Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

Domingo, 20 Outubro 2019 14:44

Douranews é destaque em cerimônia do TRT

O TRT/MS (Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região) realizou, na noite de sexta-feira (18), em cerimônia na Sala de Sessões da Sede do Tribunal, no Parque dos Poderes, em Campo Grande, o ato de imposição de insígnias da Ordem Guaicurus do Mérito Judiciário do Trabalho. A comenda, que representa o reconhecimento da trajetória profissional dos agraciados, pela relevante contribuição aos cidadãos deste Estado, destacou a presença do jornal Douranews, de Dourados, nesse contexto.

Representando o jornal de Dourados, o jornalista Clóvis de Oliveira participou da cerimônia presidida pelo presidente do Conselho da Ordem Grã-Cruz Guaicurus do Mérito Judiciário do Trabalho em Mato Grosso do Sul, desembargador Nicanor de Araújo Lima e recebeu a homenagem, no grau de Comendador, outorgada por indicação do desembargador Francisco das Chagas Lima Filho. “Essa indicação faz jus às suas qualidades pessoais e profissionais, por se destacar, de maneira significativa, na prestação de serviços à sociedade em geral, e, em especial, ao Judiciário Trabalhista do Estado de Mato Grosso do Sul”, disse o desembargador ao distinguir o jornalista.

A denominação da comenda homenageia os Índios Guaicurus, conhecidos como "índios cavaleiros", que se notabilizaram pela participação relevante e decisiva na consolidação da soberania nacional na região onde atualmente encontra-se localizado o Estado de Mato Grosso do Sul.

Conheça os homenageados:

No grau de Grã-Cruz
Brigadeiro do Ar Augusto Cesar Abreu dos Santos, Comandante da Ala 5 da Força Aérea Brasileira em Campo Grande-MS;

No grau de Grande Oficial
Eliney Bezerra Veloso, Desembargadora Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 23ª Região e Coordenadora do Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais do Trabalho;
Margareth Rodrigues Costa, Desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região;
Paulo Corrêa, Presidente da Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul;
Pe Ricardo Carlos, Reitor da Universidade Católica Dom Bosco;
Missão Evangélica Caiuá de Dourados, Pastor Geraldo Silveira Filho.

No grau de Comendador
Alencar Minoru Izumi, Diretor-Geral do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região;
Astrid Rebhein Siqueira, Pedagoga e Empresária;
Clóvis de Oliveira, Jornalista do Douranews;
Idara Negreiros Duncan Rodrigues, Professora e Incentivadora da Arte Sul-Mato-Grossense;
Márcia Lovane Sott, Secretária-Geral do Conselho Superior da Justiça do Trabalho;
Mario Luiz Bezerra Salgueiro, Juiz do Trabalho Substituto do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região;
Roberval Maurício Cardoso Rodrigues, Delegado de Polícia Aposentado;
Walfrido Ferreira de Azambuja Júnior, Advogado;

No grau de Oficial
André Doreto Rodrigues, Servidor do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região;
Elizângela de Souza Melo, Servidora do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região;
Gilmar Rodrigues, Servidor do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região;
Ivan Ferreira Lima, Vigilante Terceirizado da Caixa Econômica Federal;
Jodeir Rodrigues da Silva, Servidor do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região;
Jorge Elias Hatchwell de Almeida Junior - Servidor do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região;
José Silva Barbosa, Servidor do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região;
Lúcia Helena da Silva Soleto Pimenta, Servidora do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região;
Nivaldo Fernandes Moreira, Servidor do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região.

Comentário

O violeiro Ivo de Souza morreu em um acidente entre uma carreta e um carro ocorrido no meio da tarde deste sábado (19) na rodovia BR 262. O acidente aconteceu quando o Uno, em que estava o violeiro, colidiu com a carreta próximo ao acesso da rodovia estadual MS 060, no sentido de Sidrolândia.

Ivo era um dos músicos mais prestigiados do Estado e fez dupla com Janguinho, morto em 2014. Os dois formaram a primeira dupla sertaneja do Estado. A Polícia investiga as causas do acidente.

Comentário

Com a aprovação dos critérios de rateio dos leilões dos campos de petróleo feitos pelo Governo Federal, onde foi definido que 15% dos valores excedentes ao previsto na exploração do pré-sal ficarão divididos entre os municípios, Dourados receberá um aporte da ordem de R$ 8 milhões. De acordo com o vereador Madson Valente (DEM), será uma ajuda significativa para a cidade, que está vivenciando enormes problemas financeiros.

Madson apontou que, diante das dificuldades, a gestão municipal está efetuando os descontos, porém não realiza a transferência para o Previd (Instituto de Previdência Social dos Servidores do Município de Dourados), promovendo, desta forma, condições de riscos para sustentabilidade do sistema. De acordo com o diretor-presidente do instituto, Theodoro Huber Silva, a Previdência municipal registra R$ 11 milhões como inadimplência, cuja questão já está sendo judicializada.

Diante desta previsão de recursos, o vereador Madson Valente sugeriu que Dourados siga exemplos dos demais municípios brasileiros e utilize estes recursos do pré-sal para quitar dívidas previdenciárias.
"Estou apenas sugerindo, mas é uma alternativa perfeitamente possível. Não podemos deixar de apontar caminhos para a gestão municipal, ainda mais em tempos de crises e no pior momento da história da emancipação de Dourados, sobre as séries deficiências de gestão e cristalina ausência de planejamento", disse Madson. (Com assessoria)

Comentário

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, foi recebido por autoridades do Estado e do Município, por volta de 12h15 desta sexta-feira (18), no Aeroporto Municipal de Dourados e em seguida, durante ato realizado na Prefeitura, anunciou a liberação de recursos e assinatura de convênios para atender Dourados e os municípios vizinhos.

De acordo com a assessoria técnica do Ministérios, foram liberados R$ 13,2 milhões para Dourados e outros 14 municípios e anunciados recursos da ordem de R$ 6,8 milhões para oito municípios, incluindo Dourados, além de R$ 6,5 milhões para aquisição de equipamentos para 33 municípios da macrorregião de Dourados, totalizando R$ 26,7 milhões.

Ainda no aeroporto, o ministro disse que estuda com o Governo do Estado, através do secretário de Infraestrutura Murilo Zauith, a duplicação da planta atual de construção do Hospital Regional da Grande Dourados, cujas obras foram iniciadas neste ano pelo governador Reinaldo Azambuja e que previa 80 novos leitos. “Estamos vendo se conseguimos duplicar, pelo menos”, confirmou Murilo.

Mandetta foi recebido em Dourados pela prefeita Délia Razuk, o vice-governador Murilo, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende e pelos deputados estaduais Barbosinha e Zé Teixeira, do DEM e Neno Razuk, do PTB, além do presidente da Câmara, vereador Alan Guedes (DEM) e o colega dele, Bebeto (PL).

Comentário

Sexta, 18 Outubro 2019 10:13

Nobel da Paz bem escolhido

O primeiro-ministro da Etiópia Abiy Ahmed Ali agraciado com o Nobel da Paz vencendo a disputa com 301 candidatos sendo 223 personalidades e 78 organizações.

A lista completa dos candidatos é reservada, por 50 anos, mas entre as personalidades indicadas estavam a jovem ativista ambiental Greta Thunberg e dois brasileiros, o Cacique Raoni e o ex-presidente Lula.

Desde 1901, o Nobel da Paz tem sido atribuído, segundo o critério deixado no testamento do seu idealizador, às pessoas que "fizeram o melhor ou o melhor trabalho pela fraternidade entre as nações, pela abolição ou redução de exércitos permanentes e pela realização e promoção de congressos de paz”.

Atualmente se entende como Paz, não apenas a ausência da guerra, mas a existência de sociedades pacíficas e inclusivas (ODS-ONU). Desta forma, o prêmio tem sido atribuído também para ativistas, personalidades e instituições que se empenham pelos direitos humanos, contra a pobreza, pela defesa do meio ambiente, entre outros. Devido à sua natureza política, o Prêmio Nobel da Paz, tem sido sempre objeto de inúmeras controvérsias.

A Etiópia, país do último premiado compõe com a Eritreia, o Djibuti e a Somália a região chamada de Chifre da África, que margeia o Mar Vermelho pelo lado oeste. É, portanto, uma região estratégica por conta das rotas do petróleo e, por muitos anos, foi disputada por americanos e soviéticos, sendo palco de inúmeros conflitos armados locais.

A Etiópia de Abiy Ahmed é um dos sítios mais antigos da existência humana, sendo considerando, por cientistas, o lugar em que o Homo Sapiens se originou. Foi reino da Rainha de Sabá que, segundo passagens bíblicas, foi seduzida e engravidada pelo rei Salomão, iniciando assim a linhagem dos seus imperadores até Haile Selassie que reinou até 1974.

Tem uma tradição de independência. Quando o continente africano foi dividido entre as potências europeias na Conferência de Berlim (1885), a Etiópia foi um dos três países africanos que mantiveram sua independência. A nação foi membro da Liga das Nações após a Primeira Guerra, e após um breve período de ocupação italiana, tornou-se membro das Nações Unidas, após a Segunda Guerra.

Conhecida no Ocidente como Abissínia, com a separação da província da Eritréia, a Etiópia virou um país interior, sem saída para o mar, uma das razões da guerra entre os dois países.

É nesse contexto que surge o líder Abiy Ahmed Ali. Engenheiro de computação por formação, ingressou ainda jovem no grupo armado que forçou a queda do ditador Mengistu, que havia derrubado o Imperador Haile Selassie em 1974. Posteriormente, entrou no Exército, onde realizou tarefas de comunicação e inteligência cibernética.

Abiy Ahmed Ali, em abril de 2018 foi eleito primeiro-ministro da Etiópia, tendo se dedicado, desde então, à efetivação de um acordo de paz com a Eritreia, encerrando uma guerra de duas décadas. Notabilizou-se, também pela mediação no processo de transição no Sudão, que levou este ano a um acordo entre civis e militares.

Considerado um líder carismático e reformista, iniciou uma verdadeira revolução democrática em seu país. Concedeu anistia a dissidentes políticos, libertou jornalistas encarcerados, nomeou mulheres para 50% dos cargos de seu gabinete e encabeçou a campanha para o plantio de 350 milhões de árvores na Etiópia. Apoiou para a presidência do país Sahle-Work Zewde, a única mulher chefa de Estado na África.

A premiação de líder etíope é um forte incentivo para a pacificação dessa região da África.

A jovem ativista ambiental Greta Thunberg, com seus 16 anos, tem tempo para esperar. O Cacique Raoni, prestes a completar 90 anos, já teve a sua nova candidatura lançada para 2020, pela Fundação Darcy Ribeiro.

Quanto ao ex-presidente Lula, com inegáveis méritos relativos à inclusão social durante seu governo, não conseguiu repetir Mandela, prisioneiro político que emocionou o mundo.

* O autor é Engenheiro Civil, professor aposentado da UFMS

O partido Solidariedade (77) realiza na noite desta sexta-feira (18) o ato de posse dos novos membros da Executiva municipal e abre as portas da nova sede do Diretório, instalado na rua Monte Castelo, 963, quase em frente da Praça Paraguaia. O presidente Tita Borba vai receber lideranças da cidade e região para o ato político, marcado para começar às 19 horas.

Ao Douranews, o presidente da legenda disse que a meta do Solidariedade é de montar uma chapa forte para as eleições proporcionais do ano que vem. “Temos condições reais de eleger até dois vereadores e plantar a semente de um grande projeto para o futuro”, afirmou, indicando ainda a possibilidade de o partido vir a integrar chapa majoritária.

“Podemos, sim, ser a ‘cereja do bolo’ da disputa de 2020”, disse Tita Borba, enquanto retocava os últimos detalhes da nova sede do partido, juntamente com o secretário da Executiva, Eduardo Nascimento, na manhã desta sexta-feira. O Solidariedade espera a presença dos deputados Herculano Borges e Lucas de Lima e do presidente do partido no Estado, o vereador Papy, da Câmara de Campo Grande.

Eleições 2020

Sobre o processo eleitoral do ano que vem, o presidente do Solidariedade em Dourados reiterou que “toda a conversa vai passar, obrigatoriamente, pelo vice-governador Murilo Zauith”, a quem definiu como “o principal líder político da nossa região e grande responsável, como secretário estadual de Infraestrutura, pelas obras que nosso município vem recebendo”.

Quanto aos nomes cogitados para disputar a Prefeitura, disse que a legenda analisa as opções existentes. “Nosso foco é eleger vereadores, mas queremos estar alinhados com um nome que esteja preparado e à altura de responder ao clamor por uma gestão pública eficiente, que é o que Dourados mais precisa nesse momento”, raciocinou Tita Borba.

Comentário

Em visita ao distrito de Itahum, o vereador Olavo Sul (Patriota) acompanhou a instalação da rede de água no cemitério da região. A obra foi solicitada pelo parlamentar e realizada pela Sanesul, empresa que presta serviço de saneamento básico em Mato Grosso do Sul.

"É uma solicitação antiga e hoje podemos dar um retorno à comunidade de Itahum. São solicitações que chegam até nós, de pessoas que confiam em nosso trabalho e que acreditam ainda que existem políticos dedicados em atender a população e fico muito feliz quando conseguimos intermediar o atendimento”, comentou Olavo.

O vereador destacou que, após as solicitações, em julho de 2019 a empresa de saneamento comunicou que o serviço poderia ser realizado, porém era necessário que o coordenador de despesas do município fizesse o requerimento, para que “alguém pudesse ficar responsável pela conta”.

“Solicitei, através de documentos e pessoalmente, à secretária de Administração, Elaine Terezinha Boschetti, para que encaminhasse o pedido a Sanesul, a qual agradeço por ter nos atendido”, apontou o vereador.

“Quero agradecer aos diretores da Sanesul, Walter Carneiro e Paulo Nepomuceno, que nos atenderam. Em nome da comunidade, agradeço também aos demais que tem realizado os pedidos. Fico contente que uma demanda tão antiga está sendo realizada no nosso mandato. Acredito que esse problema que a comunidade enfrentava há vários anos, da falta de água no cemitério, será resolvido”, ressaltou Olavo. (Da assessoria)

Comentário

O jornalista Clóvis de Oliveira, do Douranews, será homenageado durante o evento de entrega de honrarias que o TRT24 (Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região) realiza na noite desta sexta-feira (18) na Sala de Sessões do Tribunal, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. Clóvis de Oliveira vai ser condecorado no grau de Comendador do Mérito Judiciário do Trabalho, por indicação do desembargador Francisco das Chagas Lima Filho, vice-presidente do Conselho da Ordem Guaicurus do tribunal.

Para o presidente do TRT no Estado, desembargador Nicanor de Araújo Lima, a comenda “é o reconhecimento da trajetória profissional” do jornalista, “sempre emprestando relevante contribuição aos cidadãos de Mato Grosso do Sul”. O presidente do TRT vai conduzir a solenidade de condecoração das personalidades indicadas, entre elas, os ministros do TST (Tribunal Superior do Trabalho), Ives Gandra da Silva Martins Filho e Kátia Magalhães Arruda.

O desembargador Francisco Lima Filho esteve, no final do mês, em Dourados, com o novo titular da 1ª. Vara do Trabalho e Diretor do Foro Trabalhista no Municipio, Denilson Lima de Souza, que assumiu a vaga antes ocupada pela juiza Izabella de Castro Ramos, transferida para a 4ª. Vara do Trabalho da Capital, para estabelecer novas parcerias com a Unigran em termos de formação e qualificação técnica..

O TRT 24 (Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região), criado pela Lei 8.431, de 9 de junho de 1992, e instalado em 8 de janeiro de 1993, está celebrando 27 anos em Mato Grosso do Sul e encerra este ano de 2019 com a cerimônia de entrega de honrarias a personalidades destacadas na programação dos 42 anos de criação do Estado.

A homenagem

A Ordem Guaicurus do Mérito Judiciário do Trabalho foi instituída pelo Tribunal Regional do Trabalho da 24ª. Região em 2003, com o objetivo de tornar público o empenho de cidadãos que, por meio das qualidades pessoais e profissionais, destacaram-se, de maneira significativa, na prestação de serviços à sociedade em geral, e, em especial, ao Judiciário Trabalhista do Estado.

Comentário

A ex-jogadora de voleibol Virna Dias participa da 9ª edição da “Corrida Saúde Cassems-Noturna”, que acontece neste sábado (19) a partir das 19 horas. A corrida tem o objetivo de incentivar a prática esportiva como a forma mais eficaz de prevenir vários tipos de doenças e adquirir hábitos saudáveis. A estrutura montada para receber os participantes estará aberta a partir das 17 horas e a concentração será às 18 horas. A largada será às 19 horas, na Avenida Dr. Fadel Tajher Yunes, próximo da Receita Federal.

Virna Dias nasceu em Natal (Rio Grande do Norte) e atuou como atacante na seleção brasileira de voleibol feminino. A atleta esteve presente nas principais conquistas do voleibol brasileiro, tais como a medalha de ouro no Grand Prix de 1994 e os vice-campeonatos do Campeonato Mundial do mesmo ano e da Copa do Mundo de 1995, ainda na condição de reserva.

Tornou-se titular da seleção brasileira de voleibol e uma das suas mais importantes atletas. Conquistou uma segunda medalha de bronze nas Olimpiadas de Sydney, e mais três títulos do Grand Prix (em 1996, 1998 e 2004). A atleta ainda jogou uma temporada no campeonato Italiano de voleibol, na equipe do Chieri, quando obteve a sexta colocação. Em seguida, passou a atuar no vôlei de praia. Pelo Flamengo, foi campeã da Superliga Brasileira de Voleibol Feminino de 2000–01.

A “Corrida Saúde Cassems” abraça as campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul, ao erguer as bandeiras de luta contra o câncer de mama, o câncer de próstata e contra todos os tipos de câncer que acometem homens e mulheres em todo o mundo.

Comentário

Começa segunda-feira (21) e vai até sexta (25), o Coenpe (Congresso de Ensino, Pesquisa e Extensão) do HU (Hospital Universitário) da Universidade Federal da Grande Dourados. Evento anual, destinado a estudantes de graduação e de pós-graduação, pesquisadores, residentes e profissionais interessados em atualização e divulgação de assuntos em saúde, nesta terceira edição o Congresso traz o tema “Integralidade do Ensino e Cuidado à Saúde”, e a programação contemplará palestras e apresentações de trabalhos ao longo de toda a próxima semana.

Os temas previstos para as palestras são: A criação do Centro de Processamento Celular e a experiência da terapia celular do HUMAP (Prof. Dr. Rodrigo Juliano Oliveira), Moduladores da Microbiota Intestinal (Prof. Dr. Ricardo Fernandes), Comunidades tradicionais (Profa. Dra. Lucila Elisabeth Biedman Alvarenga), Integralidade do cuidado da Saúde Mental (Enfa. Me. Ellen Carolina Dias Castilho), Tratamento do Câncer de endométrio: avanços recentes (Dr. Luiz Augusto Freire Lopes), Aspectos moleculares da depressão: da neurobiologia ao tratamento (Dr. Gustavo Villas Boas).

As apresentações de trabalhos de conclusão de curso estão programadas para o período vespertino, no auditório e nas salas de aula da Biblioteca. A apresentação de trabalhos no formato de pôster está programada para quinta (24) e sexta-feira (25).

Comentário

Página 1 de 1461

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus