Menu
Buscarsegunda, 27 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
13°C
Brasil

Vítimas de chacina são veladas todas juntas em Campinas

02 janeiro 2017 - 11h02

Os corpos das 12 vítimas da chacina cometida contra uma família durante uma festa de réveillon na noite de sábado (31), em Campinas, no interior de São Paulo, chegaram ao Cemitério da Saudade do município para serem velados no início da noite deste domingo (1). Entre eles, estão a ex-mulher e o filho de 8 anos de idade do autor do crime, que se matou após os assassinatos. O velório do autor dos disparos está sendo realizado na cidade vizinha, Jaguariúna.

Sidnei Ramis de Araujo invadiu, pouco antes da meia-noite, a casa aonde a ex-mulher e o filho aguardavam a virada do ano com familiares, e matou a tiros os dois e outras 10 pessoas que participavam da festa. Ele brigava na Justiça com a ex pela guarda da criança.

Já no início da chegada dos corpos, o Cemitério da Saudade estava cheio de amigos da família, parentes e pessoas que não conheciam as vítimas, mas se solidarizaram após saber do fato pela imprensa. O clima no local era de revolta, tristeza e indignação.

As vítimas estão sendo velados todas juntas em uma única sala. Segundo a administração do cemitério, eles esperam um movimento maior no início da noite. Os sepultamentos estão agendados para as 9 horas desta segunda-feira, sendo que, por se tratar de vários membros de uma única família, os sepultamentos serão feitos um de cada vez, de 15 em 15 minutos, conforme publica o G1.