Timber by EMSIEN-3 LTD
Domingo, 29 Novembro 2020 08:19

Eleito com candidatura anulada em Angélica diz que TRE do Estado “é comprado”

Escrito por
Avalie este item
(0 votos)

Uma gravação produzida pelo comerciante da cidade de Angélica, João Donizete Cassuci, que disputou a Prefeitura da cidade nas eleições do dia 15 passado, e venceu o atual prefeito Roberto Silva Cavalcanti por diferença de 395 votos, convoca a população do Município a se mobilizar para garantir o resultado através de recurso interposto junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) em Brasília, “porque lá é outra história, eles [referindo-se ao adversário] não vão influenciar”.

Cassuci, cujos direitos políticos estão suspensos até setembro de 2026, depois de condenado pela Justiça por crime contra o sistema financeiro nacional, chega a insinuar, conforme o áudio vazado na cidade, a que o DOURANEWS teve acesso, que durante o horário político da campanha eleitoral na cidade, “eles [novamente se referindo ao principal adversário] já vinham falando em comprar a Justiça”.

OUÇA O ÁUDIO:

 

“Vamos ganhar as eleições neste domingo”, convocou Cassuci na reta final da campanha, “depois se resolve em Brasília, lá é outra história, eles não vão influenciar a Justiça, nós vamos vencer”, assegura o candidato que teve o pedido de registro da candidatura indeferido pelo juiz Rodrigo Barbosa Sanches, da 27ª Zona Eleitoral de Ivinhema, decisão que foi confirmada no dia 26 de outubro pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) de Mato Grosso do Sul e cujo recurso especial ao ministro Alexandre de Moraes, no TSE, também foi rejeitado, em despacho do dia 24 deste mês, em Brasília.

Nova eleição

O eleitor de Angélica deverá ser convocado para voltar às urnas, em data ainda a ser definida pelo Tribunal Regional Eleitoral, considerando as decisões até aqui adotadas pela Justiça em relação ao indeferimento do pedido de registro da candidatura de Cassuci.

“Infelizmente, com essa fama de bonzinho, nosso adversário induziu a erro o respeitado eleitor de Angélica e acabou recebendo 53% dos votos, mesmo estando inelegível até setembro de 2026, depois de condenado pelo crime contra o sistema financeiro nacional, mas estamos vendo prevalecer a Justiça e esperamos para breve a oportunidade de corrigir essa distorção”, analisou a candidata a vice-prefeita na chapa do prefeito Roberto, vereadora Ana Barbosa.

Última modificação em Segunda, 30 Novembro 2020 10:59

Mídia

DESTAQUE NACIONAL

  • Douranews Anúncio
  • unimed fevereiro

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis