Timber by EMSIEN-3 LTD
  • futuro
  • Dnews Whats
Redação Douranews

Redação Douranews

Kazuo Kodama, morador no sitio Progresso, em Itaporã, morreu no começo da madrugada desta segunda-feira (19) após capotar a picape Fiat Strada que conduzia pela rodovia MS 156, na rotatória que liga Dourados a Itaporã.

De acordo com o site LigadonaNotícia, o produtor rural de 64 anos perdeu o controle do veículo, passou por cima da rotatória, bateu contra um poste de energia e capotou. Ele morreu no local.

Corumbá (MS) Domingo (18/04) - Durante Operação Estado Prevenido III, com finalidade de proteger a população local, a guarnição de Rádio Patrulha II, foi acionada pelo CIOPS, para atender uma denúncia anônima que na Rua José Maciel de Barros, estaria escondida no matagal, uma motocicleta de cor preta.

A equipe deslocou até o local e constatou a veracidade da denúncia. Diante do fato, a motocicleta foi encaminhada para a Primeira Delegacia de Polícia Civil para providências.

Comentário

Coxim (MS): A Polícia Militar apreendeu um revólver na tarde do dia (17/04), e prendeu um homem de 47 anos por posse irregular de arma de fogo em Rio Verde de MT/MS.

A Guarnição de Serviço foi acionada por uma comunicante na Rua Tiradentes no Bairro Vila Nova informando que estaria de posse do revólver do seu ex-marido. Imediatamente os militares foram ao local e apreenderam a arma.

Os policiais deslocaram até casa onde o suspeito estaria e conseguiram encontrá-lo. Ele acabou confessando ser proprietário da arma de fogo.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão ao autor sendo encaminhado para a delegacia juntamente com a arma apreendida para as demais providências.

Assessoria de Comunicação Social-5º BPM

Comentário

Campo Grande (MS) – Uma empresa de pulverização aérea de agrotóxicos foi autuada pela Polícia Militar Ambiental de Naviraí em R$ 50.000,00 por disposição e uso de forma inadequada de várias embalagens e agrotóxicos e ainda sem a licença para operar no estado. A PMA localizou a infração, quando realizava fiscalização em uma fazenda no município, a aproximadamente 30 km da cidade ontem (18) e deparou com os produtos perigosos dispostos irregularmente, oferecendo riscos de contaminação ambiental, animal e humana, na propriedade que prestava serviço.

A equipe encontrou um avião que estava desenvolvendo a atividade de pulverização aérea de agrotóxicos, em um cultivo de milho e verificou no local, que os produtos perigosos, utilizados na pulverização aérea, estavam sendo manuseados em desacordo com as normas vigentes. As misturas de agrotóxicos com água e com os adjuvantes agrícolas, estavam sendo realizadas em uma área inadequada. O local não possuía abrigo e o piso não era impermeável o que, inclusive, permitiu a contaminação do solo. Além disso, as embalagens de agrotóxicos, tanto as que continham o produto perigoso, quanto as vazias, também estavam acondicionadas em desacordo com as recomendações do fabricante (bula) e a legislação.

Bomba para abastecimento do agrotóxico com derramamento e contaminação do solo.

Além disso, a empresa não possuía a licença de operação para realizar a pulverização. O responsável apresentou apenas o protocolo de um Comunicado de Atividade Genérico, junto ao Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul, referente a atividade de Estabelecimento Comercial de Insumos Agropecuários.

Com relação ao estabelecimento no Estado, foi informado que a empresa utiliza como ponto de apoio uma pista de pouso em uma propriedade rural no município de Caarapó. Os Policiais foram ao local e também não encontraram os equipamentos necessários e previstos nas normas, para o desenvolvimento seguro da atividade de aviação agrícola. Em especial, o pátio de descontaminação, hangar, local com piso adequado para a realização da mistura tanque e ainda para o reabastecimento.

Pista de pouso da aeronave sem estrutura para trabalho com produtos perigosos.

O Avião foi apreendido e a PMA notificou o responsável pela empresa a dar a destinação adequada às embalagens e aos produtos perigosos. Os responsáveis pela empresa também poderão responder por crime ambiental, previsto pela Lei de Crimes Ambientais.  A pena é de um a quatro anos de reclusão.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS - (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Comentário

A vacinação contra a Covid-19 continua nesta semana em Dourados, conforme cronograma elaborado pela Sems (Secretaria municipal de Saúde), dentro da campanha Dourados Vacina. Os idosos com 61 anos ou mais devem tomar o imunizante nas unidades de saúde.

Esse grupo e mais as pessoas com 56 anos ou mais com doenças imunossupressoras, oncológicos com doença ativa em tratamento, transplantados de órgão sólido ou de medula óssea e renais crônicos, pneumopatias crônicas graves, portadores de doenças cardiovasculares crônicas que tenham sido submetidos a procedimentos operatórios; doença cérebro vascular, obesidade mórbida e cirrose hepática, devem procurar as unidades definidas pela programação.

E, as pessoas com 18 anos ou mais que tenham síndrome de down, anemia falciforme, coagulopatias hereditárias, pessoas com deficiências permanentes que apresentem limitação motora ou incapacidade, incapacidade de ouvir e enxergar e deficiência intelectual permanente que limite as suas atividades habituais, também estão sendo contempladas.

Unidades vacinadoras

A imunização contra a Covid-19 ocorre em nove unidades: Altos do Indaiá, Ouro Verde, Parque das Nações I, Quarto Plano, Vila Rosa, Idelfonso Pedroso, CSU, Parque do Lago II e Vila Vieira.

Trabalhadores da saúde com 54 anos ou mais que não manipulam fluídos e secreções de pessoas contaminadas ou suspeitas, e trabalhadores da saúde com 36 anos ou mais que manipulam fluídos e secreções de pessoas contaminadas devem ligar na Central de Agendamento para marcar a aplicação das doses no CCI Andres Chamorro (Centro de Convivência do Idoso). Os números são: (67) 9.8468 – 8399 / 8098 / 8259 / 9023.

Profissionais da saúde contemplados

Grupo de 54 anos ou mais: médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares), agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, profissionais da vigilância em saúde e os trabalhadores de apoio (exemplos: recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, gestores e outros). Inclui-se, ainda, aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares (exemplos: programas ou serviços de atendimento domiciliar, cuidadores de idosos, doulas/parteiras), funcionários do sistema funerário, Instituto Médico Legal (lML) e Serviço de Verificação de Óbito (SVO) que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados e; acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios. Os trabalhadores que atuam nos estabelecimentos de serviços de interesse à saúde das instituições de longa permanência para idosos (ILPI), casas de apoio e cemitérios serão contemplados no grupo trabalhadores da saúde e a recomendação é que também sejam vacinados”.

Grupo de 36 anos ou mais: dentistas, biomédicos, bioquímicos e seus respectivos auxiliares. É necessário apresentação de identidade profissional e declaração do estabelecimento de saúde, comprovando exposição e possibilidade de contaminação devido atividade laboral. (Da assessoria)

Comentário

A Guarda Municipal de Dourados fechou no início da noite deste domingo (18) uma festa clandestina com a presença de mais de 40 pessoas. Eram 11 adolescentes entre 12 e 17 anos e 32 adultos. Ainda foram encontradas no local muita bebida alcóolica, maconha e equipamentos para o uso de narguilé, conforme o boletim da Guarda.

Acionados pelos telefones 153 e 199, por volta das 18 horas, os guardas foram informados de uma festa clandestina que ocorria na Sitioca Campo Belo, com a presença de vários menores ingerindo bebida alcóolica, usando narguilés e som alto, perturbando os vizinhos.

Várias equipes da GMD se deslocaram até o local e flagraram a “festinha da Covid” em andamento numa área de lazer, com a presença de 43 pessoas, aglomeradas e descumprindo as medidas sanitárias como forma de prevenção à pandemia da Covid-19. 11 eram adolescentes. Uma jovem de 17 se declarou como organizadora da festa, pois estava comemorando seu aniversário e outro adolescente de 15 anos disse ser o proprietário do local. Os dois negaram aos GMs que haviam bebidas alcóolicas no recinto.

No entanto, durante vistorias as equipes da Guarda Municipal localizaram vasta quantidade de bebida alcóolica, sendo 14 garrafas de vodca, duas garrafas de Gin, três garrafas de Cachaça, um litro de uísque, uma garrafa de amarula e ainda cinco aparelhos de narguilé. Também durante os procedimentos, na mochila de um adolescente de 16 anos foram encontradas 90 gramas de maconha, já com um jovem de 25 anos foram encontrados mais quatro gramas do entorpecente.

As equipes do Conselho Tutelar e da Fiscalização do Juízo foram acionadas para os demais procedimentos. Foram presos a mãe da adolescente que organizava a festa, que também estava no local com seus outros dois filhos de 12 e 15 anos e ainda a mãe do adolescente que se apresentou como proprietário do local. Os menores organizadores e quem estava portando as drogas também foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil, juntamente com a aparelhagem de som apreendida e as bebidas alcoólicas.

Comentário

Policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) recuperaram, na manhã deste domingo (18) um veículo VW Fox, de cor prata, carregado com 158 quilos de maconha e com registro de Roubo/Furto.

A ação ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, durante um bloqueio policial para fiscalização na rodovia MS-164, região de Ponta Porã.

Os militares deram ordem de parada ao condutor do Fox, um homem de 27 anos de idade, que disse ter saído de Ponta Porã com a droga e teria como destino a Dourados. Durante a checagem dos agregados do veículo (numeração de chassi e motor) localizou-se um registro de Roubo/Furto ocorrido na cidade de Itaquiraí.

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Civil de Ponta Porã, onde o homem permaneceu à disposição da Polícia Judiciária.

O DOF mantém um canal aberto direto com o cidadão para tirar dúvidas, receber reclamações e denúncias anônimas, através do telefone 0800 647-6300. Não precisa se identificar e, a ligação, será mantida em absoluto sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana. - SeComSoc DOF/Sejusp



Comentário

A guarnição do GETAM foi acionada pelo CIOPS para deslocar até a rua Porto Carreio para atender um acidente de trânsito por volta das 18h40, no local em contato com uma das equipes do Corpo de Bombeiros relatou que a vítima do acidente já havia sido socorrida por outra equipe e encaminhada ao pronto socorro, permanecendo no local do acidente apenas a bicicleta e a mochila da vítima.

Conforme relato do outro envolvido no acidente de trânsito, condutor do veículo carro, ele vinha pela Rua Porto Carreiro sentido oeste/leste quando em dado momento a outra parte que vinha de bicicleta pela calçada saiu de trás de um carrinho de açaí e foi atravessar a rua, e neste momento houve o atropelamento e que o mesmo permaneceu no local prestando apoio a vítima.

No momento em que a equipe policial foi verificar a mochila da vítima do acidente foi encontrada uma arma calibre .38 com seis munições intactas, que então a guarnição policial deslocou até o pronto socorro para verificar o estado de saúde da vítima e a procedência da arma de fogo.

A equipe foi informada pela equipe médica que ele apresentava escoriações nos pés e um corte na cabeça e ele relatou a equipe policial que estava portando a arma de fogo pois trabalha como segurança.

Diante dos fatos, o condutor do veículo foi encaminhado para a Primeira Delegacia de Polícia Civil para providências. E a vítima permaneceu sobe escolta policial para posteriormente ser encaminhado para Primeira Delegacia de Polícia Civil.

Comentário

Aquidauana (MS) – Em diferentes ocorrências, Polícia Militar localiza dois autores de furtos, um em Aquidauana e outro em Miranda.

Em Aquidauana, às 03h da madrugada do dia 18/04, domingo, a Rádio Patrulha realizava o policiamento ostensivo e preventivo pelo bairro Nova Aquidauana quando foi abordada por uma adolescente de 12 anos. Ela relatou aos policiais que deu falta do aparelho após alguns convidados terem ido embora e que mais tarde ouviu um barulho na área externa da casa e ao verificar surpreendeu uma pessoa revirando objetos numa pia em busca de algo. Os militares foram até o local e encontraram um homem de 30 anos escondido em uma árvore com o celular.

Em Miranda, à 01h da madrugada do dia 19/04, segunda, a Rádio Patrulha foi empenhada para atender uma ocorrência de furto em uma loja de roupas na região central da cidade. Lá os militares verificaram que a conduta do agente infrator foi de desencaixar a porta de vidro, subtrair alguns objetos e se evadir do local. O circuito interno de câmeras de segurança filmou com precisão a ação do autor e logo foi reconhecido pela equipe, pois se tratava de um homem de 39 anos que possui diversos envolvimentos com furto. Os policiais iniciaram diligências para encontrar o autor e receberam um chamado de um policial de folga residente da cidade informando que havia o encontrado. Diante do novo cenário, os militares seguiram ao local designado e abordaram o autor do furto. Ele informou onde escondeu os objetos e levou os policiais até lá.

Diante do fato narrado, os autores foram presos e encaminhados às respectivas Delegacias de Polícia Civil para as devidas providências.

(Assessoria de comunicação Social do 7º Batalhão PM).

Comentário

O Governo do Estado institui nesta segunda-feira (19) o Plano Estadual de Manejo Integrado do Fogo (PEMIF), em Mato Grosso do Sul e estabelece instrumentos, diretrizes e regulamentos que visam auxiliar o trabalho de orientação, prevenção e combate aos incêndios florestais. O Decreto de instituição, publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda é assinado pelo governador Reinaldo Azambuja e o secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

“O Plano Estadual de Manejo Integrado de Fogo é uma ação estratégica de prevenção a eventos extremos como os que tivemos ao longo de 2020, especialmente na região do Pantanal. Ele foi elaborado pela Semagro, com a colaboração do Comitê Interinstitucional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais. Com o PEMIF, temos novos instrumentos para a prevenção e combate aos incêndios florestais em Mato Grosso do Sul. Isso se soma aos R$ 56 milhões autorizados pelo governador Reinaldo Azambuja para investimentos em equipamentos e infraestrutura”, comenta o secretário Jaime Verruck.

Conforme o decreto, o PEMIF reconhece o uso do fogo como parte de processos ecológicos e de práticas dos povos indígenas e das comunidades tradicionais e em decorrência de atividades agropastoris para redução de biomassa disponível, devendo integrar-se às demais políticas ambientais visando à redução da incidência de incêndios florestais. “Estabelecemos um regramento que permite o manejo integrado do fogo mediante a apresentação de um Plano específico, que será submetido à análise do Imasul. Se ele for aprovado pelo órgão ambiental, poderá ser executado com o acompanhamento do Corpo de Bombeiros”, diz o titular da Semagro.

O superintendente de Meio Ambiente e Turismo da Semagro, Pedro Mendes Neto, lembra que a instituição do Decreto de Manejo Integrado do Fogo “surge da urgência em termos organizados os detalhamentos para a fase de prevenção aos grandes ‘incêndios florestais’ (termo que engloba os incêndios de qualquer tipo de vegetação na área rural), bem como, a sistematização mínima da atuação das estruturas Públicas e Privadas para a fase de combate aos incêndios”.

A elaboração do texto, além de receber as contribuições das entidades que integram o Comitê Interinstitucional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais, também utilizou como roteiro o Projeto de Lei 11.276/18, em tramitação na Câmara dos Deputados, que visa instituir a Política Nacional de Manejo Integrado do Fogo.

“O projeto de lei federal que usamos como guia foi objeto de ampla consulta aos órgãos estaduais de meio ambiente e às corporações de Bombeiros Militares onde foram apresentados os resultados de trabalhos de campo com experimentação científica em Unidades de Conservação Federais localizadas no Cerrado e na Caatinga, validando as propostas de uso do fogo de forma controlada e prescrita e em épocas adequadas, visando a diminuição da disponibilidade de biomassa”, reforça Pedro Mendes.

Experiências do Manejo Integrado do Fogo em MS

O ecólogo e Analista Ambiental do Ibama em Mato Grosso do Sul, Alexandre de Matos Martins Pereira, comenta a experiência das brigadas do Prevfogo com o Manejo Integrado do Fogo na Terra Indígena Kadiwéu (área de 539 mil hectares na qual vivem cerca de 1,6 mil indígenas). No local, a adoção desse instrumento nos últimos anos tem apresentado resultados significativos no que se refere à redução de impactos ambientais e econômicos provocados por incêndios florestais.

“Em 2012 começamos a utilizar o Manejo Integrado do Fogo na Terra Indígena Kadiwéu, notando e percebendo o aspecto mais global da questão do fogo. Começamos a considerar a necessidade cultural e econômica do uso do fogo pelos indígenas e em relação às tradições, assim como o conhecimento tradicional do uso do fogo de entendimento do ambiente para usar e manejar o seu território. Aliada à nossa capacidade técnica de interpretação do ambiente, juntamos esses conhecimentos para manejar com o fogo”, informa.

De acordo com Alexandre, com o Manejo Integrado do Fogo “é possível incentivar e promover o uso do fogo nas épocas mais adequadas, com objetivos específicos para a produção econômica e levando em consideração as questões culturais e sociais. Temos resultados bastante expressivos e significativos de que ele funciona. Em 2020, que foi um ano preocupante em relação às condições climáticas e aos incêndios, o território queimou cerca de 20% menos do que em 2019”, informou.

Plano de manejo e outros instrumentos

O decreto do PEMIF indica instrumentos para a prevenção e para a fase de combate aos incêndios, como: os planos de manejo integrado do fogo; o programa estadual de brigadas de incêndios; o sistema de comando de incidentes (SCI); a sala de situação de informações sobre fogo; o centro integrado de coordenação estadual (CICOE); o comitê interinstitucional de prevenção e combate aos incêndios florestais; e instrumentos financeiros.

Alguns desses instrumentos já foram utilizados durante os incêndios florestais ocorridos ao longo do ano de 2020 em Mato Grosso do Sul. “Eles foram aplicados sem um roteiro ou regulamento, como foi o caso da Sala de Situação de Informações e do Centro Integrado de Coordenação, que foram sendo instalados quase que de forma empírica, tendo na Semagro a centralização dos esforços e da comunicação interinstitucional. Agora, com o PEMIF, esses instrumentos passam a ser permanentes, favorecendo a tomada de decisões”, diz Pedro Mendes.

De acordo com o secretário Jaime Verruck, “o Plano de Manejo integrado do Fogo é a grande ferramenta e a principal inovação que o decreto traz para o Mato Grosso do Sul. O próximo passo será disseminá-lo entre produtores rurais e outros agentes do setor público e privado. Esse novo instrumento vai auxiliar de forma fundamental no trabalho de prevenção aos incêndios florestais. O decreto define prazo para as análises no Imasul, dando celeridade nas respostas aos pedidos de emissão e Autorizações Ambientais para uso do fogo de forma controlada ou prescrita”.

O decreto também estabelece rotinas mínimas para a composição de Brigadas de Incêndio, a forma de seu treinamento e suas competências, inclusive com a formação de brigadas estaduais que atuarão em tempo integral nas Unidades de Conservação Estaduais administradas pelo Imasul.

Marcelo Armôa, Semagro/Imasul

Comentário

Página 21 de 2049

Brasileirão - Rodada

Classificação

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

google-site-verification=JCBZiaUdGxZgtTnDymeR8S6dTexoochsEftWECURSIQ