Timber by EMSIEN-3 LTD
Quinta, 13 Junho 2019 08:36

Nutrição da Unigran conhece unidade de alimentação do Evangélico Destaque

Escrito por
Grupo do curso de Nutrição em visita ao setor de produção de alimentos dados aos pacientes do hospital Grupo do curso de Nutrição em visita ao setor de produção de alimentos dados aos pacientes do hospital Divulgação/Assessoria

Os acadêmicos do 1º semestre de Nutrição da Unigranfizeram uma visita técnica à Unidade de Alimentação e Produção do Hospital Evangélico Dr. e Sra. Goldsby King, em Dourados. A visita foi coordenada pela professora Juliana Barros de Almeida e possibilitou aos estudantes conhecerem in loco a dinâmica de funcionamento de uma unidade de produção de refeições coletivas.

A coordenadora do Serviço de Nutrição e Dietética do Hospital, nutricionista Celina Mizuno Prado, conduziu os acadêmicos na visita guiada pelas instalações físicas da Unidade de Alimentação e Nutrição. O trabalho da equipe é feito com atendimento de convênios, particulares e do SUS (Sistema Único de Saúde), para a especialidade de cardiologia, com aproximadamente 217 leitos ativos, nos quais os pacientes são atendidos com seis refeições diárias, já os acompanhantes com três refeições, além da parte do refeitório, que atende os funcionários.

Conforme Celina, o trabalho do nutricionista em um hospital visa a redução do tempo de internação e a melhora do quadro do paciente. “Trabalhamos diretamente com terapia nutricional de cada paciente com o tipo de dieta que ele necessita, de acordo com cada patologia específica. Com isso, buscamos diminuir o tempo de internação, em contrapartida com a recuperação mais rápida e melhora do quadro do paciente”, garante.

A Unidade de Alimentação possui dois manuais de boas práticas: da cozinha e da terapia nutricional, que foram elaborados pelas nutricionistas que trabalham no hospital e são atualizados todos os anos. “Em toda manipulação de alimentos há a necessidade de boas práticas e isso conseguimos desenvolver através dos manuais. Todo funcionário, com o manual, tem conhecimento de todos os procedimentos que precisam ser tomados, como por exemplo, saber como fazer a higienização correta, como cortar determinado alimento, a temperatura e qualidade do alimento, todas as etapas, desde o recebimento até a entrega”, menciona a coordenadora.

A nutricionista ressalta, ainda, a importância do aspecto do alimento, por ser uma maneira de despertar a vontade do paciente ou do funcionário de se alimentar. “Esse é um cuidado que temos durante a apresentação da refeição”, afirma.

Recentemente, o Hospital Evangélico de Dourados recebeu um selo de qualidade, por atender todos os requisitos de boas práticas na manipulação de alimentos, obedecendo à sistemática do Programa Senac de Segurança Alimentar – o PSSA, o qual garante que todo alimento que sai da cozinha tem procedência e 100% de qualidade.

Para Celina, também egressa da Unigran, foi uma grande satisfação receber os acadêmicos. “Essa visita é importante para que os estudantes tenham conhecimento dos locais onde a nutrição pode estar e o que pode proporcionar, não só na parte teórica, mas na parte prática”, enfatiza.

Os estudantes conheceram o estoque, as áreas de recebimento e de triagem, a parte de técnica dietética, de porcionamento e de cocção, refeitório, além das áreas de distribuição de refeição dos funcionários e de distribuição de refeição para os pacientes.

A acadêmica Caroline Santos da Silva considera que a visita foi muito proveitosa. “Foi muito interessante a forma que a coordenadora nos explicou tudo, nos mostrou os setores, a cozinha é muito limpa e abriu um pouco a minha mente sobre o que nutricionista faz em uma Unidade dessas”, cita.

Outro fator que chamou a atenção da aluna foi como fornecem as refeições. “Eles perguntam aos pacientes se estão gostando, têm todo um cuidado, achei muito bonito. Ver o amor com que trabalham, a organização que têm, além dos manuais de boas práticas, os procedimentos operacionais padronizados, é bom vermos na prática o que a professora já falou na teoria, além de aprendermos um pouco sobre a parte da Clínica das Dietas Enterais. A visita contribuiu bastante em nossa formação acadêmica”, finaliza Caroline.

  • al sustentavel 2
  • kikao professor

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus