Timber by EMSIEN-3 LTD
  • ms dengue
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) aplica neste domingo (20), em dez municípios do Estado, o Exame de Seleção 2017, processo seletivo para ingresso nos cursos técnicos integrados ao ensino médio. Em Dourados, a prova será aplicada na Escola Municipal Clarice Bastos Rosa, que fica na rua João Vicente Ferreira, 6575, no Jardim Maracanã.

A prova terá início às 8h15, pelo horário de Mato Grosso do Sul. Os candidatos deverão se apresentar com o documento de identificação com foto entre 7 e 8 horas, quando os acessos às salas serão fechados. Com duração máxima de quatro horas, a prova terá 50 questões objetivas de língua portuguesa (20), matemática (20) e conhecimentos gerais (10). A previsão é que o gabarito seja publicado na Central de Seleção ainda na segunda-feira (21) e a primeira chamada está prevista para o dia 9 de dezembro. A lista final de inscritos e os locais de prova nos dez municípios foram divulgados quinta-feira (17), na página da Central de Seleção do IFMS pela internet.

Confira aqui número de inscritos e locais da prova

Foram registradas 3.669 inscrições. O curso mais concorrido, este ano, é o técnico em Informática oferecido em Campo Grande, com 8,13 candidatos por vaga. Na sequência aparece o mesmo curso ofertado em Corumbá, com concorrência de 7,9 inscritos por vaga.

Comentário

Prevendo aumento no fluxo de veículos na rua Coronel Ponciano em função do início das atividades previstas para o final deste mês do Assai Atacadista, a Prefeitura de Dourados, através da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), está promovendo alterações na via com objetivo de melhorar o tráfego, evitar congestionamento e risco de acidentes no local.

Pouco antes da rotatória, nas imediações da agência local do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), em frente à entrada de acesso ao empreendimento, está sendo implantada a sinalização horizontal que vai direcionar melhor os motoristas. Também estão sendo colocadas as placas de sinalização vertical, além do alargamento da pista naquele acesso. De acordo a diretora de trânsito, Fabiane Amorim, a nova sinalização vai permitir a redução da velocidade naquele trecho. Ela lembra que a velocidade permitida na via é de 50 quilômetros/hora.

Alterações

O prefeito Murilo tem determinado a realização de adequações no sistema de trânsito desta via, bem como o reforço na sinalização, por conta do aumento no fluxo de veículos. Ela se tornou um corredor importante para vários bairros novos, ao centro da cidade, além de ter acesso à rodovia federal BR 163, saída para vários estados do Sul e Sudeste do País.

O tráfego de veículos também aumentou em razão de novos empreendimentos, e é a via onde está localizada a UPA (Unidade de Pronto Atendimento), entre outros órgãos e repartições públicas. A última alteração no trânsito dessa rua foi feita justamente por ocasião do início das atividades na UPA, em 2015. A malha asfáltica que já existia ao redor da unidade foi toda revitalizada e onde não tinha foi feita. O espaço ainda foi totalmente sinalizado, para garantir mais segurança. A área para estacionamento também foi toda adequada.

A Agetran realizou ainda a instalação de semáforos de dois tempos nos cruzamentos da rua Coronel Ponciano (onde fica a fachada da UPA) com as ruas José Luiz da Silva e Frei Antônio, que são a anterior e posterior ao prédio da unidade. As mesmas duas ruas que antes eram de mão dupla foram modificadas e passaram a ser mão única.

Comentário

Seguindo o cronograma previsto para a implantação do sistema de votação biométrico no estado, o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) está realizando o recadastramento em Dourados e mais três municípios do Estado: Corumbá, Três Lagoas e Ponta Porã.

A biometria é uma tecnologia que visa conferir ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. O leitor biométrico acoplado à urna eletrônica deve confirmar a identidade de cada eleitor, comparando o dado fornecido (impressões digitais) com todo o banco de dados disponível. A medida torna praticamente inviável a tentativa de fraude na identificação do votante, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas.

A identificação biométrica nestes municípios pretende atingir 70.300 eleitores de Corumbá; 75.600 em Três Lagoas; todos os 151.500 eleitores de Dourados e os 60.600 de Ponta Porã.
Para realizar o cadastramento biométrico, o eleitor deverá apresentar cópias e originais de algum documento de identificação com foto e comprovante de residência. Os homens maiores de 18 anos, que forem tirar o título pela primeira vez, devem também apresentar comprovante de quitação do serviço militar.

O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 12 às 19 horas, nos cartórios eleitorais dessas cidades.

Comentário

Acontece neste domingo (20) a 26ª edição da Corrida da Saúde com a largada e a chegada na praça Antônio João. A corrida será em dois percursos, de cinco e de dez quilômetros, com início previsto para às 9 horas. O evento faz parte da agenda do dia 18 de outubro, data comemorativa ao dia do médico e as inscrições foram feitas por meio do endereço eletrônico www.centraldacorrida.com.br/saude2016.

A equipe de apoio técnico do evento, formada por técnicos da Funed (Fundação de Esportes de Dourados) já concluiu a logística para ser colocada em prática, em especial, a segurança dos participantes. Além da Funed, a Guarda Municipal e a Guarda Mirim, além da Secretaria de Saúde e da Agetran (Agência de Trânsito) participam dessa estrutura. “Elaboramos um amplo estudo para que tudo dê certo neste evento, principalmente no que é relacionado à segurança dos participantes” disse Jânio César Amaro, diretor de esportes da Funed.

Premiação

A Corrida da Saúde é promovida anualmente pela Associação Médica da Grande Dourados e vai distribuir troféus aos cinco primeiros lugares nas categorias masculino e feminino, enquanto na categoria médica o percurso será de cinco quilômetros com troféu também para os cinco primeiros colocados.

Comentário

As empresas associadas da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) que fizerem consultas ao SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito) através do programa Família Acerta, vão ter descontos de até 40% nos meses de novembro e dezembro. É mais um benefício que a Aced oferece neste fim de ano aos associados.

Para terem vendas mais seguras nesta época do ano, cresce a procura pelo número de consultas dos empresários ao banco de dados do SCPC. Com esse desconto, a Aced contribui para que as empresas não tenham alta nos custos. “Os serviços de pessoa física estão migrando para a Família Acerta, então também é uma oportunidade para empresários se familiarizarem com a nova plataforma”, afirma o diretor de SCPC, e ex-presidente da entidade, Eduardo Custódio.

Atualmente são 11 produtos de pessoa física para consulta ao SCPC e estes estão em fase de substituição pelos quatro da Família Acerta, que não só contempla os mesmos dados de forma mais prática, como também oferece outros serviços integrados. O objetivo é tornar as consultas mais fáceis e também revolucionar as vendas do comércio com as demais informações ofertadas.

Através da Família Acerta, além de verificar se o consumidor está inadimplente, o sistema sugere se a venda pode ser concluída ou não. A decisão final continua sendo da empresa. Isso traz mais segurança aos comerciantes na hora da venda.

“Esta ação faz parte de um projeto mais amplo de incentivo ao setor empresarial neste fim de ano, com foco em ampliar as vendas seguras e planejar 2017, ano para o qual temos boas expectativas”, afirma a presidente da Aced, Elizabeth Salomão.

Entre as ações para este fim de ano estão a palestra no próximo dia 24 com a jornalista e colunista de política do Estadão, Dora Kramer; e a campanha Natal Premiado, que sorteia R$ 1 milhão em prêmios para clientes de lojas cadastradas.

Mais informações sobre o projeto de descontos do SCPC, e demais ações da entidade, podem ser feitas através do telefone 3416 8653, no portal (www.aceddourados.com.br), Fan Page (fb.com/aced.dourados) ou pelo Instagram (@aceddourados).

Comentário

Mais de 10 mil candidatos realizam neste domingo (20), na Unidade 2 da UFGD e em escolas estaduais de Dourados e Campo Grande, as provas objetiva e de redação do Vestibular 2017 da Universidade Federal da Grande Dourados. A prova de redação será das 8 às 10h30 e a objetiva das 14 às 18 horas, pelo horário de Mato Grosso do Sul.

Os vestibulandos devem comparecer ao local de prova com, pelo menos, 45 minutos de antecedência, segundo as regras contidas no edital do Centro de Seleção.

Veja aqui o local das provas, por sala

O ensalamento pode ser consultado por meio da área restrita do candidato, no endereço eletrônico http://arearestrita.ufgd.edu.br/ e também na lista do mural publicada como “Ensalamento”, na página do Centro de Seleção. http://cs.ufgd.edu.br/vestibular/2017.

De acordo com o edital, os candidatos deverão apresentar o documento de identificação com foto utilizada na inscrição e não será permitido entrar na sala de aplicação de provas com quaisquer tipos de equipamentos eletroeletrônicos ou recursos bibliográficos, bem como qualquer espécie de relógio, óculos escuros ou itens de chapelaria.

A concorrência geral aponta como mais concorridos os cursos de Medicina (123,08 por vaga), Direito (37,74), Engenharia Civil (16,83) e Agronomia (16,76). São 10.082 candidatos inscritos para 962 vagas distribuídas em 32 cursos de graduação. As opções de ingresso são duas: acesso universal e reserva de vagas. A reserva de vagas, também conhecida como cotas sociais, em cumprimento à Lei 12.711/12, orienta que no mínimo 50% das vagas sejam reservadas para candidatos que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas.

 

Comentário

Quem mora em Brasília não poderá mais assistir televisão usando o sinal analógico a partir de hoje. Isso porque o sinal foi desligado na região em detrimento do plano de implementação do sinal digital em todo o país.

Por essa razão, as televisões de Brasília agora terão maior qualidade de imagem e som. O governo federal, inclusive, já vem distribuindo há algum tempo kits com adaptados de sinal para TVs antigas, mas somente para beneficiários de programas sociais, como o Bolsa Família.

Para quem não faz parte do grupo, a solução é adquirir uma antena UHF – que custa algo em torno de R$ 40 – ou comprar um televisor que já conte com o conversor de imagem embutido – recurso comum entre os aparelhos mais modernos.

Conforme reportagem da Folha de S. Paulo, 92% das 1,26 milhão de residências em Brasília estão aptas para a nova tecnologia. Tal número possibilita a mudança, já que as leis brasileiras garantem que apenas municípios com mais de 90% das casas aptas possam ter o desligamento realizado. Com isso, Brasília passa a ser a primeira capital a ter 100% de TVs com transmissões digitais.

O processo de “digitalização” das transmissões começou ainda em 2015 em Rio Verde (GO). A previsão do governo é de que a cidade de São Paulo seja a próxima a ter o sinal analógico desligado. Isso deve acontecer no dia 29 de março do ano que vem.

Comentário

O Palácio do Planalto confirmou que o deputado federal Roberto Freire (PPS-SP) será o novo ministro da Cultura, após Marcelo Calero pedir demissão do cargo. Presidente nacional do PPS, Freire foi convidado pelo presidente Michel Temer para assumir o cargo nesta sexta-feira (18) depois que Temer telefonou, à tarde, para Calero, pedindo para que ele deixasse o cargo alegando razões pessoais.

Marcelo Calero assumiu o cargo em maio deste ano, após Temer assumir interinamente a Presidência da República. Inicialmente, ele havia sido nomeado secretário nacional de Cultura, órgão que foi vinculado ao Ministério da Educação por algumas semanas, mas que voltou a ter autonomia depois de movimentos de grupos culturais contra a medida.

Roberto Freire foi senador entre 1995 e 2002, quando voltou a assumir novamente uma cadeira na Câmara. Ele foi deputado por vários mandatos consecutivos, cinco ao todo, e já passou pelo PMDB e PCB antes de se filiar ao PPS, em 1992, como divulga o portal da Agência Brasil.

Comentário

s micro e pequenos produtores de cachaça terão redução de cerca 40% nos impostos sobre a bebida quando o setor retornar ao Simples Nacional, regime tributário simplificado para pequenos empresários. A estimativa é do Instituto Brasileiro da Cachaça (Ibrac). A inclusão da bebida, ao lado do vinho e da cerveja artesanais, foi sancionada pelo presidente Michel Temer em 27 de outubro.

O aval de Temer foi dado em meio a um pacote de medidas do governo chamado Crescer sem Medo. A possibilidade de opção pelo Simples começa a valer somente em 2018. As medidas também ampliaram de 60 para 120 meses o prazo de parcelamento de dívidas por empresas optantes do Simples e elevou de R$ 3,6 milhões para R$ 4,8 milhões o teto de faturamento para participar do regime.

O diretor executivo do Ibrac, Carlos Lima, destaca que a cachaça saiu do Simples Nacional em 2001, junto com outros setores. Na avaliação dele, a resistência ao retorno da atividade ao regime simplificado tem relação com preconceito, pelo fato de tratar-se de uma bebida alcóolica.

De acordo com Lima, atualmente há cerca de 1,5 mil fabricantes de cachaça registrados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Desses, 90% são micro e pequenos produtores. Ele acredita, contudo, que o retorno ao Simples em 2018 aumentará essa contagem.

“O censo agropecuário do IBGE [Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística] de 2006 levantou 11.124 [produtores de cachaça]. Ou seja, temos uma informalidade de cerca de 80%. Com certeza [o número de produtores clandestinos] vai diminuir com a possibilidade de aderir ao Simples”, diz.

Para Lima, a redução da informalidade trará benefícios. “Com isso, é possível aumento da arrecadação tributária e da qualidade da cachaça. Esses produtos informais não estão sujeitos a um controle de qualidade. Agora, passarão a ser fiscalizados pelo órgão competente”, ressalta.

Comentário

O shopping Avenida Center de Dourados recepcionou, na noite desta sexta-feira (18), na Vila do Noel, o principal símbolo das comemorações festival do final de semana. Uma cantata de Natal e a distribuição de guloseimas para as crianças movimentou a noite.

Uma decoração especial foi montada e as lojas do shopping também vivem no clima. "A prioridade é que essa festa seja interativa, criando uma fantasia lúdica e que tenha a tradição natalina, para que as pessoas possam contemplar a Vila do Noel e então desfrutar desse momento especial”, definiu o publicitário João Paulo Santos, relações públicas do Avenida Center.

A programação do final de ano vai até o dia 7 de janeiro, período em que se estima que cerca de 450 mil pessoas devem frequentar as lojas e a praça de alimentação do shopping. "Em dias normais, o público do shopping chega a movimentar 300 mil pessoas por mês”, disse João Paulo, refletindo o otimismo da direção do Avenida Center e projetando um movimento econômico da ordem de R$ 15 milhões.

Mais lojas

Neste final de ano, o shopping comemora a abertura da Probel Prime, autorizada em conjuntos estofados e boxes de primeira linha; da ótica Pupila, que abriu a segunda loja em Dourados, agora para o público regional; e nos próximos dias vai ganhar uma unidade da Lupo e da Quem Disse Berenice, do ramo de cosméticos. A projeção de uma loja McDonalds está sendo cogitada para o primeiro semestre de 2017.

Comentário

Página 1485 de 1805

Brasileirão - Rodada

Classificação

  • Douranews Anúncio
  • Editais

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis