Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O projeto de extensão Cineclube UFGD exibe e debate neste sábado (9) o filme mexicano “Biutiful” (2010), dirigido por Alejandro González Iñárritu e vencedor do prêmio de melhor ator do Festival de Cannes para Javier Bardem.

A sessão começa às 17 horas, e é aberta a todos os interessados, no cineauditório da Unidade 1 da universidade.

De acordo com o resumo, o filme relata a história de vida de Uxbal (Javier Bardem), um homem em conflito com a paternidade, o amor, a espiritualidade, a morte, o crime e o sentimento de culpa, numa Barcelona moderna.

Comentário

Após reunião nesta quinta-feira (7), os líderes partidários da Câmara decidiram desautorizar o presidente em exercício da Casa, Waldir Maranhão (PP-MA), e antecipar a eleição para escolher o sucessor de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na presidência da Câmara para terça-feira (12).

Em decisão lida no plenário da Câmara, mais cedo nesta quinta, Waldir Maranhão marcou para quinta-feira (14) a escolha do novo presidente da Casa. Enquanto os líderes estavam reunidos, Maranhão estava em casa, segundo informou a assessoria de imprensa.

Nesta quinta, Cunha foi à Câmara dos Deputados entregar a carta de renúncia à Secretaria-Geral da Mesa. Com a decisão, a Câmara tem o prazo de cinco sessões de plenário para realizar uma nova eleição.

O regimento interno da Câmara permite que o colégio de líderes da Câmara convoque sessões extraordinárias para, inclusive, realizar eleições para a presidência. Para a votação ter início é necessária a presença de, pelo menos, 257 deputados.

Maranhão decidiu utilizar o prazo máximo e marcar a eleição para quinta-feira, dia em que está marcado o início do recesso “branco”, quando sessões deliberativas não serão mais convocadas e a presença em plenário não é obrigatória.

No entanto, aliados do presidente em exercício, Michel Temer, queriam maior celeridade na escolha do substituto de Cunha e pressionaram para que a sessão de eleição fosse antecipada para terça.

Comentário

O taxista Valdir Luiz da Silva, de 75 anos, o conhecido ‘Zé Rico’ [pela semelhança que tinha com o famoso cantor] foi morto a facadas na tarde desta quinta-feira (7), no Jardim Universitário, próximo da área de estacionamento da Unigran, em Dourados. Testemunhas viram quando ele correu ensanguentado em direção a uma quitinete localizada na rua Balbina de Matos, pedindo por socorro.

Informações apuradas pela Polícia indicam que o taxista estava conduzindo, pelo menos, dois passageiros, no veículo Voyage com o qual ele trabalhava, quando ocorre o crime. Observadores da região relatam que o motorista de táxi deve ter entrado em luta corporal com o assassino, pelas marcas de sangue do lado de dentro e fora do veículo.

‘Zé Rico’ recebeu golpes de faca no pescoço e no braço, sinais de que tentou se defender dos ataques. A Polícia encontrou uma faca suja de sangue jogada na rua próximo da Unigran. Uma equipe do Samu foi acionada, mas quando chegou na área já encontrou o homem morto.

Valdir era bastante conhecido na cidade. Ele trabalhou como motorista de ambulância na Secretaria municipal de Saúde durante a gestão do ex-prefeito Braz Melo e também tinha bons relacionamentos na comunidade. Atualmente, desempenhava a profissão de taxista no ponto da rua João Rosa Góes com a avenida Marcelino Pires, no centro da cidade.

Comentário

A corte do Vaticano condenou dois oficiais que tiveram envolvimento no vazamento de dados confidenciais para jornalistas italianos, no esquema que ficou conhecido como Vatileaks. Os juízes, no entanto, julgaram não ter jurisdição para condenar os jornalistas Gianluigi Nuzzi e Emiliano Fittipaldi, que publicaram o conteúdo dos documentos.

O julgamento sobre os jornalistas gerou críticas de que o Vaticano estaria indo contra a liberdade de imprensa. Ao ler o veredicto, Giuseppe Dalla Torre, o líder do painel de juízes, afirmou que a corte havia levado em consideração a liberdade de expressão e de imprensa, que são reconhecidas pela lei do Vaticano.

A decisão encerra uma investigação de oito meses que condenou Ángel Vallejo Balda, um padre espanhol, e Francesca Chaouqui, uma consultora de relações públicas, por vazar documentos confidenciais obtidos quando serviam a um painel para aconselhar o papa sobre reformas administrativas e financeiras.

Vallejo foi sentenciado a 18 meses de prisão, enquanto Francesca recebeu uma suspensão de 10 meses e outros cinco anos de liberdade condicional. Nicola Maio, assistente de Vallejo, foi inocentado, segundo divulgou a agência AP (Associated Press).

Comentário

Cerca de 200 pessoas entre estudantes, professores e militantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) de Mato Grosso do Sul, ocuparam a frente da Prefeitura de Sidrolândia, na manhã desta quinta-feira (7), para protestar contra o fechamento da Escola Agrícola do Município, localizada no Assentamento Capão Bonito II e que atende cerca de 70 crianças e adolescentes da região e possui 18 trabalhadores em educação no quadro de funcionários.

Segundo o membro da direção do MST Terra, Jonas Carlos da Conceição, mais conhecido na região como Beto do MST, a manifestação visa chamar a atenção da população para o descaso com a educação pública que está sendo realizado por parte do prefeito Ari Basso (PSDB). “As nossas crianças e adolescentes assentados dependem dessa escola para estudar, o deslocamento para a cidade é complicado e com certeza a unidade escolar, dentro do assentamento, tranquiliza os pais dos alunos. O fechamento foi a gota da água, mas há muito tempo a escola vem sofrendo com o sucateamento e também enfrentamos sérios problemas com o transporte escolar. Nós vamos denunciar todas as injustiças que estão sendo cometidas e vamos lutar pelo ensino público gratuito e de qualidade, pois defendemos que a educação é e sempre será o caminho da construção de uma sociedade melhor”, afirma.

A alegação da Prefeitura é de que a escola aplica a chamada pedagogia da alternância voltada aos filhos de assentados, projeto que está ameaçado porque a entidade mantenedora (uma organização não governamental) apresentou prestação de contas incompleta que impediu a instituição de ter sua maior fonte de financiamento, os recursos do Fundeb, nos últimos dois anos.

Vereadores membros da Comissão de Educação da Câmara de Dourados receberam na manhã desta quinta-feira (7) os dirigentes do movimento grevista de professores, liderado pelo Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) que foram pedir o apoio do Legislativo para tentar um diálogo e chegar a um acordo com o Executivo sobre o fim da paralisação dos servidores.

No encontro, os líderes do movimento, encabeçados pela presidente do Simted, Gleice Barbosa, apresentaram aos vereadores o atual panorama das conversas e negociações com a Prefeitura de Dourados e voltaram a solicitar a intervenção da Câmara como interlocutora entre os professores e o Executivo.

A greve dos professores vem se esvaziando a cada dia que passa, principalmente com a proximidade do período de férias, previsto para começar a partir de segunda-feira (11) nas escolas da Rede Municipal de Ensino.

Comentário

O ator Guilherme Karan, de 58 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (7) devido a uma doença degenerativa e hereditária chamada Machado-Joseph, que tem como sintomas a falta de coordenação, desequilíbrio do eixo corporal e dificuldade em caminhar. As informações são do jornal Extra.

De acordo com os familiares do ator, ele estava internado há aproximadamente dois anos no Hospital Naval Marcílio Dias, localizado na Zona Norte do Rio de Janeiro. A mãe de Guilherme e dois irmãos também morreram por conta da doença.

Guilherme participou de 14 produções na TV entre novelas e seriados na Globo e na extinta TV Manchete, com papéis marcantes como o mordomo Porfírio em Meu Bem, Meu Mal (1990) e os diversos personagens cômicos da TV Pirata. O ator também atuou em nove filmes e ficou marcado pelo vilão Baixo-Astral no filme Super Xuxa contra o Baixo Astral (1988).

Comentário

O deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ) renunciou nesta quinta-feira (7) à presidência da Câmara. Ele estava afastado do cargo desde 5 de maio por decisão do STF (Supremo Tribunal Federal), que também suspendeu o mandato do parlamentar por tempo indeterminado.

Sob gritos de "fora Cunha" ao chegar ao Salão Verde da Câmara, ele fez o anúncio da decisão em um pronunciamento, no qual ficou com a voz embargada e os olhos marejados ao se referir à família, que, segundo disse, foi alvo de perseguição.

Antes do pronunciamento, Cunha foi à Secretaria Geral da Mesa para entregar a carta de renúncia. Para fazer o pronunciamento, fez uma comunicação prévia ao STF que iria à Câmara, já que o ministro Teori Zavascki impôs a ele essa condição.

Ao se pronunciar, Eduardo Cunha fez a leitura da carta entregue à Câmara (leia abaixo), dirigida ao presidente interino da Casa, o vice-presidente Waldir Maranhão (PP-MA).
"Estou pagando um alto preço por ter dado início ao impeachment. Não tenho dúvidas, inclusive, de que a principal causa do meu afastamento reside na condução desse processo de impeachment da presidente afastada.

Tanto é que meu pedido de afastamento foi protocolado pelo PGR [procurador-geral da República] em 16 de dezembro, logo após a minha decisão de abertura do processo", justificou, em referência ao processo de impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff, que se iniciou na Câmara sob a gestão dele.

carta cunha1

carta cunha2

Comentário

A juíza Célia Regina Vidotti, da Vara de Ação Civil Pública de Mato Grosso, mandou bloquear R$ 28,5 milhões da empreiteira Mendes Júnior, responsável pela construção da Arena Pantanal, em Cuiabá, até que as obras sejam retomadas e concluídas.

A arena, que tem aproximadamente dois anos de uso [foi construída para a Copa do Mundo do Brasil em 2014], precisa passar por reformas nas partes elétrica e hidráulica, além de troca de forros, pisos, entre outras pendências tanto na área interna quanto externa. A magistrada determinou ainda que o Estado interdite o local imediatamente. A construção já custou cerca de R$ 700 milhões.

A decisão é do dia 1º de julho, não é definitiva e atende parcialmente ao pedido feito pelo governo de Mato Grosso e do Ministério Público. A Mendes Júnior não se manifestou a respeito. Porém, no processo, alega que os problemas encontrados na Arena Pantanal seriam decorrentes de má conservação, uso inadequado e falta de manutenção.

O Estado disse que vai pedir à Justiça que a interdição do estádio possa ser feita de forma parcial. Para sábado (9), por exemplo, está programada para ser realizada na Arena Pantanal a partida de abertura do Campeonato Brasileiro de Futebol Americano, como informa o portal G1.

Comentário

Após acusar Joelma de ter queimado 200 pares de sapatos e sumido com instrumentos dele, Ximbinha decidiu falar sobre o assunto. O guitarrista descobriu no fim de semana que calçados e roupas foram incinerados na churrasqueira da casa em Alphaville, que ainda é dividida com a ex.

“Meu produtor em São Paulo me informou que uma pessoa iria intermediar o aluguel da minha casa. Ele foi até lá para ver como a casa estava antes de mostrar o local para os interessados. Chegando lá, encontrou os cases dos instrumentos abertos e o resto das cinzas dos sapatos e roupas na churrasqueira”, descreve Ximbinha.

O músico ainda não decidiu se vai registrar um boletim de ocorrência contra Joelma. “Estou avaliando com meus advogados. Espero apenas que está situação seja ultrapassada e que cada um viva sua vida pessoal e artística de modo tranquilo e em paz. A questão aqui não é o valor material do ato, mas sim a motivação sem nexo ou lógica”, avalia.

“Sem tempo”

A assessoria de Joelma nega qualquer envolvimento da cantora com o episódio dos sapatos e roupas queimados na casa de Alphaville. “Joelma enviou uma pessoa para retirar seus objetos pessoais da casa e esta pessoa foi acompanhada de um representante de Ximbinha. Joelma está focada em sua carreira e sem tempo ou disposição para se preocupar com os sapatos de Ximbinha”, diz a assessoria: “Peça para ele mostrar as fotos. Até porque o ônus da prova é de quem acusa”,diz ao folhetim Extra.

Comentário

Página 1489 de 1546

Brasileirão - Rodada

Classificação

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus