Menu
Buscarquinta, 13 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
32°C
unigran24
banner100
DOWN

Ações marcam Dia Mundial

Programação começa neste final de semana em vários estados

19 março 2022 - 11h37Por Redação Douranews

O Dia Mundial da Síndrome de Down, que será comemorado na segunda-feira (21), já tem eventos realizados a partir deste sábado (19) no Brasil. Neste ano, o país vai comemorar pela primeira vez o Dia Nacional da Síndrome de Down, que foi instituído no último dia 4 também para o dia 21.

Um dos eventos previstos para este fim de semana é o 11º Simpósio Internacional da Síndrome de Down (Trissomia 21), organizado pelo Centro de Estudos e Pesquisas Clínicas de São Paulo (o Cepec SP), com programação totalmente online para debater os “Desafios e Oportunidades: Propostas e Conquistas”.

 O objetivo é apresentar as possibilidades que norteiam a autonomia familiar, social, educacional e econômica das pessoas com síndrome de Down, adequando o conteúdo com informações técnico-científicas dos mais recentes avanços que envolvem o presente e o futuro das pessoas com síndrome de Down, incluindo a pandemia de covid-19. Mais informações podem ser obtidas neste site.

O Dia Mundial da Síndrome de Down é celebrado em 21 de março desde 2006, em alusão à Trissomia do Cromossomo 21, porque os portadores da síndrome de Down carregam três cromossomos número 21, em vez de dois, como as demais pessoas.

A Down Syndrome International, entidade sediada no Reino Unido e responsável pela criação do Dia Mundial da Síndrome de Down, convida pessoas com essa condição a participar dos eventos pelo Dia Internacional da Síndrome de Down na ONU (Organização das Nações Unidas), em Nova York (Estados Unidos) e Genebra (Suíça). Quem quiser pode enviar vídeos ao site da entidade dizendo o que é inclusão. No evento de Nova York, pessoas que não têm síndrome de Down também podem participar.

Reinaldo

Em Mato Grosso do Sul, o governador Reinaldo Azambuja sancionou decreto que isenta de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) os portadores de síndrome de Down,na compra de veículos automotores novos. Para que seja concedida a isenção, que já beneficiava portadores de deficiência física, visual ou mental, agora também aos portadores de Down, o novo decreto também aumenta de R$ 70 mil para R$ 100 mil o limite de preço de venda ao consumidor sugerido pelo fabricante, incluído os tributos incidentes.

Se o beneficiário da isenção, por algum motivo, não for o condutor, o veículo deverá ser dirigido por uma pessoa autorizada pelo requerente. “O benefício previsto neste decreto somente poderá ser concedido se a deficiência atender cumulativamente aos critérios de deficiência, deficiência permanente e capacidade, manifestando-se sob uma das formas de deficiência física moderada ou grave, visual, mental severa ou profunda, síndrome de Down ou autismo”, consta no decreto.