Timber by EMSIEN-3 LTD
Redação Douranews

Redação Douranews

O porteiro do condomínio Vivendas da Barra recuou em depoimento prestado à PF (Polícia Federal) nesta terça-feira (19) e afirmou ter lançado errado o registro de entrada de Elcio Queiroz na casa 58, do presidente Jair Bolsonaro, na planilha de controle do condomínio. O funcionário disse que havia se sentido "pressionado" e deu a primeira versão para o episódio, no qual a entrada do suspeito de matar Marielle Franco foi autorizada pelo "Seo Jair".

Apesar de dizer que se sentiu "pressionado", o porteiro afirmou que ninguém o pressionou a prestar a versão em que menciona o presidente. O funcionário foi ouvido no inquérito aberto para apurar o seu próprio testemunho no caso Marielle. A investigação foi solicitada pelo ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança Pública) para apurar "tentativa de envolvimento indevido" do nome de Bolsonaro nas investigações sobre o assassinato da vereadora.

O inquérito corre em sigilo e o Ministério Público Federal afirma que só se manifestará na conclusão do caso, conforme repercute o portal Terra. A investigação teve início após reportagem da TV Globo mostrar que um homem chamado Elcio (que seria Elcio Queiroz, um dos acusados pela execução de Marielle) deu entrada no condomínio Vivendas da Barra em 14 de março de 2018 dirigindo um Renault Logan prata. Ele teria informado ao porteiro que iria visitar a casa 58, de Bolsonaro. O porteiro afirmou ter confirmado a entrada com o "seo Jair". Entretanto, o presidente, à época deputado federal, estava em Brasília conforme registros da Câmara dos Deputados.

Comentário

A prefeita Délia Razuk recebeu na manhã desta quarta-feira (20), das mãos do gerente do Entreposto Dourados da Coamo, Paulo Roberto Bacini, o convite oficial para a solenidade de inauguração do complexo da agroindustrial cooperativa, marcado para a manhã de segunda-feira (25) no trecho da BR 163 que demanda a Caarapó.

Délia deu as boas-vindas e agradeceu mais uma vez por Dourados ter sido escolhida pela Coamo e reafirmou que o empreendimento traz orgulho e expectativa de mais desenvolvimento, não só para o município como também para toda a região. “Estou muito feliz e orgulhosa. Vivemos um grande momento e a administração municipal estará à disposição sempre, com apoio e incentivo àqueles que acreditam em Dourados”, disse.

A prefeita lembrou que a instalação da Coamo em Dourados acaba movimentando vários segmentos da economia local, impulsionando o crescimento do município. Antes mesmo da inauguração da indústria, registrou-se um aumento considerável no movimento na rede hoteleira, restaurantes, imobiliárias e postos de combustíveis. “Muitas pessoas vieram para cá trabalhar na instalação da Coamo e isso acabou agregando”, observou. De acordo com o gerente do entreposto, Paulo Bacini, aproximadamente 1.500 trabalhadores vieram de outras cidades para Dourados neste período.

Ele também explicou que a chegada da Coamo atrai para Dourados e região, agregados como centros de distribuição, empresas do ramo de transporte, de manutenção, de peças industriais, logística, entre tantas outras. Agora mesmo, um restaurante e um posto de combustíveis estão sendo instalados na região da Coamo.

Na recepção ao gerente Paulo Roberto Bacini, a prefeita Delia Razuk estava na companhia dos secretários Claudio Gaiofato, de Desenvolvimento Econômico, e Fabiano Costa, de Serviços Urbanos, além do assessor especial José Elias Moreira e do administrador do aeroporto municipal Juliano de Almeida Domingos.

A indústria

A Coamo Agroindustrial investiu R$ 750 milhões na construção das duas plantas em Dourados, para processamento de soja e refino de óleo de soja. Concebida em dezembro de 2016, a indústria vai ocupar uma área com cerca de 150 hectares, sendo 60 hectares só de construção. As fábricas estão instaladas à margem direita da BR 163. De início, as indústrias geram 350 empregos diretos e milhares de empregos indiretos.

O empreendimento da Coamo em Dourados agregará uma indústria para processamento de 3 mil toneladas de soja por dia, produção de farelo e óleo e uma refinaria para 720 toneladas de óleo de soja refinado por dia, equivalente a 15 milhões de sacas de soja por ano. A capacidade de envasamento será de 45 mil garrafas pet por hora.

A Coamo é a maior cooperativa agrícola da América Latina e está entre as 50 maiores empresas do país. São 28.700 cooperados e mais de 8 mil funcionários.

Comentário

Diretores e representantes de Rádios Comunitárias de Mato Grosso do Sul vão se reunir sábado (23), a partir das 8h30, na sede do Sindicato dos Bancários, em Dourados, localizado na rua Olinda Pires de Almeida, 2450, próximo ao Parque dos Ipês.

O encontro, realizado pela Farcom (Federação das Associações de Rádios Comunitárias), tem como principal objetivo orientar os diretores das rádios comunitárias do Estado a seguirem um novo modelo de representatividade e gestão para as Radiocoms.

Os presidentes de Federações dos estados de Tocantins, Geraldo Freitas e do Paraná, Luis Dzulinski, seräo os responsáveis pela organização e realização do evento, inclusive pelo convite aos representantes das emissoras mais distantes.

"Acreditamos que somente através da união e um trabalho alinhado, com uma atuação organizada e especialmente sem nenhum tipo de viés ou compromisso político partidário, é que as rádios comunitárias poderão avançar e se tornarem o maior sistema de comunicação em cada estado", disse um dos diretores da Farcom.

A atual diretora da Radcom-MS, Leila Bocorny, da emissora comunitária Caarapó-FM (87.9 Mhz), da cidade de Caarapó, e Edmilson Caccia, o presidente da Associação Cultural Itapoã, representando a Rádio Itapoã FM, do município de Ivinhema, um dos fundadores da federação sul-mato-grossense, já confirmaram presença.

Comentário

Com os pagamentos efetuados essa semana, o governo do Estado repassou, desde 1º de janeiro deste ano, recursos da ordem de R$ 28.663.514,23 para a saúde de Dourados, sem contar os investimentos próprios no Hospital de Cirurgias da Grande Dourados e o custeio de equipamentos instalados em unidades como Hospital da Vida e na UPA douradense.

O Governo mantém a regularidade nas transferências devidas pelo tesouro estadual para o financiamento do SUS (Sistema Único de Saúde) no Município. Esses pagamentos custeiam serviços importantes ofertados no Hospital da Vida, Hospital Universitário, Samu, UPA, Hospital Evangélico, Hospital da Missão Caiuás entre outros, além de incentivo financeiro aos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate a Endemias.

Valores

Somando os repasses feitos mês a mês, somente o Hospital da Vida de Dourados já recebeu, este ano, R$ 12 milhões, estando em dia - pago até a competência setembro já que a competência outubro deve ser quitada até o final deste mês, informa a assessoria de comunicação da Secretaria estadual de Saúde. Outro valor substancial repassado no período foi destinado ao HU (Hospital Universitário), somando R$ 6.050 milhões.

A UPA também recebeu aportes do Estado, desde janeiro, que totalizam R$ 3 milhões. O Samu, por sua vez, percebeu R$ 912.275,00 em 2019, enquanto os ACS (Agentes Comunitários de Saúde) e ACEs (de Combate a Endemias) receberam incentivos que somam R$ 1.764.689,62.

O governo do Estado também repassa ao Município de Dourados, especificamente para o Fundo Municipal de Saúde, valores para custeio de serviços prestados pelo Hospital Evangélico e pelo Hospital “Porta da Esperança”, da Missão Caiuás. Para o Evangélico, este ano foram repassados R$ 925.206,60 e para o “Porta da Esperança”, R$ 134 mil.

Compromisso

Segundo o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, é compromisso e determinação do governador Reinaldo Azambuja que os repasses sejam regularizados em relação a todas as regiões do Estado. “Temos feito todos os esforços nesse sentido. No caso de Dourados, entendemos que este Município tem um papel fundamental, porque é sede macrorregião compreendendo 33 cidades”, conclui.

Comentário

Acontecem neste domingo (24) as duas partidas de volta válidas pelas semifinais da 18ª edição do Campeonato Interdistrital de futebol de campo que a Prefeitura de Dourados realiza por meio da equipe de esportes da Funed.

No estádio Fradique Corrêa, em Vila Vargas, a AAVF (Associação Atlética Vila Formosa) vai atrás de um milagre para se classificar à final. A equipe faz o jogo de volta com a AAVV (Associação Atlética Vila Vargas) precisando vencer por quatro gols de diferença, uma vez que no jogo de ida perdeu em seus domínios por 4 a 1. Caso o time de Vila Formosa vença por três gols a decisão será por meio da cobrança de penalidades máximas. Já a Vila Vargas, para ir para a segunda decisão consecutiva, joga por um empate, podendo até perder por dois gols de diferença.

Outro jogo

Já no confronto de volta que será realizado no estádio Ataíde Pimenta dos Reis, no distrito do Panambi, o Veteranos Panambi e o Esporte Clube Cooperativa da Vila São Pedro estão em igualdade de condições, uma vez que no jogo de ida, no estádio Tácito Pace, em Indápolis, o placar não saiu do zero. Neste confronto, um novo empate levará a decisão para os pênaltis. Quem vencer fará a grande final contra o vencedor do confronto AAVV e AAVF.

A final está marcada para acontecer às 15 horas do dia 1º de dezembro, depois da decisão do terceiro lugar, marcada para às 13 horas. A final será realizada no estádio da equipe que fizer a melhor campanha em pontos somados ao longo da competição. Haverá troféus e medalhas para os três primeiros colocados e troféu para o melhor goleiro e também para o artilheiro.

O 18º Interdistrital contou com a participação de nove equipes, distribuídas em três grupos de três, e teve início no dia 4 de agosto.

Comentário

A redução da tarifa do esgoto de 70% para 50% do valor da água consumida foi uma vitória conquistada pela Prefeitura de Dourados, que fez a reivindicação durante o processo de renovação da concessão com a Sanesul, a Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul, concessionária dos serviços de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto em Dourados.

O anúncio desta medida foi feito esta semana pela própria Sanesul, que confirmou a decisão que está prevista no contrato de renovação da concessão. Conforme dados da Sanesul, “as contas faturadas no mês de outubro com vencimento a partir de primeiro de novembro já foram contempladas com a redução da tarifa”.

O diretor comercial e de operações da Sanesul, Onofre Assis de Souza, afirmou que “a tarifa média do esgoto sanitário no Brasil varia de 70% até 100% entre os estados e municípios. A da Sanesul é de 50%, bem abaixo da média nacional”.

A redução de 70% para 50% foi uma vitória da população douradense durante o processo de renovação do contrato de concessão, celebrou a prefeita, conforme material distribuído nesta quarta-feira (20) pela prefeita Délia Razuk. O Município colocou como uma das metas em benefício da coletividade para a renovação do contrato, além da redução da tarifa, a compensação financeira com as obras em várias regiões da cidade.

Comentário

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Paulo Corrêa (PSDB), definiu, em ato da Mesa Diretora, os deputados que vão compor a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) encarregada de investigar eventuais irregularidades relacionadas à empresa Energisa, concessionária de energia no Estado.

Fazem parte da CPI, como membros titulares, os deputados Capitão Contar (PSL), João Henrique (PL), Renato Câmara (MDB), Barbosinha (DEM) e Felipe Orro (PSDB) e, como suplentes, Antônio Vaz (Republicanos), Evander Vendramini (PP), Marcio Fernandes (MDB), Eduardo Rocha (MDB) e Marçal Filho (PSDB).

Na sessão em que instaurou a CPI, o deputado Paulo Corrêa falou sobre os recursos humanos, que ajudarão nos trabalhos da comissão. “Temos advogados concursados, que serão disponibilizados para auxiliar nesta CPI. Caso haja necessidade, vamos requisitar servidores de outros órgãos do Estado”, afirmou. Agora os membros da Comissão devem se reunir para escolher o presidente e relator dos trabalhos.

Comentário

A Sanesul divulgou nesta quarta-feira (20) edital para a abertura de processo seletivo visando a contratação, por tempo determinado, de contador, engenheiros e psicólogo. As inscrições serão realizadas no período de 25 a 27 de novembro e o processo de escolha se dará após apresentação documentação legal, currículo e entrevista pessoal.

São oferecidas sete vagas, sendo duas para contador com salário de R$ 5.741,68; duas para engenheiro A e uma para engenheiro B com salário de R$ 8.483,00; uma de engenheiro de segurança do trabalho com salário de R$ 8.483,00 e uma vaga de psicólogo com remuneração de R$ 5.741,68. Todas as oportunidades são para Campo Grande.

O edital completo com todas as informações está disponível a partir da página 106 da edição desta quarta do Diário Oficial do Estado.

Comentário

Jonadabi Nascimento dos Santos, de 21 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (19) em Dourados, depois de ter caído da motocicleta com a qual participava de uma trilha, domingo (17) passado, em Rio Brilhante.

De acordo com o registro da ocorrência, Santos seguia por uma estrada de terra às margens da BR 163, entre Rio Brilhante e o distrito de Prudêncio Thomaz, quando teria caído da moto, por volta do meio-dia de domingo.
.
Jonadabi ainda foi socorrido, em estado grave, pela empresa CCR MS Via, que administra a rodovia e levado até o hospital da cidade. Depois, a vítima foi encaminhada para Dourados, onde não resistiu e morreu no Hospital da Vida.

Comentário

Maior município do interior de Mato Grosso do Sul, Dourados tem recebido do Governo do Estado importantes investimentos e repasses que somam cerca de R$ 900 milhões. O valor considera recursos aplicados entre janeiro de 2015 e outubro de 2019 em infraestrutura, desenvolvimento, saúde, educação e segurança. Tudo para melhorar atendimentos e a qualidade de vida da população.

A maior parte dos recursos é aplicada na área de infraestrutura e saneamento. São mais de R$ 715 mil em obras emblemáticas, como a construção da ETE (a Estação de Tratamento de Esgoto) Ipê, ao lado da rodovia MS156; a pavimentação e drenagem já concluídas do Distrito Industrial e a revitalização das avenidas Joaquim Teixeira Alves, Marcelino Pires e Weimar Torres, que dá mais segurança e conforto ao trânsito.

O Governo do Estado ainda construiu e entregou os prédios da DAM (a Delegacia de Atendimento à Mulher) e do Centro de Educação Profissional. Já a construção do Hospital Regional de Dourados segue em execução. Isso tudo além de obras de asfalto de drenagem de águas da chuva em diversos bairros da cidade, como São Braz, Parque das Nações, Altos do Indaiá, Vila Martins, Vila Vargas, Jóquei Clube e Jardim Carisma.

Para os próximos anos, a expectativa é de mais investimentos para Dourados. Isso por causa do programa Governo Presente, que desde setembro faz um raio-x das necessidades de cada cidade de Mato Grosso do Sul. Com o projeto, o Governo planeja novos investimentos e obras em todos os municípios “sem lado a ou lado b, apenas com o lado da população”, nas palavras do governador Reinaldo Azambuja.

Depois de levantar demandas de 61 municípios em cinco edições, o Governo Presente desembarca em Dourados com toda a estrutura administrativa do Executivo estadual a partir desta quarta (20) até sexta-feira (22), tornando a cidade “capital” de Mato Grosso do Sul. Na oportunidade, o governador Reinaldo Azambuja, o vice Murilo Zauith e demais técnicos do Governo vão atender 17 prefeitos de cidades da região.

As reuniões técnicas ainda vão atender vereadores e demais lideranças municipais. Juntos, os agentes públicos vão traçar projetos de investimentos para Anaurilândia, Angélica, Antônio João, Batayporã, Deodápolis, Douradina, Dourados, Fátima do Sul, Itaporã, Ivinhema, Laguna Carapã, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Ponta Porã, Rio Brilhante, Taquarussu e Vicentina. Os encontros serão na Sanesul.

Após finalizar o programa Governo Presente, o governador Reinaldo Azambuja vai organizar e divulgar o planejamento de novas obras e investimentos para os próximos três anos (até 2022) nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul. Em anúncios anteriores à imprensa, o gestor adiantou que pretende recuperar 200 quilômetros de rodovias estaduais e pavimentar outros 800 quilômetros de estradas novas pelo Estado.

Comentário

Página 2 de 1495

Entre em Contato

Editor de conteúdo
Clóvis de Oliveira
Email: clovis@douranews.com.br

Rua Floriano Peixoto, 343
Jardim América – Dourados/MS
CEP 79803-050
Tel.: 67 3422-3014

WhatsApp 9 9913 8196

Telefones Úteis

Horários de Vôos | Horários de Ônibus