Menu
Buscarquarta, 12 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
29°C
unigran24
banner100
Geral

Sem pastagem e alimento, gado é encontrado agonizando após denúncias em fazenda

Caso aconteceu em uma propriedade de Ribas do Rio Pardo (MS), que segundo a Polícia Militar Ambiental (PMA) é de um morador de Birigui (SP), de 72 anos, que foi multado.

27 maio 2022 - 14h00Por g1/ms

Após receber denúncias, a Polícia Militar Ambiental (PMA) encontrou na quinta-feira (25) um boi desnutrido, em uma fazenda de Ribas do Rio Pardo (MS) - a 102 quilômetros de Campo Grande. O animal estava visivelmente debilitado em uma área sem pastagem, água e alimento.

De acordo com a PMA, o proprietário da fazenda é de Birigui (SP), e não foi encontrado no local, mas um funcionário falou com a polícia e contou que a fazenda havia sido arrendada para o plantio de eucalipto. O funcionário alegou que, realmente, a pastagem estava degradada, mas ele havia manejado mais de 200 cabeças de gado existentes na propriedade para outra região em que o pasto estava melhor e que havia água.

O funcionário admitiu a falha durante o manejo e transferência do gado, por não ter dado falta do animal. Segundo ele, estava sendo providenciando a mudança de todos os animais para outra fazenda.

 

Gado estava extremamente abatido   Foto: PMA/ Reprodução

Gado estava extremamente abatido — Foto: PMA/ Reprodução

Como eles haviam recebido a denúncia anônima, a situação na propriedade rural é acompanhada pela PMA há algumas semanas. A equipe notificou o funcionário para providenciar um médico veterinário para dar tratamento de saúde e fazer a remoção do animal.

Considerada situação de maus-tratos, o proprietário da fazenda foi autuado administrativamente e multado em R$ 3.000,00 por maus-tratos. Ele e o funcionário também poderão responder por crime ambiental, com pena de três meses a um ano de detenção.