Menu
Buscarterça, 16 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
23°C
Brasil

Especialistas defendem ajustes no sistema eleitoral

21 março 2011 - 21h33Por Redação Douranews, com Agência Brasil
A discussão sobre o sistema eleitoral e partidário e a representação política foram os temas que dominaram hoje (21) os debates da primeira fase do seminário Os Desafios do Poder Legislativo, organizado pelas associações do consultores do Senado, da Câmara dos Deputados e do Tribunal de Contas da União (TCU). O evento prossegue até amanhã (22), com a discussão sobre a carreira parlamentar e a renovação do Legislativo por ocasião do processo eleitoral.

O deputado Ronaldo Caiado (DEM-GO) defendeu o financiamento oficial das campanhas políticas pelos partidos, como forma de "melhorar a imagem do Poder Legislativo e dos políticos em geral". Para ele, a medida acabaria com a distorção da compreensão de que "candidato bom é aquele que tem mais dinheiro para gastar nas campanhas". O parlamentar atribuiu ao atual sistema eleitoral a imagem negativa que o público tem do Congresso Nacional.

O cientista político Jairo Nicolau, professor do Instituto Social e Político da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), se disse defensor da representação política proporcional, que ele entende como "fundamental para que o país funcione bem com as suas diferenças regionais”.

Num momento em que tanto a Câmara dos Deputados quanto o Senado discutem a reforma política, o cientista político Renato Lessa afirmou que, na prática, desde a promulgação da Constituição Federal em 1988, já vem sendo feita uma reforma política paulatina. Mas, apesar dos avanços na discussão, "está no ar a impressão de que falta algo na questão da representação política e da democracia". Por isso, ele defende que haja uma mobilização da sociedade para que se façam mudanças dentro de um senso de justiça.