Menu
Buscarsegunda, 22 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
31°C
Cidades

Delcídio, Ruiter e vereadores discutem investimentos em Corumbá

06 março 2011 - 12h45Por Redação Douranews, com Assessoria
O senador Delcídio do Amaral(PT/MS) aproveitou a ida a Corumbá no carnaval para se reunir neste sábado, 5 de março,  com o prefeito Ruiter Cunha de Oliveira e  vereadores e discutir novos projetos de desenvolvimento do município. No encontro, realizada na Câmara, os parlamentares apresentaram um documento intitulado Carta do Povo Corumbaense, no qual listam 14 reivindicações nas áreas de segurança pública, saúde, educação, infraestrutura, turismo e meio ambiente.

“Logo após a posse no primeiro mandato a Câmara apresentou ao senador uma série de reivindicações que, praticamente, foram todas atendidas. Ao longo dos últimos oito anos ele trouxe mais de R$ 100 milhões de investimentos para Corumbá, entre eles o Centro de Convenções, a pavimentação de dezenas de ruas e avenidas, obras de drenagem, saneamento, a construção de vários espaços culturais e a  revitalização do Porto Geral, que não só melhoraram a qualidade de vida dos corumbaenses mas também facilitaram e incentivaram o turismo. Agora que ele está começando o segundo mandato é hora de apresentar novas reivindicações, para que a gente continue promovendo o desenvolvimento do município”, disse o vereador Evander Vendramini(PP), presidente da Câmara.

Delcídio vai usar a carta como uma referência para trabalhar nos próximos anos.  “No que se refere a infraestrutura urbana, com obras de asfaltamento e drenagem,  temos que elaborar os projetos para que eu e o prefeito Ruiter possamos levá-los até os ministérios das Cidades e Integração Nacional. A prioridade agora é conseguir os R$ 30 milhões destinados a drenagem, para resolver definitivamente o problema das enchentes na parte alta da cidade e os desmoronamentos nos bairros próximos ao Rio Paraguai. A prefeitura já concluiu esse projeto e eu , logo após o carnaval, terei uma reunião com a ministra Miriam Belchior( Planejamento) para tratar da inclusão da proposta no PAC 2 e, desta forma, viabilizá-la”, disse o senador.

Em relação a investimentos feitos diretamente pelo governo federal ou por  empresas de abrangência nacional, Delcídio vai agir diretamente em Brasília.  “Em dois pontos vai ser possível agir com mais rapidez. Um deles é a telefonia celular na qual trabalharemos junto a Oi para levar o sinal às regiões ainda não atendidas. Já o Luz para Todos no Pantanal não é um projeto simples. A distância entre as propriedades na região  e o  comprimento da linha acabam provocando problemas de oscilação de energia, com  restrições técnicas imensas. Por isso vão ser feitas duas sub-estações para atender o miolo do Pantanal. É um projeto avaliado em R$ 150 milhões, dos quais 80 % serão subsidiados pelo governo. Para se ter uma idéia das dificuldades, o custo médio do programa nas demais regiões de Mato Grosso do Sul  é de R$ 10 mil por ligação. No Pantanal o custo é dez vezes mais caro, cerca de R$ 100 mil por ponto. Mesmo com todas as dificuldades, o projeto vai ser executado. As propriedades estão cadastradas, a Enersul já fez todos os estudos e a implantação deve começar ainda neste primeiro semestre”, anunciou .“Em relação a UFMS, a idéia é transformar o campus de Corumbá em uma instituição autônoma, a Universidade Federal do Pantanal, a exemplo do que foi feito em Dourados com a criação da UFGD. Já iniciamos as tratativas junto ao Ministério da Educação , que está nos exigindo um projeto detalhado”, revelou.

Segurança

Já as reivindicações relacionadas a atribuições do governo do estado, precisarão de um tempo maior para serem atendidas. “Em relação ao reforço da segurança, vou conversar com o governador André, o Secretário Wantuir Jacini e o comando da Polícia Militar. Sobre essa questão específica,  a presidenta Dilma Roussef vai enviar nas próximas semanas ao Congresso Nacional um projeto com políticas para a região de fronteira. Será um projeto preocupado não só com a segurança, mas olhando a questão de forma mais ampla, com foco no desenvolvimento e na justiça social. Na questão da segurança,  teremos aviões não tripulados comprados em Israel que auxiliarão na vigilância. Além disso, o governo vai apresentar propostas  para acabar com a desigualdade tributária e equacionar problemas nas áreas de saúde e  educação”, anunciou.

O prefeito Ruiter Cunha de Oliveira destacou a importância da reunião com Delcídio.  "É fundamental esse entendimento mostrado aqui de que as forças políticas precisam interagir e atuar em conjunto para promover o desenvolvimento de Corumbá. A participação do senador tem sido fundamental nesse processo e atuação conjunta da Câmara, da prefeitura e de Delcídio vai incrementá-lo ainda mais”, previu Ruiter.

Deixe seu Comentário

Leia Também