Menu
Buscarquinta, 13 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
32°C
unigran24
banner100
ms

Preso, dentista justificou pornografia como 'curiosidade' e 'proteção' para os filhos

No computador do profissional da área de saúde, a Polícia Civil de MS encontrou imagens de crianças e também de zoofilia.

01 junho 2022 - 10h46Por g1/ms

Por 'curiosidade para saber como funciona e assim proteger e orientar os filhos'. Foi isso que o dentista de 52 anos, preso em Campo Grande nessa terça-feira (31), justificou à Polícia Civil sobre as imagens de pornografia e zoofilia encontradas no computador dele.

O profissional da área de saúde foi autuado em flagrante suspeito de disseminar material de abuso sexual infantil e passa por audiência de custódia nesta quarta-feira (01). Na audiência, a Justiça irá definir, com base nos indícios de crime e situação do suspeito, se ele permanecerá preso.

O dentista foi preso no consultório dele, na região central da capital. Quando os policiais pediram as mídias que havia lá, ele tentou apagar as páginas de internet abertas no computador da sala dele e desconectou o HD externo.

Ao ligar o computador, foi aberto no monitor um programa de downloads onde foram constatados vários arquivos com conteúdo de abuso sexual infantil. Na máquina e no HD externo também haviam fotos e vídeos com pornografia e zoofilia.

À polícia, o dentista disse que não sabia que o programa usado para baixar as imagens compartilhava arquivos automaticamente e que procurou tal sistema por ter curiosidade para saber o que acontece com crianças e adolescentes e assim proteger e orientar os filhos.

Ainda conforme a versão do suspeito, ele deletava os arquivos assim que os visualizava e não mostrava para ninguém. Ele ainda afirmou aos policiais que nunca cometeu abuso sexual.