Menu
Buscarsábado, 13 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
25°C
Brasil

Jornalista brasileiro é libertado na Líbia

10 março 2011 - 18h35Por Redação Douranews, com Agência Brasil
O jornalista do jornal O Estado de S. Paulo, Andrei Netto, foi libertado na tarde de hoje (10) na Líbia. Netto está, neste momento, na casa do embaixador brasileiro na Líbia, George Ney de Souza Fernandes, e passa bem. Segundo informações passadas ao jornal pela mulher do repórter, ele não foi torturado no período em que esteve preso.

“O jornalista Andrei Netto, um dos enviados especiais à Líbia, encontra-se na residência do embaixador brasileiro na Líbia, recém libertado pelas forças do governo Líbio, encontra-se bem e já se comunicou com a família”, disse o diretor de Conteúdo do Grupo Estado, que edita o jornal, Ricardo Gandour.

Segundo o diretor, Netto deverá deixar a Líbia nas próximas horas. De acordo com informações preliminares, o jornalista ficou preso por oito dias. A direção de O Estado de S. Paulo informou ontem (9) que tinha perdido o contato com o repórter havia uma semana. Netto fazia a cobertura jornalística na área de Zawiya, uma das regiões onde os conflitos são mais intensos. A pedido da direção do jornal, o Ministério das Relações Exteriores e a embaixada do Brasil na Líbia passaram a ajudar na localização de Netto.

A presidenta Dilma Rousseff também pediu providências urgentes ao ministro interino das Relações Exteriores, embaixador Ruy Nogueira, para garantir a integridade física e a libertação do repórter brasileiro.