Timber by EMSIEN-3 LTD
  • CORONA3
  • Dnews Whats
  • 10 anos
  • 10 anos1
Terça, 11 Outubro 2016 07:08

No dia mundial da obesidade, médico recomenda cuidados básicos Destaque

Escrito por

O excesso de peso é hoje um dos fatores de risco reconhecidos como importantes para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, porque pode provocar aumento da pressão arterial e dos níveis de glicose no sangue. O tema é tão importante que anualmente é celebrado, no dia 11 de outubro, o Dia Mundial da Obesidade. Uma pessoa é classificada com excesso de peso quando o IMC (Índice de Massa Corpórea) é superior a 25 e com obesidade, quando esse valor é maior que 30. Para calcular o IMC, basta dividir o peso (em quilos) pelo quadrado da altura (em metros).

Estudo divulgado no início desse ano aponta que a incidência de alguns tipos de doenças do coração e infartos são maiores em pessoas com sobrepeso. A relação entre a obesidade e doenças cardiovasculares foi examinada em mais de 5000 pessoas, entre homens e mulheres, e a análise concluiu que o excesso de peso é um fator de risco independente, principalmente nas mulheres.

Para o cardiologista Marcelo Bertolami, do Instituto Dante Pazzanese de Cardiologia, outros hábitos ruins podem aumentar o risco para doenças. “Sedentarismo, tabagismo e uma alimentação desbalanceada, por exemplo, aumentam consideravelmente o risco de o indivíduo ter um problema no coração no futuro. Além disso, a obesidade abdominal, ou seja, a circunferência da cintura, é um fator de risco ainda maior do que o excesso de peso corporal”, completa.

Uma maneira simples de alterar um quadro de sobrepeso ou obesidade e melhorar a saúde do coração é mudar alguns hábitos diários. Por isso, Marcelo dá três dicas simples para quem quer ver essa mudança acontecer: caminhar por, no mínimo, 30 minutos, contribui para manter o peso corporal e fortalece a musculatura, como também ajuda a controlar os níveis de colesterol no sangue, outro fator que pode causar doenças do coração; alimentação equilibrada, pelo consumo de nutrientes e gorduras boas que são fundamentais para contribuir para a saúde cardiovascular; e manter os exames de rotina, realizando-os ao menos uma vez ao ano. Medir a pressão arterial, níveis de colesterol e glicose é fundamental para que seu médico avalie como está sua saúde. Além disso, o acompanhamento com uma nutricionista também ajuda a manter uma alimentação equilibrada e específica para sua rotina e preferências.

ENTREVISTA

  • unigran 150
  • Editais

O Tempo Agora

  • unigran novo

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis