Menu
Buscarsábado, 15 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
25°C
unigran24
banner100
MS

Após tomar 'calote' de parceiros, homem revela esquema de falso pix de quase R$ 22 mil

Organização criminosa aplicou golpe contra franquia de chocolate ao "comprar" cestas e enviar comprovantes de pagamento falsos.

26 julho 2022 - 08h30Por g1/ms

Uma organização criminosa foi desarticulada após aplicar golpe do falso pix, em Campo Grande. O grupo enviava comprovantes de transferência falsos ao encomendar cestas em uma franquia de chocolate da capital e o prejuízo chegou a R$ 21,5 mil. O golpe só foi revelado após um dos integrantes confessar o crime para uma funcionária da loja por não ter recebido o valor acordado com os outros envolvidos.

Para a polícia, a responsável pela loja informou que entre os dias 19 e 21 de julho recebeu seis pedidos de cestas de chocolates pelo canal de atendimento online. Os valores das encomendas eram de R$ 800 a R$ 7,2 mil.

O esquema só foi revelado na sexta-feira (22), quando um dos envolvidos entrou em contato com a empresa e disse ter feito o pix errado. Ele pediu para que a loja devolvesse o valor. Ao ser questionado sobre o erro, ele confessou o esquema criminoso do qual fez parte.

Ele revelou que todos os comprovantes recebidos pela empresa referentes aos seis pedidos eram falsos. Além disso, contou que só confessou o esquema, pois não recebeu a parte dele do acordo financeiro. Ele ainda passou o endereço do casal responsável pelos golpes e informou que eles estavam comercializando as cestas em uma rede social.

A Polícia Militar (PM) foi acionada e conseguiu encontrar parte das cestas em uma casa em um bairro da região sul da cidade e o restante em um lava jato. Um homem, de 37 anos, e uma jovem, de 21 anos, foram presos por receptação.

Eles passaram por audiência de custódia em que o juiz arbitrou fiança de R$ 1,5 mil. O homem pagou o valor e vai responder ao processo em liberdade. Até a publicação desta matéria, a jovem permanecia na delegacia. O homem que revelou o esquema ainda não foi localizado.