Timber by EMSIEN-3 LTD

Eleições (1899)

Em encontro com professores e coordenadores de Ceims (os Centros de Educação Infantil) de Dourados, o candidato a prefeito Barbosinha, pela coligação ‘Reconstruir é o nosso desafio’ (DEM/PSDB/ Solidariedade/PSD/Podemos/MDB/Patriota/Avante/PSB), tranquilizou a classe diante de “fake news” plantados por adversários políticos ao longo da campanha.

Acompanhado do candidato a vice-prefeito Valdenir Machado e, ainda, do vice governador e secretário de Infraestrutura do Estado, Murilo Zauith, que voltou a destacar a forma de gestão de Barbosinha reafirmando que ele tem o melhor projeto para a cidade, o candidato falou da valorização de funcionários em todos os locais por onde passou e da prática do diálogo.

“Não temos como administrar nada sem dialogar, sem ouvir quem conhece a realidade de cada setor e sem promover incentivos a quem realmente trabalha”, afirmou. Ele ressaltou que sempre respeitou o trabalhador e que não administra suprimindo direitos e conquistas.

Barbosinha garantiu que em momento algum falou em acabar com o PCCR (o Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) dos servidores, implantado na gestão do ex-prefeito Murilo, e que não faz parte de sua forma de trabalho o chamado ‘caça às bruxas’.

“Muito pelo contrário, eu quero construir vínculos com o funcionalismo, para que possamos juntos reorganizar a administração”, afirmou o candidato, acrescentando que “isso só se faz com a valorização e com a competência de cada um”.

Barbosinha lembrou que na Sanesul sua gestão foi pautada pelo diálogo e pela valorização profissional, um dos fatores que permitiu a recuperação da empresa. “Uma vez ao ano o funcionário pode ter um extra de até 110 por cento sobre seu salário, por produtividade, isso é incentivo”, citou, a respeito do programa de estímulo ao servidor implantado na companhia de saneamento do Estado.

“Vou falar permanentemente com os servidores, desde o mais humilde ao de primeiro escalão, pois é desta forma que estarei informado da real necessidade de cada setor. Não haverá blindagem, sempre fiz assim e deu certo”, destacou Barbosinha.

Aos participantes do encontro o candidato disse que tem o compromisso de confiar cada pasta da Prefeitura nas mãos de pessoas que conhecem e que tenham liderança no respectivo setor, como é o caso da educação. “Vamos fazer com que a educação tenha o espaço que merece”, garantiu Barbosinha.

Comentário

O Datamax, instituto de pesquisa ligado ao site Midiamax, de Campo Grande, divulgou neste sábado (24) a terceira rodada da série de pesquisas, envolvendo três institutos diferentes, anunciadas até agora desde que começou a disputa oficial dos sete candidatos para a Prefeitura de Dourados. Em todas as sondagens, os números confirmam a preferência pela candidatura do deputado Barbosinha, do Democratas.

De acordo com o Datamax, o deputado Barbosinha lidera a corrida com 33% da intenção de votos, seguido por Alan Guedes (PP) que aparece com 22%. João Carlos (PT), com 4%, Racib Harb (Republicanos) tem 3%, mesmo percentual de Wilson Matos (PTB), Mauro Thronicke (PSL) aparece com 2% e Jeferson Bezerra (PMN) tem 1%. Nenhum deles soma 9%, brancos e nulos, 4%, e não sabe ou não responderam, 19%.

A pesquisa, estimulada, do Datamax, foi feita entre 22 e 23 de outubro, com aplicação de entrevistas para 780 eleitores. Ainda segundo a consulta, a margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. A pesquisa está registrada sob o número MS-09465/2020 no TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul).

Ranking

Na primeira pesquisa das eleições de Dourados, divulgada depois do início do horário eleitoral, dia 16 deste mês, o instituto Ranking, ligado ao site DiárioMSNews, já apontava vantagem do candidato Barbosinha, com 45,20%. Na sequência foram citados Alan Guedes (PP), com 15%, Wilson Matos 7,20%, Hacib Harb 4%, João Carlos 3,40%, Jéferson Bezerra 3,20% e Mauro Thronicke, 1,20%. Brancos, nulos, indecisos, não sabem ou não responderam somaram e 20,80%.

A pesquisa foi registrada no TRE com o número MS-06840/2020 e realizada entre os dias 12 e 14 de outubro com 500 eleitores a partir dos 16 anos de idade. O intervalo de confiança é de 95% e margem máxima de erro calculada é de 4.4% para mais ou para menos.

Ibrape

Já o instituto Ibrape divulgou resultado de pesquisa mostrando Barbosinha na liderança da disputa com 29%. Em seguida, aparecem os candidatos Alan Guedes (PP) com 21%; Racib Harb (Republicanos) com 5%; Wilson Matos (PTB) com 5%; João Carlos (PT) com 4%; Mauro Thronicke (PSL) com 2%; e Jeferson Bezerra (PMN) com 1%. Brancos e nulos somam 13% e os indecisos, que ainda não sabem em quem votar no dia 15 de novembro somam 20%.

O levantamento foi registrado no TRE-MS sob o número 01465-2020. Foram ouvidos 400 eleitores com idade igual e superior a 16 anos nos dias 13, 14 e 15 deste mês. A margem de erro é de 4 pontos, para um intervalo de confiança de 95%.

Comentário

Sábado, 24 Outubro 2020 07:29

Douranews pergunta, o candidato responde

Escrito por

24 de outubro
As Nações Unidas criticam muito o governo brasileiro em questões de saúde, sobretudo nessa questão da Pandemia.

O senhor acha que a política internacional do nosso país é fraca?

Alan Guedes (Progressistas)
(resposta não enviada)

Barbosinha (DEM)
Trata-se de uma questão de política de Estado. O Brasil, pelas dimensões continentais, reúne todas as condições para figurar entre as principais potências do mundo. O que não devemos é aceitar ingerências de grupos e conglomerados econômico-financeiros e interesses alienígenas sobre nossa soberania. Penso que o País se impõe enquanto Estado independente.

Jeferson Bezerra (PMN)
Já vivemos dias melhores e nossa autonomia era mais respeitada. Num mundo globalizado em que vivemos a atenção a ações diplomáticas de relação entre Nações deve ser melhor cuidada sim. Devemos escutar as críticas de outras Nações, mas sem dobrarmos os joelhos a todo momento. Temos nossas riquezas e qualidades e sabemos lidar com elas em todos os níveis.

João Carlos (PT)
(resposta não enviada)

Mauro Thronicke (PSL)
(resposta não enviada)

Racib Harb (Republicanos)
(resposta não enviada)

Wilson Matos (PTB)
(resposta não enviada)


Perguntas foram enviadas aos candidatos/assessores e, não respondidas,
são publicadas como ‘resposta não enviada’

Comentário

Sexta, 23 Outubro 2020 08:14

Douranews pergunta, o candidato responde

Escrito por

23 de outubro

Hoje é o dia do aviador e há mais de 20 anos Dourados espera pelas melhorias no aeroporto. Na sua visão, o que faltou?

Alan Guedes (Progressistas)
(resposta não enviada)

Barbosinha (DEM)

Felizmente, e com a graça de Deus, teremos a oportunidade de entregar, junto com o nosso vice-governador, as obras de melhorias no aeroporto até o final do ano que vem. Porque, como todo o Mato Grosso do Sul sabe, é do Murilo as maiores e principais articulações para que essa revitalização saísse do papel. Muitas administrações se passaram, mas ninguém demonstrou o empenho que o nosso atual secretário estadual de Infraestrutura vem mostrando para com Dourados. Sem contar os mais de R$ 300 milhões em investimentos do Estado para recuperarmos a força econômica regional do Município.

Jeferson Bezerra (PMN)

Faltou repetidamente empenho político de nossos representantes junto às esferas federais responsáveis por isso. Insisto que o fim da bandalheira e da irresponsabilidade política que é praxe dos velhos políticos que há 40 anos administram Dourados vai devolver para a cidade o respeito que ela merece.

João Carlos (PT)
(resposta não enviada)

Mauro Thronicke (PSL)
(resposta não enviada)

Racib Harb (Republicanos)
(resposta não enviada)

Wilson Matos (PTB)
(resposta não enviada)


Perguntas foram enviadas aos candidatos/assessores e, não respondidas,
são publicadas como ‘resposta não enviada’

Comentário

Trocar ideias e expor o planejamento para administrar Dourados tendo como foco a juventude. Assim foi a conversa do candidato a prefeito Alan Guedes (Progressistas) com representantes de Atléticas de diversos cursos da Unigran e Universidade Federal da Grande Dourados. O encontro virtual pôde ser acompanhado pela comunidade através do Google Meet.

Além de Alan, o candidato a vice, Guto Moreira (PL), também conversou com os acadêmicos sobre diversos assuntos. Ambos encabeçam a coligação “Respeito por Dourados”, formada pelos partidos Progressistas, Liberal e Cidadania na disputa da Prefeitura com outros seis candidatos inscritos para as eleições do dia 15 de novembro.

As Atléticas representam universitários de diversos cursos e a reclamação maior acaba se refletindo na juventude douradense como um todo: melhor aproveitamento de espaços públicos para esporte e lazer. Alan e Guto mostraram como esses pedidos podem ser atendidos. “Foi uma reunião super produtiva. Ouvimos os anseios de uma categoria muito importante para a economia da cidade e precisamos oferecer condições, não apenas para os universitários, para toda a juventude douradense e nossas famílias de uma utilização melhor dos nossos espações e equipamentos públicos”, disse Alan Guedes.

Para Guto, a experiência de ambos terem passados por problemas semelhantes na época de graduação os ajuda a entender essas reivindicações, como a disponibilização de locais públicos adequados para treinamentos e atividades e a organização de competições, entre outros. “Obviamente somos um pouco mais velhos que os representantes das Atléticas, que acabam representando todos os universitários. O que eles expuseram a gente já imaginava por essa convivência que tivemos”, analisa o candidato.

Alan ainda reafirmou a importância de apoiar as atividades dos universitários, o que se reflete em toda comunidade. “Os universitários movimentam a economia douradense em diversos setores, sejam eles oriundos de outras cidades ou os que aqui já residem. Eles precisam ser ouvidos e podem colaborar ainda mais com Dourados se apoiados adequadamente”, concluiu o candidato. (Com assessoria)

Comentário

Com o firme propósito de reconstruir Dourados, o candidato Barbosinha (da Coligação DEM/PSDB/Solidariedade/PSD/Podemos/MDB/ Patriota/Avante/PSB), se reuniu com grupo de mulheres empreendedoras da cidade, para apresentar o plano de gestão e ouvir delas a real necessidade e as dificuldades desse segmento.

A empresária Cecília Zauith, esposa do vice-governador e ex-prefeito de Dourados, Murilo Zauith, disse que já abraçou o projeto de Barbosinha e que está muito confiante. “A cidade chegou num momento que a gente não pode mais brincar e, por isso, acho que temos que escolher uma pessoa competente, um gestor como ele é”, declarou.

Cecília observou que “a Prefeitura é uma empresa e se você não tiver um gestor que saiba fazer, nós não vamos chegar a lugar nenhum e, essa é a oportunidade que temos de escolher alguém com esse perfil”. Ela acrescentou que “só quem consegue revolucionar na gestão de uma grande empresa como a Sanesul, pode gerir uma Prefeitura do porte da de Dourados”.

Parceira também nesta busca para colocar Dourados novamente no caminho certo, está a empresária Cristiane Iguma Câmara, esposa do deputado estadual Renato Câmara. Para ela, Barbosinha já provou sua experiência como gestor e está capacitado para administrar a cidade com seriedade e responsabilidade.

“Os desafios são muitos, mas é a dedicação dele que nos faz abraçar sua campanha. Estamos caminhando junto com Barbosinha e sua esposa Maristela, que é medica e conhece como ninguém os problemas da saúde pública em Dourados. Queremos ajudar a mudar os destinos de nossa cidade, com ações eficientes em todas as áreas”, disse Cristiane.

Acreditando também no projeto de Barbosinha, a empresária Evania Ribeiro, falando como alguém que representa o empreendedorismo feminino, disse que confia na capacidade do candidato e entende que ele é o mais preparado para esse desafio. “Sei que ele pode ajudar a mulher douradense a ter o respeito que merece como empreendedora”.

O candidato reafirmou o compromisso em recolocar Dourados na rota do desenvolvimento e disse dos levantamentos já feitos e que irão permitir direcionar ações para resgatar a saúde financeira do município. “Vamos discutir os impactos econômicos e trabalhar para projetar a cidade, em sintonia com os governos estadual e federal, mas sobretudo de resgate da autoestima e da nossa força e capacidade de recuperação econômica”, garantiu Barbosinha.

Comentário

Quinta, 22 Outubro 2020 08:30

Douranews pergunta, o candidato responde

Escrito por

22 de outubro


‘Paraquedistas’ é como são chamados políticos de outras regiões que ‘invadem’ uma cidade em busca de votos em eleições de âmbito estadual.

Como a sua gestão vai 'proteger' os candidatos da casa e prevenir ‘invasores’ nas eleições de 2022?

Alan Guedes (Progressistas)
(resposta não enviada)

Barbosinha (DEM)
Xenofobia é o nome que se dá à prática de rejeitar presença de pessoas de outras origens, ou nacionalidades, entre nós. Não podemos chegar a esse extremo, mas, obviamente, se queremos assegurar melhores resultados nos nossos pleitos, como por mais verbas para a saúde, educação, recursos para infraestrutura e melhorias viárias e de desenvolvimento, temos que pensar em fortalecer a nossa representação regional. Podemos sonhar com um senador de Dourados, por exemplo, mas para isso precisamos de protagonismo político. Dourados e os municípios do entorno regional devem, sim, se precaver nesse sentido.

Jeferson Bezerra (PMN)
Temos que ser práticos e objetivos. O governador, senador, deputados estaduais e federais têm que ter compromisso com a cidade independente de suas origens. Tem muita gente de Dourados que não dá a mínima por nossa cidade e só faz algo quando deseja trocar seus serviços pelo voto. Isso é coisa da velha política e quero acabar com isso. Quero o compromisso em ajudar Dourados dos políticos daqui ou daqueles que aqui aportarem em busca de votos. A honestidade e seriedade de propósito do homem é que conta.

João Carlos (PT)
(resposta não enviada)

Mauro Thronicke (PSL)
(resposta não enviada)

Racib Harb (Republicanos)
(resposta não enviada)

Wilson Matos (PTB)
(resposta não enviada)

Perguntas foram encaminhadas previamente a todos os candidatos/assessorias e não respondidas em tempo são publicadas como 'resposta não enviada'

Comentário

Quarta, 21 Outubro 2020 09:15

Douranews pergunta, o candidato responde

Escrito por

21 de outubro
Hoje é dia do economista doméstico, simbolizada por quem cuida da casa. Como o douradense pode esperar que a sua gestão vai cuidar para a segurança dos lares de cada um?

Alan Guedes (Progressistas)
(resposta não enviada)

Barbosinha (DEM)
Tenho dito, sempre, que a principal lição de como fazer gestão com eficiência vem do lar. A dona-de-casa, que administra o suado dinheirinho da família, sempre ensinou que não se deve gastar mais do que temos. É assim que farei na Prefeitura: economizar e bem aplicar o dinheiro do contribuinte. Tudo isso, claro, depois de recompor as finanças do Município, reequilibra as contas, estancar os gargalos por onde está sendo escoado o dinheiro público para que seja possível construir a Dourados que a gente quer dentro das prioridades que a população está sinalizando nessa campanha

Jeferson Bezerra (PMN)
Olha! Sou cristão e tenho na família o mais importante núcleo social. O poder público tem que estar aparelhado para auxiliar a família a criar seus filhos de forma economicamente viável e isso pode ser feito com as garantias básicas e saúde, educação e bem-estar social. Isso é o que promoveremos para dar segurança aos douradenses e fazer com que ele recupere a confiança em quem administra a sua cidade.

João Carlos (PT)
(resposta não enviada)

Mauro Thronicke (PSL)
(resposta não enviada)

Racib Harb (Republicanos)
(resposta não enviada)

Wilson Matos (PTB)
(resposta não enviada)

Perguntas foram encaminhadas previamente a todos os candidatos/assessorias e não respondidas em tempo serão publicadas como 'resposta não enviada'

Comentário

O candidato à Prefeitura de Dourados Racib Harb (Republicanos) está anunciando uma carreata neste sábado (24) pelos bairros de Dourados levantando uma das principais bandeiras de campanha: o combate à corrupção. Tendo o assunto como pilar do projeto de governo, o empresário e farmacêutico bioquímico douradense pretende apresentar uma proposta de renovação real para o município.

“Nosso plano de governo começa com o combate à corrupção. É a primeira medida que adotaremos. Dourados não suporta mais uma administração manchada pelas operações policiais, levando para a cadeia agentes de confiança do prefeito que deveriam trabalhar pelo cidadão e não pelo seu ganho indevido”, afirmou o candidato.

Para executar a meta, o candidato pretende tirar das mãos dos secretários a ordenação de despesas, centralizando a demanda numa secretaria específica para este fim. Além disso, pregões eletrônicos serão implementados para impedir a continuidade de licitações forjadas, que atualmente favorecem grupos e empresários locais e seus relacionamentos políticos.

Outra estratégia visando extinguir a fragilidade ligada aos contratos municipais é o envolvimento do próprio prefeito nas aquisições firmadas. “Se o prefeito assinar, ele se compromete também. Não tem essa de tirar a responsabilidade do gestor sobre os atos de seus agentes de confiança. Foi isso que Dourados viveu. A prefeita nunca assumiu a culpa dos atos administrativos, justamente por fazer vistas grossas à irresponsabilidades de seus pares”, afirmou.

A carreata acontece a partir das 9 horas, a partir do Parque Antenor Martins, na entrada da rua José Roberto Teixeira e durante o percurso Racib quer destacar pontos do projeto de governo que vão trazer mais dignidade e qualidade de vida às famílias douradenses. “Falaremos de enxugamento da máquina pública, de gestão planejada e estratégica. Quero também falar das nossas metas para encarar o pós-pandemia na saúde e na educação, e a população pode confiar porque há sim chances de recuperarmos a nossa dignidade”, afirmou. (Com assessoria)

Comentário

Terça, 20 Outubro 2020 08:02

Douranews pergunta, o candidato responde

Escrito por

20 de outubro
Dourados ainda não tem um arquivo público, e a história se perde em meio a papelada e o extravio de documentos. O que se propõe?

Alan Guedes (Progressistas)
(resposta não enviada)

Barbosinha (DEM)

Reduzir a burocracia, simplificar a busca de soluções, promover o fácil acesso das pessoas, servidores sobretudo, às informações do cadastro público e tornar viável a informação à comunidade sobre o que lhes compete de direito. Soluções tecnológicas e parcerias com instituições educacionais e científicas serão uma constante no nosso mandato, assim como a colaboração na produção de conhecimento e de ferramentas digitais para facilitar o dia a dia da administração pública e dos douradenses.

Jeferson Bezerra (PMN)

A memória de um povo tem que ser preservada e o poder público é responsável por dotar a sociedade de meios para isso. Será uma de nossas primeiras medidas a formação de um grupo de estudos para levantar a situação atual e indicar soluções nesse sentido

João Carlos (PT)
(resposta não enviada)

Mauro Thronicke (PSL)
(resposta não enviada)

Racib Harb (Republicanos)
(resposta não enviada)

Wilson Matos (PTB)
(resposta não enviada)

Perguntas foram encaminhadas previamente a todos os candidatos/assessorias e não respondidas em tempo serão publicadas como 'resposta não enviada'

Comentário

Página 4 de 136

DESTAQUE NACIONAL

  • Douranews Anúncio
  • unimed fevereiro

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis