Menu
Buscardomingo, 23 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
24°C
unigran24
banner100
INFRAESTRUTURA

Investimentos impulsionam a fronteira

Ligação asfáltica anunciada fecha entorno do agronegócio no Estado

14 julho 2022 - 19h08Por Redação Douranews

A implantação e pavimentação da rodovia MS-166 que atende Cabeceira do Apa, em obras de R$ 31,8 milhões, foram vistoriadas nesta quinta-feira (14) pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB). A vistoria é parte da agenda de lançamento e inaugurações nas áreas de infraestrutura, educação, esporte e lazer e habitação da região. O distrito conta com grande potencial agropecuário no estado, e as obras possuem 23,76 km de extensão e interligam as rodovias MS-166, MS-270 e MS-382.  

A MS-166 é uma das principais rodovias da região de fronteira, e de grande valia para o escoamento de produção agropecuária e foi pavimentada pelo Governo do Estado no trecho que liga o município de Antônio João ao Distrito de Cabeceira do Apa.  Finalizado, esse trecho da MS-166, promete potencializar o agronegócio local.

Em meio a vistoria, o governador Reinaldo Azambuja enfatizou que, assim como em Antônio João, as administrações municipais e a administração estadual investem para melhorar a infraestrutura, fator que amplia a competitividade dos produtores rurais e industriais.  

O trecho da MS-166 entre Antônio João e o Distrito de Cabeceira do Apa leva o nome de “Ramão Sidnei Almirão", em homenagem ao pai do secretário municipal de Meio Ambiente de Ponta Porã, Dário Honório Martins Almirão. "A tão sonhada rodovia para Cabeceira do Apa, muitos produtores não acreditavam, mas hoje é uma realidade", disse Agnaldo Marcelo da Silva, prefeito de Antônio João, conhecido como “Marcelo Pé”.

MS-384 

Para alavancar a região de fronteira e contribuir com a Rota Bioceânica, o Governo do Estado investe R$ 92 milhões em um trecho de 67,2 quilômetros, de entroncamento com a MS-164 (Antônio João), passando pela BR-060.  

O investimento será para restauração, adequação do tráfego e drenagem da MS-384, e será realizada com recursos do Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul (Fundersul), em investimento que integra o tronco rodoviário na região de fronteira com o Paraguai, na região sul do Estado, com obras que visam melhorias na capacidade de tráfego da via, que conta com intenso fluxo de veículos pesados.

“A obra é muito importante, pois a MS-384 é uma das principais estradas da região, que vai nos ligar à Rota Bioceânica. Temos muitos caminhões com calcário que seguem para Bela Vista e Caracol”, destacou o prefeito “Marcelo Pé”.

Educação

O governador assinou convênio de R$ 3,1 milhões para reforma e ampliação da Escola Municipal Indígena Tupã Í MBO Eroy Arandu Renõi e a cessão de uso da arena esportiva do Programa “MS Bom de Bola”, R$ 343.890,00.

No distrito de Campestre, na aldeia indígena, a reforma da unidade de ensino será executada pelo Município, que repassa R$ 101.552,20.  Cerca de  90% dos moradores do local são indígenas da etnia guarani-kaiowá. 

Segundo Reinaldo Azambuja, melhorar a estrutura das escolas nas aldeias indígenas é uma das prioridades do Governo do Estado. Entre as comunidades beneficiadas estão as das aldeias Uberaba, em Porto Índio, Jaguapiru, em Dourados, e Brejão, em Nioaque.

O governo do estado entregou uma arena esportiva em Antônio João, que conta com com arquibancadas, luz de led e grama sintética. Ao todo serão entregues 117 arenas esportivas  nos 79 municípios de Mato Grosso do Sul.  

A ação faz parte do Programa “MS+Esporte”, lançado pelo governador Reinaldo Azambuja em outubro de 2021, em investimentos que somam mais de R$ 120 milhões. 

Habitação

Ainda em Antônio João, o governador entregou 30 unidades habitacionais do programa FGTS Subsidiado do Loteamento Portal da Serra, autorizou licitação da pavimentação asfáltica, calçadas e meio-fio na Vila do Penzo e Vila Guarany e assinou uma ordem de início de serviço da obra de reforma geral com acessibilidade da Escola Estadual Pantaleão Coelho Xavier. 

Contratadas no ano passado, as 30 unidades habitacionais construídas no Loteamento Portal da Serra receberam investimentos de R$ 2,1 milhões, por meio do Programa FGTS Subsidiado, fruto da parceria entre Estado, Governo Federal e Município.

"É a realização de um sonho de 10 anos. Eu tenho que agradecer a todos os envolvidos. Agora vamos pagar algo que é fã gente. Vamos ter o nosso cantinho", disse Elisangela Nunes dos Santos. Ela, o marido e as duas filhas, de 2 e 8 anos, acabam de receber as chaves da casa própria.

Além das moradias de 44,42 metros quadrados cada, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, o Governo do Estado investiu mais de R$ 871 mil na infraestrutura de acesso ao residencial, por intermédio da Secretaria estadual de Infraestrutura.