, até porque a demanda costuma aumentar neste período”, diz o vereador. Com assessoria

Comentário

Os acadêmicos de Design de Interiores da Unigran estão conquistando espaço profissional com as atividades nas “Vitrines de Natal” de diversas lojas em Dourados, tanto no centro quanto no shopping Avenida Center. Para a professora da disciplina de Projeto Efêmero e Cenográfico, Nadia Mattos, é um grande passo com a finalização do curso.

Ela afirma que avalia como é o atendimento aos clientes (os lojistas) e o resultado do trabalho, como pode afetar ou não o comércio, seguindo suas orientações, estimativas de custos, valorização do espaço e dos produtos. “É um importante momento de ter contato, adaptação, por também seguir o que o empresário deseja”, explica. Segundo Nadia, os estudantes estão de parabéns, pois fizeram um trabalho maravilhoso.

Elogio, aliás, que não veio somente da Instituição, mas também dos comerciantes e funcionários. Para a gerente da “Klein” (perfumaria), Laudeti Goreti Bresciani, a loja será aberta aos trabalhos no próximo ano. “São pessoas queridas, com conceitos, e o melhor, eficientes”, destaca. A proprietária da “Picolé Lelé” (roupas infantis), Maurem Franceschini, afirma que as acadêmicas superaram as expectativas. “A gente precisa desses profissionais qualificados, com preços acessíveis, de concorrência. Dentro do que a gente se propôs elas nos trouxeram a vitrine, para nós foi 10”, completa.

A acadêmica Alexsandra Mendes Gerbaudo afirma que tentou, ao máximo, aliar sua ideia ao gosto do cliente, uma loja de roupas femininas – Loft. “Para montar o projeto de acordo com a necessidade, de uma forma então que fique simples o cenário, que não desse trabalho para a troca do manequim, por exemplo. No final surpreendeu até a gente mesmo”, diz ela. “Foi uma proposta diferente, harmoniosa, mas precisa ser não só decorativa, como funcional”, complementa a estudante Liege da Silva Barros.

Além das lojas citadas, também fazem parte da exposição no centro da cidade as empresas Espaço Moda Fitiness, Itaicy Lustres e Decoração, Versatto Decorações, A Mirin Calçados e Regalos Presentes e Decorações.

Comentário

A Prefeitura de Dourados vai assinar, nesta terça-feira (22), termo de cooperação mútua entre o IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul), a Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) e o Município, através da Semas (Secretaria de Assistência Social), com o objetivo de realizar um projeto de pesquisa na área de geoprocessamento envolvendo discentes e docentes do IFMS e UEMS bem como servidores da Semas.

A solenidade será realizada, com a participação do prefeito Murilo Zauith (PSB) e da secretária de Assistência Social Ledi Ferla, o reitor da Uems, professor Fábio Edir e dirigentes do IFMS, no campus de Dourados do Instituto Federal, que funciona na rua Felinto Muller, 1790, no Jardim Canaã I

Comentário

Leandro Pereira da Silva, de 20 anos, conhecido como Lelê, foi assassinado por volta das 3 horas da madrugada desta segunda-feira (21), quando trafegava de bicicleta pela rua Duque de Caxias, no centro de Itaporã. Ele foi atingido com, pelo menos, seis disparos há menos de 250 metros da casa dele. A equipe de socorro do Hospital Municipal de Itaporã foi acionada, mas Leandro já estava morto.

Três dos disparos atingiram o peito da vítima, os outros três foram no braço direito, pescoço e cabeça, segundo constatou a Perícia Técnica da Polícia Civil. De acordo com o jornal iFato, de Itaporã, o último homicídio ocorrido na cidade havia sido registrado no dia 31 de dezembro de 2015.

Não fosse o empate que o Cruzeiro só conseguiu, sobre o Santos, nos minutos finais do segundo tempo e outro empate no jogo do Flamengo com o Coritiba, e o Palmeiras teria sido campeão brasileiro já neste domingo (20), com a vitória de 1 a zero sobre o Botafogo. As estatísticas comprovam. Os donos da casa tiveram 71% de posse bola na etapa inicial, contra 29% do Botafogo. O Verdão teve pelo menos três chances claras de abrir o placar, com Moisés de cabeça, com Gabriel Jesus perdendo oportunidade incrível na pequena área e em chute de Dudu, defendido por Sidão. Somente na reta final da etapa é que o time carioca cresceu de produção. E levou susto em arremate de Pimpão. Jailson defendeu.

A partida mudou na segunda etapa. Mais organizado e ofensivo, o Botafogo pressionou o Palmeiras. Levou perigo com Camilo, com Neilton... Ao Palmeiras, a arma passou a ser o contra-ataque. E isso foi ótimo para o Verdão. Com mais espaço, o caminho para o gol se abriu aos 17 minutos. Dudu cruzou para Gabriel Jesus, que não conseguiu concluir e tocou de volta para o companheiro fazer de cabeça. Com a vantagem do time paulista, o Botafogo não mais pressionou, e o Verdão só administrou. A decisão ficou para o próximo fim de semana.

Comentário

Página 1483 de 1805

Brasileirão - Rodada

Classificação

  • Douranews Anúncio
  • Editais

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis