Timber by EMSIEN-3 LTD

Eleições (1899)

O partido Cidadania realizou convenção na noite desta terça-feira (15) em Dourados e homologou apoio à candidatura do vereador Alan Guedes (PP) na disputa da Prefeitura. A legenda, que tem como principal liderança em Dourados o atual vice-prefeito Marisvaldo Zeuli, decidiu abrir mão do projeto de candidatura própria para apoiar a candidatura de Alan nas eleições de 15 de novembro.

Além de ratificar o apoio ao nome de Alan Guedes, o Cidadania definiu 13 candidatos à Câmara de Vereadores. Pecuarista e empresário, Marisvaldo Zeuli rompeu com a atual administração municipal ainda no primeiro ano da atual gestão, por não concordar com a condução do mandato da prefeita Délia Razuk.

O candidato do PP à prefeitura, Alan Guedes esteve presente na convenção e agradeceu ao apoio do Cidadania ao projeto para recolocar Dourados nos trilhos do desenvolvimento e da austeridade administrativa. Além do Cidadania, o candidato do Progressistas também já recebeu apoio do PL (Parido Liberal), que indicou como candidato a vice-prefeito o médico Carlos Augusto Moreira, o doutor Guto. Ele acompanhou Alan Guedes na convenção do Cidadania, nesta terça à noite.

Nascido em Dourados, Guto é especializado em cirurgia plástica e casado com a anestesista Dulce Moreira. Durante quase nove meses, em 2017, foi secretário-adjunto de Saúde na cidade e deixou o cargo para se dedicar a compromissos profissionais. O PL é o ex-partido da prefeita, que se filiou ao PTB a convite do filho Neno e do ex-senador Delcídio do Amaral, mas não teve o registro partidário homologado no Tribunal Eleitoral para essas eleições.

Apesar do curto período, o médico afirma ter adquirido experiência em saúde pública diante do trabalho técnico e administrativo que desempenhou. A indicação será homologada na convenção do PL, marcada para esta quarta-feira (16), último dia do prazo permitido pela Lei Eleitoral. Escolha pessoal de Alan Guedes, o candidato a vice-prefeito da chapa é amigo de infância do atual presidente da Câmara. Os dois são jovens: Alan tem 34 anos e Guto, 37.

Último prazo

No último dia previsto para o fechamento das decisões interpartidárias, o PSD, PSB, PTB, PSL, PMN, PV e Podemos também realizam convenções nesta quarta-feira (16) e, desses, além do Podemos, PV e PTB que devem deliberar pelo lançamento de chapas de candidatos a vereador e aprovar coligações em torno dos projetos do deputado Barbosinha, no DEM e Alan Guedes, do PP, postulantes ao cargo de prefeito, o PSD e o PSB anunciaram, na véspera do prazo final, nesta terça (15), que os até então pré-candidatos Daniela Hall e Davi Infante Vieira optaram por não participar da eleição de prefeito neste ano. A tendência das duas legendas também é de firmar aliança em torno do Democratas.

Comentário

O médico Carlos Augusto Moreira, o doutor Guto, é o nome indicado pelo PL (Partido Liberal) a ser oficializado na convenção prevista para a noite desta quarta-feira (15) para ser o vice-prefeito de Dourados na chapa que tem o vereador Alan Guedes (Progressistas) como candidato a prefeito na eleição deste ano.

Douradense, Guto, como é chamado o medico, tem 37 anos, é especializado em cirurgia plástica e é casado com a anestesista Dulce Moreira. Durante quase nove meses, em 2017, foi secretário-adjunto de Saúde na gestão da prefeita Délia Razuk. Deixou o cargo para se dedicar a compromissos profissionais, a exemplo dos mais recentemente escolhidos, como Frederico de Oliveira e Gecimar Teixeira, que optaram pela carreira.

Ainda assim, conforme divulga a assessoria do Progressistas, o médico Guto Moreira diz que, apesar do curto período na função, adquiriu a experiência em saúde pública “diante do trabalho técnico e administrativo” que desempenhou.

Mesmo sendo de um partido agora apontado como aliado, mas, por se conhecerem desde a infância, a escolha do medico é atribuída à preferência pessoal de Alan Guedes. “O candidato a prefeito disse que buscou no companheiro de chapa uma pessoa que, como ele, nutre o desejo de trabalhar e fazer o melhor pela cidade e sua gente”, diz a nota de imprensa distribuída pelo Progressistas.

Comentário

O Republicanos desistiu de lançar a candidatura do presidente regional da legenda, Wilton Acosta, e é mais um partido a engrossar a base de apoio à reeleição do prefeito Marquinhos Trad (PSD), em Campo Grande. Com isso, as atenções da legenda se voltam ao candidato Racib Harb, aprovado na convenção realizada na semana passada em Dourados.

Acosta escreveu que “depois de muitas conversas”, não encontrou “o respaldo necessário para manter uma disputa na Capital”. Segundo ele, votação interna entre os pré-candidatos a vereador pelo partido decidiu pelo endosso a Marquinhos Trad. “Votação bem equilibrada, longe de ser unânime”, afirmou Wilton Acosta.

O Republicanos, antigo PRB, tem ligação umbilical com a Igreja Universal do Reino de Deus, liderada no Brasil pelo bispo Edir Macedo.

Comentário

O curso de Direito da UFGD vai oferecer, em parceria com a Escola do Ministério Público Estadual (MPMS) e a Escola do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS), uma Capacitação para pré-candidatos às eleições municipais de 2020.

As inscrições podem ser feitas até o dia 20 e o curso será realizado na terça-feira (23) da semana que vem, das 8 às 11 e das 13 às 17 horas, de forma remota, pela plataforma Google Meet, com aulas expositivas, apresentações das legislações eleitorais, textos complementares e espaço para debate e interação.

As vagas são destinadas prioritariamente aos candidatos a vereador, prefeito e vice-prefeito do estado de Mato Grosso do Sul. A inscrição é gratuita e pode ser realizada pelo formulário eletrônico disponível em: https://forms.gle/RveLhUM8TxMDxokVA.

O objetivo do curso é orientar os candidatos e as candidatas envolvidos nas eleições de 2020, para que compreendam a sistemática e a conduta a adotarem durante a campanha, evitando práticas ilegais que comprometam a candidatura. Para mais informações sobre a capacitação, CLIQUE AQUI

Programa

O curso será dividido em três momentos: práticas pré-eleitoral, eleitoral e pós-eleitoral. A atividade irá destacar as especificidades impostas pela pandemia do novo coronavírus (covid-19),
noções de direito eleitoral,
atos de pré-campanha e propaganda antecipada ilícita,
propaganda eleitoral permitida e proibida,
propaganda eleitoral na internet,
fake News,
horário eleitoral gratuito no rádio e na TV,
direito de resposta
condutas vedadas aos agentes públicos em campanha,
convenções partidárias e registro de candidatura,
início e forma de arrecadação de recursos financeiros,
gastos eleitorais permitidos,
mudanças eleitorais em razão da pandemia de covid-19,
vedação de compra de votos e consequências,
permissões e vedações no dia da eleição e
crimes eleitorais.

Comentário

Professor aposentado da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), João Carlos de Souza é o nome aprovado como candidato a prefeito na convenção do PT realizada neste domingo (13), de forma virtual. A quilombola e trabalhadora na agroecologia, Lourdes Castro, foi indicada para candidata a vice-prefeita.

Além dos dois petistas como cabeça de chapa, o partido ainda homologou os nomes de seis candidatas mulheres e nove homens, entre eles os sindicalistas Ronaldo Ramos, que comanda o Comitê de Defesa Popular responsável pela organização dos ‘gritos’ realizados anualmente na Semana da Pátria e Gleice Jane, que dirigiu o Simted (Sindicato dos trabalhadores em Educação) nos mais recentes embates por salários e valorização da categoria na cidade.

A convenção reuniu as principais lideranças petistas da cidade, como o ex-prefeito por dois mandatos José Laerte Tetila e o ex-deputado estadual e federal João Grandão, além do vereador Elias Ishy, que o grupo queria como candidato a prefeito, mas que vai tentar o terceiro mandato de vereador. O ex-reitor da UFGD, professor Damião Duque de Farias, também foi visto na live petista.

Comentário

“Estamos abrindo mão de um projeto, todos os nossos nomes abriram mão, tínhamos as condições de construir um projeto próprio para esta cidade, mas estamos preocupados com Dourados, que precisa voltar a exercer o seu protagonismo. Precisamos olhar para a importância que Dourados tem e sabemos que, neste momento, é o deputado Barbosinha quem tem as melhores credenciais para assumir essa bandeira e que tenha a dimensão desse momento”.

Com esse discurso, o deputado federal Beto Pereira, do PSDB, disse que o partido empresta os melhores quadros que tem nessa empreitada “para reconstruir a credibilidade de Dourados”, oferecendo o nome do ex-deputado Valdenir Machado para ser o vice-prefeito na chapa do candidato homologado na convenção do DEM, realizada na tarde deste sábado (12), na Câmara de Vereadores, com transmissão simultânea pela live aberta na página do parlamentar pelo perfil do Facebook.

Além de Beto Pereira, os tucanos participaram da convenção do DEM com o presidente estadual da legenda, secretário de Articulação Política do Governo, Sergio de Paula, o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, e os deputados Paulo Corrêa, presidente da Assembleia Legislativa e Marçal Filho. O DEM estava representado pelo presidente estadual, vice-governador e secretário estadual de Infraestrutura Murilo Zauith, o secretário geral e assessor da ministra Tereza Cristina, Marco Aurélio Santillo e o deputado estadual Zé Teixeira.

Comentário

O ex-deputado estadual Valdenir Machado será o candidato a vice-prefeito na chapa a ser encabeçada pelo deputado estadual José Carlos Barbosa, o Barbosinha (DEM), na disputa pela prefeitura de Dourados no dia 15 de novembro.

Machado foi aclamado, por unanimidade, na convenção realizada pelo PSDB na manhã deste sábado (12) na escola estadual Presidente Vargas. Após o resultado da votação, Barbosinha esteve na convenção dos tucanos e agradeceu o apoio.

“Política é aproveitar oportunidades”, discursou o ex-deputado, lembrando que teve seu nome cogitado para disputar as eleições de prefeito, mas prevaleceu a decisão interna das legenda em favor da aliança com os democratas. Valdenir foi acometido com o coronavírus e chegou a ser internado por conta da doença.

Barbosinha retribuiu o apoio recebido e lembrou que esse é o momento de “iniciar a recuperação de Dourados, reerguer a nossa força política e devolver a você, Valdenir, a oportunidade que não lhe deram de ser prefeito em 1992; agora vamos juntos fazer a diferença que Dourados está precisando”.

MDB

No meio da manhã, o MDB também realizou a convenção, no auditório do hotel Bahamas, onde, dos 32 convencionais que participaram da votação, 25 aprovaram a aliança com o DEM e sete se manifestaram contra; queriam a candidatura do presidente do partido, deputado Renato Câmara.

renato barbosinha

“Nosso projeto é único. Dourados precisa da experiência e da habilidade de articulação do deputado Barbosinha, que já mostrou esse preparo no comando da Sanesul [durante o governo do PMDB na gestão de André Pucinelli] e na Segurança Pública durante este Governo. Estamos somando conhecimentos e agregando forças pelo Município”, disse o deputado ao recepcionar o pré-candidato democrata na convenção.

Barbosinha lembrou da ‘história de amor’ que tem com o MDB, partido pelo qual foi prefeito em Angélica no final da década de 80, o mais jovem administrador de uma cidade no Estado, e pelo aprendizado que recebeu do então principal líder político da região, o deputado Nelito Câmara, pai de Renato.

Comentário

Os três maiores partidos de Dourados decidiram realizar neste sábado (12) as respectivas convenções para definição da forma de participação nas eleições de 15 de novembro. O MDB reúne filiados às 9 horas no hotel Bahamas, mesmo horário do PSDB na escola Presidente Vargas e o DEM a partir das 14 horas na Câmara de Vereadores; e os três, por unanimidade, vão confirmar a aliança com o deputado Barbosinha para a disputa da Prefeitura.

Nos últimos meses, essas três legendas se revezaram no debate político local, tentando encontrar a melhor alternativa para a sucessão da prefeita Délia Razuk (sem partido), mas, prevaleceu a recomendação dada, ainda em novembro do ano passado, quando instalou o programa Governo Presente em Dourados, pelo governador Reinaldo Azambuja. “O ideal seria que os partidos da nossa base aliada se unissem em torno de um único nome, capaz de promover o desenvolvimento dessa grande cidade”, receitou Azambuja.

De lá prá cá, um a um, os pretendentes ao cargo, da base aliada, foram se entendendo e a decisão de homologar a chapa majoritária, liderada pelo DEM, com o PSDB de vice, deve sinalizar nesse sentido a partir do resultado das convenções. Renato Câmara, presidente do MDB, foi o último a desistir da pré-candidatura, em nome dessa unidade. Antes dele, o PSDB chegou a ter três opções: Marçal Filho, Geraldo Resende e Valdenir Machado, este último que agora será indicado candidato a vice-prefeito de Barbosinha.

Seis candidatos

AS convenções, que estão sendo realizadas desde o sábado (5) passado já confirmaram como candidatos a prefeito pelo Município o vereador Alan Guedes (Progressistas) e o farmacêutico Racib Harb (Republicanos) e ainda deve sinalizar com outros três concorrentes, além de Barbosinha no DEM: O PSOL vai indicar o professor Ênio Ribeiro na convenção da tarde deste sábado; o PT indicará o professor João Carlos na convenção da manhã deste domingo (13) e o PSB deve homologar o médico Davi Infante Vieira, dia 16, no último prazo permitido pela legislação eleitoral, fechando o leque de opções para os mais de 140 mil eleitores.

Comentário

A Comissão Executiva Nacional do PTB determinou a proibição de coligações do partido com o DEM e o PSDB nas eleições municipais deste ano. A decisão foi divulgada pelo presidente nacional da sigla, Roberto Jefferson, no microblog twitter, com a explicação de que essa orientação visa "assegurar maior fidelidade ao programa, às diretrizes partidárias e a unidade da agremiação".

A decisão pode inviabilizar a presença da legenda, que tem como expoentes em Dourados a prefeita Délia e o filho, Neno Razuk, no palanque [ainda que digital] que está sendo preparado em Dourados, por exemplo, onde o candidato do DEM, deputado Barbosinha, está prestes a confirmar o ex-deputado Valdenir Machado, presidente municipal do PSDB, nome indicado pela cúpula tucana para ser o candidato a vice-prefeito na chapa, consolidando a base do Governo estadual em um projeto único para a cidade.

A resolução aponta, entretanto, que eventuais coligações com as agremiações tucana e democrata dependerão de aprovação da Comissão Executiva Nacional do PTB, ao contrário do PT, PSOL, PDT, PCdoB, REDE, PSB, PCB, PSTU e PCO, partidos com os quais “fica terminantemente vedada a efetivação de coligações do PTB”, considerando que esses partidos compõem o Foro de São Paulo e o programa estatutário preconiza “uma resposta imediata aos partidos comunistas e socialistas que se apresentam como os únicos representantes do trabalhador”, como descreve Jefferson.

Comentário

Sexta, 11 Setembro 2020 07:34

Dourados já tem dois candidatos a prefeito

Escrito por

O vereador Alan Guedes, homologado na convenção do Progressistas, realizada segunda-feira (7) e o farmacêutico Racib Harb, do Republicanos, confirmado no encontro realizado na tarde desta quinta-feira (10), são, até agora, os únicos dois candidatos oficialmente indicados para disputar a Prefeitura de Dourados.

Racib foi aprovado pelos convencionais do partido na convenção realizada na chácara Betel, sob a presidência do produtor de mel Nelson Jabá. O Republicanos também aprovou a indicação da instrutora credenciada de formação de condutores de veículos Dilvânia Todescato para ser a candidata a vice-prefeita, em chapa própria da legenda.

Entre os candidatos a vereador, despontam os professores de Educação Física Leandro Carlos e Pedro Walter, que também é agente penal com mais de 35 anos no exercício da profissão, o arquiteto Fabio Luiz, ex-diretor do Instituto do Meio Ambiente em Dourados, e o tenente Guto Nantes, entre outros nomes aprovados pela convenção.

Nesta sexta-feira (11), acontece a convenção do Solidariedade, marcada para às 18 horas, por meio da plataforma digital Zoom. De acordo com o presidente municipal Tita Borba, a tendência da sigla é aprovar proposta de participação apenas com candidatos a vereador e firmar aliança na eleição majoritária com o deputado Barbosinha, que deve ser homologado candidato a prefeito na convenção que o DEM realizará neste sábado (12) na Câmara de Vereadores.

Comentário

Página 7 de 136

DESTAQUE NACIONAL

  • Douranews Anúncio
  • unimed fevereiro

O Tempo Agora

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis