Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Acadêmicos e professores do Grupo de Pesquisa Científica de Agronomia da Unigran estão comemorando mais uma importante conquista: a publicação de um dos projetos em uma das maiores revistas científicas nacionais. A qualidade e relevância do trabalho intitulado ‘Influência do adjuvante Atumus na aplicação de herbicidas’ é o sexto capítulo da revista ‘A transformação da Agronomia e o perfil do novo profissional’, da Atenas Editora, de Ponta Grossa/PR.

Wesley Souza Prado, professor fundador do grupo, explicou que a iniciativa surgiu para aproximar o acadêmico da pesquisa científica. “Criamos o grupo há dois anos com o objetivo de apoiar os alunos que querem atuar no campo da pesquisa e tenham interesse na pós-graduação, seja especialização, um programa de mestrado ou de doutorado. Nele, fomentamos a elaboração de ideias e projetos inovadores, bem como suas execuções em campo ou laboratório. Atualmente, o grupo conta com a participação de alunos desde o primeiro ao último semestre dos cursos de Agronomia e Tecnologia em Produção Agrícola”, disse.

A pesquisa publicada foi a primeira executada em campo e contou com a parceria de uma empresa privada, que atua no ramo de adjuvantes agrícolas. O trabalho consistiu na testagem de um dos produtos comercializados que, após ter os resultados colhidos, foram apresentados cientificamente.

“Foi muito gratificante recebermos o convite da Atenas Editora para esta publicação. Temos a certeza de que esse foi o primeiro de muitos outros trabalhos, pois em todas as safras nós desenvolvemos pesquisas, seja no campo, laboratório ou casas de vegetação, quando aplicamos experimentos aos nossos alunos e os orientamos quanto a todo o planejamento e execução, para então colher os resultados e escrever trabalhos para os eventos científicos da nossa área”, complementou Prado.

O grupo possui parcerias firmadas com diversas empresas, que geralmente trazem demandas e, a partir delas, a equipe inicia as atividades, testando produtos, sementes ou adubos.

Para a aluna do 7º semestre, Tatiane do Vale Matos, participar do grupo de pesquisa contribui significativamente para a atuação profissional. “Junto com nossos professores, nós desenvolvemos importantes projetos que possibilitam fazer o manejo de novas tecnologias e isso é muito importante, considerando que a nossa área está em constante atualização, sempre apresentando novos produtos e métodos. Além da experiência e do contato com o mercado de trabalho, as pesquisas complementam a nossa formação, colocam em prática o conhecimento teórico e mostra a qualidade do ensino oferecido pela Unigran, por meio do corpo docente e das atividades de extensão do nosso curso, além de contribuir com a comunidade, disponibilizando os conhecimentos produzidos na academia”, apontou.

Compõem o corpo de autores do trabalho os professores Mateus Luiz Secretti, coordenador do curso de Agronomia, Cácia Leila Tigre Pereira Viana, coordenadora do curso de Tecnologia em Produção Agrícola e Wesley Souza Prado, coordenador do grupo de pesquisa, além dos alunos Andrei Araújo Andrade, Fabricio da Silva Santos, Ledenilson Izaias da Silva, Samuel Almeida da Silva Filho e Tatiane do Vale Matos.

Segundo o coordenador do grupo, uma das próximas atividades será a realização de palestras em escolas técnicas, empresas e para produtores rurais, sobre os projetos desenvolvidos pelos estudantes, que possuem grande contribuição para a área. A publicação está disponível no link https://www.atenaeditora.com.br/post-artigo/34581.

Sobre a Atenas Editora

A Atenas Editora publica report de pós-doutorado, teses, dissertações, monografias, trabalhos de conclusão de curso, artigos científicos, anais de congressos, simpósios e encontros de pesquisa, proceedings de eventos, textos independentes e preprints, em todas as áreas do conhecimento. A revista já editou e publicou mais de 1.400 livros e 27.000 mil artigos chancelados pelo conselho editorial, garantindo o Qualis Livro e também viabilizando o crescimento acadêmico e curricular dos autores pesquisadores.

Comentário

O professor Paulo Henrique Hoeckel, do curso de Ciências Econômicas da Face, está participando do evento internacional Lindau Nobel Laureate Meetings’ Online Sciences Days 2020, que encerra nesta quarta-feira (1), em Lindau, na Alemanha. Este é um dos mais renomados eventos da comunidade científica internacional, e ocorre todos os anos, e que, devido à pandemia da Covid-19, foi transformado em reuniões on-line.

Os Encontros de Lindau acontecem anualmente, reunindo cerca de 40 ganhadores do Nobel com aproximadamente 600 estudantes de graduação, doutorandos e pesquisadores pós-doutores de todo o mundo. O foco da programação é promover o diálogo, com sessões projetadas para que premiados pesquisadores e jovens cientistas compartilhem conhecimentos, ideias e experiências. Assim, a iniciativa promove o intercâmbio entre cientistas de diferentes gerações, culturas e disciplinas.

A cada ano, o evento se concentra em uma das três disciplinas do prêmio Nobel dentro das ciências naturais: física, química, e fisiologia e medicina. A cada cinco anos ocorre uma reunião interdisciplinar, com pesquisadores dessas três áreas. Além disso, a cada três anos é realizado o Encontro Lindau de Ciências Econômicas.

O professor Paulo Henrique Hoeckel foi selecionado para participar neste ano como Lindau Alumni, pois participou do 6th Lindau Meeting on Economic Sciences, em 2017. Na ocasião, o docente da UFGD esteve na Alemanha junto a 17 Prêmios Nobel de Economia e mais 350 jovens economistas de 66 países.

Os “Encontros Lindau com Prêmios Nobel” foram iniciados em 1951, como uma iniciativa europeia de reconciliação entre os cientistas no pós-guerra. Em quase 70 anos de tradição, os encontros de Lindau se tornaram um dos mais reconhecidos fóruns internacionais de intercâmbio científico.

Comentário

A Secretaria municipal de Saúde está convocando candidatos classificados em processo seletivo simplificado (conforme o edital 002/2019), de acordo com o resultado final homologado no Diário Oficial. Esses candidatos devem se apresentar, nesta quinta-feira (2), pela manhã, no Departamento de Atenção Primária da Secretaria, à Rua Coronel Ponciano, 900.

Os convocados, no total de dez, devem se apresentar munidos de documento de identificação com foto, documento CPF (Cadastro de Pessoa Física), documento de comprovação de escolaridade e comprovante de residência (originais e cópias).

Foram convocados os seguintes candidatos ao cargo de Auxiliar de Serviços de Manutenção e Apoio, com carga horária de 40 horas: Ana Maria Ramos de Oliveira, Maria Lucia Jesus de Oliveira, Rosana da Silva Lima, Juliana Verão de Carvalho Souza, Valkiria Dias de Oliveira, Ricardo Augusto da Silva, Dileide Ferreira Camilo, Maria Aparecida da Silva Nogueira, Vanesa Rodeline Ribeiro Coquetti e Jaqueline Sotolani de Paula.

Comentário

O médico Miguel Yomeda, de 74 anos, residente em Ponta Porã, que faz fronteira com Pedro Juan Caballero, no Paraguai, é o 85° óbito de coronavírus em Mato Grosso do Sul e o primeiro do mês de julho. A morte deve ser confirmada ainda nesta quarta-feira (1) no Boletim Epidemiológico que será divulgado pela Secretaria estadual de Saúde.

Ele estava internado há alguns dias na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do HU (Hospital Universitário) e faleceu às 3 horas da madrugada desta quarta-feira. Yomeda era morador na fronteira, mas também tinha residência em Dourados, onde atuava como plantonista no Hospital da Vida, administrada pela Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde de Dourados).

Na noite desta terça-feira (30) foi registrada a 84ª morte no Estado e a 24ª em Dourados, contando com o caso do caminhoneiro que adquiriu a doença no município mas morreu em viagem ao interior de Tocantins. Ela foi identificada como Fernanda Soares, uma idosa de 70 anos, residente em Dourados, que tinha um histórico de diabetes e hipertensão arterial, de acordo com informações de uma sobrinha da vítima, conforme reproduz o site LigadonaNotícia.

De acordo com o último boletim do Estado, até o final da tarde desta terça-feira havia 7.965 pessoas contaminadas com o coronavírus, incluindo os 289 casos novos confirmados, dos quais 49 ocorrências em Dourados.

Comentário

A Secretaria estadual de Saúde registrou mais sete óbitos por coronavírus em Mato Grosso do Sul nesta terça-feira (30) e agora o Estado contabiliza 83 vítimas da doença.

A 77ª vítima é uma mulher, de 51 anos, moradora de Itaquiraí, técnica de enfermagem e portadora de cardiopatia, hipertensão e obesidade. O início dos sintomas foi em 8 de junho e o diagnóstico positivo para Covid-19 em 17 de junho. Ela foi transferida para o Hospital Universitário da UFGD e faleceu na noite de segunda-feira (29) em Dourados.

A 78ª vítima é um homem de 80 anos, morador de rua em Dourados, sem histórico de comorbidades. O início dos sintomas foi em 21 de junho. Ele estava internado no Hospital Evangélico com diagnóstico positivo datado de 24 de junho. O homem morreu na madrugada desta terça-feira.

A 79ª vítima é um homem de 92 anos, residente de Itaquiraí. Ele tinha debilitação motora e estava internado no Hospital São Francisco da cidade desde sábado (27) passado, mesmo dia em que morreu, mas o diagnóstico positivo para Covid-19 veio somente nesta terça-feira.

A 80ª vítima é uma mulher de 44 anos, residente de Fátima do Sul, assintomática e em investigação oncológica. Ela foi internada no sábado (27) no Hospital da SIAS daquela cidade. Com agravamento do quadro clínico, morreu domingo (28), e o diagnóstico positivo para Covid-19 ocorreu também nesta terça-feira.

A 81ª vítima é uma mulher de 64 anos, moradora de Amambai, que sofria de hipertensão. Ela teve os primeiros sintomas no dia 24 passado. Morava sozinha e se recusava a ficar hospitalizada, conforme a Secretaria de Saúde do Estado. Foi internada sábado e morreu doingo, mas o diagnóstico positivo para Covid-19 também é deste dia 30.

A 82ª vítima, uma mulher, de 80 anos, residente de Corumbá, era portadora de Hipertensão Arterial e doença de Parkinson e estava internada na UTI da Santa Casa da cidade. Morreu na noite de segunda-feira (29), mas o diagnóstico positivo para Covid-19 veio nesta terça-feira.

A 83ª vítima era uma mulher de 65 anos, moradora de Campo Grande, que tinha histórico de doença pulmonar crônica obstrutiva (DPCO). A paciente estava internada no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul. Ela também morreu segunda-feira após diagnóstico positivo para Covid-19 por teste rápido.

Com mais esses casos, Mato Grosso do Sul registra 8 óbitos em Campo Grande, 5 em Três Lagoas, 2 em Batayporã, 2 em Paranaíba, 2 em Vicentina, sendo que um faleceu no Estado de São Paulo, 23 em Dourados, sendo 1 douradense que morreu em Tocantins, 2 óbitos de Brasilândia, 4 em Itaporã, 1 em Iguatemi, 2 em Rio Brilhante, 1 em Sidrolândia, 4 em Ponta Porã, 10 em Corumbá, 1 em Douradina, 1 em Deodápolis, 1 em Anastácio, 3 em Itaquiraí, 2 em Guia Lopes da Laguna, 1 em Glória de Dourados, 1 em Naviraí , 3 em Fátima do Sul, 2 em Amambai e 1 em Nova Andradina, conforme o mapa da Secretaria de Saúde.

Comentário

Edição do Diário Oficial da União de segunda-feira (29) torna obrigatória a cobertura, por parte dos planos de saúde, para testes para confirmação de infecção pelo novo coronavírus. A medida altera a resolução normativa - RN 458, de 7 de novembro de 2017, que dispõe sobre o Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde no âmbito da Saúde Suplementar.

Com isso, regulamenta a cobertura obrigatória e a utilização de testes sorológicos para a infecção pelo Coronavírus (Covid-19), em cumprimento a determinação judicial proferida nos autos da Ação Civil Pública 0810140-15.2020.4.05.8300.

De acordo com a ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), os pacientes que apresentarem (ou tenham apresentado) quadros com síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave, serão submetidos aos testes rápidos (exame sorológico), e terão total cobertura obrigatória dos planos de saúde.

Comentário

O deputado Barbosinha (DEM-MS) apresentou na sessão remota de quarta-feira (24) passada, na Assembleia Legislativa, indicação ao Governo do Estado solicitando que seja mantida a prorrogação da isenção do pagamento das contas de água dos beneficiários da tarifa social, bem como, a suspensão da interrupção dos serviços de fornecimento de água em todas as unidades consumidoras da Sanesul nos 68 municípios atendidos pela empresa.

O parlamentar propõe que o prazo seja estendido até 31 de dezembro de 2020, data que coincide com o fim do estado de calamidade pública decretado pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio do Decreto Legislativo 620.

Barbosinha voltou a cobrar essa manutenção durante a sessão desta terça-feira (30), ao lembrar que, em março, o Governo do Estado anunciou a suspensão por 90 dias da obrigatoriedade no pagamento das contas de água dessas famílias e suspendeu o corte do fornecimento dos serviços pelo mesmo período.

“Esse prazo de 90 dias venceu na última semana e solicitei a prorrogação até 31 de dezembro, tendo em vista que durante este período a crise financeira instalada no Brasil agravou-se ainda mais e as famílias estão com seus recursos comprometidos. As pessoas têm passado um tempo maior reclusas em suas residências, o que aumenta o consumo de água e por outro lado a renda familiar está drasticamente comprometida, sendo necessário, neste momento, que as pessoas invistam os poucos recursos disponíveis na subsistência dos seus entes queridos, com gastos prioritários em alimentos e remédios”, defendeu o deputado lembrando que em Mato Grosso do Sul aproximadamente 50 mil pessoas são beneficiadas pela tarifa social da Sanesul.

De acordo com as recomendações de cuidado expedidas pelo Governo do Estado e pelo Ministério da Saúde, a boa alimentação, hidratação e cuidado com a higiene são essenciais para proteção do cidadãos e combate ao coronavírus.

“No entanto, caso as pessoas tenham o seu serviço de abastecimento de água interrompido será impossível manter as recomendações e a higiene pessoal. Essa é a medida mais eficaz comprovada até o momento e a água é imprescindível para a higienização das mãos, sendo a maior aliada no combate ao vírus”, salientou Barbosinha.

Caso seja autorizada a retomada dos cortes no fornecimento de água, as pessoas ficarão vulneráveis à contaminação, não conseguindo manter condições mínimas de higiene e cuidados pessoais, na avaliação do deputado. (Da assessoria)

Comentário

Os jornalistas da cidade de Dourados que estejam interessados em fazer o teste rápido da Covid-19 precisam preencher os dados do formulário eletrônico criado pelo Sinjorgran (Sindicato dos Jornalistas Profissionais na Região da Grande Dourados) para participarem da triagem. As informações serão enviadas ao Corpo de Bombeiros.

O formulário pode ser respondido até às 12 horas desta quarta-feira (1), por meio do endereço https://forms.gle/MaXJd7baKumHH7gS8. O objetivo é alcançar primeiramente os profissionais do grupo de risco, com comorbidades e que estejam em trabalho externo e nas redações. O agendamento será informado diretamente ao jornalista por e-mail ou telefone.

Dourados, segundo a Secretaria estadual de Saúde, é o epicentro da doença em Mato Grosso do Sul e os jornalistas estão na linha de frente do combate a pandemia, sujeitos à contaminação. A demanda pela realização dos testes nos profissionais do município foi realizada na última sexta-feira (26) ao secretário estadual, Geraldo Resende, via e-mail e também por meio da entrega em mãos de um ofício, na manhã de sábado (27), enquanto o secretário estava em agenda na cidade. Com o rápido atendimento da solicitação, os testes poderão ser realizados ainda nesta semana.

CONTATOS:

Telefone: 3422-5540

E-mails: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Blog: https://sinjorgranms.wordpress.com/

Redes sociais: @sinjorgran.dourados

Comentário

O presidente Jair Bolsonaro aceitou nesta terça-feira (30) a carta de demissão de Carlos Alberto Decotelli, nomeado ministro da Educação na semana passada. Ele teve o currículo questionado por universidades estrangeiras e pela Fundação Getulio Vargas, e optou por deixar o cargo para o qual nem chegou a ser empossado.

Decotelli ficou cinco dias no cargo. É o terceiro ministro da Educação de Bolsonaro em 1 ano e meio de governo. O secretário-executivo do MEC, Antonio Vogel, também foi à sede do Executivo, mas negou que estivesse indo falar com o presidente. O governo não anunciou ainda o subsituto de Decotelli.

Comentário

A Guarda Municipal de Dourados divulgou balanço de operações realizadas no período de 23 a 28 deste mês, a partir de denúncias e do esquema de contenção adotado no enfrentamento da pandemia do coronavírus na cidade. 6.763 denúncias foram recebidas através dos telefones 199 e 153; desse total, 2.696 especificamente sobre a Covid-19.

No mesmo período, a Sala Rádio da GMD realizou 945 orientações à população sobre as questões da pandemia. As pessoas ligam para sanaram dúvidas principalmente sobre o comércio, questões de aglomerações, informações de postos de saúde.

2.185 Boletins de Atendimentos foram lavrados, sendo 919 boletins de atendimentos referentes ao coronavirus; e 1.864 atendimentos foram especificamente referentes às questões da pandemia. Os atendimentos emergenciais à população continuam sendo realizados, mesmo fora das questões da pandemia.

Até agora, já foram atendidas 275 ocorrências policiais com o encaminhamento dos presos pelos mais diversos crimes às Delegacias de Polícia.️ 67 pessoas foram presas cometendo outros crimes após o toque de recolher, como resultado das 6.153 Rondas Patrimoniais que foram realizadas.

A Guarda Municipal Ambiental também realizou 595 procedimentos referentes às denúncias ambientais durante a pandemia. 324 estabelecimentos comerciais que estavam irregulares, com o registro de aglomerações de pessoas ou descumprindo o toque de recolher, foram autuados. Outras 89 fiscalizações foram feitas em comércios com outras irregularidades, como funcionários sem máscaras, com a falta de álcool 70% ou em gel ou outras irregularidades.

A equipe da Guarda Ambiental também apoiou, em 85 situações durante esse período, na fiscalização de Posturas ao Comércio irregular, principalmente após o início do "Toque de Recolher", entre às 20 horas até às 5 da manhã do dia seguinte️.

109.371 pessoas foram inspecionadas nas barreiras sanitárias das Avenidas Marcelino Pires, Presidente Vargas e Guaicurus, sob segurança da Guarda Municipal. 84.617 veículos passaram por essas barreiras sanitárias, entre às 7 e às 18 horas dos dias de fiscalização nas ruas, conforme o relatório da Diretoria de Operações da GMD.

Comentário

Página 8 de 1686

Brasileirão - Rodada

Classificação

  • disk corona
  • unigran 150
  • Editais
  • Alems respeito

O Tempo Agora

  • mascaras
  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis