Imprimir esta página
Terça, 28 Maio 2019 14:32

Projeto de Marçal prevê notificações sobre vencimento da CNH Destaque

Escrito por
Deputado Marçal Filho propõe que Detran oriente condutores sobre prazos de vencimento da carteira Deputado Marçal Filho propõe que Detran oriente condutores sobre prazos de vencimento da carteira Assessoria/Luciana Nassar

Projeto de lei de autoria do deputado estadual Marçal Filho (PSDB), apresentado nesta terça-feira (28) na Assembleia Legislativa, pede que o Detran (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) notifique os condutores de veículos sobre a proximidade da expiração da validade da CNH, a Carteira Nacional de Habilitação.

Conforme a proposta, a notificação deverá ser realizada com, ao menos 30 dias, de antecedência da data de vencimento do documento. O aviso poderá ser feito por meio dos canais de comunicação já utilizados pelo órgão, incluindo mensagem por email e telefônica.

“Ocorre que o longo período existente entre as datas inicial e final de validade da CNH contribui para que os condutores não se apercebam da necessidade de providenciar a renovação do documento. Com isso, ficam sujeitos à sanção administrativa de natureza gravíssima”, justificou o parlamentar.

O condutor flagrado com CNH vencida há mais de 30 dias, conforme o artigo 162 do Código de Trânsito Brasileiro, comete infração gravíssima, o que acarreta perda de sete pontos e multa de R$ 293,47. Ainda existe a possibilidade de retenção do veículo, uma vez que não é permitido o condutor dirigir com a CNH vencida.

O Projeto de Lei não implica, necessariamente, em ônus adicional ao Detran/MS, pois deixa a critério do órgão escolher o meio pelo qual efetivará a notificação aos condutores. Conforme lembra Marçal Filho, o Detran possui o cadastro de todos os condutores habilitados no Estado, bem como os prazos do término da validade dos documentos de habilitação, o que direciona à possibilidade de expedir a notificação de modo automático, por meio do uso de sistemas informatizados.

Redação Douranews

Mais recentes de Redação Douranews