Menu
Buscarsábado, 13 de abril de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
25°C
Cidades

Durante a Piracema, PMA apreendeu 984 kg de pescado no rios de MS

02 março 2011 - 11h09Por Redação Douranews, com PMA

O período de reprodução dos peixes nos rios de Mato Grosso do Sul, a Piracema, terminou nesta terça-feira (1º) e a pesca está liberada. Desde o dia 5 de novembro, quando a Polícia Militar Ambiental (PMA) começou a fiscalização da Piracema no Estado, foram apreendidos 984 quilos de pescado, a menor quantidade de peixes desde 1998, ano em que começou a contabilização das apreensões.

Apesar do número baixo de pescado apreendido, 69 pessoas foram presas praticando pesca ilegal. Segundo a PMA, os números se devem, principalmente, à estratégia adotada nas últimas Piracemas, de concentrar a fiscalização em pontos críticos, ou seja, cachoeiras e corredeiras. Além disso, grande parte dos pescadores foi presa no momento em que armavam os petrechos de pesca.

Comparando com a última Piracema, os números caíram. No período 2009/2010, foram apreendidos 1.790 quilos de pescado e 98 pessoas foram presas.

Outros números

Os policiais ambientais aplicaram, durante a Piracema, R$ 101.590 em multas aos pescadores infratores. Foram apreendidos 957 anzóis de galho, 103 redes, 44 tarrafas, nove barcos, 50 carretilhas/molinetes, 35 caniços, uma canoa, 35 espinhéis, sete freezers/caixas isotérmicas, 1.500 iscas, nove motores de popa e 17 veículos.

Alerta

As pessoas que praticarão a pesca devem cumprir as leis, pois, mesmo com a pesca aberta, várias atitudes continuam sendo crimes, inclusive, com as mesmas penas de pescar em período de piracema. Por exemplo: pescar com petrechos ou com método de pesca proibidos, em quantidade superior à permitida, ou em local proibido e capturar pescado com tamanho inferior ao permitido.

Tantos os pescadores amadores quanto os profissionais devem retirar uma carteira emitida pelo Ministério da Pesca e Aqüicultura, mesmo para pescar apenas um dia do ano.

Em Mato Grosso do Sul, a pesca é proibida permanentemente em vários rios e, em alguns trechos, é liberada apenas na modalidade pesque-solte.

Rios onde é proibida a pesca de qualquer natureza (menos a científica autorizada): - Rio Salobra - Município de Miranda e Bodoquena (neste rio a navegação é permitida somente com motor de 4 tempos, de potência até 15 hp). - Córrego Azul - Município de Bodoquena. - Rio da Prata - Município de Bonito e Jardim. - Rio Nioaque - Município de Nioaque e Anastácio. – Obs.: A pesca amadora e a pesca profissional não é permitida a menos de 200 metros a montante ou a jusante das barragens, corredeiras, cachoeiras e escadas de peixe.

Rios e trechos de rios em que é permitida a pesca na modalidade pesque-solte: - Rio Negro - Trecho situado na confluência do Rio Negro com o Córrego Lajeado, localizado próximo à cidade de Rio Negro até o brejo existente no limite oeste da Fazenda Fazendinha, no município de Aquidauana. - Rio Perdido - Em toda sua extensão, compreendendo os municípios de Bonito, Jardim, Caracol e Porto Murtinho. - Rio Abobral, Em toda sua extensão. - Rio Negro - Trecho situado na confluência do Rio Negro com o Córrego Lajeado, localizado próximo à cidade de Rio Negro até o brejo existente no limite oeste da Fazenda Fazendinha, no município de Aquidauana. - Rio Perdido - Em toda sua extensão, compreendendo os municípios de Bonito, Jardim, Caracol e Porto Murtinho.

Deixe seu Comentário

Leia Também