Timber by EMSIEN-3 LTD
  • Black Guara
Terça, 04 Setembro 2018 09:41

Policial douradense é morto por investigar o tráfico no Paraná Destaque

Escrito por
Jorge Fernando Brito morreu nesta segunda após atentado sofrido no final de semana no Paraná Jorge Fernando Brito morreu nesta segunda após atentado sofrido no final de semana no Paraná Facebook

Policial douradense, Jorge Fernando de Brito, de 30 anos, que estava lotado na Polícia Civil do Paraná, foi morto após sofrer atentado a tiros na noite de sábado (1) em Paranaguá, no interior daquele estado. O funeral deve acontecer em Dourados, onde residem os familiares do investigador.

Brito atuava na DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa) de Curitiba, e teria sido executado por traficantes em represália contra ações de investigação que vinha realizando, conforme informações colhidas pelo repórter Sidnei Bronka, da rádio FM94 de Dourados.

O jornal Tribuna, do Paraná, divulgou o policial estava na casa dos pais da namorada, no balneário Gaivotas, em Matinhos, no litoral do Estado, quando dois homens armados invadiram o imóvel. Presos logo após o crime, Jean Herivelton da Silva Mantovani, de 20 anos, e Jose Carlos Barroso, o ‘Zezão’, teriam agido em vingança contra o investigador por abordagens na região dominada pelo tráfico de drogas.

De acordo com o site paranaense Tribuna, os dois homens armados chegaram à residência e dispararam várias vezes, atingindo pelo menos três tiros no policial civil e um na namorada dele. As vítimas foram socorridas e Brito chegou a ser transferido para Curitiba, mas não resistiu aos ferimentos e teve a morte confirmada nesta segunda-feira (3). A jovem foi baleada na perna e estaria fora de perigo.

  • mistura
  • Unimed 38

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus