Menu
Buscarsábado, 15 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
25°C
unigran24
banner100
MS

Professor de crossfit morre em acidente envolvendo carro e moto em MS

Diego de Oliveira Anacleto, de 34 anos, não resistiu aos ferimentos da colisão que aconteceu na madrugada desta quinta-feira (14), em Paranaíba.

14 julho 2022 - 14h45Por G1/MS

Diego de Oliveira Anacleto, de 34 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (14), após colisão entre moto e carro de passeio. O acidente aconteceu no cruzamento da avenida Major Francisco Faustino Dias com a rua Osvaldo Silva Brandão, no centro de Paranaíba (MS) - distante 412 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o registro policial, o motorista do carro de passeio, jovem de 19 anos, seguia pela via e tinha como passageiro o amigo de 18 anos, quando acabou se envolvendo no acidente com uma motocicleta, conduzida por Diego, que não resistiu e morreu no local.

Com a força da colisão, ambos os veículos sofreram danos. Estilhaços ficaram espalhados pela pista, assim como objetos da vítima.

Moto ficou completamente destruída com a batida   Foto: Reprodução

Moto ficou completamente destruída com a batida — Foto: Reprodução

Ainda conforme o boletim de ocorrência, o motorista e passageiro do carro de passeio foram submetidos ao teste do bafômetro, que constatou 0.03 miligramas de álcool no organismo do condutor e 0.05 do passageiro. Os dois foram encaminhados à delegacia da cidade, onde prestaram depoimento, nesta manhã.

O caso foi registrado no 1º Distrito Policial de Paranaíba como homicídio culposo na direção de veículo automotor.

Despedida

Amigos e familiares de Diego usaram as redes sociais para lamentar o acidente fatal que matou o professor de crossfit: ‘Descanse em paz amigo Diego Anacleto, outro dia a gente se falou e até marcamos um churrasco. Não dá pra acreditar. Que Deus te receba de braços abertos”, escreveu um amigo.

Familiares e amigos compartilharam mensagens de luto. “Meu coração está muito triste, perdemos um cara incrível. Vá em paz meu amigo e afilhado Diego Anacleto”, lamentou.