Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O registro do caso é oficial e ocorreu durante as eleições municipais em 2012, no Rio de Janeiro

Acompanhado por um especialista em transmissão de dados, Reinaldo Mendonça, e de um delegado de polícia, Alexandre Neto, um jovem hacker de 19 anos, identificado apenas como Rangel por questões de segurança, mostrou como — através de acesso ilegal e privilegiado à intranet da Justiça Eleitoral no Rio de Janeiro, sob a responsabilidade técnica da empresa Oi – interceptou os dados alimentadores do sistema de totalização e, após o retardo do envio desses dados aos computadores da Justiça Eleitoral, modificou resultados beneficiando candidatos em detrimento de outros – sem nada ser oficialmente detectado.

Fácil, fácil, diz o Hacker

“A gente entra na rede da Justiça Eleitoral quando os resultados estão sendo transmitidos para a totalização e depois que 50% dos dados já foram transmitidos, atuamos. Modificamos resultados  mesmo quando a totalização está prestes a ser fechada”, explicou Rangel, ao detalhar em linhas gerais como atuava para fraudar resultados.

Especialistas ficaram de boca aberta após demonstração

O depoimento do hacker – disposto a colaborar com as autoridades –  foi chocante até para os palestrantes convidados para o seminário, como a Dra. Maria Aparecida Cortiz, advogada que há dez anos representa o PDT no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para assuntos relacionados à urna eletrônica; o professor da Ciência da Computação da Universidade de Brasília, Pedro Antônio Dourado de Rezende, que estuda as fragilidades do voto eletrônico no Brasil, também há mais de dez anos; e o jornalista Osvaldo Maneschy, coordenador e organizador do livro Burla Eletrônica, escrito em 2002 ao término do primeiro seminário independente sobre o sistema eletrônico de votação em uso no país desde 1996.

Sob proteção policial 24 horas por dia...

Rangel, que está vivendo sob proteção policial e já prestou depoimento na Polícia Federal, declarou aos presentes que não atuava sozinho: fazia parte de pequeno grupo que – através de acessos privilegiados à rede de dados da Oi – alterava votações antes que elas fossem oficialmente computadas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

Fraude em benefícios de políticos locais...

A fraude, acrescentou, era feita em benefício de políticos com base eleitoral na Região dos Lagos – sendo um dos beneficiários diretos dela, ele o citou explicitamente, o atual presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), o deputado Paulo Melo (PMDB). A deputada Clarissa Garotinho, que  também fazia parte da mesa, depois de dirigir algumas perguntas a Rangel  - afirmou que se informará mais sobre o assunto e não pretende deixar a denúncia de Rangel cair no vazio.

Fernando Peregrino, coordenador do seminário onde foi apresentado como foi burlada a eleição, por sua vez, cobrou providências:

“Um crime grave foi cometido nas eleições municipais deste ano, Rangel o está denunciando com todas as letras –  mas infelizmente até agora a Polícia Federal não tem dado a este caso a importância que ele merece porque  ele atinge a essência da própria democracia no Brasil, o voto dos brasileiros” – argumentou Peregrino.

Comentário

A Petrobras informou nesta sexta-feira (14) que a diretoria executiva da companhia aprovou na véspera a implantação de uma nova política de preços de gasolina e diesel comercializados nas refinarias da empresa. Com isso, o preço do diesel será reduzido em 2,7% e da gasolina em 3,2% na refinaria. Os novos preços entrarão em vigor a partir da zero hora deste sábado (15), conforme antecipou o G1.

"Pode-se esperar um maior número de reajustes. A expectativa é que a gente possa fazer uma avaliação mais rápida dos nossos preços", disse o presidente da Petrobras, Pedro Parente. Segundo a petroleira, se a redução aplicada na refinaria for integralmente repassada ao consumidor final, na bomba dos postos, o diesel pode cair 1,8%, ou R$ 0,05 por litro. Já a gasolina pode cair 1,4%, ou R$ 0,05 por litro. A última redução dos preços dos combustíveis foi em junho de 2009.

“Commodities são precificadas pelo mercado. Nós vamos nos referenciar pelo preço de mercado", disse o diretor de refino e gás natural, Jorge Celestino, ao explicar a base da política de preços.
De acordo com comunicado da Petrobras, enviado à CVM (Comissão de Valores Mobiliários), a decisão considerou "o crescente volume de importações, o que reduz a participação de mercado da Petrobras, e também a sazonalidade do mercado mundial de petróleo e derivados", de acordo com a reportagem do G1.

Comentário

Uma das piores coisas de exagerar na bebida alcoólica é quando a famosa ressaca aparece. Mas, você já pensou como seria maravilhoso beber e não ter aquela náusea nem a sensação que sua cabeça vai explodir no dia seguinte? Pois um um cientista britânico afirma ter  inventado um “álcool sintético” que não dá ressaca, não lesiona fígado e, até 2050, deve substituir o álcool convencional, publicou a revista Veja.

A nova substância, batizada de alcosynth, foi desenvolvida pelo químico britânico David Nutt, do Imperial College de Londres, na Inglaterra, e ex-consultor do governo do governo britânico para assuntos ligados a drogas. Segundo Nutt, já foram patenteados 90 compostos usando a substância, dos quais dois estão agora sendo testados para uso disseminado.

“Você poderá ter o prazer de tomar um coquetel sem danificar seu fígado e coração. Eles (os compostos) combinam muito bem com mojitos ou com um Tom Collins”, explicou Nutt em entrevista à rede britânica BBC, referindo-se aos drinques tradicionalmente feitos com rum e gim.

O alcosynth

Para chegar ao alcosynth, Nutt e sua equipe estudaram substâncias atóxicas cujos efeitos no cérebro se assemelham aos do álcool. “A relação entre o álcool e o cérebro já é bem compreendida há 30 anos. Sabemos onde os efeitos positivos do álcool são mediados no cérebro, e podemos imitá-los. Sem tocar as áreas ruins, também não temos os efeitos ruins.”, explica. 

Embora Nutt esteja mantendo sua fórmula “livre de ressaca” em segredo, ele mencionou a existência de um composto chamado MEAI (3-metoxi-aminoindano), que, segundo ele, é tão relaxante e desinibidor como o álcool, mas não causa perda da coordenação. A substância também não tem calorias, o que também é uma ótima novidade.

Segundo o pesquisador, o alcosynth vem ainda com um “limite de segurança” que impede o usuário de ficar bêbado demais. “Acreditamos que, depois de quatro ou cinco drinques, o efeito se estabilizará e evitará que alguém se mate ou fique muito enjoado”, diz.

Defensores do alcosynth acreditam que ele poderá revolucionar a saúde pública, devido à redução dos gastos com o tratamento de males provocados pelo consumo de álcool, segundo informações da rede britânica BBC. Por outro lado, ainda será preciso esperar um bom tempo para poder pedir uma dose do álcool sem ressaca – os custos de desenvolvimento e as barreiras regulatórias são grandes.

“É uma ideia interessante e seria ótimo para que a força de trabalho não sofresse de ressaca e fosse mais eficiente, mas ainda está muito no começo para comentarmos”, disse um porta-voz do Ministério da Saúde, embora a autarquia tenha se mostrado receptiva a financiar futuros estudos.

Comentário

Na próxima segunda-feira (17) encerra-se o prazo para as inscrições no processo seletivo de credenciamento de profissionais para atuar Fundação Escola de Governo (Escolagov).

O processo seletivo busca profissionais de 70 áreas* para atender as necessidades das ações desenvolvidas pela Escolagov na capital e no interior do Estado. As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet e os interessados devem realizar a inscrição no site da Escolagov até às 23h59 do dia 17 de outubro.

Para se credenciar o candidato deverá apresentar graduação de nível superior, reconhecida pelo MEC, possuir experiência comprovada na área de atuação pretendida, ser brasileiro ou estrangeiro com visto permanente no país e ter idade mínima de 18 anos completos. Em caso do candidato ser do sexo masculino, deverá estar em quite com as obrigações militares.

De acordo com o diretor-presidente da Escolagov, Wilton Paulino Jr, os interessados poderão se inscrever em até três áreas de atuação, com até três funções para cada área de atuação e estarem aptos a desenvolver ações em qualquer um dos 79 municípios do Estado.  As inscrições serão realizadas em duas etapas: cadastro inicial online e a  entrega de documentos.

A remuneração pelos serviços prestados foi reajustada e será correspondente ao nível de graduação do docente. Para professores com graduação o valor da hora-aula será R$60, para os instrutores com especialização na área de atuação o valor da hora-aula será fixado em R$90, para docentes com título de mestrado o valor será R$120 e para os professores habilitados com doutorado, R$140. Quando a ação de capacitação for desenvolvida em local diferente do domicílio e a sua execução exceder a oito horas será acrescido 20% ao valor da hora-aula.

Na fase de entrega de documentos, o candidato deverá anexar, uma única vez, os documentos digitalizados; currículo, cédula de identidade, título de eleitor, certificado de reservista para sexo masculino, carteira de trabalho, certidão de nascimento ou casamento, comprovante de residência atual e comprovante de graduação superior, além de um documento para comprovação de experiência como docente.

O resultado final do processo seletivo será divulgado mediante edital no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul. Para conferir todos os editais referentes ao processo seletivo,  clique aqui.

* Serão credenciados os profissionais das seguintes áreas: Administração Pública, Atendimento ao Público, Auditoria Pública, AutoCad, Avaliação por Desempenho, Banco de Dados, Captação de Recursos Públicos e Privados para projetos de Coaching na Administração Pública, Competências Gerenciais, Comunicação, Contabilidade Pública, Corel Draw, Desenvolvimento de Sites, Desenvolvimento de Aplicativos Moodle, Didática, Didática para EAD, Direito Administrativo, Direito Previdenciário, Direito Público, Direito Constitucional, Direito Tributário, Direito Humanos, Desenvolvimento e Manutenção de AVA, Elaboração de Pareceres, Elaboração e Gerenciamento de Projetos, Empreendedorismo e Inovação na Gestão Pública, Engenharia de Software, Espanhol, Estatística, Ética no Serviço Público, Excel, Execução Orçamentária e Financeira, Gerenciamento de Frota, Gestão Ambiental na Administração Pública, Gestão de Almoxarifado e Patrimônio, Gestão por competências, Gestão de Convênios na Administração Pública, Gestão de Documentos e Arquivos, Gestão de Pessoas, Gestão de Processos Orientados para Resultados, Gestão do Esporte e Lazer, Gestão por Resultados, Gestão de Segurança, Informática Básica – Word, Internet, Windows, Inglês, Libras, Licitação e Contratos na Administração Pública, Liderança, Linguagem de Programação (PHP/Java/.Net), Liguistica, Mapeamento de Processos, Métodos de Análise e Solução de Problemas (MASP), Modelagem da Estrutura Organizacional, MS Project, Negociação e Administração de Conflitos, Oratória, Orçamento Pessoal, Orçamento Público, Organização de Eventos Públicos e Cerimonial, Planejamento Estratégico, Pregão Presencial e Eletrônico, Processo Administrativo Disciplinar no Âmbito da Polícia Militar e Bombeiro Militar, Processo Administrativo Disciplinar no Âmbito do Governo  de MS, Programação Neolinguística, Psicologia Organizacional, Redação Oficial, Saúde do Servidor Público e Qualidade de Vida, Tecnologia da Informação e Software de Apresentação.

Comentário

A Câmara Municipal de Deodápolis, a 260 quilômetros de Campo Grande, terá que exonerar os funcionários que ocupam irregularmente cargos em comissão e seja realizado concurso público, hoje somente 4 servidores são efetivos. Isso porque foi firmado um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) com o MPE-MS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) a exemplo do que ocorreu na Casa de Leis da Capital em julho deste ano.

Conforme o documento, o Legislativo se comprometeu, no prazo de 180 dias, a publicar resolução extinguindo os atuais cargos em comissão existentes na Câmara Municipal, à exceção do cargo em comissão de assessor da presidência, cuja nomeação deverá observar o teor da súmula vinculante n. 13 do STF (Supremo Tribunal Federal).

Além disso, deve publicar resolução criando os cargos efetivos, definindo suas funções, fixando suas remunerações e regime disciplinar; realizar concurso público, nomear e dar posse aos candidatos aprovados, observada a ordem de classificação e a disponibilidade financeiro-orçamentária; permitir a ampla fiscalização de todas as etapas do concurso público; e exonerar os servidores investidos em cargos em comissão cujas atribuições não sejam propriamente de direção, chefia e assessoramento, quais sejam: assessor de gabinete, assistente administrativo, assessor técnico, motorista e assistente Legislativo.

O descumprimento parcial ou total de qualquer das cláusulas pactuadas sujeitará à presidente da Câmara de Deodápolis, Karenn Ramsdorf (PMDB), o pagamento de multa diária equivalente a R$ 1,2 mil, por nomeação ou contratação irregular, em valor vigente na data do descumprimento.

A multa deverá ser paga no prazo de 15 (quinze) dias, contados da data da ciência da notificação expedida pela Promotoria de Justiça, ao final do qual serão acrescidos juros de mora de 1% ao mês, sem prejuízo da correção monetária.

O pagamento da multa será feito mediante depósito em favor do Fundo de Defesa e de Reparação de Interesses Difusos e Lesados, criado pela Lei Estadual n. 1.721, de 18 de dezembro de 1996, alterada pela Lei Estadual n. 2.112, de 1º de junho de 2000 ou outro fundo que vier a sucedê-lo.

Devido a procura por horário alternativo, o CTCM (Centro de Treinamento e Capacitação Multilab) oferece aos sábados à tarde o curso para formação de auxiliares de laboratório de análises clínicas.

Com inscrições abertas e vagas limitadas, as aulas começam no dia 15 de outubro, das 13h às 17 horas. Devido aos dos recessos das festas de fim de ano e de Carnaval, o curso finaliza até 20 de maio.

A possibilidade de remuneração maior é atrativa e profissionais de outras áreas têm procurado o curso. Como muita gente precisa trabalhar em horário comercial ou têm outras atividades, o sábado acaba por ser a melhor alternativa. “Temos uma grande procura de pessoas querendo migrar para essa área e desperta o interesse até em quem é funcionário na recepção de laboratórios ou hospitais. Há muitas vagas no mercado e o salário é bom”, relata a consultora de mercado do CTCM, Polyana Wruck.

O curso é composto por 10 módulos teóricos e mais 48 horas de aulas práticas, totalizando 160 horas de formação. Todos os professores têm graduação e pós-graduação nas áreas de Farmácia, Bioquímica, Enfermagem e Biomedicina.

Durante o curso, os alunos vão aprender a realizar coleta de sangue, normas de atendimento humanizado, inglês e governança corporativa. Também vão conhecer os procedimentos em cada setor de um laboratório e aprender a auxiliar desde exames rotineiros, até os mais sofisticados. CTCM é excelência na prática.

As inscrições devem ser feitas no Multilab da Rua Dom Aquino, 2339, de segunda a domingo, até às 22h. Os alunos pagam entrada de R$ 250,00, mais uma taxa de inscrição no valor de R$ 50,00, o que dá direito à camiseta da turma, bloco e garrafinha personalizada. O restante é parcelado em 4 vezes de R$ 250,00, totalizando R$ 1.3 mil.

Algumas das vantagens do curso são as necessidades do mercado por esse tipo de profissional e salários a partir de R$ 1.3 mil.

O CTCM também oferece outros cursos na área da saúde, como os cursos de Cuidador de Idosos, Auxiliar de Farmácia e Coordenador de Atendimento.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (67) 3384-6012, no site do laboratório ou no Facebook

Comentário

O caminhoneiro José Milton da Silva Fraga, de 49 anos, se apresentou hoje na 7ª DP (Delegacia de Polícia) juntamente com seu advogado Rodrigo Duarte. Ele é acusado de ter matado um jovem de 16 anos, que teria assaltado sua casa 3 vezes em 90 dias, em um campinho de futebol no Jardim Carioca.

“Eu fiquei indignado. Cheguei em casa na terça (11) e estava tudo revirado. Fui atrás dele no campinho, porque sabia que tinha sido ele. Pedi minhas coisas. Ele levou meu salário, um sacolão e roupas. Ele veio com outros 3 pra cima de mim, com as mãos escondidas nas costas”, explica o caminhoneiro que teria, então, se apossado de uma espingarda de pressão, adulterada para calibre 22 e atirado contra o rapaz. Com o salário, ele afirmou que iria comprar presentes para os filhos de 18, 11 e 6 anos de idade.

Segundo o acusado, ele teria posse da arma há mais de 10 anos. O advogado de José Milton, informou que o caminhoneiro já havia registrado Boletim de Ocorrência 2 vezes pelos furtos ocorridos em sua residência e que ele sabia da fama do jovem e dos amigos no bairro. Duarte ainda afirmou que o jovem faz parte de uma gangue formada com amigos e parentes e seria usuário de drogas. Por conta das perseguições e ameaças sofridas, a defesa alegará legítima defesa.

Passagens pela polícia

O adolescente de 16 anos, já teria furtado várias casas na região, segundo moradores do bairro. Nesta quarta-feira (12), os vizinhos disseram ao Jornal Midiamax que todos tinham conhecimento que o adolescente era usuários de drogas e cometia pequenos furtos para trocar por entorpecentes.

Segundo uma vizinha, o rapaz já teria furtado a casa do suspeito que, estava irritado com a situação e, teria prometido matá-lo. Outra moradora relatou morar há dois meses no local e que foi alertada pelo antigo dono da casa onde reside sobre o rapaz.

Casa Incendiada

No mesmo dia em que o jovem morreu, a casa José Milton foi incendiada. O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou a perda total da estrutura da residência. “Quando chegamos já não era mais possível evitar que a estrutura fosse comprometida. A casa está inabitável”, revelou o tenente do Corpo de Bombeiros, Paulo Cordeiro Ramiro.

Moradores informaram à polícia terem visto pessoas com galões jogando combustível na casa. No local, os bombeiros encontraram alguns galões, porém, não puderam assegurar que haviam sido usados para provocar o incêndio.

“Perdi minha casa, meus móveis, todas as minhas coisas. Estou dormindo no trecho”, diz ele, referindo-se pernoitar no caminhão em que trabalha.

Comentário

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, lança segunda-feira (17), a partir das 9 horas, a pedra fundamental do Sesi SST (Centro de Referência de Inovação em Saúde e Segurança no Trabalho). A solenidade contará ainda com a assinatura da ordem de serviço para o início da construção da obra, que está localizada no centro de Campo Grande, na avenida Afonso Pena, entre as ruas Arthur Jorge e a 13 de Junho, e terá 1.200 metros quadrados de área construída, com três pavimentos.

Projetado pelo arquiteto Gil Carlos de Camillo, o Sesi SST terá salas de treinamento, salas de atendimento em saúde, salas de reunião e auditório, tudo planejado para atender às necessidades das empresas instaladas no Estado, como cursos de educação continuada relacionados à saúde e segurança do trabalho. A obra será modelo em gestão para o País e vem para consolidar as ações do Sesi em Mato Grosso do Sul, que já é referência em saúde e segurança no trabalho.

Para o superintendente do Sesi, Bergson Amarilla, a construção do Centro de Referência de Inovação em SST vem para coroar o serviço de excelência desenvolvido pela entidade em inteligência e gestão na área. “O que configura um centro de referência é a tecnologia e a expertise, mas, um espaço físico destinado exclusivamente para o desenvolvimento dessas tecnologias trará ainda mais benefícios para as indústrias do Estado”, pontuou.

Já a diretora de SST (Saúde e Segurança no Trabalho) do Sesi, Adriana Sato, completa que a entidade desenvolveu em Mato Grosso do Sul um modelo sistematizado e informatizado de gestão, que auxilia a empresa a cumprir as normativas legais. “O modelo foi tão bem-sucedido que, hoje, estamos negociando a metodologia para os departamentos regionais do Sesi de outros Estados. Levamos sempre em consideração a necessidade da empresa, com metodologias diferenciadas para as micro e pequenas e para as médias e grandes”, esclareceu.

Comentário

Dourados tem atividades da “Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2016”, que acontece a partir de segunda-feira (17) até o dia 23. A Semana é realizada pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e Comunicações, em parceria com a Prefeitura de Dourados, a Uems (Universidade Estadual de MS), Governo do Estado, a APOMS (Associação de Produtores Orgânicos de Mato Grosso do Sul) e a Embrapa Agropecuária Oeste.

A abertura será realizada segunda-feira, às 19 horas, no anfiteatro da Uems com a palestra “Segurança alimentar e nutricional e educação ambiental: os desafios frente ao agronegócio” com a participação dos palestrantes Verônica Gronau Luz (UFGD), de Dourados e Rodrigo de Azevedo Cruz Lamosa (UFRRJ), do Rio de Janeiro.

Na terça-feira (18), às 19 horas, durante a Feira Agroecológica do Parque dos Ipês, haverá uma roda de conversa com Olácio Komori, diretor-presidente da Cresol/Apoms; Antônio Paulo Ribeiro, agricultor familiar filiado à Apoms; Vangivaldo Belo da Silva, agricultor familiar e presidente da AgroVargas e Ramão Casto de Oliveira, agricultor familiar da comunidade Quilombola de Picadinha.

A Feira Agroecológica do Parque dos Ipês foi criada pelo prefeito Murilo Zauith (PSB) para incentivar a produção ecologicamente correta e criar um espaço para que as famílias possam comprar alimento mais saudável. No mesmo dia e no mesmo horário acontece na feira uma programação cultural na Feira com apresentação de chorinho com o Grupo Só Choro, da Casa de Cultura da Uems. Igualmente na terça-feira, a Embrapa Agropecuária Oeste vai fazer um trabalho com os feirantes na Feira do Parque dos Ipês, das 17 às 21 horas, em ação que também envolverá os consumidores. Os técnicos levarão informações sobre a ciência na alimentação.

Na quarta-feira (19), às 19 horas, no anfiteatro da Uems, tem a palestra “Educação e lugar: a escola como espaço de produção de conhecimentos contextualizados”, com Maurício Compiari, da Unicamp e na quinta-feira (20), das 8 às 17 horas, a Uems sedia a “Mostra de Ciências”. A Uems fica na Cidade Universitária, na Rodovia Guaicurus, ao lado do aeroporto.

A 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações e Comunicações tem como tema a "Ciência alimentando o Brasil". Sua proposta é mobilizar a população, em especial crianças e jovens, em torno de temas e atividades de Ciência e Tecnologia.

Faz parte da semana também a Mostra VerCiência 2016. O objetivo do Projeto VerCiência é promover e incentivar a disseminação da cultura científica por meio da televisão, da internet e por outras tecnologias audiovisuais.

Comentário

O governo do Estado vai substituir o sistema de radiocomunicação das forças de segurança que atuam na fronteira com a Bolívia e o Paraguai. O modelo atual funciona de modo analógico, está obsoleto e tem a frequência facilmente copiada por rádios piratas, o que beneficia o crime organizado e dificulta os trabalhos de fiscalização.

Segundo a Sejusp (Secretaria estadual de Justiça e Segurança Pública, serão investidos mais de R$ 20,1 milhões na implementação do “Sistema de Radiocomunicação Profissional Móvel Troncalizado Digital”, em 20 cidades.

O objetivo da Sejusp é evitar que traficantes e contrabandistas ouçam conversas de policiais pelo rádio e consigam se antecipar às ações de repressão. No dia 27 de setembro, em Itaporã, por exemplo, grupo que transportava 1,3 tonelada de maconha abandonou uma caminhonete carregada em uma estrada vicinal, nas imediações do distrito de Piraporã, provavelmente depois de interceptação de sinais de rádio.

Comentário

Página 1488 de 1709

Brasileirão - Rodada

Classificação

  • Vitoria

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis