Timber by EMSIEN-3 LTD
  • cmd recess
Lucas

Lucas

Se as eleições para a escolha dos novos dirigentes da Aced (Associação Comercial e Empresarial de Dourados) fossem realizadas hoje, não haveria candidatos habilitados a receber os votos dos quase mil associados que, segundo a atual diretoria, teriam direito de participação.

É que, agora, além do pedido de impugnação da candidatura do empresário José Roberto Pinto Junior, que encabeça a chapa 1 “Ação e Transparência”, um novo pedido de impugnação, protocolado às 16h20 desta sexta-feira (24), pede o indeferimento da chapa 2 “Associativismo com inovação”, encabeçada pelo empresário Romualdo Diniz Salgado Filho.

A chapa “Ação e Transparência” argumenta que o candidato Romualdo Diniz Salgado Filho não preenche os requisitos exigidos para concorrer às eleições, não podendo ser admitido o registro de candidatura da referida chapa, sob pena de irregularidade em nulidade do pleito, por conta de que a empresa que representa, Dr Home Planejados Ltda, ficou mais de um ano inadimplente com a tesouraria da Aced, afrontando o artigo 11 dos estatutos da entidade.

“Será que o candidato que ficou em débito com a tesouraria da entidade durante anos, sem justificativa, estaria neste momento saldando o débito, não fosse pelo único interesse na sua pretensão de concorrer ao pleito de presidente?”, questionam os signatários da petição, José Roberto Pinto Júnior, o ‘Beto da Pão & Cia’ e Amarildo Ricci, respectivamente, candidatos a presidente e vice na chapa oposicionista à atual diretoria.

O estatuto da Aced prevê, no artigo 54 que, para concorrer ao cargo de presidente, o candidato deverá ser associado à entidade no mínimo 36 meses anteriormente ao pleito ininterruptamente e ter exercido algum cargo no Conselho Diretor ou Conselho Fiscal. “Assim, não basta estar associado a entidade, mas, estar em condições de exercer a qualidade de associado, conforme norma contida no artigo 11, letra ‘a’, que estipula como punição a exclusão dos associados “sempre que houver justa causa ou graves motivos: a) Quando faltarem o pagamento das mensalidades durante 4 (quatro) meses’.

“Vale destacar que as mensalidades tem por objeto, em última análise, a sobrevivência da entidade, fato que nos últimos anos restou desconsiderado pelo pretenso candidato. Por isso, é importante salientar que a aceitação de candidatura a presidência da entidade nessas condições, constituiria um desestímulo para aqueles que, mês a mês, de forma ininterrupta, honraram suas obrigações financeiras com a entidade”, expõem os empresários Beto da Pão & Cia e Amarildo Ricci para pedir a nulidade do registro da chapa 2.

Comentário

A investigação policial em torno do atentado ocorrido nesta quarta-feira (13) em Dourados não descarta a possibilidade de que o empresário do setor turístico José Pereira Barreto tenha sido baleado durante a tentativa de assalto, no final da tarde. No interior do carro onde ele foi encontrado baleado havia pouco mais de R$ 63 mil em dinheiro.

'Zezinho da Eurotur', como era conhecido o empresártio do ramo de turismo radicado em Itaporã, conduzia uma caminhonete S10, de cor prata, quando foi atingido por disparos efetuados por uma dupla de moto no cruzamento das ruas Mato Grosso com Cuiabá, no Jardim Santo André.

Os suspeitos estariam em uma moto vermelha e ainda não foram localizados pela polícia. Após ser baleado o empresário perdeu o controle da direção e avançou sobre a calçada, colidiu em um poste e em seguida na fachada de uma empresa de ambientes planejados.

Ele foi encaminhado para o hospital com ferimentos na região do torax e no ombro do lado direito, de acordo com a perícia técnica da Polícia Civil. (Material atualizado para troca de informações)

Comentário

O empresário José Pereira, dono da empresa de turismo Eurotur, localizada no centro de Dourados, foi baleado com pelo menos dois tiros, no final da tarde desta quarta-feira (13) no Jardim Santo André, periferia da cidade.

De acordo com investigações preliminares, ele teria sido abordado por dois homens, conduzindo uma moto vermelha quando conduzia uma caminhonete S10 de cor prata, na esquina das ruas Mato Grosso com Cuiabá.

O empresário perdeu o controle da direção e avançou sobre a calçada, após receber os tiros e colidiu em um poste e em seguida na fachada de uma empresa de ambientes planejados. Os disparos atingiram o ombro direito e tórax esquerdo da vítima, que foi encaminhado consciente para o hospital, de acordo com o que repercute o Campo Grande News.

Em série

Desde 2015, quando começou a onda de ataques a empresários do setor, quatro comerciantes do ramo já foram executados por pistoleiros em Dourados. No ano passado, em Ponta Porã, o empresário dono da China Tur, Evaldo Pavão, o 'China', também foi assassinado ao receber pistoleiros que bateram na porta da casa dele.

Até agora nenhum desses crimes foi elucidado e a Polícia também não informa se poderia haver alguma relação entre eles.

Comentário

Dez comissões permanentes do Senado escolheram nesta quarta-feira (13) os presidentes para o biênio 2019-2020, e já podem começar os trabalhos. A senadora Simone Tebet (MDB-MS) foi eleita para presidir o principal colegiado da Casa, a CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania). Será a primeira vez que uma mulher comandará a CCJ na história do Senado.

Outro senador de Mato Grosso do Sul, Nelsinho Trad (PSD), foi eleito presidente da CRE (Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional) para o biênio. A presidência dessa comissão assegura ao senador Nelsinho Trad a oportunidade de colocar em discussões nacionais assuntos de interesse para Mato Grosso do Sul, como a atuação das Forças Armadas nas fronteiras e os tratados e as relações de comércio entre o Brasil e outros países.

Já a chegada de Simone à CCJ e, por consequência, ao comando da comissão, seguiu um roteiro desenhado ainda durante a eleição para a Mesa Diretora do Senado, há duas semanas. Candidata à presidência da Casa, ela acabou derrotada no MDB por Renan Calheiros (AL) por 7 votos a 5. Depois de ter antecipado que não apoiaria a candidatura do alagoano, ela foi uma das principais articuladoras de uma frente de oposição, culminando em diversas candidaturas ao comando do parlamento. (Com agência Senado)

Comentário

O setor de fiscalização do Procon apurou nesta quarta-feira (13), após pesquisa de preços do combustível realizada em 36 estabelecimentos, na cidade e distritos, que o preço médio da gasolina em Dourados é de R$ 3,950.

Foram pesquisados os preços do etanol, do diesel comum e S10 e da gasolina comum e aditivada. O menor preço encontrado na gasolina comum foi de R$ 3,790; no diesel comum foi de R$ 3,290; e diesel S10, R$ 3,390; e no etanol o menor preço praticado é de R$ 3,190.

A diferença entre o menor (R$ 3,790) para o maior preço (R$ 4,193) encontrado na gasolina comum é de 9,2%. No etanol a diferença entre o menor e maior preço é de 12,8%; no diesel comum é de 13,9% e no diesel S 10, 15%.

Em novembro de 2018 o preço médio da gasolina nos postos em Dourados era de R$ 4,187, ou seja, houve agora uma queda de 5,6%. O preço médio do etanol nos postos em Dourados é de R$  3,357.

Esse menor preço encontrado na gasolina em Dourados (R$ 3,790) é 0,16 centavos mais barato que o preço médio praticado (R$ 3,950) nos postos da cidade.

O Procon lembra que os consumidores podem exigir a análise do combustível para descobrir o teor de álcool presente na gasolina, teste esse que deverá ser feito pelo próprio funcionário do posto de combustível na presença do  consumidor. O telefone do órgão de defesa do consumidor é o 151 ou
3411-7754.

Comentário

Para resguardar o sossego e a tranquilidade da população, bem como a segurança coletiva e individual, proteger os animais, pessoas idosas, doentes, crianças e portadores de deficiências e autistas, além do meio ambiente, o Projeto de Lei 05/2019, protocolado na sessão de segunda-feira (11) da Câmara de Dourados pelo vereador Elias Ishy (PT), trata da proibição da queima, soltura e manuseio de fogos de artifícios e artefatos pirotécnicos que causem poluição sonora acima de 65 decibels no município.

De acordo com o projeto, a proibição vale para ambientes fechados ou abertos, em áreas públicas ou privadas. Para a classificação de danos, serão consideradas as recomendações da NBR 10.151 e 10.152 editadas pela ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e, em caso de descumprimento da lei, os infratores estarão sujeitos a notificação e multas, inclusive em dobro, em caso de reincidência.

Segundo especialistas, o ruído provocado pela queima dos fogos ultrapassa 125 decibels, equivalente ao som de um avião a jato, portanto, muito acima do suportável tanto para o homem quanto para os animais. Pode causar o estresse nas crianças, incômodo nas pessoas em leitos de hospitais, surdez e ataque cardíaco. O barulho é nocivo principalmente para as pessoas com autismo, que podem ficar extremamente incomodadas. Em muitos casos os animais se debatem presos às coleiras até a morte por asfixia. Gatos e pássaros têm saúde muito afetada.

A justificativa aponta que o espetáculo é bonito com efeito de luzes, mas os fogos que só geram estrondos provocam riscos até de morte aos seres humanos e tornam-se instrumentos de tortura e morte aos animais. A legislação, portanto, de acordo com Ishy, visa preservar a saúde, a integridade física e a segurança de todos em uma alternativa sem retirar a beleza dos que esperam um espetáculo principalmente durante grandes festas.

Comentário

A Universidade Federal da Grande Dourados abriu inscrições para seleção de apresentações musicais instrumentais na sexta edição do Fesdom, o Festival Douradense de Música. As inscrições estão abertas até 29 de março e o formulário pode ser baixado AQUI http://portal.ufgd.edu.br/editais.

Para concorrer a uma das categorias, os interessados deverão encaminhar sua proposta no endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O edital premiará cinco atrações, divididas nas categorias Nacional (2 projetos no valor de R$ 7.000 cada) e Regional (3 projetos no valor de R$ 2.500 cada). Poderão ser enviadas propostas de show/concerto/recital de formação instrumental clássico ou popular.

O 6º Fesdom acontecerá de 3 a 7 de julho, com apresentações musicais, oficinas, palestras e workshops voltados para a formação artística de músicos, educadores musicais e estudantes de música.

Comentário

A Câmara de Dourados recebeu nesta terça-feira (12) uma carta de apoio do Movimento Dourados Contra Corrupção por meio de uma declaração quanto ao processo de cassação aberto cobntra os vereadores Idenor Machado (PSDB), Pedro Pepa (DEM) e Cirilo Ramão (PMDB), investigados na operação 'Cifra negra' e Denize Portolann (PR), na operação 'Pregão'. O documento foi entregue pelo líder do Movimento, o farmacêutico Racib Panage Harb e protocolado na Casa de Leis.

Na carta, o coordenador do Movimento afirma que a carta é uma parcela significativa da sociedade com a luta por “um legislativo mais digno”. A declaração informa que algumas entidades como OAB, Aced, Sindicato dos Bancários, Simted e Lojas Maçônicas se solidarizaram à causa, mas preferiram não aderir ao movimento.

Em anexo foram entregues cartas de entidades como: Simsend, Sescon, Afad, Acorda Dourados, Associação Sul-Mato-Grossense dos Direitos dos Usuários, AMGD, ADMV, Sintramental, Sindicato dos Vigilantes, Sindicato dos Empregados do Comércio, Sindicato dos Mototaxistas, entre outras. (Da assessoria)

Comentário

O Brasil não passa por um dos seus melhores momentos econômicos, no entanto, o mercado de Gastronomia vem se destacando diante dos outros setores, registrando crescimento contínuo e gerando muitas oportunidades, tanto para novos negócios quanto vagas no mercado de trabalho, contribuindo significativamente com a economia brasileira. O aumento da procura por cursos de Gastronomia é outro indicador que mostra que a área está em alta.

Neste cenário, a figura do Personal Chef, até então pouco conhecida, vem conquistando cada vez mais espaço e atraindo novos profissionais. O Personal chef é um profissional que atende de forma exclusiva e personalizada em eventos a domicílio, empresas ou locais de eventos, tornando reservado e pessoal cada montagem e elaboração do serviço.

O contato direto com o cliente oportuniza ao Personal Chef o entendimento da real necessidade do serviço, seu perfil, e conhecer um pouco da história de quem fará parte daquele evento para torná-lo o momento ainda mais memorável. Ter esse momento de interação com o cliente muitas vezes pode ser a chave para dar vida ao menu que será servido.

O Personal Chef pode dar dicas sobre como montar a mesa, indicações de louças e taças para o evento ficar completo em todos os níveis, atuando também como um verdadeiro consultor. Para os clientes as vantagens são muitas: não há filas, reservas, taxas de serviço e estacionamento, além de oferecer aos convidados um cardápio com o seu estilo.

Gastronomia na Unuigran

Com duração de dois anos e turmas nos períodos matutino e noturno, o curso de Gastronomia da Unigran é ideal tanto para quem já atua no ramo e deseja se profissionalizar e aprimorar as técnicas culinárias, quanto para os entusiastas da área que queiram aprimorar conhecimentos.

Marlon Libório, coordenador do curso, destaca a qualidade da formação. “O curso de Gastronomia da Unigran é referência nacional pela excelente qualidade da estrutura, utensílios e materiais, que são os mesmos utilizados nas cozinhas profissionais. Os acadêmicos também destacam a alta qualidade e a fartura dos insumos que utilizam nas aulas práticas. Além disso, a maioria dos professores atua na área, dominando grande prática e vivência e diagnosticando precisamente o mercado de Gastronomia para os alunos”, ressalta.

O curso é 80% prático e, periodicamente, a Unigran traz chefs renomados de dentro e fora do País, que ensinam, atualizam e incentivam os futuros profissionais. Por esses e outros investimentos o Ministério da Educação avaliou a Unigran com a melhor Instituição de Ensino Superior de Mato Grosso do Sul.

Vestibular 2019

Para ingresso em 2019, a Unigran oferece vagas por meio do Vestibular que pode ser agendando no site www.vestibularunigran.com.br, ou ainda com nota do Enem ou como portador de diploma. Contatos podem ser feitos pelo telefone (67) 3411 4313 ou (67) 9 9222 5948 (WhatsApp). Mais informações técnicas sobre o curso podem ser obtidas AQUI 

Comentário

O presidente da Câmara de Dourados, vereador Alan Guedes (DEM) defendeu, durante a solenidade de posse da diretoria eleita para o triênio 2019/2021 da 4ª Subseção de Dourados/Itaporã da Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso do Sul (OAB/MS), maior transparência nas contas públicas e atividades parlamentares, além de participação da sociedade.

“O agora ex-presidente da OAB, Cláudio Lamachia, na abertura do ano do judiciário no STF, destacou que vivemos a ‘Era da Transparência’. Entendo que isso não se restringe apenas ao setor público, mas também ao privado, como vemos nas recentes operações que abriram uma série de questões relacionadas às maiores empresas do País. Precisamos implementar, em ambos setores, práticas de transparência na gestão, como Compliance [estar em conformidade com as leis, padrões éticos, regulamentos internos e externos], que podem até mesmo reduzir despesas, gastos, melhorar processos. É exatamente o que queremos fazer à frente da gestão da Câmara Municipal”, afirmou o vereador.

Foram empossados o presidente Alexandre Mantovani, a vice-presidente Raissa Moreira Rodrigues Uehara, o secretário-geral José Roberto Teixeira Lopes, a secretária-geral adjunta Luci Mara Tamisari Areco e o diretor-tesoureiro Nelson Eli Prado.

Para Alan Guedes, é um momento importante para a advocacia sul-mato-grossense, especialmente para Dourados. “A OAB é uma entidade da qual esperamos independência e entendemos como parceira no desenvolvimento no nosso município, pois é o fortalecimento das instituições que fará com que a cidade volte à sua normalidade. Cada um caminhando em seu papel institucional vai contribuir com toda sociedade douradense”, enfatizou.

Na cerimônia, realizada no Teatro Municipal de Dourados, o presidente da OAB, Seccional de Mato Grosso do Sul (OAB/MS), Mansour Elias Karmouche, deu posse à nova diretoria. Estavam presentes representando a diretoria da OAB/MS o vice-presidente Gervásio Alves de Oliveira Júnior; o secretário-geral Stheven Razuk; a secretária-geral adjunta Eclair Nantes e o diretor-tesoureiro Marco Rocha.

Comentário

Página 1 de 11

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014
E-mail: douranews@douranews.com.br

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus