Menu
Buscarquarta, 12 de junho de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
29°C
unigran24
banner100
NOVOS TEMPOS

Campione assume Aced em busca do Horário Livre

Lei de 2005 ainda não teve respaldo para ser implantada no comércio

29 maio 2022 - 16h40Por Redação Douranews

Fundada em 29 de maio de 1945 como Acid (Associação Comercial e Industrial de Dourados), a atual Aced (incorporado o Empresarial na letra ‘e’ da sigla) festejou neste domingo (29), com direito a bolo de aniversário entre associados e convidados, 77 anos de existência no Município. O evento também marcou a posse do 33º. presidente da história da entidade, o empresário Paulo Roberto Campione (Contábil São Paulo), em substituição ao presidente Nilson Aparecido dos Santos (Gráfica Stilus).

Presente na cerimônia de transmissão de cargo, o presidente da Faems (Federação das Associações Comerciais de Mato Grosso do Sul), Alfredo Zamlutti Junior, disse que a Aced traduz o que há de mais arrojado e simboliza o desenvolvimento de uma região “que cresce, se projeta no cenário estadual e converge os interesses do associativismo, de forma organizada e responsável”. Também prestigiaram a comemoração festiva o superintendente do Sebrae/MS, Cláudio Mendonça e os deputados Barbosinha e Renato Câmara, além do prefeito Alan Guedes e a maioria do secretariado da Prefeitura.

Nos discursos, de saída e entrada, tanto Nilson dos Santos como Paulo Campione reverenciaram a figura do ex-presidente Luiz Zarpelon, que comandou a entidade no período de 2002-2004 e a quem coube conduzir o processo de negociação que resultou na transferência do prédio onde funcionou por décadas a antiga Acid para as modernas instalações onde a Aced representa atualmente os interesses de quase mil associados.

Nilson citou as dificuldades enfrentadas ao longo da maior parte da gestão com a pandemia da Covid-19, mas ressaltou que a diretoria se manteve alerta, com participação direta no Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus, em defesa do segmento e propondo alternativas para que a Economia não fosse sacrificada.

O prefeito Alan Guedes lembrou que o dia 28 de maio do ano passado foi o mais duro “até aqui” da administração dele, quando teve que assinar o decreto instituindo o lockdown na cidade. “Há um ano, nessa data, o Município estava com uma fila de 68 pessoas aguardando vaga na UTI por conta da Covid, 21 dias depois a nossa taxa de ocupação hospitalar era zero, foi uma medida dura, mas humanamente necessária naquela ocasião para Dourados se manter de pé”

Na história dos 77 anos da Associação Comercial são contabilizadas importantes conquistas, como a implantação do Aeroporto Municipal, a primeira agência do Banco do Brasil, a primeira pavimentação das principais ruas e avenidas da cidade e a instalação de iluminação pública, entre outros. Os projetos desenvolvidos pela Aced impactam não somente o empresariado, como toda a população, pois visam oportunizar novos negócios gerando empregos, levar mão de obra qualificada para o mercado, cumprindo um papel social que beneficia a todos.

No relato das principais atividades realizadas no mandato, Nilson citou a programação anual do Despertar Para o Trabalho [iniciativa do primeiro mandato dele na entidade há mais de 20 anos], com palestras de qualificação e motivação para os colaboradores do comércio, a Roda Empresarial, que abre espaço para assuntos relevantes aos empreendedores, o Chá das Mulheres Empreendedoras, que dá protagonismo às mulheres empresárias no mês de março e a Douratech, feira de tecnologia implantada nesta gestão, além do tradicional Workshop e Concurso de Fotografias, que premiam as imagens escolhidas para o calendário da Associação.

Horário Livre

A lei municipal 2.741, de 28 de abril de 2005, aprovada pela Câmara de Vereadores e sancionada pelo então prefeito, Laerte Tetila, será a principal bandeira de defesa da diretoria que assume na Aced, garantiu Paulo Campione. Ela permite o funcionamento 24 horas por dia de segunda-feira a sábado aos estabelecimentos comerciais e prestadores de serviços no Município, respeitada a legislação trabalhista.

“Vamos perseguir esse objetivo, é o sonho de todo empresário nosso. Para isso, vamos tentar destravar essa lei e buscar junto à Prefeitura, Ministério Público, Sindicatos patronal e dos trabalhadores, um consenso capaz de proporcionar a aplicação da lei e garantir a retomada da nossa Economia dentro dos patamares da modernidade que regem as legislações”, disse o novo presidente da Aced. Ele já recebeu o sinal verde, com acenos positivos do prefeito Alan Guedes, durante o discurso de posse.

Deixe seu Comentário

Leia Também