Menu
Buscarquinta, 13 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
32°C
unigran24
banner100
Governo MS

Secretário de Fazenda pede exoneração para se dedicar a advocacia

11 março 2022 - 16h57Por Assessoria

Será publicada no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul (DOEMS) de segunda-feira (14) a exoneração, a pedido, do Secretário Estadual de Fazenda, Felipe Mattos. Após mais de três anos à frente da pasta, Mattos optou por se dedicar exclusivamente à advocacia. Ele destacou o esforço da equipe econômica e da gestão estadual para manter a saúde das finanças de Mato Grosso do Sul. Ele se reuniu com os coordenadores e chefias da Sefaz para anunciar a saída e agradecer pelo empenho de todos nas atividades desenvolvidas no período em que foi titular da pasta.

“Gostaria de agradecer a confiança e oportunidade concedida pelo Governador Reinaldo Azambuja, haja vista o importante papel do Estado no giro da máquina econômica sul-mato-grossense. Também, aos servidores e colaboradores que se dedicaram para melhorar os índices e tornar Mato Grosso do Sul um Estado cada vez mais competitivo. Trabalhamos com medidas austeras, como corte de despesas, enxugando o que pode ser feito, para manter o equilíbrio fiscal, com o pagamento sempre em dia do salário dos servidores e investimentos em políticas públicas fundamentais como saúde, educação e segurança pública. Agradeço o esforço de cada um nesta jornada. Foi muito gratificante vencer os desafios com apoio de todos vocês”.

Com a saída de Mattos, assume a titularidade da pasta o auditor fiscal da Receita Estadual, Lauri Kener. Superintendente de Administração Tributária no primeiro mandato de Reinaldo Azambuja e secretário-adjunto, Kener ingressou no Governo do Estado por meio de concurso público em 1992, no cargo de Fiscal de Rendas.