Menu
Buscarsábado, 15 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
29°C
unigran24
banner100
Coronel Sapucaia

Polícia Federal investiga morte de jovem Guarani Kaiowá assassinado

Alex Recarte Vasques Lopes, de 18 anos, saiu para buscar lenha com outros dois jovens quando foi morto. A morte foi divulgada pelo Conselho Indigenista Missionário (Cimi).

27 maio 2022 - 09h18Por g1/ms

A Polícia Federal enviou equipes para investigar a morte do jovem Guarani Kaiowá Alex Recarte Vasques Lopes, de 18 anos, que foi assassinado em uma fazenda, em Coronel Sapucaia (MS), segundo divulgou o Conselho Indigenista Missionário (Cimi) neste domingo (22).

Em nota divulgada, a Polícia Federal informou que deslocou três equipes para a região do crime. A PF também destacou que foi instaurado Notícia Crime em Verificação (NCV), "para confirmar se a morte do indígena tem relação com disputas territoriais locais ou que atinja a comunidade indígena como um todo, já que, neste caso, seria de competência da Justiça Federal processar e julgar", detalharam.