Menu
Buscarquarta, 24 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
27°C
Brasil

Operários depredam canteiro de obras da hidrelétrica de Jirau

17 março 2011 - 23h05Por Redação Douranews, com Agência Brasil
Trabalhadores do canteiro de obras da Usina Hidrelétrica de Jirau, em Porto Velho (RO), voltaram a atear fogo em carros, ônibus e alojamentos na madrugada desta quinta-feira (17).

Segundo o capitão Marcos Freire, da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia, um dos canteiros da usina foi totalmente destruído. "Eles incendiaram veículos e ateram fogo em praticamente todos os alojamentos e ainda saquearam lojas e um caixa de banco eletrônico". Cerca de 300 homens da Força Nacional devem chegar ao local até amanhã (18), para reforçar a segurança feita atualmente por homens da Polícia Militar de Rondônia.

Os protestos dos trabalhadores da usina começaram na terça-feira (15), após uma briga entre um motorista de ônibus e um dos operários, segundo explicação da Secretaria de Segurança. Nesse primeiro confronto, 40 veículos foram incendiados e algumas instalações do canteiro de obras foram depredadas.

"Nossa preocupação imediata é com a segurança da população que vive nos arredores da usina e nas cidades de Nova Mutum Paraná e Jaci Paraná", informou o assessor da Secretaria de Segurança Santiago Roa Junior. Ele denunciou que, dos 18 mil funcionários da obra, 300 estão ligados diretamente com os atos de vandalismo e com o fechamento parcial da BR-364, ocorrido na manhã de hoje.

Por causa dos incidentes, empreiteira Camargo Corrêa decidiu suspender as obras da hidrelétrica por tempo indeterminado. A construtora retirou do local 10 mil trabalhadores que atuam no turno da noite.