Menu
Buscarquarta, 22 de maio de 2024
(67) 99913-8196
Dourados
27°C
Eificiência Energética

Dourados adere a contrato carona por R$ 39 milhões

Empresa douradense criada em abril é selecionada para serviço

16 maio 2024 - 16h53Por Redação Douranews

A Prefeitura de Dourados aderiu à Ata de registro de preços na modalidade “carona”, conforme prevê o Processo 002/2024 para a contratação de empresa especializada na prestação de serviços de eficiência energética a ser realizado no sistema de Iluminação Pública, publicado na edição suplementar desta quinta-feira (16) do Diátio Oficial do Município.

De acordo com a Concorrência Eletrônica 001/2022, realizada pela AMMESF, a Associação dos Municípios da Bacia do Médio São Francisco, com sede na cidade de Pirapora-MG, o Município deverá desembolsar o equivalente a R$ 39.701.805,04 na contratação da empresa Iluminação Dourados SPE, constituída há 20 dias, mediante o registro do CNPJ 54.898.723/0001-89 no dia 26 de abril de 2024, com sede na Sitiócas Campina Verde. Antonio Jose de Oliveira Junior é o administrador.

Economia

Por meio da Assessoria de Comunicação, a Prefeitura diz que ao assinar o contrato, nesta quinta-feira (16), com a empresa que fará a substituição das atuais lâmpadas convencionais de vapor de sódio e vapor metálico pelas novas, o prefeito Alan Guedes garante uma economia no consumo de energia de, no mínimo, 50%, com aumento nos índices de iluminação das vias públicas, “graças à maior eficiência das luminárias”. Esta nova configuração, segundo disse, também vai resultar “na melhora da segurança viária, permitindo que veículos e pedestres tenham maior visibilidade, prevenindo acidentes e atropelamentos”.

O contrato prevê a substituição de mais de 14 mil pontos do Parque de Iluminação Pública, com cadastramento, projeto luminotécnico e georreferenciamento e contempla implantação de luminárias LED nas vias públicas de maior circulação, bem como locais de grande necessidade, como nas proximidades de escolas e postos de saúde, prédios públicos e rotas de transporte público, dentre outros. Além disso, todas as praças e parques, tornando esses espaços 100% LED, incluindo nos distritos. Contempla também a expansão da rede de iluminação em novas obras e avenidas que não possuem iluminação pública.

O prefeito ainda lembra o benefício ambiental da medida, já que as luminárias LED são livre de metais pesados, composta por materiais recicláveis e tem vida útil prolongada, diminuindo a necessidade de descarte. “O trabalho de implantação deve seguir protocolos rígidos conforme as normas ambientais vigentes, com o descarte enviado a empresas especializadas”, completa Alan.

A AMMESF

A Associação mineira é presidida pela prefeita de Botumirim, Ana Pereira Neta, a Naninha (PSC), que assumiu o comando da entidade em abril deste ano. Ela tem um patrimônio declarado de R$ 130 mil, conforme registro na Justiça Eleitoral para as eleições de 2020. Já a empresa douradense contratada para a execução do contrato ‘carona’ foi constituída com capital social de 10 mil reais.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também